skip to Main Content
24 de maio de 2020 | 10:52 pm

BRADESCO PLANEJA FECHAR 450 AGÊNCIAS ATÉ 2020

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bradesco prevê fechamento de 450 agências até 2020

O Bradesco deverá fechará 10% das suas agências em todo o Brasil até 2020. O plano representa o fechamento de 450 agências para fazer frente à despesa acima da meta e à pressão dos bancos digitais, de acordo com o Valor Econômico. Segundo a publicação, é o maior fechamento de agências desde a compra do HSBC, em 2016, quando foram fechadas 565 unidades.

Das 450 agências, 150 serão fechadas até o final de dezembro. Em 2020, outras 300 encerram as atividades, conforme o planejamento divulgado pelo Valor. O banco fechou 50 até setembro mais 100 até o final deste ano. O banco segue caminho adotado por Itaú e Banco do Brasil. O Itaú fechou 195 no primeiro semestre. O Banco do Brasil prevê fechar 242.

BANDIDOS EXPLODEM POSTO DE ATENDIMENTO DO BRADESCO EM BARRO PRETO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Cenário de destruição onde era o Posto de Atendimento bancário

Bandidos explodiram um posto de atendimento do Bradesco no município de Barro Preto, no sul da Bahia, no início da madrugada desta terça-feira (7). Para assustar a população e inibir a ação do reduzido efetivo policial, os bandidos invadiram a cidade dando tiros a esmo. Na sequência, foram ouvidas duas explosões.

De acordo com a Polícia Militar, a ação ocorreu por volta das 2h desta terça-feira. Os criminosos deixaram a cidade por uma estrada secundária, de acesso ao município de Itajuípe. A suspeita é de que os bandidos estejam na região de Coaraci e seja parte do bando que recentemente atacou o posto de atendimento de Almadina em fevereiro deste ano (relembre aqui).

Após as explosões e os bandidos deixarem a cidade, o que se viu no local onde funcionava o posto de atendimento do Bradesco foi um rastro de destruição. O município de Barro Preto é vizinho a Itabuna e tem pouco mais de 5,7 mil habitantes, de acordo com estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Há quase 30 anos a cidade não conta com agência e o posto era o único local para atendimento bancário.

AMEAÇAS DIABÓLICAS

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

Ainda tem o deboche do PMDB, legenda de Michel Temer. Em postagem oficial atemoriza: “se a reforma não sair, tchau, Bolsa Família”. Esse tchau é de uma frieza, de uma insensibilidade absurda, inaceitável.

 

Já disse aqui que a Reforma da Previdência é importante e imprescindível, mas não pode ser feita dando chicotada nas costas dos mais fracos.

Por que não vão atrás dos “Tarzans” da economia que devem horrores ao sistema previdenciário? A reforma do governo ignora R$ 426 bilhões devidos por empresas ao INSS. Entre os maiores devedores, estão o Bradesco, CEF, Marfrig, JBS e a Vale.

Como essas empresas contribuem com as campanhas eleitorais, fica o dito pelo não dito. Quem tem que tapar o rombo deixado pelos ricos são os pobres.

Como não bastasse a diabólica ameaça de acabar com o Bolsa Família, vem o Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, e diz que “sem a Reforma da Previdência, a carga tributária vai aumentar”.

E mais: ainda tem o deboche do PMDB, legenda de Michel Temer. Em postagem oficial atemoriza: “se a reforma não sair, tchau, Bolsa Família”. Esse tchau é de uma frieza, de uma insensibilidade absurda, inaceitável.

Só falta agora uma ameaça, digamos, futebolística, de que a seleção brasileira, mesmo passando pelas eliminatórias, não vai disputar a próxima copa do mundo.

A sorte desse pessoal, desses governantes, incluindo aí governadores e prefeitos, desses parlamentares – senador, deputados federal e estadual e vereadores – é que o povo brasileiro, além de ser acomodado, é fácil de ser tapeado, enganado pela velha política do “pão e do circo”.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

PROTESTO CONTRA DEMISSÕES FECHA AGÊNCIA DO BRADESCO EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bancários fecham agência do Bradesco contra demissões.

Bancários fecham agência do Bradesco contra demissões.

O Sindicato dos Bancários de Ilhéus fechou a agência do Bradesco localizada em frente ao Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), no centro de Ilhéus, nesta segunda-feira (30).

A medida, de acordo com o presidente do sindicato, Rodrigo Cardoso, se deve à demissão, sem justa causa, de três funcionários, ocorrida na última sexta-feira (28).

A agência, prometem sindicalistas e funcionários do banco, seguirá fechada por 24 horas, não devendo, por isso, abrir aos clientes até a manhã de terça (31).

Os clientes que precisarem de serviços que podem ser executados fora da agência de origem tem a opção de usar a que está localizada no Edifício Cidade Ilhéus, também na região central.

CAIXA E BRADESCO LIDERAM RANKING DE RECLAMAÇÕES NO BC

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Caixa Econômica Federal liderou o ranking de reclamações de clientes contra instituições financeiras em julho, de acordo com dados divulgados hoje (17) pelo Banco Central (BC). No total, foram 983 reclamações consideradas procedentes, ou seja o BC verificou indício de descumprimento de lei ou regulamentação.

Para elaborar o ranking, as reclamações são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. Assim, é gerado o índice, que representa o número de reclamações de cada instituição financeira para cada grupo de 1 milhão de clientes.

No caso da Caixa, o índice ficou em 12,85. Na sequência, o Bradesco, com índice de 12,80. Em terceiro lugar, ficou o HSBC, com 7,56. Nesse ranking estão as instituições financeiras com mais de 2 milhões de clientes.

Leia Mais

POLÍCIA PRENDE ASSALTANTES LIGADOS A QUADRILHA QUE ROUBOU BRADESCO DE ITAJUÍPE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bandidos foram apresentados há pouco no Complexo Policial de Itabuna.

Bandidos foram apresentados há pouco no Complexo Policial de Itabuna.

A polícia prendeu há pouco quatro integrantes da quadrilha que assaltou a agência do Bradesco de Itajuípe, ontem (14).  Os bandidos foram presos próximos ao posto da Polícia Rodoviária Federal em Camacan, no sul da Bahia. De acordo com a polícia, os assaltantes se dirigiam à região de Itajuípe para resgatar os comparsas que, ontem, levaram três malotes e fizeram refém o subgerente da agência bancária.

Os bandidos foram identificados como Alex Silva Santos, 29 anos, Gilmar Santos Silva, 36, Nailton Rodrigues da Silva, 34, é Eliandro Menezes, 38. De acordo com a polícia, todos são de Porto Seguro. Os quatro assaltantes da ação de ontem ainda não foram capturados. Ainda de acordo com a polícia, Alex, Gilmar Nailton e Eliandro assaltaram bancos e correspondentes bancários em Santa Luzia, também no sul do Estado, no último dia 2 de janeiro.

Atualizado às 23h24min

FUNCIONÁRIO DO BRADESCO É LIBERADO POR QUADRILHA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Funcionário do Bradesco foi liberado por bandidos somente à noite (Foto Reprodução).

Funcionário do Bradesco foi liberado por bandidos somente à noite (Foto Reprodução).

O funcionário do Bradesco sequestrado no assalto à agência em Itajuípe, nesta quarta (14), foi liberado pelos bandidos por volta das 22h. O reencontro com a família ocorreu momentos depois, quando o pai foi buscá-lo em Itajuípe.

O bancário viveu mais de doze horas de tensão, sob o domínio dos quatro bandidos que assaltaram a agência às 8h da manhã desta quarta. O rapaz chegou à sua cidade por volta das 23h, sendo recebido por dezenas de pessoas, entre familiares, amigos e vizinhos.

O ASSALTO

Os funcionários chegavam à agência quando o bando invadiu o banco, rendeu vigilantes, tomando armas e coletes balísticos e viraram as câmeras para não serem flagrados. Após roubar malotes da agência, três dos integrantes da quadrilha renderam o subgerente. Na saída, deram tiros no prédio da agência e dispararam contra uma guarnição da PM.

Os bandidos seguiram em um Fiat Uno por um ramal que liga Itajuípe a uma região que fica no limite entre os municípios de Itabuna e Barro Preto. O carro foi incendiado para dificultar a identificação de digitais. Um malote foi deixado para trás pelos assaltantes.

FUNCIONÁRIO DO BRADESCO SERÁ SEPULTADO EM GANDU

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fábio DennerO corpo de Fábio Denner Ferreira da Silva, de 33 anos, supervisor de seguros do Bradesco em Itabuna, será enterrado neste sábado (15 )em Gandu, no Sul da Bahia. Fábio Denner faleceu ontem à tarde, na Rua Alício de Queiroz, no centro de Itabuna.
O bancário estava andando quando sofreu um infarto fulminante. Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros socorreram o supervisor de seguros, que não resistiu e faleceu a caminho do hospital.

BB E CAIXA GANHAM MERCADO COM REDUÇÃO DE JUROS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do UOL Economia
Os bancos públicos federais, Banco do Brasil e Caixa, ganharam a disputa por mercado contra os maiores bancos privados do país, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander, após a queda da taxa básica de juros.
O governo pressionou os bancos estatais a aumentarem a oferta de crédito e a baixar os juros para incentivar o consumo, em meio à desaceleração da economia.
Tanto o Branco do Brasil quanto a Caixa registraram lucros recordes no ano passado, de R$ 12,2 bi e R$ 6,1 bi, respectivamente. Enquanto isso, Itaú, Bradesco e Santander viram seus ganhos diminuírem o ritmo no mesmo período.
Com queda de 7%, o Itaú ainda foi o banco que mais lucrou no país, R$ 13,594 bilhões. Logo atrás vem o Bradesco, com ganhos de R$ 11,381 bilhões, o único entre os privados que aumentou o lucro no período (alta de 3%). Já o Santander teve um recuo de 5%, chegando a R$ 6,329 bilhões.

JUIZ É ACUSADO DE AGREDIR BANCÁRIA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A direção do Sindicato dos Bancários de Itabuna acusa o juiz de Direito Hermes Costa Lima de agredir uma funcionária de uma das agências do Bradesco no município. A agressão ocorreu na última sexta-feira, 1º, enquanto a bancária tentava organizar a fila de aposentados. O juiz é acusado de desferir um soco contra a funcionária do Bradesco.
Ao agredir a bancária, o magistrado teria dito que bateria novamente. O juiz não foi encontrado para comentar a acusação. “Exigimos as devidas providências por parte do Bradesco, uma vez que tomamos conhecido do fato através de terceiros e já comunicamos o ocorrido ao Departamento de Relações Sindicais do Banco em São Paulo”, informam os dirigentes em nota à imprensa.

Back To Top