skip to Main Content
27 de outubro de 2020 | 10:46 pm

E O VITORINHA?

Tempo de leitura: < 1 minuto

No confronto de rubro-negros na Arena da Baixada, o dono da casa se saiu melhor. Num lance de bola parada, o Atlético Paranaense bateu o Vitória, por 1×0, e pulou para quinto na classificação geral do Brasileirão 2010.
O gol aconteceu ainda no primeiro tempo. Paulo Bauer cobrou falta e Rodolfo marcou para o time paranaense. O rubro-negro baiano segue ameaçado. É o 13º e está a quatro posições da zona de rebaixamento para a Série B. No próximo sábado, 2, o Vitória volta a jogar em casa. Será às 16 horas, no Barradão, contra o Grêmio.

RUBRO-NEGRO VACILA E PERDE PARA O FLU

Tempo de leitura: < 1 minuto

O rubro-negro baiano vacilou diante do Fluminense-RJ e perdeu a segunda partida no Barradão pela Série A em 2010. O Vitória estava embalado por uma série invicta de cinco jogos, mas não suportou o Flu, que goleou o Atlético-MG na quinta, por 5 a 1. O jogo desta tarde acabou 2 a 1 para os cariocas.
O Flu abriu o placar numa cobrança de pênalti de Conca, aos 11 minutos do segundo tempo. Aos 17min, Henrique empatou após aproveitar rebote do goleiro Rafael em cobrança de falta de Bida. Nem deu tempo de o Vitória comemorar. Rodriguinho aproveitou passe açucarado de Conca e estufou a rede do goleiro Lee, aos 19min.
O rubro-negro perdeu a oportunidade de escalar algumas colocações na classificação geral. O Fluminense retomou a liderança do campeonato favorecido pela derrota do Corinthians diante do Inter-RS. O Vitória volta a jogar na quarta, na Arena da Baixada, contra o Atlético-PR.

VITÓRIA ENFIA TRÊS NO AVAÍ

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Vitória não decepcionou quem foi ao Barradão. Pelo menos quando se julga de olho apenas no placar. Nada de goleada, mas um bom resultado joga o time para a 10ª posição na tabela, com 31 pontos. O rubro-negro acaba de enfiar 3 a 0 no Avaí, gols de Júnior, Elkeson e Thiago Humberto. O time catarinense ficou em 16º e corre risco de cair na zona… de rebaixamento. O complemento desta rodada teve ainda o Fluminense massacrando o Atlético-MG: 5 a 1.

O LEÃO DESENCANTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O jejum durava sete jogos até que apareceu um “galo morto” pela frente e foi devidamente devorado pelo Leão baiano. E assim o Vitória bateu o Atlético Mineiro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), pelo Brasileirão 2010. O time não vencia na competição desde o dia 15 de agosto, quando bateu o Santos por 4 a 2, em casa.
Até o goleiro Viáfara deixou o dele, de pênalti, seguido por outros marcados por Egídio e Henrique. O Galo Mineiro descontou com Daniel Carvalho e o ex-rubro-negro Neto Berola.
O Vitória pulou para a 13ª posição – provisória – e terá pela frente o Avaí, no Barradão, na quinta, 23. O rubro-negro arrancou os três pontos embora tenha jogado boa parte do tempo com um jogador a menos. Anderson Martins foi expulso ao receber dois amarelos.

"LEÃOZINHO" APANHA EM GOIÁS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Chame a Sociedade Protetora dos Animais. Não se pode esmagar um “Leão” assim, impunemente, como fez o Atlético-GO, neste noite, no Serra Dourada, em Goiânia.
O Vitória resistiu até o final do primeiro tempo, quando foi para o vestiário tomando apenas um gol, mas entregou os pontos na etapa final.
Levou uma chapuletada: 4 a 1.
(Nem lembrou aquele Vitória que detonou o mesmo Atlético-Go na semifinal da Copa do Brasil, em Salvador.)
A goleada de hoje, não esqueçamos, foi aplicada por uma das piores equipes (?) deste campeonato. O rubro-negro baiano terminou a rodada na 15ª colocação, apenas cinco pontos à frente de outro Atlético – o Mineiro, que se encontra na zona de rebaixamento, assim como o homônimo goiano.

VITÓRIA METE QUATRO NO SANTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Henrique, do Vitória, comemora um dos gols contra o Peixe (Foto Felipe Oliveira/Gazeta Press).

Quase duas semanas depois de deixar escapar a chance de ser campeão da Copa do Brasil diante do Santos, o Vitória enfiou 4 a 2 no time da Vila Belmiro há pouco. O jogo foi disputado no Barradão, em Salvador, e mostrou um rubro-negro arretado: fez dois gols em menos de meia hora de peleja.
A coisa foi “facilitada”, é bem verdade, pois os principais jogadores da “Selesantos” que ganhou a Copa do Brasil 11 dias antes não estavam em campo. Robinho e André deixaram a equipe santista e Neymar está machucado. Só Paulo Henrique Ganso jogou na capital baiana.
Henrique abriu o placar aos 20 minutos de jogo e Wallace ampliou para o rubro-negro aos 25min. O Santos fez o primeiro aos 29min, com Marcel. Mas o Vitória estava impossível. Aos 47min do primeiro tempo, fez 3 a 1. E novamente Henrique apareceu para conferir.
O Santos cavou mais um gol, aos 22min do segundo tempo, com Zé Eduardo. O Vitória nem deu tempo aos Meninos da Vila. Aos 26 da etapa final, Schwenck ampliou para os rubro-negros. O Leão da Barra subiu para a 14ª colocação no Brasileiro. O Santos está em 11º com 18 pontos.

VITÓRIA TOMA TRÊS DO BOTAFOGO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Vitória abriu a guarda e acabou sendo derrotado pelo Botafogo, em casa, por 3×1. A partida terminou há pouco e foi “destruída” pelo atacante Jobson. Ele marcou dois dos três gols da Estrela Solitária.
A defesa do rubro-negro baiano foi batida aos 35 minutos do segundo tempo, por Edno. O time conseguiu empatar logo em seguida, com Júnior, aos 36min. O contragolpe do Fogão ocorreu também no espaço de um minuto.
Jobson fechou o caixão aos 48min. Com o placar, o Vitória caiu para 13º e o Botafogo subiu para a 10ª colocação. Os baianos foram a campo com time praticamente reserva.
Na próxima quarta-feira, às 21h50min, no Barradão, o Vitória joga contra o Santos. Os dois times disputam o título de campeão da Copa do Brasil 2010.

Atualizado às 22h

VITÓRIA BATE O SÃO PAULO POR 3X2

Tempo de leitura: < 1 minuto

Depois de abrir 3 a 1 sobre o São Paulo no Barradão, o Vitória viu o São Paulo crescer, descontar e partir em busca do empate. Enquanto se fechava e segurava o semifinalista da Copa Libertadores para sair com uma importante vitória em casa, a equipe rubro-negra ouvia a sua torcida cantar incessantemente: “Time de guerreiros, time de guerreiros”.
E é exatamente encarando cada partida como uma decisão que o Vitória quer se recuperar no Brasileirão: “Quarta-feira nós temos outra decisão. É desta forma que estamos encarando, porque cada jogo é uma decisão. Nosso time voltou ao espírito guerreiro, ao espírito vencedor. Espero que o torcedor possa comparecer contra o Goiás para nos empurrar novamente”, destacou o volante Vanderson.
Leia mais

O RUBRO-NEGRO PAROU

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Vitória não conseguiu passar pelo Avaí (SC). Nem fazer gols. Pelo menos, não perdeu. Pela quinta rodada da Série A do Brasileiro, o rubro-negro baiano ficou no 0x0 contra o time catarinense. O jogo foi disputado na Ressacada.

Com o resultado “oxo”, o Vitória se manteve na 14ª colocação, beirando a zona de rebaixamento. A equipe soma cinco pontos. O Avaí tem oito e está na vice-liderança do Brasileirão, provisoriamente. O Vitória volta a jogar, na quarta, contra o Fluminense (RJ), novamente fora de casa.

NO FIM, VITÓRIA BATE O ATLÉTICO-MG

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Vitória conseguiu vencer pela primeira vez neste Brasileirão. Jogando em casa, o rubro-negro meteu 4×3 no Atlético Mineiro em um jogo emocionante e noite especial para um jogador. O placar foi aberto aos 13 minutos do primeiro tempo. Schwenck, do Vitória, deixou o primeiro dele. Muriqui empatou para o Atlético-MG, aos 34min. Schwenck desempatou, aos 41min.

O Atlético voltou do vestiário disposto a arrancar uns pontinhos do Vitória. E voltou a empatar aos 22min do segundo tempo em cobrança de falta de Ricardinho. A equipe mineira aproveitava bem a situação: Nino, do Vitória, foi expulso logo no início da etapa final. Mas, aos 28, o artilheiro da noite, Schwenck, voltou a atacar. Aproveitou-se de falha na zaga mineira e… pimba!

O placar marcava 3×2 para o rubro-negro, mas… Eis que surge o atacante Diego Tardelli. Ele aproveitou cobrança de falta de Ricardinho e estufou a rede do Vitória, aos 36min. Friozinho, mas o Leão falou mais forte que o Galo. Aos 43 minutos, caminhando para o finalzinho do ‘baba’ no Barradão, Evandro (ex-Atletico) deu números finais ao jogo: 4×3! O time fez quatro pontos em quatro jogos na Série A. Momentaneamente, ocupa a 14ª posição.

Back To Top