skip to Main Content
20 de fevereiro de 2020 | 06:50 pm

AZEVEDO BUSCA MAIS 4 VOTOS PARA APROVAR CONTAS DE 2011

Tempo de leitura: < 1 minuto
Azevedo busca mais quatro votos para ter contas de 2011 aprovadas.

Azevedo tenta seduzir mais 4 vereadores para ter contas de 2011 aprovadas.

O ex-prefeito Capitão Azevedo (DEM) corre contra o tempo. Com as contas de 2011 prontas para serem julgadas amanhã, às 9h, pela Câmara de Vereadores, ele precisa de 14 votos para não figurar no time dos “fichas sujas” e ficar impedido de disputar eleição a deputado no próximo ano.

Até ontem, Azevedo dizia a amigos ter apenas dez dos 14 votos necessários. Saiu desesperado à procura de vereadores necessitados de carinho, afago, amor e compreensão. Ainda tinha esperança de chegar aos 14.

Mas…

Se a conta não fechar, a última cartada será o voto secreto. Apesar do Regimento Interno da Câmara determinar voto aberto (quando cada um declara o voto publicamente), três vereadores foram seduzidos para levantar questão de ordem e pedir votação secreta.

Ontem, como informamos aqui, o ex-prefeito acabou condenado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) no julgamento das contas de 2012. Ele terá de ressarcir os cofres municipais em R$ 6.085.122,12, além de ter de pagar multa de R$ 104.939,03.

Ainda nesta quarta (11), Azevedo passou à história como o segundo prefeito de Itabuna a ter todas as contas rejeitadas pelo tribunal. O primeiro foi o seu “criador” político, Fernando Gomes, no período 2005-2008.

CARLOS COELHO VENCE SOLON NO TRE E RETOMA MANDATO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Solon Pinheiro (esq.) volta para a suplência e Coelho retoma mandato (Fotomontagem Pimenta).

Solon Pinheiro (esq.) volta para a suplência e Coelho retoma mandato (Fotomontagem Pimenta).

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu favorável ao retorno do vereador itabunense Carlos Coelho (DEM), sete meses após a cassação do mandato do médico (relembre aqui). Coelho “caiu” em primeira instância sob a acusação de compra de votos. A decisão que restabelece o mandato saiu ao final da manhã de hoje. 

Coelho venceu, por 4 a 2, a pendenga contra o colega de partido, Solon Pinheiro. A sessão foi acompanhada pelo vereador-suplente derrotado, Solon Pinheiro, acompanhado da esposa e também advogada, Aline Pinheiro.

Solon deixou a sessão bastante abatido. O vereador Carlos Coelho não participou da sessão.

ACI DISCUTIRÁ COM VEREADORES O FIM DO VOTO SECRETO NA CÂMARA DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ribeiro deflagra campanha pela transparência pública.

Ribeiro deflagra campanha pela transparência pública.

A campanha Transparência Já, da Associação Comercial de Itabuna (ACI), será novamente discutida, hoje (2), agora com a presença de ao menos metade dos vereadores itabunenses. Luiz Ribeiro, presidente da Associação Comercial de Itabuna, disse ao PIMENTA que 12 vereadores confirmaram presença no encontro de hoje, às 19h, no auditório da entidade.

Um dos focos da campanha, neste momento, é o fim do voto secreto na Câmara Municipal. A Câmara já conta com uma proposta neste sentido, apresentada pelo vereador Júnior Brandão (PT). O projeto de lei ainda aguarda tramitação.

Na reunião da semana passada, a ACI discutiu a necessidade de transparência na política e deflagrou a campanha Transparência Já, que também vai abranger o executivo com a cobrança de ações moralizadoras e de acesso fácil do cidadão a informações do governo municipal.

ACI MAIS ATIVA

Ribeiro revelou a intenção dos novos dirigentes da ACI de participar de forma mais ativa das questões relacionadas a Itabuna. Empossado há pouco mais de um mês, ele revelou que a entidade possui hoje 110 associados e o objetivo é, pelo menos, dobrar o número de filiados.

CPI COBRA REDUÇÃO DE TARIFA DE ÔNIBUS E PRESSIONA VEREADORES EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Comando Popular Itabuna fez ontem à tarde (8) críticas ao Conselho de Transporte de Itabuna durante manifestação no plenário da Câmara de Vereadores. O CPI reúne estudantes secundaristas e universitários e levanta bandeiras como passe livre e redução da tarifa de ônibus.

A Guarda Municipal foi acionada para tentar conter os manifestantes. Não houve confronto, mas um guarda tenta fazer com que estudante recolha cartaz.

Os integrantes do CPI encerraram a manifestação com palavras de ordem que se tornaram “hino” do movimento: “Se a tarifa não baixar, Itabuna vai parar”. Confira momentos do protesto no vídeo abaixo.

A RELAÇÃO NÃO É MAIS A MESMA

Tempo de leitura: < 1 minuto
aldenes e joilson rosa

Aldenes é o presidente, mas Joilson detém o poder…

Anda estremecida a relação entre o presidente da Câmara de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB), e Joilson Rosa (PSDC), componentes do “G12”.

Sem comunicar o presidente, Joilson concedeu sinecura para um dos seus, chamado Robson Sá, que estava desabrigado após ser exonerado da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc). Aldenes não gostou, mas também não consta que a boquinha tenha sido eliminada.
Nos corredores da Câmara, Aldenes vem sendo chamado de “Rainha da Inglaterra”. E Joilson, primeiro-ministro.

JUIZ RECLAMA DE ESTRUTURA PARA ATENDER MENORES INFRATORES EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bandeira reclama da falta de apoio para ações em Itabuna.

Bandeira reclama da falta de apoio para ações em Itabuna.

Geralmente improdutiva, a sessão especial para debater a violência em Itabuna deu resultados: a reabertura da unidade de internação em regime semiaberto para menores infratores, no Bairro São Judas, e a reativação do Conselho Municipal de Segurança.
Técnicos da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) visitarão Itabuna para vistoriar um imóvel que já funcionava como unidade de internação, mas encontra-se fechado. A visita está programada para meados de abril. O contato com o governo baiano foi feito pelo vereador Júnior Brandão (PT), ainda na sessão.
Durante a sessão, o juiz titular da Vara da Infância e Juventude, Marcos Bandeira, disse que estava desanimado com a falta de apoio para o trabalho em sua vara e nas ações de atenção aos menores infratores.
Segundo ele, existem 300 mandados de apreensão em aberto contra menores infratores. Das ações contra crianças e adolescentes na Vara da Infância e Juventude, 70% estão relacionadas a crimes como homicídio e tráfico de drogas. A maioria é pobre, negra e tem baixa escolaridade.
Bandeira ainda reclamou do fechamento da Seção do Menor Infrator, no Complexo Policial de Itabuna. A seção era dedicada a atender ocorrências que envolviam adolescentes acusados de cometer crimes.

VEREADORES TROCAM ACUSAÇÕES NA CÂMARA

Tempo de leitura: 2 minutos
Carlito atacou Solon, que também foi fuzilado pela colega Carmem (Montagem Pimenta).

Carlito atacou Solon, que também foi fuzilado pela colega Carmem (Montagem Pimenta).

– CARLITO DIZ QUE SOLON É COVARDE
– COLEGA REBATE E DIZ QUE CARLITO FALSIFICOU DOCUMENTOS
Carlos Coelho, o cassado, foi pivô da troca de gentilezas no plenário.

Carlos Coelho, o cassado, foi pivô da troca de gentilezas no plenário.

O plenário da Câmara de Itabuna foi transformado em palco para troca de acusações entre os vereadores Solon Pinheiro (DEM) e Carlito do Sarinha (PTN). O bate-boca começou quando Nadson Monteiro (PPS) utilizou-se do pequeno expediente para dar boas-vindas a Solon, que retorna à Câmara após a Justiça Eleitoral cassar o mandato do médico Carlos Coelho (DEM).
Carlito usou do seu tempo para acusar Solon de ter conspirado para tirar o mandato de Coelho:
– O vereador Solon armou [contra Carlos Coelho]. Não dou nem boa nem (sic) mau-vinda a ele. Carlos Coelho é homem de bem, conceituado. Você é covarde. Política se faz com honestidade.
A sequência de golpes foi complementada pela vereadora Carmem do Posto (PR). Apesar de afirmar que não criticaria o colega de legislatura, Carmem fuzilou:
– Seu passado, aqui, é negro. Que moral você tem? – questionou.
Carmem fazia alusão ao envolvimento do vereador Solon Pinheiro com envolvimento em fraude com crédito consignado e com a Farra das Diárias, que resultou no afastamento preventivo de todos  os vereadores da legislatura passada, logo após as eleições municipais, em outubro.
Após a sessão de ataques, Solon tentou sair das cordas. Respondeu que Carlito e Carmem precisavam estudar mais por que ele conseguiu a vaga de vereador ao provar que Carlos Coelho havia comprado votos e foi cassado por isso, além de abuso de poder econômico. E, no final, sobrou para Carlito.
– Carlito, o senhor ficou inelegível por oito anos justamente por falsificar documentos – disse Solon, lembrando do processo em que o colega não conseguiu comprovar escolaridade e recorreu a declaração falsa de conclusão do Ensino Fundamental.
Resta saber qual será o posicionamento da Comissão de Ética da Câmara. Pelo Regimento Interno, a troca de acusações pode resultar em punições que vão ate a perda de mandato por quebra de decoro parlamentar.

CÂMARA APROVA "IPTU PREMIADO"

Tempo de leitura: < 1 minuto

A proposta da Prefeitura de Itabuna de premiar quem paga o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em dia foi aprovada pela Câmara de Vereadores e agora só depende de sanção do prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer). Pelo menos neste ano, quem pagar o tributo no prazo vai poder concorrer a prêmios.
De acordo com o projeto de lei aprovado, serão sorteados entre os bons pagadores dois carros populares na faixa de R$ 29 mil, duas motos de 125 cilindradas cada, cinco notebooks e cinco máquinas de lavar roupa.
A expectativa do município é de que o estímulo ao pagamento do IPTU em dia gere um aumento de receita em torno de 25% só com este tributo, o que faria a arrecadação saltar de R$ 4,5 milhões, ano passado, para R$ 5,6 milhões em 2013.
A campanha do novo IPTU será deflagrada no início de abril, após concluídas as fases de licitação de empresas fornecedoras. A premiação total é estimada em R$ 100 mil.

LONGE DA CÂMARA

Tempo de leitura: < 1 minuto

ruy-machadoRuy Machado (PTB) pode levar uma boa “mordida” nos seus vencimentos como vereador. Ele faltou a todas as sessões realizadas pela Câmara neste ano e justificou apenas uma das ausências. Na sessão de ontem, o presidente do legislativo, Aldenes Meira (PCdoB), observou que o atestado médico apresentado há dez dias pelo vereador venceu na terça, o que o obrigava a voltar ao batente na sessão de quarta.

ESFORÇO PRÓPRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

marco wense1Marco Wense
Quem mais ajudou Aldenes Meira na eleição para a presidência da Câmara de Vereadores de Itabuna foi o próprio Aldenes Meira.
O candidato do vice-prefeito Wenceslau Júnior era Jairo Araújo, do Sindicato dos Comerciários. Vale a lembrança que Jairo teve mais votos do que Meira.
Aldenes tem pretensões políticas. Sonha alto. Quer ser deputado estadual, federal e, quem sabe, prefeito de Itabuna. A vontade política de Aldenes preocupa Wenceslau e Davidson Magalhães.
A eleição para o Parlamento estadual fica na dependência de um bom trabalho no Legislativo municipal.  Do contrário, nem a reeleição.
BARÃO DE ITARARÉ
Nome de batismo: Fernando Apparício Torelly. Pseudônimo: Barão de Itararé. Criticava os políticos, na época do Estado Novo, com um gênio cômico sem comparação.
Segue algumas tiradas do Barão de Itararé: 1) “O voto é rigorosamente secreto. Só assim o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato”. 2) “Os vivos são cada vez mais governados pelos mais vivos”. 3) “O político brasileiro é um sujeito que vive às claras, aproveitando as gemas e sem desprezar as cascas”. 4) “O homem que se vende sempre recebe mais do que vale”.
Itabuna não tem um Barão de Itararé. Se tivesse, faria o maior sucesso. O saudoso Hélio Pitanga seria um autêntico Barão de Itararé.
Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

Back To Top