skip to Main Content
7 de abril de 2020 | 01:23 pm

COMÉRCIO SE REINVENTA COM A CRISE DO CORONAVÍRUS

Tempo de leitura: 3 minutos

Essa é uma forma de aprisionamento das forças comunistas para tomar o poder e se manter por tempo indeterminado no comando de um país sob o regime de força.

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com

Como em todo o tempo em que uma crise assola uma determinada região, um país ou o mundo, a sabedoria popular consegue reverter a situação negativa e encontrar meios de subverter a ordem imposta pela adversidade. Não está sendo diferente neste Brasil de 2020, em que impera o medo e o terror imposto pelo Coronavírus, por meio do Covid-19, os meios de comunicação e os políticos de esquerda.

Não fosse a iniciativa privada, não teria sobrado um só brasileiro para contar a triste história dessa pandemia, do jeitinho que gostam os marajás da Organização Mundial de Saúde (OMS). Ditam as regras que querem, do jeito que querem, condenam os que não comungam com suas ideologias, não contribuem financeiramente e se acham os donos da verdade, mesmo sem conhecer a realidade de cada país.

Como ia dizendo, mesmo com as portas fechadas a criatividade da iniciativa privada – do norte a sul, leste a oeste – passou a operar por delivery, que nada mais é do que a simples entrega, remessa. Se antes esse serviço se restringia a alimentação e correspondência, hoje tomou conta de todos os ramos, com a maior naturalidade, apesar da proibição dos governos em teimar com o fechamento das empresas.

Ainda, na iniciativa privada, surgiu em Canavieiras uma proposta de um jornalista desocupado, que apresentou uma ideia espetacular a um proprietário de bar e restaurante para funcionar com toda a segurança. Seria tão somente Panela de Barro adquirir no mercado máscaras de segurança suficiente e oferecer aos clientes, que poderiam beber suas cervejas com toda a tranquilidade e dentro do protocolo de defesa do coronavírus. Só falta registrar a patente.

Sim, a iniciativa privada merece aplausos por bancar grande parte das despesas da população, mesmo com o castigo imposto pelos governos em manter as portas de seus estabelecimentos fechadas. O olhar dos governadores e prefeitos não consegue alcançar a situação real da população. Ela [a população] tem consciência de que é importante não ser infectada, mas não tem a capacidade de pregar a bunda do sofá.

E não pode ficar em casa simplesmente porque não quer e sim por faltar recursos financeiros para manter sua família. E esse suado dinheiro é oriundo dos produtos que vende nas ruas, nos bicos que fazem, do parco salário que recebem. Sim, eles não têm poupança como nossos prefeitos, governadores, deputados, embora também tenham estômago, por incrível que pareça.

No poder público – governos estaduais e municipais – sobram pedidos de muitos recursos  ao governo federal, sob o argumento de que precisam cuidar das pessoas. Como sempre, esquecem suas obrigações e gastam desbragadamente, endividando os entes federativos, apesar da Lei de Responsabilidade Fiscal, sob a falácia do argumento da independência, até a bancarrota.

Neste Brasil, após os tristes anos de roubalheira petista, se constroem discursos com as narrativas de desconstrução, bastando que os inimigos – deveriam ser adversários – não rezem por sua cartilha. E como vemos, apesar de o governo federal bancar todas as despesas, ainda sofre violentas perseguições da oposição política e de comunicação, além dos malefícios do Coronavírus.

Para tentar tirar o poder do presidente tentam o enxovalhamento do presidente, pelo simples fato de querer manter a economia funcionando, dentro dos padrões ditados pela triste e nefasta cartilha comunista. De uma vez, querem assumir o poder por meio de um golpe, já que foram derrotados na eleição. Além de promover a falência da iniciativa privada, buscam a bancarrota do Brasil.

Ora, está mais do que provado que o isolamento deve ser mantido na forma vertical, apenas com os grupos de risco e não encurralando uma população ativa em suas casas, por tempo indeterminado. Essa é uma forma de aprisionamento das forças comunistas para tomar o poder e se manter por tempo indeterminado no comando de um país sob o regime de força.

Exemplo maior está dando a população de rua, que não dá bolas para o coronavírus e continua no mesmo habitat como se nada de ruim estivesse acontecendo. Pior ainda, é o caso da Cracolândia paulista – um antro de degradação do ser humano, que se transformou no xodó do governo petista de Fernando Haddad e agora de Dória. Pois bem, não se tem notícia de infecção pelo Coronavírus neste e outros locais análogos.

Indo sempre na contramão do governo federal, os governadores e prefeitos querem manter o país paralisado, como se a população tivesse o sagrado direito de escolher qual sua morte preferida: Coronavírus ou de fome. Agora, a população ganha outro inimigo, um juiz federal que proíbe o presidente Bolsonaro de se abster de falar sobre o fim do confinamento.

Além da queda, coice.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado.

JUSTIÇA MANDA PRENDER EMPRESÁRIA ALEMÃ SUSPEITA DA MORTE DE GERENTE DE POUSADA

Comerciante foi morto com tiro na boca e teve corpo abandonado em praia
Tempo de leitura: 2 minutos

A justiça determinou a prisão da empresária alemã suspeita de envolvimento no assassinato do comerciante Bruno Lino de Andrade Loureiro. Corina Aracelly Retzlaff Schroder é considerada foragida porque viajou de Canavieiras para Alemanha durante as investigações conduzidas pela Polícia Civil. O nome da suspeita será incluído na lista de foragidos da Interpol.

A empresária Corina Aracelly aparece como suspeita de ajudar a planejar o crime ocorrido no mês passado em Canavieiras. Ela é proprietária da pousada gerenciada por Bruno Loureiro. A vítima tinha poderes para cuidar da parte financeira do empreendimento.

De acordo com a polícia, uma procuração foi dada a Bruno pela empresária e o então marido dela, porque eles estavam em situação irregular no Brasil. O empresário retornou para a Alemanha, mas Corina Aracelly continuou morando em Canavieiras.

Morte gerou protesto de amigos e familiares de Bruno Loureiro|| Foto Hevelem Matos/Studio FM

Segundo a polícia, a alemã começou a ter um relacionamento com Erionaldo da Cruz dos Santos, que foi preso dias depois do crime e está no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus. Ele é acusado de ter planejado o assassinato para assumir o controle financeiro e administrativo da pousada em Canavieiras.

A prisão temporária de Erionaldo da Cruz foi convertida em preventiva pela justiça, conforme informou a Polícia Civil na sexta-feira (6). Um terceiro suspeito de envolvimento no crime também teve a preventiva convertida. Assim como Erionaldo da Cruz, Jailson Cruz já está detido no presídio de Ilhéus.

A polícia descobriu que um tiro foi disparado na boca de Bruno e a bala ficou alojada no crânio dele. O corpo da vítima foi encontrado numa praia de Canavieiras, no dia 6 de fevereiro. A dona da pousada viajou para Alemanha dias depois da descoberta do crime.

TEMPORAL NO SUL DA BAHIA SEGUE NOS PRÓXIMOS DIAS; EM ITABUNA PODE CHOVER ATÉ 125 MILÍMETROS

Previsão de muita chuva para o sul da Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

Quem mora em áreas de risco em municípios do sul da Bahia deve ficar atento nos próximos três dias. A previsão é de que chova muito, entre hoje e segunda-feira (9), em localidades como Itabuna, Ilhéus, Camacan, Ipiaú, Coaraci, Itajuípe, Itacaré, Canavieiras, Floresta Azul, Ibicaraí e Itapé.

Em Itabuna, por exemplo, a Coordenadoria Municipal da Defesa Civil alerta que pode chover até 125 milímetros até segunda.  Na tarde de hoje, a cidade enfrentou um temporal, que causou inundações de estabelecimentos comerciais no centro e, em pelo menos, 10 bairros. Os comerciantes e moradores ainda estão contabilizando os prejuízos

De acordo com a Defesa Civil, em menos de três horas choveu 35 milímetros. Sem limpeza, as redes pluviais e de esgoto não deram conta. O canal que corta a Avenida Amélia Amado transbordou, alagou lojas e suspendeu o tráfego por alguns minutos.

A previsão é de muita chuva em quase todos os municípios do sul da Bahia. Se a previsão se confirmar para os próximos dias, serão 80 milímetros de chuva,  pelo menos,  em municípios como Camacan, Ilhéus, Santa Luzia, Canavieiras, Pau Brasil e Itaju do Colônia.

Destaca-se que é uma previsão. Isso significa que pode chover quase nada, o volume indicado ou muito mais. Por isso, é importante ficar atento e acionar a Coordenadoria de Defesa Civil de seu município ao perceber que está em perigo. Em Itabuna, o contato pode ser feito pelo telefone 9 8825-8923.

CANAVIEIRAS PROMOVE TORNEIO DE PESCA ESPORTIVA

Torneio será neste final de semana, em Canavieiras, no sul da Bahia
Tempo de leitura: < 1 minuto

O Clube de Pesca Esportiva de Canavieiras (CluPeCanes) promove, neste domingo (1º de março), o 1º Torneio de Pesca Esportiva de Canavieiras. Este ano, a sede da CluPeCanes será implantada na Cabana Toda Nua, na Atalaia Sul, onde serão realizadas as inscrições, pesagens e premiação.

De acordo com o presidente do Clube de Pesca Esportiva de Canavieiras, Carlos Antônio Niela, os primeiros classificados serão distinguidos com troféus e outras premiações, além de sorteio de brindes. A inscrição de cada um dos competidores custa apenas R$ 60,00 e mais informações poderão ser fornecidas por Niela (73 99996-8803) ou Juliano (73 999934040).

O torneio é o primeiro organizado pela CluPeCanes, entidade criada para promover e organizar eventos ligados a pesca esportiva em Canavieiras. A equipe da CluPeCanes possui know how na promoção de torneios em Canavieiras, antes sob a direção do Clube de Pesca Esportiva de Ilhéus (Clupesil), cujos associados já garantiram participação no evento deste domingo.

Leia Mais

CANAVIEIRAS: TJ-BA INOCENTA EX-PREFEITO DO CRIME DE DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Decisão do TJ-BA beneficia Almir

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) inocentou o ex-prefeito de Canavieiras, Almir Melo, pelo crime de denunciação caluniosa, após o Ministério Público da Bahia (MP-BA) acusar ele de ter denunciado, de má-fé, um delegado do município. O delito está previsto no artigo 399 do Código Penal, com pena de 2 a 8 anos de prisão e multa.

A juíza Karina Silva de Araújo entendeu na sentença que não existiam provas suficientes que levassem à condenação de Almir Melo, mesmo após o inquérito do MP-BA apontar que a denúncia foi feita de maneira inverídica e com o intuito de prejudicar o delegado.

“O arcabouço probatório carreado aos autos funda-se na dúvida quanto ao dolo do delito atribuído ao acusado, do que não há uma perfeita e certa reconstrução fática de que ao réu tenha realmente praticado o crime que lhe é atribuído, o que impõe a aplicação do princípio do in dubio pro reo, haja vista a ausência de certeza quanto a presença de todos os elementos do crime”, escreveu a magistrada.

Quanto à conclusão do inquérito policial, a juíza entendeu que, apesar deste ter evidenciado “indícios que, naquela ocasião, fundamentaram uma justa causa para a propositura a denúncia, na instrução processual não se permeia de tal certeza”. Ainda cabe recurso da sentença e, após o trânsito em julgado, a juíza determinou o arquivamento do processo. Do BNews.

IDENTIFICADA A CRIANÇA QUE MORREU APÓS CARRO CAIR NO RIO EM CANAVIEIRAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Criança e idosa morrem depois de carro cair em ponte do Rio Cipó

O Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus (DPT) liberou, na tarde desta quarta-feira (22), os corpos das duas pessoas que estavam entre os ocupantes do carro que caiu na manhã de hoje na ponte do Rio Cipó, na BA-001, em Canavieiras, no sul da Bahia. As vítimas foram identificadas como Ana Júlia Silva, de 8 anos, e Eunice Alves de Freitas, 60 anos.

O acidente ocorreu na saída da cidade.O motorista, que não teve o nome divulgado, teria perdido o controle do veículo no momento em que passava numa curva. Em seguida, o carro bateu na mureta de proteção da ponte e caiu no Rio Cipó. Ele deve prestar esclarecimentos à Polícia Civil nesta quinta-feira (23). Ainda não foram divulgados horário e local de sepultamento dos corpos das vítimas.

https://www.pimenta.blog.br/2020/01/22/carro-cai-em-ponte-e-mata-duas-pessoas-no-sul-da-bahia-uma-das-vitimas-e-uma-crianca/

POLÍCIA APREENDE NO SUL DA BAHIA CARGA COM 17 MIL CARANGUEJOS-UÇÁ

Carga seria levada para o Espírito Santo|| Fotos Dilvugação
Tempo de leitura: < 1 minuto

Equipes da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), numa ação conjunta com o Instituto Chico Mendes, apreenderam na noite de quarta-feira (15), no distrito de Betânia, em Santa Luzia, no sul da Bahia, uma carga com 17 mil caranguejos-uçá. A carga irregular do crustáceo estava sendo transportada em um caminhão para empresas de Vitória, no Espírito Santo.

Caranguejos foram devolvidos para os manguezais em Canavieiras

Os caranguejos-uçá estavam em 142 sacos e foram capturados em manguezais no sul da Bahia. O motorista do caminhão, que não teve o nome divulgado, vai responder administrativamente no Instituto Chico Mendes pelo transporte de pescado em época de defeso. Ele também foi indiciado pela Polícia Civil por crime ambiental.

De acordo com a polícia, os caranguejos-uçá foram capturados no período de defeso, contrariando determinação do Ministério da Agricultura. A captura do animal é proibida nos períodos de 11 a 16 de janeiro; 10 a 15 de fevereiro e de 10 a 15 de março. São épocas em que a espécie está em reprodução. Os caranguejos apreendidos foram soltos nesta quinta-feira (16), em manguezais de Canavieiras.

POLÍCIA APREENDE NO SUL DA BAHIA CARGA COM 17 MIL CARANGUEJOS-UÇÁ

Tempo de leitura: 2 minutos

Carga seria levada para o Espírito Santo|| Fotos Dilvugação

Equipes da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), numa ação conjunta com o Instituto Chico Mendes, apreenderam na noite de quarta-feira (15), no distrito de Betânia, em Santa Luzia, no sul da Bahia, uma carga com 17 mil caranguejos-uçá. A carga irregular do crustáceo estava sendo transportada em um caminhão para empresas de Vitória, no Espírito Santo.

Os caranguejos-uçá estavam em 142 sacos e foram capturados em manguezais no sul da Bahia. O motorista do caminhão, que não teve o nome divulgado, vai responder administrativamente no Instituto Chico Mendes pelo transporte de pescado em época de defeso. Ele também foi indiciado pela Polícia Civil por crime ambiental.

Caranguejos foram devolvidos para os manguezais em Canavieiras

De acordo com a polícia, os caranguejos-uçá foram capturados no período de defeso, contrariando determinação do Ministério da Agricultura. A captura do animal é proibida nos períodos de 11 a 16 de janeiro; 10 a 15 de fevereiro e de 10 a 15 de março. São épocas em que a espécie está em reprodução. Os caranguejos apreendidos foram soltos nesta quinta-feira (16), em manguezais de Canavieiras.

PROTESTANTES X CATÓLICOS = INTOLERÂNCIA

Tempo de leitura: 3 minutos

Walmir Rosário

 

 

Seria ridículo Canavieiras ser apontada como a cidade da cisma, em que é promovido um festejo de Natal para os evangélicos e outro exclusivamente para os católicos. Canavieiras é uma sociedade civilizada e não há que falarmos em precedentes deste tipo, a exemplo do que aconteceu nos anos 1950, quando houve um embate entre as igrejas Presbiteriana e Católica, que se digladiaram pelos serviços de alto-falantes.

 

Me chamou a atenção um cartaz digital com a publicidade do Natal Iluminado, evento promovido pela Prefeitura de Canavieiras para celebrar a vinda à terra do Deus Menino Jesus Cristo. No cartaz, o anúncio de diversas apresentações de corais de algumas igrejas protestantes, dos alunos da Apae, Percussão Ouro Negro, Grupo de Capoeira e mais quem de direito, menos de grupos da Igreja Católica.

Mesmo com a memória fraca, decorrente dos anos vividos, consegui lembrar de um pega pra capar nos festejos natalinos do ano passado, também promovido pela Prefeitura de Canavieiras. A bem da verdade, na festa anterior foram convidados os grupos católicos para abrilhantarem o evento, porém nesse dia a prefeitura não disponibilizou o som e nem equipe de apoio, como fez nos outros dias.

Resultado, o grupo deixou a praça da Bandeira (sítio do evento) sem se apresentar, o que gerou um desconforto entre os organizadores e os participantes dos grupos musicais da Igreja Matriz de São Boaventura. À época, segundo contam os mais chegados entre os dois lados, a culpa seria de um tal de “Secretário da Maldade”, com o que não concordo, pois quem tem mandato e manda de verdade é o prefeito.

Neste ano, esperavam que o clima estivesse ameno e que tudo correria bem, como mandam os manuais de etiqueta e bom relacionamento, o que não ocorreu, causando outro desconforto. De um lado, a Igreja Católica, que sem ser convidada teria prometido um evento paralelo na praça São Boaventura (em frente a igreja), o que não deve ocorrer sem a licença do prefeito, que professa uma das correntes protestantes.

Pelo que consta, nessa queda de braço existem os resquícios de um entrevero entre o prefeito o padre, por ocasião dos festejos consagrados a São Boaventura, padroeiro de Canavieiras. À época, o comentário geral seria a indisposição do prefeito em contribuir generosamente para a produção da maior festa da cidade, quebrando uma tradição secular no relacionamento entre o poder público municipal e o eclesiástico.

E a demonstrada atitude do prefeito de Canavieiras beira à intolerância religiosa, comportamento bastante criticado e rejeitado pela sociedade atual, mas que está presente em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. Sabedores que somos da condição do Estado Laico, os eventos religiosos não devem ser priorizados ou privilegiados apenas para as religiões protestantes, como quer o prefeito, pois não existe primazia.

É condenável o procedimento do prefeito, que nos remete ao século XVI, quando se deu o rompimento de segmentos da Igreja Católica, por questões de crença na Bíblia e no poder de liderança do Papa, o que não a questão de hoje. Não se questionam a quantidade dos sacramentos, muito menos a venda de indulgências para a obtenção do perdão dos pecados, o que são muitos e terríveis.

Essa pendenga não tem como objetivo saber se para ter um lugar no céu é preciso apenas ter fé em Deus ou simplesmente praticar boas ações durante nossa estada neste planeta terra. Tampouco falam ou lembram as 95 teses de Martinho Lutero que causaram o rompimento com a Igreja Católica, iniciando, assim a Reforma Protestante. Não, o mote da questão é simplesmente intolerância religiosa.

A bem da verdade, o ponto negativo da questiúncula canavieirense é o acirramento de um bate-boca entre irmãos cristãos, tema que deve ser totalmente desconhecido para o prefeito, “cristão novo”, nas messes protestantes. Sua atitude chega a destoar entre os fiéis da própria igreja a que frequenta, por não conhecer os ensinamentos do Evangelho que prega o amor ao próximo.

Além do sentimento religioso que o prefeito teima em desconhecer, existe, ainda, o aspecto de civilidade, no qual toda a sociedade convive de forma harmoniosa, respeitando as culturas e religiosidade de cada um. As pessoas não cumprimentam apenas o seu irmão de igreja, eles convivem familiarmente de forma harmoniosa, negociam, se ajudam e até votam em candidatos que professam religião diferente, como os votos que o prefeito recebeu.

Seria ridículo Canavieiras ser apontada como a cidade da cisma, em que é promovido um festejo de Natal para os evangélicos e outro exclusivamente para os católicos. Canavieiras é uma sociedade civilizada e não há que falarmos em precedentes deste tipo, a exemplo do que aconteceu nos anos 1950, quando houve um embate entre as igrejas Presbiteriana e Católica, que se digladiaram pelos serviços de alto-falantes.

Quem assim procede não é seguidor de Cristo, não conhece os ensinamentos do evangelho, verdadeira fonte de sabedoria e santidade.

Walmir Rosário é jornalista, radialista e advogado.

SINEBAHIA: CONFIRA 71 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS, JEQUIÉ, UNA E CANAVIEIRAS

Tempo de leitura: 4 minutos

SineBahia oferta mais de 70 vagas de emprego no sul e sudoeste do Estado

Itabuna, Ilhéus, Canavieiras, Una e Jequié têm oferta de, pelo menos, 71 vagas de emprego nesta terça-feira (19) com intermediação do SineBahia, o sistema estadual de empregos. Os interessados nas vagas para Ilhéus, Canavieiras e Una devem procurar a unidade que funciona no SAC de Ilhéus, onde existem 27 oportunidades. Há, ainda, 28 vagas em Itabuna e 16 em Jequié para hoje.

Os candidatos ainda não cadastrados precisam comparecer ao SineBahia munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Caso seja pessoa com deficiência (PCD), será necessário, também, apresentação de laudo médico. Clique em Leia Mais e confira todas as vagas para esta terça.

Leia Mais
Back To Top