skip to Main Content
30 de novembro de 2020 | 03:28 pm

MINISTRO QUER CONVERSAR COM ÍNDIOS E PRODUTORES RURAIS EM BUERAREMA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner e Cardozo conversaram sobre o conflito em Buerarema

Wagner e Cardozo conversaram sobre o conflito em Buerarema

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, recebeu nesta terça-feira, 8, em Brasília, o governador da Bahia, Jaques Wagner. O assunto tratado pelos dois foi o conflito entre índios e pequenos produtores rurais no sul da Bahia, principalmente em Buerarema.

Cardozo defendeu uma solução dialogada e se comprometeu a visitar a região, sinalizando como data provável da visita o dia 25 de outubro. A intenção do ministro é ouvir ambos os lados envolvidos no conflito, o que foi confirmado por Wagner.

Segundo o governador, a agenda do ministro da Justiça no sul da Bahia “será elaborada de forma que possa ter contato com os índios e com os produtores rurais”.  Wagner elogiou a decisão de Cardozo de verificar a situação pessoalmente.

A audiência em Brasília contou também com a presença do diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra.

MAIS TEMPO PARA CONVERSAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da coluna Tempo Presente (A Tarde)
Ainda não aconteceu nenhum acordo entre os dois prefeitos que postulam a presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB) e não se sabe se vai acontecer, mas a falta de tempo não será desculpa. O atual presidente da entidade, o ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano (PT), chamou a prefeita de São Francisco do Conde, Rilza Valentim (PT), e o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso (PSB), para tentarem uma composição.
– Tenho buscado o consenso e acredito que até a próxima quinta-feira, ou sexta-feira, no máximo, tudo estará resolvido – pondera.
O prefeito de Andaraí, que estava decidido a inscrever a chama hoje, aceitou esperar.
No fundo, Wilson e Rilza até topam o entendimento: ele a quer como vice e ela quer o contrário.
– Tudo pode acontecer – diz Caetano.
Simples assim.

Back To Top