skip to Main Content
12 de agosto de 2020 | 05:59 pm

VANE PENSA EM RECONTRATAR AZEVEDISTAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vane repete Azevedo no tema "Conselho de Saúde (Charge Blog do Gusmão).

(Charge Blog do Gusmão).

Após baixar a poeira das reclamações populares contra o alto número de azevedistas no governo, o prefeito Claudevane Leite está sendo seduzido por aliados para que contrate membros da gestão passada. No balaio das contratações e recontratações, estão até nomes de homens públicos investigados pela Polícia Federal.

Logo no início do governo, o prefeito que prometeu a mudança preservou nomes de frente da gestão de Capitão Azevedo (DEM). Um mês depois, em fevereiro – e após forte pressão popular (relembre aqui), aliados de Vane já pensam em “voltar ao passado”.

Como estamos na “boca” do processo eleitoral e Azevedo assanha-se como possível candidatura a deputado federal, a nomeação de azevedistas vem a calhar — como o projeto democrata.

ACI FARÁ CAMPANHA CONTRA FICHAS-SUJAS. AZEVEDO ESTÁ NA MIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

ficha_suja pre-baA Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI) decidiu pressionar a Câmara de Vereadores a votar favorável ao parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) que recomenda a rejeição das contas do ex-prefeito Capitão Azevedo (DEM).

A associação adere ao movimento nacional pela moralização da coisa pública em reunião realizada ontem à noite (26). O encontro semanal contou, desta vez, com a presença do vereador César Brandão (PPS), que ouviu empresários cobrarem moralização do legislativo.

Críticas à Câmara foram feitas devido, dentre outras coisas, às aprovações das contas de 2009 e 2010 de Azevedo. Os relatórios do TCM eram pela rejeição das contas, aprovadas pelos vereadores da legislatura passada, no segundo semestre de 2012.

Na reunião de ontem da ACI, o relatório da rejeição das contas de 2011 foi distribuído a cada um dos associados presentes na reunião de ontem. Dentre outras irregularidades, o TCM detectou irregularidades em licitações, desvio de dinheiro público e gasto de aproximadamente 75% da receita com folha de pagamento (farra de cargos comissionados).

PREFEITO ELEITO DIZ QUE REDUZIRÁ NÚMERO DE CARGOS DE CONFIANÇA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Vane do Renascer (PRB) disse ontem que vai reduzir a quantidade de cargos de confiança na Prefeitura de Itabuna. “Estamos com seis partidos e vamos fazer enxugamento de cargos comissionados”, afirmou ao negar que, no primeiro momento, recorra a quadros petistas para a sua equipe de governo.

Durante a campanha, Vane fez críticas duras ao empreguismo no município e observou que Itabuna tem mais cargos comissionados (sem concurso público) do que Ilhéus e Vitória da Conquista juntas. A prioridade do governo será composição de governo com quadros técnicos, conforme a assessoria do prefeito.

ITABUNA GASTA MAIS QUE FEIRA, CONQUISTA E ILHÉUS COM CARGOS DE CONFIANÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

– Azevedo criou 141 novos cargos e
inchou folha em mais R$ 200 mil por mês

Azevedo: farra dos comissionados.

Um levantamento do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) revela que a prefeitura de Itabuna supera três dos maiores municípios baianos em gasto com a folha de pagamento de ocupantes de cargos comissionados. A cidade está à frente de Ilhéus, Feira de Santana e Vitória da Conquista neste quesito.

Uma farra!

Itabuna tem despesa mensal de R$ 760.655,40 somente com a folha de ocupantes de cargos de confiança, enquanto Feira de Santana, dona de receita duas vezes maior e mais que o dobro de habitantes, gasta R$ 713.715,68. Ao todo, Feira possui 325 cargos de confiança ante 396 de Itabuna, de acordo com o TCM.

A prefeitura itabunense também supera as de Ilhéus e Vitória da Conquista. O município do sudoeste baiano gasta R$ 435.918,20, exatamente R$ 324.747,20 a menos que Itabuna. Conquista tem apenas 136 cargos comissionados, embora seja territorialmente bem maior e tenha pouco mais de 300 mil habitantes. Itabuna tem 204 mil, de acordo com o IBGE.

A explosão do número de cargos de confiança em Itabuna ocorreu na gestão do prefeito Capitão Azevedo (DEM). Em setembro de 2008, Itabuna possuía 255 servidores contra 396 um ano depois.

Outro exemplo para Itabuna vem da vizinha Ilhéus. A prefeitura da Terra de Gabriela, de acordo com o TCM, gasta R$ 455.853,96 com os 216 cargos de confiança. A farra dos cargos de confiança pode ser explicada por um detalhe interessante: estes são de livre nomeação e, assim, não necessita de concurso para que o servidor tome posse.

As informações do Tribunal de Contas deixaram dirigentes do Sindicato Magistério Municipal Público de Itabuna (Simpi) de orelha em pé. A entidade representa os professores municipais e deflagrará campanha salarial até abril.

TUDO PELOS CARGOS. E A SAÚDE, Ó!

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Capitão Azevedo (DEM) foi perguntado sobre o porquê de tanto resistir à ideia de passar o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) ao controle do governo do estado.

Sem pestanejar, o prefeito argumentou:

– Não dá, tenho meus compromissos.

Eis a tradução: aproximadamente 50% dos cargos do Hblem são ocupados por gente que trabalhou na campanha do prefeito. Não é pouco. O hospital tem cerca de 600 funcionários. Estadualizá-lo significaria matar a “galinha dos ovos de ouro” do prefeito. Enquanto isso, uma média de 15 a 20 pacientes que passam pelo Hblem morrem, por semana, devido às instalações, equipamentos e aparelhagem sucateados.

Back To Top