skip to Main Content
27 de setembro de 2020 | 07:03 am

O JOGO DE PARTE DO PT DE ILHÉUS PARA RIFAR NILTON CRUZ

Nilton Cruz: nome rifado por conhecidos nomes do PT ilheense
Tempo de leitura: < 1 minuto

O PT de Ilhéus ferve, nas últimas horas, com a possibilidade de indicar o candidato a vice na chapa do prefeito e candidato à reeleição, Mário Alexandre, “Marão”, do PSD. A composição é defendida pelo governador Rui Costa.

Nilton Cruz, filiado ao PT há 30 anos, dono de sucesso na área empresarial e bem relacionado com a cúpula nacional do seu partido e também com o prefeito, seria o nome natural petista para a vice. Foi o nome posto no diretório para disputar a prefeitura e teve a pré-candidatura oficializada em julho último.

Seria o nome. Porém…

Nos bastidores, o comentário é que o presidente municipal do PT, Ednei Mendonça, teria trabalhado por outros nomes para a vice de Marão, dentre eles a ex-vereadora Professora Carmelita e até o ex-presidente estadual do PT Everaldo Anunciação, este afastado da política ilheense há quase 30 anos.

A movimentação, ao gosto de Everaldo e Ednei, gerou descontentamento interno. Nilton Cruz ainda não se pronunciou publicamente, mas pessoas próximas dizem que ele reagirá à movimentação dos companheiros de partido. Falará publicamente nos próximos dias e antes da convenção do PT, programada para dia 16. 

DESAMARREM AS SANDÁLIAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Vereadora-Carmelita-PT-IlhéusCarmelita Ângela | professoracarmelita13@gmail.com

Nos atos de Francisco, renovemos nossas esperanças de dias melhores para que todos em nosso país, estado e, especialmente, em nosso município, tenham vida e a tenham em abundância.

Nos últimos dias desta semana, estamos vendo uma verdadeira lição de vida. Vida que nasce da vida, vida que se transforma em vida na medida em que a simplicidade, a humildade e a esperança são  vividas através dos atos concretos.

Atos verdadeiros, sem máscaras, sem subterfúgios, sem hipocrisias. Sentimentos que emanam do coração. Então podemos dizer com tranquilidade:  quando deixamos de lado nossas vaidades, nosso egoísmo, nossa arrogância e buscamos viver sem máscaras, sem enganação, sem mentiras, nos despojando de nós mesmos e nos preocupando com o outro, buscando a transformação da sociedade em que vivemos. Aí sim, acontece o milagre da multiplicação e o céu se torna aqui.  Só depende de nós. Sim, depende de nós, se mundo ainda tem jeito.

Nas atitudes do Papa Francisco, vemos brotar a semente plantada. Cabe-nos cultivá-las, para que, imitando-o, nossos desejos se tornem realidade. Será tão difícil o zelo, a preocupação e o amor verdadeiro pelos cidadãos que pisam este chão?

Afinal este chão é terra santa, pois é nele que peregrinam todos nós, filhos desta cidade, maltratada ao longo dos anos, vilipendiada pela negligência dos falsos profetas que  se dizem filhos teus. A esses, peçamos entrega, doação, diálogo com o povo, a fim de que possam compreender que o sentido da política não está em elevar  seu patrimônio pessoal, mas em fazer crescer a qualidade de vida do seu povo, fazendo com que sua vida tenha  sentido.

Nos atos de Francisco, renovemos nossas esperanças de dias melhores para que todos em nosso país, estado e, especialmente, em nosso município, tenham vida e a tenham em abundância.

Carmelita Ângela é professora e ex-candidata a prefeita de Ilhéus.

JABES E A GUERRA DOS INDICADORES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Jabes ao lado de Oded Grajew: esqueceu o passado.

Técnicos e estudiosos que integram os quadros da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e que participam da elaboração do Plano de Governo da candidata a prefeita de Ilhéus, Professora Carmelita (PT), encontraram novo “escorregão” do adversário Jabes Ribeiro (PP).

Ontem, na solenidade de apresentação dos indicadores sociais de Ilhéus, no Teatro Municipal, o ex-prefeito Jabes Ribeiro se disse consternado ao ver que os índices de mortalidade infantil aumentaram em relação à época em que era prefeito. Atualmente, o índice está em 24,24 mortes para cada mil nascidos vivos – e é um dos piores da Bahia.

Jabes, a julgar pelos números, esqueceu do passado.

Ao olhar os índices de mortalidade infantil da época em que ele era prefeito, os técnicos descobriram que estes eram, em 98, ainda piores do que hoje, considerando os dados do Ministério da Saúde. Segundo o levantamento, o índice de mortalidade infantil no governo jabista estava em 30,73 para cada mil nascidos vivos e permaneceu praticamente inalterado durante todos os dois mandatos em que Jabes foi prefeito (1997-2004).

De acordo com o levantamento, foi apresentanda apenas uma pequena queda em 2002 (23,1), mas manteve-se elevado nos anos seguintes: 26,8 em 2003 e 31,2 em 2004. Os dados podem ser acessados no site do Datasus/Ministério da Saúde.

Seja no passado ou no presente, a situação em Ilhéus não é das melhores.

ILHÉUS: CARMELITA FAZ CAMINHADA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Carmelita, de vermelho, faz caminhada na região central de Ilhéus, mas sem o vice.

A candidata a prefeita de Ilhéus, Professora Carmelita (PT), abriu a “temporada” de caminhadas políticas em Ilhéus, nesta sexta, 13, pelas principais ruas do centro da cidade. Os deputados Josias Gomes (PT) e Ângela Sousa (PSD) participaram do ato.

“Nossas caminhadas serão marca registrada da nossa campanha”, disse a vereadora e candidata a prefeita. Segundo ela, será oportunidade de mostrar aos eleitores a vontade de administrar Ilhéus e convencê-los quanto ao voto.

O evento não teve a participação do candidato a vice-prefeito Mário Alexandre, o Marão (PSD). Segundo a assessoria da coligação, o vice-prefeito está em viagem de trabalho, programada antes dos partidos definirem pela caminhada de hoje.

Atualizado às 18h18min

QUEM TOPA?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ontem, a vereadora Carmelita Ângela (PT) convidou os colegas de legislativo para apresentar, em plenário, todos os seus assessores. Era uma reação lógica diante da denúncia de que existem dez fantasminhas camaradas na Casa.
Resta saber se algum corajoso topa. Tá valendo, senhores!

Back To Top