skip to Main Content
28 de outubro de 2020 | 12:09 pm

CERVEJARIA INVESTIRÁ R$ 1,2 BILHÃO EM FÁBRICA EM ALAGOINHAS

Maquete da fábrica que será construída em Alagoinhas || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Cidade Imperial Petrópolis vai investir R$ 1,2 bilhão para implantar fábrica em Alagoinhas, na Bahia, onde deverão ser gerados 350 empregos diretos. Anúncio foi feito nesta quinta-feira (3), durante assinatura de protocolo de intenções com Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). A unidade, que terá capacidade de produção de 7,2 milhões hectolitros por ano, vai fabricar cerveja, chopp, bebida energética e água mineral.

A cervejaria Cidade Imperial possui mais duas unidades fabris, uma no município de Petrópolis, no Rio de Janeiro, e outra na cidade de Frutal, em Minas Gerais. As duas fábricas juntas produzem 3 milhões de hectolitros por ano e geram 3 mil postos de trabalhos diretos e indiretos.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, João Leão, o estado tem mais cinco empreendimentos do setor de bebidas em implantação ou modernização, com previsão de investir mais de R$ 87,2 milhões e oferta potencial de 435 novos empregos. Alagoinhas, Camaçari, Santo Antônio de Jesus, Barra e Mucugê são os municípios que serão beneficiados.

AQUÍFERO SÃO SEBASTIÃO

O município de Alagoinhas é conhecido como um polo de bebidas. O motivo é o Aquífero São Sebastião, que tem uma das melhores águas do mundo. E não são somente as cervejarias que bebem dessa fonte. Além da Heineken, antiga Brasil Kirin e da Cervejaria Petrópolis, a Indústria de Bebidas São Miguel também tem unidade produtiva na cidade.

MORADORES SE AGLOMERAM PARA COMPRAR CERVEJA NA PROMOÇÃO NO EXTREMO-SUL

Moradores enfrentam fila para aproveitar promoção de cerveja || Fotoreprodução TV Santa Cruz
Tempo de leitura: < 1 minuto

Moradores de Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia, ignoraram o isolamento social e se aglomeraram para comprar cerveja na promoção. O caso, de acordo com testemunhas que fizeram o vídeo, ocorreu na sexta-feira (15). O isolamento social é necessário neste momento de pandemia como forma de evitar a disseminação do coronavírus.

Com caixas de engradados de cervejas vazias, o público se aglomerou na entrada do complexo de lazer da orla norte do município. As testemunhas informaram que as pessoas estavam em busca de uma liquidação de cerveja de 600 ml que era vendida por R$2 e estava prestes a vencer.

As pessoas não respeitaram o distanciamento mínimo, apesar da maioria usar máscara. A dispersão das pessoas foi realizada ela Guarda Municipal e por agentes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos. O público foi informado que a venda não poderia ser feita pessoalmente, apenas por delivery.

A barraca que fazia a venda foi advertida e os donos do espaço explicaram que as vendas eram para ser feitas apenas com entrega na casa do consumidor e que se surpreenderam com a quantidade de pessoas que foram para a porta do complexo de lazer. Os donos da cabana informaram que após o caso, eles só farão as vendas por delivery.

A aglomeração ocorreu no mesmo dia que a prefeita da cidade anunciou a prorrogação do decreto que determinava o fechamento do comércio por mais 15 dias com o intuito de conter o avanço do coronavírus. O decreto é válido até 31 de maio. Do G1.

ANÁLISES MOSTRAM CONTAMINAÇÃO DE 55 LOTES DE CERVEJAS DA BACKER

Laboratório detecta contaminação em mais lotes de cerveja
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os últimos resultados de análises feitas pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária (LFDA/MG) mostram a contaminação de mais 14 lotes de cervejas produzidas pela empresa Backer. No total, em 55 amostras (cada amostra representa um lote) foi detectada a presença de etilenoglicol e/ou dietilenoglicol – produtos tóxicos que não devem estar na composição da cerveja.

Os lotes contaminados foram produzidos entre julho de 2019 e janeiro de 2020 e são de 12 diferentes rótulos da Backer: Belorizontina, Backer Pilsen, Backer Trigo, Brown, Backer D2, Capixaba, Capitão Senra, Corleone, Fargo 46, Layback D2, Pele Vermelha e Três Lobos Pilsen.

Até o momento, o LFDA/MG analisou 315 amostras dentre cervejas produzidas pela Backer, cervejas de outras marcas, matérias-primas, insumos e resíduos de produção para detectar a presença contaminantes. Dessas amostras, 221 eram cervejas da Backer, sendo que em 55 amostras foi detectada a presença de pelo menos um  contaminante. Os lotes contaminados foram produzidos entre julho de 2019 e janeiro de 2020.

BEERGARDEN COSTA DO CACAU SERÁ DIA 5 EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

beergarden2Você já ouviu falar em Biergarten? Se sim, provavelmente se encaixa no perfil de um bom cervejeiro. Porém, se você ainda não conhece esse conceito alemão, que ocorre em todo mundo, mas aprecia a boa bebida aliada à boa comida, com certeza vai gostar desta novidade que está chegando a Itabuna e região. O primeiro será em 5 de novembro, o “Beergarden Costa do Cacau”, entretenimento ao ar livre, mesas compartilhadas para degustação de cervejas, gastronomia, feirinha de artesanato, música e lazer diverso para toda a família, segundo os organizadores.

O conceito é basicamente de um Festival. No Brasil, já se tornou tradição no Sul e em algumas capitais. E vem crescendo cada vez mais em todas regiões do país, com foco principal no universo da cervejaria artesanal. De acordo com os organizadores do evento, a proposta do “Beer” é de gerar interação entre o público local e, no caso da cidade de Itabuna e suas circunvizinhas, trazer mais uma opção de lazer com qualidade e dinamismo.

A Costa do Cacau conta atualmente com fortes grupos de produtores e apreciadores da cerveja artesanal, além de formadores de conteúdo no segmento. Com a cena cervejeira local em expansão e tendo em vista o número crescente de rótulos que surgem regularmente, o festival tem tudo para cair no gosto do público por aqui também. As opções de lazer são muitas. O evento contará com uma infraestrutura completa, buscando gerar prazer e conforto para todos os participantes. Terá “Espaço Kids” (Parque Infantil), Slackline, atrações musicais, praça de alimentação, feirinha de artesanato e salão de jogos, dentre outros itens.

CERVEJAS ARTESANAIS

“O evento tem como objetivo proporcionar ao público regional uma experiência gastronômica e musical, aliado a um ambiente projetado para acolher e entreter a todos. Com o objetivo de fomentar a produção local, serviremos dois estilos de chopp de uma cervejaria da nossa Terra. Seguindo essa filosofia traremos parceiros locais para a gastronomia, abrindo não só espaço para a qualidade dos estabelecimentos da região como também sendo fator de geração de emprego e renda”, diz Cláudio Henrique, um dos organizadores do evento. Cláudio é empreendedor no ramo cervejeiro e atua no cenário local desde 2013.

A Beergarden conta com o apoio de grandes empresas, agregando qualidade e expertise, como é o caso da Cervejaria Colorado, a principal apoiadora do evento, e parceiros locais, Buriti, Shopping Jequitibá, Oneprinter, Gráfica Mesquita e Blog Pimenta, dentre outros.

A Beergarden Costa do Cacau começará ao meio-dia, na Estância Santo Antônio, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, vizinho ao Atacadão Maxxi. Para alegria geral, os organizadores do evento já adiantaram que a entrada é por valor bem acessível. “Dá para convidar todos os amigos, a turma do trabalho, levar a família e curtir bastante o dia”, afirma Cláudio.

Beergarden Costa do Cacau

Onde: Estância Santo Antônio, saída de Itabuna para Ilhéus
Quando: 5 de novembro
Horário: A partir do meio-dia
Ingressos: R$ 20,00 o 1º lote promocional | À venda no Pimenta Ingressos (Shopping Jequitibá); Homebeer e Stand do Karioca (Ilhéus).

WORKSHOP ENSINA RECEITAS PARA PRODUÇÃO DE CERVEJA

Tempo de leitura: 2 minutos
Workshop na Uesc ensinará receitas de produção de cerveja.

Workshop na Uesc ensinará receitas de produção de cerveja (Imagem Food Magazine).

Bernardo Couto ministrará curso na Uesc.

Bernardo Couto ministrará curso na Uesc.

Professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e cervejeiros promoverão, dia 3 de junho, às 9 horas, uma nova edição do Workshop de Receitas de Cerveja. Editor do Homini Lúpulo e cervejeiro da 2cabeças, Bernardo Couto será o conferencista.

O curso, de acordo com a instituição, é voltado para cervejeiros caseiros que querem começar a fazer receitas próprias ou ampliar conhecimentos sobre o tema.

O conteúdo do workshop inclui numerologia cervejeira (IBU, OG, FG, SRM), receitas extremas, frutas, especiarias e conjuntos e orientação e receita básica para os estilos mais produzidos, a exemplo de American Ales, Ales Belgas e Stout x Porter. Bernardo Couto também dará dicas para a escolha de maltes, lúpulos e fermentos.

A Uesc possui projetos ligados à produção e pesquisa de cerveja no sul da Bahia, além de contar com uma unidade de produção de cerveja. A microcervejaria foi inaugurada em julho do ano passado (relembre aqui).

INSCRIÇÃO

A inscrição no curso custa R$ 170,00. O workshop deverá ocorrer no campus da Uesc, na Rodovia Ilhéus-Itabuna. Mais informações sobre o workshop podem ser obtidas pelo telefone (73) 99900-4838 (Mauro). Atualizado às 9h37min.

UESC INAUGURA MICROCERVEJARIA NA SEXTA

Tempo de leitura: < 1 minuto
A professora Ana Paula Uetanabro é uma das coordenadoras da pesquisa (foto Jonildo Glória)

A professora Ana Paula Uetanabro é uma das coordenadoras da pesquisa (foto Jonildo Glória)

Pesquisadores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, desenvolvem projeto voltado à produção daquela que é uma das paixões nacionais: a famosa loira gelada. Nesta sexta-feira (15), às 15 horas, no Laboratório de Microbiologia Aplicada, a instituição inaugura sua própria microcervejaria. A fábrica de cerva teve planta piloto estruturada a partir de dois projetos financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb).

Os projetos são coordenados pelos professores Mauro de Paula Moreira e Ana Paula Trovatti Uetanabro. Segundo eles, no Brasil existem poucos grupos acadêmicos dedicados à pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico da cerveja. A ideia deles é aproveitar a diversidade de ambientes encontrados na Bahia, o que proporciona boa variedade de frutas e micro-organismos utilizados na fermentação.

Os projetos da Uesc foram aprovados em 2011, no edital de apoio a Projetos em Temas Estratégicos de Inovação Tecnológica. Segundo a professora Ana Paula Uetanabro, existem hoje cerca de 300 microcervejarias no Brasil, ocupando um espaço ainda pequeno, mas em franco crescimento.

“Estas plantas cervejeiras de pequeno porte aportaram para o mercado um rol de cervejas exclusivas e diferenciadas, com vários tipos, texturas, aromas e sabores, se diferenciando, portanto, do padrão inculcado pelas grandes corporações”, comenta Ana Paula..

ESTUDO REVELA QUE BEBER CERVEJA TODOS OS DIAS FAZ BEM PARA A SAÚDE

Tempo de leitura: < 1 minuto

cerveja reprodução ibahiaDo Ibahia
Um estudo espanhol comprovou que tomar uma caneca de cerveja por dia combate diabetes, previne contra hipertensão e evita o ganho de peso. A bebida contém ácido fólico, cálcio, ferro e vitaminas – nutrientes que protegem o sistema cardiovascular, além de ter uma baixa graduação alcoólica.
Uma das responsáveis pela pesquisa, a médica Rosa Lamuela afirma: “Nesse estudo, nós conseguimos banir alguns mitos. Sabemos que a cerveja não é a culpada pela obesidade, já que ela tem cerca de 200 calorias por caneca – o mesmo que um café com leite integral”, o estudo foi realizado em parceria entre o Hospital Clínico de Barcelona, Instituto Carlos III de Madri e a Universidade de Barcelona.

Os especialistas também afirmam que a cerveja não provoca aumento de gordura abdominal. Na verdade, a culpa seria dos aperitivos gordurosos que grande parte das pessoas consomem junto com à bebida como frituras e salgadinhos. O estudo ainda indica que mulheres podem beber dois copos pequenos por dia, enquanto os homens até três copos. No entanto, o hábito deve estar associado a exercícios físicos regulares e uma dieta saudável.

SE BEBEU DEMAIS, CONFIRA A BALANÇA…

Tempo de leitura: < 1 minuto
(Foto Philippe Huguen).

(Foto Philippe Huguen).

Além da ressaca e de outros problemas de saúde, quem costuma passar da conta na hora de consumir bebidas alcoólicas tem que se preocupar também com a balança e com a dieta. De acordo com um levantamento encomendado pela organização britânica para o emagrecimento Slimming World, é possível engordar quase um quilo, após exagerar uma única vez.
O estudo foi feito com 2.042 pessoas na Inglaterra e constatou que a ingestão de calorias (provenientes tanto das bebidas quanto da alimentação) aumenta consideravelmente, quando o indivíduo alcança o que se chama de “ponto de inflexão”. Neste momento, que varia de pessoa para pessoa, mas ocorre em média após beber 9,3 unidades alcoólicas (pouco mais de três taças de vinho ou menos de quatro canecas de cerveja), o juízo enfraquece e as escolhas pouco saudáveis passam a predominar.
As extravagâncias, em média, ocasionaram o consumo de 4.305 calorias no mesmo dia da bebedeira (mais de duas vezes o valor indicado a um adulto, que costuma ser de 2.000 kcal). No dia seguinte, o exagero continua, de acordo com a pesquisa. As refeições para recuperar-se da ressaca somam 2.051 calorias. Dessa maneira, a ingestão calórica total pode ultrapassar a casa de 6.300. Com informações do site da Exame.

AMBEV CONGELA PREÇO DA CERVEJA ATÉ O FIM DA COPA DO MUNDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

cervejasA Ambev, que fabrica as cervejas Antarctica, Brahma e Skol, anunciou hoje (4) o congelamento do preço da bebida até o final da Copa do Mundo. A competição de futebol começa em junho e vai até 13 de julho.
No verão, a Ambev já havia anunciado um congelamento do preço da “cerva” e, agora, mais gelo… no preço. Resta saber se a orientação será seguida pelos mais e 500 mil pontos de venda dos produtos da multi.
BONDADE?
O anúncio não significa nenhuma “bondade” da multinacional. Pesquisa da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), divulgada em janeiro, revelou que o brasileiro tem bebido menos.
A queda em 2013 atingiu 2% quando comparado ao ano anterior. Uma pesquisa feita pela consultoria Nielsen também revela que o consumo de cerveja tem caído ano a ano desde 2010.

CARNAVAL: GUERRA DE MARCAS BAIXA CERVEJA PARA R$ 1 EM SALVADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

cerveja1Do Metro1

O Carnaval de Salvador deste ano terá grandes cervejarias como patrocinadoras. Os vendedores ambulantes do circuito Dodô (Barra/Ondina) só poderão vender produtos Itaipava, enquanto no circuito Osmar (Campo Grande) a Schin terá o direito de venda na festa.
A Ambev, que foi excluída da festa, segundo o prefeito ACM Neto por não querer investir em Salvador como as concorrentes, não perdeu tempo e tratou de tentar compensar a perda de espaço.
Para entrar na disputa e ganhar o público, a marca lançou uma campanha em que grandes artistas da folia baiana cantam versões de seus famosos hits anunciando que a piriguete da Skol, a latinha de 265 ml, custará R$ 1,00 no carnaval.
A música promocional é baseada na canção Dança da manivela, da banda Asa de Águia. Num ritmo bem conhecido dos baianos, a cervejaria brinca: “Eu fui perguntar praquele vendedor, se a Skolzinha é um real ou se é caô / Ele disse ‘é isso mesmo, meu senhor. Só um real a Skolzinha em Salvador”.

Back To Top