skip to Main Content
7 de junho de 2020 | 05:48 am

NÃO TEM COMO FICAR LIMPO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Porcos reviram o lixo na Rua João Timóteo (foto Pimenta)

Itabuna não é uma cidade muito conhecida pela limpeza de suas ruas. E é fato notório que a sujeira predominante não é culpa somente do governo. Tem muito a ver com hábitos pouco civilizados de alguns moradores.
Aqueles que colocam o lixo na rua a qualquer hora, sem se importar com o momento em que a coleta será feita, contribuem bastante para o emporcalhamento das ruas.  Isso acontece até mesmo nos melhores bairros da cidade, a exemplo do Castália.
Na rua João Timóteo, por exemplo, onde a maioria das casas é de alto padrão, é bastante comum ver lixo espalhado nos passeios. Quem faz a festa são os porcos criados por moradores de bairros vizinhos.
É uma porcaria só…

Ô CIDADEZINHA MALTRATADA!

Tempo de leitura: 2 minutos

A Prefeitura de Itabuna concluiu há cerca de dois anos a revitalização da Praça Otávio Mangabeira, numa ação meramente cosmética e que muito facilitou a eleição do atual prefeito, José Nilton Azevedo.
Naquela época, a Prefeitura instalou uma fonte luminosa na praça, informando que o equipamento fora cedido por uma empresa do Paraná, até que o definitivo fosse instalado. Nunca foi…
Passou o tempo, a fonte foi desativada, levaram o equipamento embora e a água parada se tornou foco de dengue. Denunciaram, a Prefeitura mandou secar. E pronto!
Nesta terça-feira, 12, Dia das Crianças, centenas delas foram até a praça com seus pais e encontraram um cenário bem diferente do que foi apresentado há dois anos (prova de que foi uma revitalização fajuta e ordinária, dessas que são feitas para torrar o dinheiro público e, naturalmente, sobrar algum para os bolsos de alguém).
A praça Otávio Mangabeira tornou-se símbolo de uma cidade terrivelmente infeliz quando se trata de escolher seus governantes e o faz pelos motivos mais equivocados, sem pensar nas consequências do ato. E hoje o que se vê é uma Itabuna suja, maltratada, com seus pouquíssimos espaços de lazer totalmente esculhambados (essa é a palavra!), serviços de saúde sucateados e um governo que, a cada dia, se supera mais em matéria de incompetência.
O sentimento que temos é de extrema tristeza com tudo isso…

A fonte de dois anos atrás foi só para "engabelar" a comunidade...

Essa é a praça onde as crianças brincavam neste dia 12 de outubro de 2010. Vergonha! (foto Pimenta)

PEDESTRE SOFRE EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A falta de fiscalização é apontada como a causa de um grave desrespeito que se comete contra o direito de ir e vir em Ilhéus. Em várias partes da cidade, conforme denuncia o blog Notícias em Trânsito, comerciantes utilizam a calçada como depósito de mercadorias, obrigando os caminhantes a desviar para a rua.

Segundo o blog, os responsáveis pelo abuso nunca são multados. Normalmente a coisa entre fiscais e infratores é resolvida “na base da conversa”.

Com a ocupação dos passeios com mercadorias, pedestre não tem vez

MUNICÍPIO TEM O DEVER DE CONSERVAR AS VIAS PÚBLICAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ruas esburacadas, passeios danificados, bocas-de-lobo abertas, como a ameaçar engolir o pedestre… Tudo isso é bastante comum em Itabuna, onde já houve caso de uma senhora – em meio a aguaceiro no bairro da Mangabinha – ser tragada por um bueiro e aparecer morta, dias depois, em um mangue no bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus.

O que falta para a Prefeitura levar a sério o cuidado com as vias públicas, se as repetidas queixas da população não fazem efeito? Agora mesmo, no Rio de Janeiro, o Tribunal de Justiça condenou a prefeitura do município de Rio Bonito a pagar indenização de R$ 8 mil a um rapaz que caiu em uma boca-de-lobo.

A decisão do TJ do Rio levou em consideração danos morais e estéticos sofridos pela vítima, que sofreu um rasgo profundo na perna esquerda e foi obrigada a ficar 30 dias em repouso.

Parece ser um com caminho acionar o judiciário para que decisões didáticas como essa obriguem o poder público a fazer o que lhe compete. No mais, é torcer para que o judiciário baiano tenha a mesma eficiência.

OLHA O BURRINHO AÍ DE NOVO…

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aquele burrinho, que outro dia o Pimenta mostrou banqueteando na rua Alzira Paim, é também visto com muita frequência na avenida Amélia Amado e outros logradouros do centro de Itabuna. Anda tranquilo, com sua incrível paciência, sem se importar com os carros e motos que às vezes passam em alta velocidade. O burrinho, nem tchum!

Aliás, os motoristas e motociclistas é que precisam se preocupar e garantir o direito de ir e vir do burrinho. Afinal, ele é o “rei do pedaço”.

Lá vai o burrinho na contramão (alguém anotou a placa?)

Lá vai o burrinho na contramão (alguém anotou a placa?)

Back To Top