skip to Main Content
9 de agosto de 2020 | 02:05 am

ATRIZ BAIANA CHICA XAVIER MORRE AOS 88 ANOS

Chica Xavier morre aos 88 anos
Tempo de leitura: 2 minutos

A atriz baiana Francisca Xavier Queiroz de Jesus, ou simplesmente Chica Xavier, morreu aos 88 anos, no Rio de Janeiro, em decorrência de um câncer no pulmão, descoberto em estágio avançado. Na última quarta-feira (5), ela foi internada com um quadro de desconforto respiratório contínuo.

Uma precursora, símbolo de gerações de atrizes e atores negros, de representatividade, que trazia em cada cena ou fala traços latentes de baianidade. Nunca negou a origem. Um sorriso inconfundível, que bastava ser visto uma vez para não mais esquecer.

 

Atriz baiana fez vários papéis

PAPÉIS

Conhecida por papéis emblemáticos e que marcaram a memória afetiva do público na TV, no cinema e no teatro, Chica Xavier mudou-se para o Rio de Janeiro em 1953, aos 21 anos, com o sonho de se aprofundar na arte. O companheiro de uma vida foi o também ator Clementino Kelé, com quem no último mês de julho completou 64 anos de casada.

Começaram este matrimônio justamente em 1956 que encenaram a primeira peça de suas carreiras: “Orfeu da Conceição”, de Vinícius de Moraes. Recentemente, em uma entrevista, ela foi simples e direta sobre a relação com o marido: “Sou Chica Xavier, mas mais do que isso, eu sou Chica de Kelé”. A união gerou três filhos – Christina, Izabela e Clementino Junior – e três netos – Ernesto Junior, Luana Xavier e Oranyan. Saiba mais sobre a atriz em leia mais.

Leia Mais

A RUÍNA É UM PRESENTE. É ESTRADA PARA A TRANSFORMAÇÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

No fundo, é como se todos nós estivéssemos, há alguns dias, perdidos nas vielas de uma imensa cidade, gritando alto, sem se escutar. A vida parou tudo e está nos conduzindo a uma longa estrada, propondo a cada um o dom e a sabedoria de se transformar.

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

Forte, esse título, não é? Também achei! E não, essa frase não é minha. Ela foi retirada do filme Comer, Rezar e Amar, que assisti, mais uma vez, no último sábado. No meio desse caos mundial e no isolamento social voluntário (ou não). A frase, para minha surpresa, é dita quanto a personagem está na Itália, um dos países mais atingidos pelo Covid-19 e um dos lugares mais lindos que já visitei nesta vida, para onde, inclusive, ainda quero voltar.

Mas Elizabeth Gilbert, personagem principal do enredo, jamais imaginou nada disso naquele momento. A frase foi usada como uma metáfora quando a mesma desbravava as ruas e ruínas de Roma, com olhar de curiosidade e medo, como geralmente é o processo de autoconhecimento. E é incrível como eu, que já tinha assistido ao filme outras vezes, e já tinha lido o livro mais de uma vez, só me dei conta disso agora.

O amadurecimento e o reconhecimento de si mesmo nos trazem inúmeros desafios, e talvez o maior deles seja enxergar beleza no caos e esperança no processo. Ainda que doa. Mais ou menos o que a personagem, intensa nas observações sobre si, estava vivendo, e o que estamos passando hoje. Afinal, ninguém sairá ileso disso tudo.

Os dias têm sido longos e curtos ao mesmo tempo, a depender do que cada um esteja se propondo a fazer. Doídos ou leves, e isso realmente tem sido bastante individual. Há pessoas rodeadas de pessoas sentindo-se só; e muitas em paz justamente por estarem quietinhas. No fundo, é como se todos nós estivéssemos, há alguns dias, perdidos nas vielas de uma imensa cidade, gritando alto, sem se escutar. A vida parou tudo e está nos conduzindo a uma longa estrada, propondo a cada um o dom e a sabedoria de se transformar.

Manuela Berbert é publicitária.

ITABUNA: CINEMARK INVESTE R$ 6 MILHÕES EM COMPLEXO DE CINEMA NO SHOPPING JEQUITIBÁ

Tempo de leitura: 2 minutos

Cinemark inaugura complexo com 4 salas de cinema no Jequitibá, em Itabuna

Inaugurado na última quinta (19) no primeiro andar do Shopping Jequitibá, o Cinemark é o único complexo de cinema do sul da Bahia com salas de projeção em 3D. O investimento da Cinemark no completo com quatro salas e 745 lugares é estimado em R$ 6 milhões. É o 88º complexo da marca no país.

Nas quatro salas, são exibidos desde lançamentos e grandes sucessos do cinema até conteúdos especiais oferecidos pela rede. No saguão do complexo estão distribuídos quatro totens de autoatendimento, onde os usuários podem consultar a programação completa e adquirir ingressos e produtos com apenas alguns toques na tela. As compras também podem ser feitas pelo APP Cinemark e pelo site da Rede.

Além disso, as bilheterias contam com leitores de QR Code, para pagamento via aplicativo Mercado Pago. A parceria entre a Rede e a fintech dá R$ 10 de desconto em qualquer compra, ingressos ou itens da bomboniere, a partir de R$ 20 – benefício que pode ser aproveitado até duas vezes ao mês. Clientes Vivo Valoriza e Bradesco também têm o benefício da meia-entrada na compra de ingressos.

Para acompanhar as sessões, o público encontra no snack bar, as tradicionais e saborosas pipocas da Rede, que podem ser salgadas, doces e de sabores especiais, com coberturas como manteiga de churrasco e pipoca ‘n’ cream. No cardápio, o cliente pode também escolher entre pão de queijo, cachorro quente e os salgadinhos chicken popcorn – receita de frango crocante -, além de balas, chocolates e refrigerantes. Uma seleção de combos, que reúnem diversas comidinhas e bebidas, pode ser encontrada com preços especiais.

“CINEMA CONSOLIDA SHOPPING JEQUITIBÁ COMO CENTRO DE LAZER DO SUL DA BAHIA”, DIZ NETO

Tempo de leitura: 4 minutos

Neto diz que cinema consolida Jequitibá como shopping dominante

O Shopping Jequitibá vive uma virada de ano especial com grandes expectativas para 2020. A segunda etapa da expansão, que trouxe lojas-âncora como Casas Bahia e Kalunga, e a inauguração do Cinemark, nesta quinta (19), são marcos na história do empreendimento. O shopping é fruto do espírito visionário e arrojado de Helenilson Chaves e  consolidado por seu filho e hoje diretor, Manoel Chaves Neto.

Nesta entrevista, Neto fala do impacto da chegada do cinema e das novas lojas, dos novos empreendimentos que serão inaugurados e de seu otimismo com o novo momento econômico vivido pelo sul da Bahia.

O que a inauguração do cinema representa para o Shopping Jequitibá?

Manoel Chaves Neto – Representa e consolida o retorno da cultura, lazer, entretenimento, encontros, emoções, diversão e, sem dúvida, muita alegria para todos do sul do Estado.

Novo cinema é inaugurado na noite desta quinta (18)

Qual a expectativa de fluxo de pessoas no shopping com a inauguração do cinema?

Manoel Chaves Neto ⁃ O mês de novembro já superou significativamente nossas expectativas, com um crescimento de 19% no fluxo de veículos e 31% no fluxo de pessoas, impactados pela inauguração de lojas-âncora como Kalunga e Casas Bahia. Além disso, o tempo de permanência das pessoas no Jequitibá aumentou de forma relevante.

O cinema tem capacidade de expansão?

Manoel Chaves Neto ⁃ O cinema do Shopping Jequitibá vem com aproximadamente 750 lugares, tendo já um espaço assegurado para futura ampliação de, pelo menos, 450 lugares. Esta ampliação será regulada pelo mercado, a depender da demanda de público nas salas de exibição.

Você já considera o Jequitibá um shopping com o seu mix completo?

Manoel Chaves Neto ⁃ Consideramos que o Shopping Jequitibá esteja atualmente com seu mix de lojas completo, atendendo uma demanda regional, levando o empreendimento ter a característica de um Shopping  Dominante no sul da Bahia.

Além da ampliação, quais as modificações e reformas realizadas no shopping?

Manoel Chaves Neto ⁃ Além da bela ampliação realizada no L2, contemplando um amplo espaço de convivência moderno, confortável e democrático, trouxemos diversas e novas operações para o mix do Jequitibá. Fizemos, também, significativas interferências em todo mall/corredores do shopping, reforma completa da Praça de Alimentação e substituição de todo mobiliário.

Quais lojas ainda estão para serem inauguradas?

Manoel Chaves Neto – Para janeiro de 2020, teremos a Smart Fit  e a  ISE japonês e grelhados. Em fevereiro, a Meu Chapa e Nova Detalhes. Em março, a Natura e Alameda de Serviços. Já em abril, Vivara, Mariposa  e Nova Look.

Ainda existe capacidade de ampliação  do Shopping?

Manoel Chaves Neto ⁃ O Shopping Jequitibá, após a implantação da ampliação, passou a ter 29.700 metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL), 750 vagas de estacionamento, 143 operações, 680 assentos na praça de alimentaçãoe um cinema com 750 lugares. Sempre pensamos estrategicamente e de longo prazo no Shopping Jequitibá, pois, hoje, já temos aprovado e com alvará em mãos mais uma nova ampliação de mais 12.000 metros quadrados de novas ABL, mais 400 vagas de estacionamento num deck park, ampliação de mais 600 lugares na praça de alimentação e mais duas salas de cinema. Entretanto, a data da concretização deste potencial será determinada pelo mercado e do nosso poder de consumo.

A Clínica Médica, já  anunciada, ainda vem para o Jequitibá?

Manoel Chaves Neto ⁃ A Clínica Médica e Diagnóstica será uma realidade. O que ocorreu foi um atraso no processo de implantação, mas teremos uma clínica  mais completa, mais ampla e com muito mais opções de serviços e atendimentos.

 

_________

As vendas da Black Friday foram excelentes, pois tivemos o fluxo de 7.684 veículos, aproximadamente 37.000 pessoas e uma venda no dia de R$ 6.200.000

_________

 

Como foram as vendas do Black Friday? E a expectativa para as vendas de Natal?

Manoel Chaves Neto – As vendas da Black Friday foram excelentes, pois tivemos o fluxo de 7.684 veículos, aproximadamente 37.000 pessoas e uma venda no dia de R$ 6.200.000, fazendo com que todos indicadores ficassem acima dos dois dígitos positivamente. E a expectativa para o Natal é igualmente positiva, o que já pode ser verificado ao longo da semana.

Quais perspectiva para o Shopping Jequitibá nos próximos anos?

Manoel Chaves Neto – Não podemos falar de perspectiva do Shopping Jequitibá sem falar no cenário macro e micro econômico. No cenário macro econômico, temos a  perspectiva de crescimento do PIB em 2,25%, inflação abaixo do teto de 3,60%,  taxa de juros no menor patamar histórico em 4,50%,  desemprego em 11,40% ainda num alto patamar, mas com expectativa de baixa, aprovação das reformas tributárias, administrativas e política e a Ibovespa no recorde histórico de 135.000 pontos.

Já no cenário micro econômico, temos a perspectiva,  maior atratividade de Itabuna, com advindo da Policlínica, Teatro, reforma do Centro de Cultura, faculdades públicas e privadas, investimentos estruturantes realizado pelo Governo do Estado na infraestrutura do sul da Bahia, com a construção da Barragem em Itapé, Ponte Ilhéus – Pontal, autorização da duplicação da rodovia Ilhéus – Itabuna, construção do Porto Sul, incentivo na cultura e cultivo do cacau na busca de novos nichos de mercado com a produção de chocolate, implantação de gasoduto da Bahiagás na porta de diversas empresas e a participação mais efetiva e dinâmica do empresariado e profissionais liberais regionais nas entidades de classes e pretensões partidárias na busca de uma tribuna para ativamente representar os empreendedores que geram 70% dos postos de trabalho em nossa cidade.

Qual mensagem que você gostaria de deixar para 2020?

Manoel Chaves Neto ⁃ A mensagem que nós, do Shopping Jequitibá, deixamos para todos é de que usem e abusem do Jequitibá. Ele é seu, pois realizamos com muita dedicação, amor e carinho todos estes investimentos e melhorias, pensando única e exclusivamente na nossa população do sul da Bahia. Todo o nosso trabalho é focado em trazer o que há de melhor e mais modernos ao alcance democrático e sem distinção de todos os 1.200.000 habitantes da nossa região. Desejo, também, um Feliz Natal e 2020 com muita saúde, paz, alegria e muitas realizações.

CINEMARK INAUGURA COMPLEXO DE CINEMA EM ITABUNA NO 1º SEMESTRE DE 2019

Tempo de leitura: 2 minutos

Andrea Puppo, diretora de Expansão da Cinemark || Foto Pimenta

A Cinemark investirá R$ 6 milhões para instalar complexo de cinemas com 4 salas no Shopping Jequitibá, em Itabuna. Será o 88º complexo da segunda maior rede de cinemas do mundo, segundo a diretora de Expansão da Cinemark no Brasil, Andrea Puppo. “A gente promete retribuir essa ansiedade, que é nossa também”, disse.
A previsão da Cinemark é de inauguração ainda no primeiro semestre do próximo ano. Ao PIMENTA, o diretor-geral do Jequitibá, Manoel Chaves Neto, prevê obras concluídas em seis meses, no máximo.
Segundo Andrea, das 4 salas, 3 serão com tecnologia 3D. O cinema será construído no piso superior do shopping, onde já funcionam o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e o segundo piso das Lojas Renner. Abaixo, trechos da entrevista com Andrea Puppo.
PIMENTA – Como será o complexo da Cinemark em Itabuna?
ANDREA PUPPO – Vão ser 4 salas, com pouco mais de 800 lugares nesta primeira etapa. O complexo está desenhado para expandir para até seis salas. E entra com que o há de mais moderno em tecnologia de som e imagem, poltronas love seat (braços móveis), bombonière com mix completo de sabores, temperos…
PIMENTA – As salas do complexo terão que tecnologia?
ANDREA – Todas com projeção digital e três delas serão com tecnologia 3D para exibição de filmes neste formato.
PIMENTA – Qual será o investimento da Cinemark no complexo em Itabuna?
ANDREA(Risos) Bastante dinheiro. Algo na ordem de R$ 6 milhões para montarmos este cinema, além, obviamente, do investimento que o shopping faz.
PIMENTA – Qual a previsão de inauguração?
ANDREA – A gente está na fase final de projetos. Agora, é o tempo de obra. A gente quer inaugurar o quanto antes. Se possível, ainda no primeiro semestre de 2019 queremos estar com o cinema pronto e inaugurado. O cinema vem, é real.
Veja também

INÉDITA NO BRASIL, “GIANTS” SERÁ EXIBIDA PELA TVE

Tempo de leitura: 2 minutos
Giants, série inédita no Brasil, conta a história de três negros e do racismo nos Estados Unidos || Foto Divulgação

Giants, série inédita no Brasil, conta a história de três negros e do racismo nos Estados Unidos || Foto Divulgação

A TVE Bahia exibe, com exclusividade, a partir da próxima segunda-feira (9), a série norte-americana Giants. Inédita na TV brasileira, a trama, escrita e dirigida por James Bland, será lançada nesta quinta (5), às 18h30, na Saladearte Cinema do Museu, no Corredor da Vitória, em Salvador, com um bate papo com os protagonistas, diretamente de Los Angeles. Cada um dos seis episódios, de aproximadamente 20 minutos, será exibido às 21h das segundas-feiras, com reapresentação às 22h das quartas.

Giants foi produzida e idealizada pela atriz e roteirista, Issa Rae, e acompanha a rotina de três amigos negros que estão determinados a tomar as rédeas de suas vidas a qualquer custo. Os jovens aprendem rapidamente que, quando a vida começa a bater, só há duas opções – se entregar ou revidar.

Com uma narrativa que não está presente na mídia convencional, Giants aposta em temas caros à comunidade negra e levanta questões importantes como a evidente brutalidade e o abuso policial por causa do racismo, além de temáticas que nem sempre são abordadas de forma vinculada à raça, como transtornos psíquicos e homofobia.

Para o tradutor Bruno Almeida, um dos responsáveis pela parceria que traz a série para o Brasil, a realidade do negro norte-americano se aproxima bastante da realidade do negro brasileiro.

– Mesmo com toda a distância geográfica, os dramas sociais se assemelham muito e, infelizmente, ainda há uma carência de conteúdo afro-orientado na TV Brasileira. Conversando com David Wilson, criador do primeiro e mais importante portal com conteúdo voltado para afro-americanos, o The Grio.com, percebemos a necessidade de trazer conteúdo de entretenimento negro para Salvador, sobretudo na TV – disse.

ROSEMBERG LAMENTA MORTE DO CINEASTA GUIDO ARAÚJO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Cineasta Guido Araújo faleceu

Guido Araújo criou a Jornada Internacional do Cinema da Bahia

O deputado estadual e presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Rosemberg Pinto (PT), lamentou nesta quarta-feira (27), a morte, aos 83 anos, do cineasta e criador da Jornada Internacional de Cinema da Bahia, Guido Araújo.

Diretor de cinema e professor aposentado da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Guido Araújo faleceu na madrugada de hoje. “Guido teve uma importância muito grande para a Bahia. Um cineasta comprometido com a democracia e a cultura. Várias vezes estivemos juntos”, disse.

Rosemberg enfatiza, ainda, o lado solidário do cineasta. “Ele sempre abrigou, com o seu trabalho, muitos amigos, homens e mulheres, todos comprometidos com a defesa dos interesses democráticos à época da ditadura militar”, registrou o parlamentar, em pronunciamento no plenário, durante a sessão desta quarta.

NETO: “A RENNER AJUDA A POSICIONAR O JEQUITIBÁ COMO ÍCONE DE MODA NO SUL DA BAHIA”

Tempo de leitura: 4 minutos

 

Manoel Chaves Neto, do Shopping Jequitibá.

Manoel Chaves Neto, do Shopping Jequitibá.

As perspectivas para a economia do Brasil nos próximos anos e os planos de investimentos para tornar o Shopping Jequitibá completo foram temas abordados na entrevista com o empresário Manoel Chaves Neto. O diretor do centro de compras do sul da Bahia mostra-se otimista com os números recentes da economia. 

Neto ainda aborda a polêmica envolvendo a CineSercla, que anunciou a inauguração de salas de cinema no shopping em 2018. “Fui pego de surpresa. Não temos contrato assinado com ninguém”, disse.

O diretor do Shopping Jequitibá também abordou o peso da chegada das Lojas Renner. Para ele, o empreendimento ajuda a posicionar o centro de compras como referência de moda na região. A filial da Renner será inaugurada na próxima sexta (16).

Neto ainda fala de família. Empresário pioneiro em várias áreas, Helenilson Chaves submeteu-se a cirurgias e se recupera em Salvador. Confira. 

Qual a perspectiva para o varejo nos próximos anos?

Resposta dificílima, pois no Brasil está quase impossível prever algum tipo de conjuntura econômica, política, etc. O que podemos afirmar é sobre o agora. Vemos, nos últimos meses, declínio da inflação ao patamar de 4% , abaixo da meta se 4,5%, com perspectiva de manutenção, em paralelo a taxa de juros Selic, antes 14,25% ao ano, hoje 10,25%, mas com prognóstico de estar abaixo dos 2 dígitos, na casa de 8,5% ao ano em dezembro. Estes fatores nos animam e fazem acreditar que o país entrará numa estabilidade em breve, pois quanto menor inflação e juros, mais sobra para consumo, que puxa a indústria e que gera emprego, situação está que se reverterá lentamente, com retorno dos investimentos e consumo.

______________

Temos seguido nosso plano estratégico. Chegaremos no final de 2018 com um Shopping Regional Dominante.

______________

Como o Shopping Jequitibá se encaixa neste cenário?

Não resta dúvida que o cenário é e continuará sendo bastante desafiador, motivo pelo qual temos focado nossos esforços na redução dos custos operacionais e despesas. Por outro lado, no complemento de mix do shopping, trazendo novidades e lojas que agreguem produtos e serviços para nossos clientes. Temos seguido nosso plano estratégico. Chegaremos no final de 2018 com um Shopping Regional Dominante.

E a inauguração da Renner?

A inauguração da Renner vem nos abrilhantar, nos fortalecer e ajudar a posicionar ainda mais o Shopping Jequitibá como ícone de moda no sul da Bahia , além de potencializar o poder de atratividade e vendas do nosso empreendimento. A loja Renner do Shopping Jequitibá terá 2.200 metros quadrados em 2 andares, térreo e primeiro andar, interligados por uma enorme escada rolante, elevadores e escada fixa com objetivo de proporcionar maior conforto e comodidade para nosso cliente. Realmente está linda. Não deixem de visitar, na próximo sexta (16), a partir das 10 horas.

______________

As vendas vão bem. Estamos com 3% de crescimento nas lojas âncoras e megalojas e 15,98% nas lojas satélites.

______________

Como estão as vendas no Shopping Jequitibá?

Graças ao bom Deus, ao trabalho assertivo do marketing, ao atendimento gentil da nossa equipe, ao treinamento contínuo dos vendedores e aos nossos empreendedores lojistas, as vendas vão bem… Gostaríamos sempre que estivessem melhores, mas, diante de toda circunstância, estamos com 3% de crescimento nas lojas âncoras e megalojas e 15,98% nas lojas satélites.

Além da Renner, o que mais foi realizado?

Nesta etapa de investimento, além de termos construído o shell da Renner e Ricardo Eletro, construímos em cima da Renner uma laje com 1.350 metros quadrados que permite, no futuro, ter 55 novas vagas de estacionamento. Além disto, no L1, destelhamos 1.700 metros quadrados, onde conseguimos implantar mais 68 novas vagas de estacionamento para uso imediato.

______________

O nosso complemento de mix contempla um multiplex com salas de cinema, academia, Centro Médico de última geração e ampliação da área de lazer e restaurantes

______________

O que tem mais por vir no complemento de mix, deste projeto de shopping completo, dominante?

O nosso complemento de mix contempla um multiplex com salas de cinema, academia, Centro Médico de última geração e ampliação da área de lazer e restaurantes.

Qual a previsão de inauguração?

Tenham certeza: quem mais está ansioso para entregar estes projetos e complemento de mix somos nós, empreendedores, juntamente com toda nossa equipe. Entretanto, por ainda não ter dada certa e nenhum contrato já assinado, preferimos agir com cautela para que, no momento certo, façamos o pronunciamento com dia e hora para data de inauguração.

______________

Sobre a CineSercla – Fui pego de surpresa. Não temos contrato assinado com ninguém. O escritório de advocacia que nos assessora está tratando dos assunto.

______________

A Cine Sercla confirma que vai inaugurar 5 salas de cinema no Jequitibá em 2018. Como ficou isso?

Assunto que me entristece, frustra nossos clientes, desgasta nossa imagem e prejudica outras negociações. Fui pego de surpresa. Não temos contrato assinado com ninguém. O escritório de advocacia que nos assessora está tratando dos assunto.

Referência de empreendedorismo no sul da Bahia, Helenilson Chaves fez 70 anos na última semana. Como ele está?

Meu grande pai, minha mãe, grandes exemplos para mim. Eles vão muito bem, pois têm estado bastante colados em todas as horas e momentos. Recentemente, meu pai passou por uma cirurgia em São Paulo. Está fazendo tratamento em Salvador, onde acredito que até o Natal ele estará de volta a sua amada cidade de Itabuna. Na verdade, chego até dizer que parte dele está aqui presente nos meus movimentos e ações, como também dos meus irmãos, pois tivemos uma criação muito próxima no qual seus ensinamentos e a sua forma de ser, pensar, agir, seu caráter e postura, guardando as devidas proporções e particularidade, estão incutidos em nós.

Como o senhor tem analisado a política de Itabuna?

Política deixo para ser comentada por políticos. Agora, queremos cada dia mais o melhor para Itabuna, Ilhéus e todas os 41 municípios do sul da Bahia. Por fim, agradeço aos meus sócios, toda minha equipe do Shopping Jequitibá e da JPS, a todos mesmos, pelo empenho e dedicação que contribuem de forma significativa para fazer do Shopping Jequitibá cada dia melhor, maior e mais feliz.

CINESERCLA ANUNCIA CINEMA NO JEQUITIBÁ

Tempo de leitura: < 1 minuto

cineserclaA Cinesercla anunciou a inauguração de cinema no Shopping Jequitibá, em Itabuna. A informação já circulava em redes sociais e havia sido confirmada pela empresa à fanpage Itabuna Mil Grau, além de ser noticiada pelo Diário Bahia.

Hoje, a empresa informou ao PIMENTA que está prevista a construção do cinema no shopping itabunense, com inauguração em maio do próximo ano.

–  Está prevista a inauguração de 5 salas de cinema em maio de 2018 – confirmou a empresa, por email.

A Cinesercla já administrou o cinema do Jequitibá nos anos 2000. Hoje, a empresa informa estar presente em nove estados e contar com 80 salas no país. O Shopping Jequitibá ainda não se pronunciou quanto ao investimento.

DOCUMENTÁRIO TRAZ SONHOS E DESAFIOS DOS JOVENS DO ENSINO MÉDIO PÚBLICO

Tempo de leitura: 5 minutos
"Nunca me sonharam" estreia em junho (Foto Divulgação).

“Nunca me sonharam” estreia em junho (Foto Divulgação).

Da Agência Brasil

Estreia em 8 de junho o documentário Nunca me sonharam, que apresenta um panorama do ensino médio nas escolas públicas do Brasil por meio de depoimentos de jovens estudantes, professores e especialistas em educação. Percorrendo as cinco regiões do país, o filme é capaz de aproximar o público dessa realidade de forma intensa, mostrando a grandeza dos sonhos de cada jovem, suas angústias em relação ao futuro e a complexidade de educar diante de tantas adversidades que é imposta aos professores.

A partir da iniciativa do Instituto Unibanco, que desenvolve um projeto de gestão em mais de 2,5 mil escolas públicas do Brasil, o filme foi construído durante dois anos e teve direção de Cacau Rhoden. “Sou grato pela oportunidade de mergulhar neste país e ouvir esses meninos que têm tanto para falar e nos ensinaram muito. Foi um trabalho muito coletivo de exercitar a escuta e colocar esse assunto na mesa de jantar, na mesa do bar, em outros âmbitos, transcendendo os muros da escola”, disse.

Do interior do Ceará, da cidade de Nova Olinda, veio a fala do estudante Felipe Lima que dá nome ao documentário. Ele conta que seus pais acreditavam que só filho de rico entrava na universidade. “Para eles, o máximo era terminar o ensino médio e arrumar um emprego. Trabalhador de roça, vendedor, alguma coisa desse tipo. Acho que nunca me sonharam sendo um psicólogo, nunca me sonharam sendo professor, nunca me sonharam sendo um médico, não me sonharam. Eles não sonhavam e nunca me ensinaram a sonhar. Estou aprendendo a sonhar”, disse no filme.

Em entrevista à Agência Brasil, Felipe disse que o documentário é um legado que pode servir de inspiração para vários jovens. No fim do ano passado, ele formou-se no ensino médio e hoje cursa Gestão de Recursos Humanos por meio de bolsa integral do Programa Universidade para Todos (Prouni), do governo federal. “Para mim, chegar até aqui já tem sido uma imensa vitória. O que eu penso, a partir de agora, é que o céu é o limite. Para quem sonha, não tem limites, você não para, você está em constante transformação, em constante busca pelo conhecimento”, declarou.

“Hoje os jovens talvez estejam meio ofuscados nessa turbulência toda, nessa escuridão que o país está vivendo, mas é necessário, é muito importante os jovens acreditarem nesse poder transformador da educação. A educação, por mais que esteja em um caos, não deve ser vista como um problema e sim como uma solução para todas as mazelas sociais”, acrescentou o jovem.

DIREITO À EDUCAÇÃO

Referindo-se diversas vezes ao valor da educação como um direito fundamental, o filme apresenta depoimentos como os do professor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Gersem Baniwa. Para ele, a educação é uma ferramenta fundamental de libertação e o ensino médio é um rito de passagem (para os jovens).

Leia Mais
Back To Top