skip to Main Content
31 de outubro de 2020 | 09:57 am

CAI DESEMPENHO DE ESCOLAS PARTICULARES DE ITABUNA NO ENEM. ILHEENSE LIDERA NO SUL DA BA

Tempo de leitura: 2 minutos

educaçaoAs escolas da rede particular em Itabuna registraram queda de desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013 na comparação com 2012. As médias por escola foram divulgadas nesta segunda (22) pelo Ministério da Educação (MEC). As provas do exame reúnem questões de Matemática, Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e Ciências da Natureza.
Segundo o ranking baseado nas notas nas quatro áreas, o melhor colégio do município é apenas o 51º em desempenho em todo o Estado. No sul da Bahia, o melhor é o Colégio Nossa Senhora da Vitória, de Ilhéus, com média 608,4. Ficou em 28º no Estado.
O melhor da Bahia, novamente, é o Helyos, de Feira de Santana, média 674,8. Salvador tem oito escolas entre as dez melhores do Enem no ano passado. Duas são de Feira (além do Helyos, o Acesso).
GALILEU LIDERA EM ITABUNA
O melhor colégio de Itabuna foi o Galileu, com nota 590,4. Porém, a média de 2012 foi maior, atingindo 611,27. O Colégio Divina Providência caiu da segunda para a sexta colocação, de acordo com os dados do MEC. Obteve nota 535,7 ano passado ante 576,01 em 2012.
O Sistema pontua com o segundo melhor desempenho, com média 566,7, próximo ao obtido em 2012 – 568,99.
O Colégio Batista aparece em terceiro, com 563,1, seguido pelo Adventista, que teve média 558,8, superior à de 2012 – 549,67. Na sequência, vem o Colégio Ação Fraternal, com 557,3 em 2013 contra 557,63 no ano anterior.
CPM É O MELHOR DA REDE PÚBLICA
O Colégio da Polícia Militar (CPM) foi o estabelecimento da rede pública com a melhor nota no exame do ano passado, repetindo feito dos últimos anos. O desempenho foi inferior ao de 2102 quando alcançou nota média 545,07. O CPM registrou 533,3 no ano passado. A nota ficou um pouco acima dos 508,3 do Colégio Jorge Amado, ex-Coopedi.
No ranking dos colégios com melhor desempenho na rede pública, aparece em segundo o Amélia Amado (480,6 em 2013). A média subiu em relação a 2012, ano em que ficou com média 469,13. O Centro Integrado Oscar Marinho Falcão atingiu 480,2. O Ciso teve nota 479,4 superior aos 470,3 do ano anterior.
O Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães obteve nota 473,7, inferior à de 2012 – 499,52. O Colégio Félix Mendonça obteve 468,9 em 2013 e 454,30 em 2012.
RANKING ILHEENSE
O ranking geral revela que as escolas particulares de Ilhéus apresentaram desempenho superior às de Itabuna no exame. Além dos 608,4 do Nossa Senhora da Vitória, o Instituto Nossa Senhora da Piedade registrou 597,1, sendo o segundo no eixo Itabuna-Ilhéus. Com 586,4, aparece o São Jorge. O Fênix obteve 548, bem abaixo dos 579,80 de 2012.
Assim como em Itabuna, o Colégio da Polícia Militar obteve o melhor desempenho entre as escolas da rede pública ao obter nota 532,2.

GALILEU TEM MELHOR DESEMPENHO NO ENEM 2012. CPM LIDERA ENTRE ESCOLAS PÚBLICAS

Tempo de leitura: 2 minutos

educaçaoO Ministério da Educação (MEC) divulgou as médias obtidas pelas escolas brasileiras na edição do ano passado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Dos desempenhos divulgados pelo MEC entre as escolas de Ilhéus e Itabuna, a que obteve melhor resultado foi o Galileu, de Itabuna, com média 611,27.

O Colégio e Curso Galileu é da rede privada, assim como o Colégio Divina Providência, que ficou em segundo, com nota média 576,01. O Sistema cravou 568,99, seguido de perto pela Coopedi Jorge Amado (563,85).

Compare com os resultados de 2011

O Colégio da Polícia Militar obteve 545,07, sendo o melhor na rede pública. Na sequência, vem o Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, que registrou média 499,52. Ambos obtiveram rendimentos melhores que os de 2011, contrariando os dados nacionais.

Para chegar à média, o PIMENTA somou as notas obtidas pelas escolas nas provas de Linguagens, Matemática, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Redação.

ILHÉUS
Dentre os cinco colégios ilheenses listados pelo MEC, o que obteve melhor rendimento foi o Colégio Fênix, com 579,80. Já o Colégio Modelo, da rede pública, aparece com 487,29.

Curiosamente, o colégio Vitória, de Ilhéus, não aparece na lista, embora tenha sido o melhor do sul da Bahia por duas vezes nos últimos três anos.

Outra instituição que ficou fora foi o Instituto Nossa Senhora da Piedade, que apresentou melhor resultado no Enem 2011. O blog não conseguiu contato com as instituições.

OS MELHORES DO PAÍS E DA BAHIA
A instituição com melhor rendimento no exame em todo o país foi o Colégio Bernoulli, de Minas GeraIs, com média 722,15. Na Bahia, pela quarta vez, o Helyos, de Feira de Santana, liderou, com 695,55, sendo o sétimo melhor em nível nacional. Clique no “leia mais” abaixo e confira o desempenho de cada instituição.

Leia Mais

ESCOLAS SUL-BAIANAS FORA DE RANKING DAS 20 MELHORES DO ESTADO NO ENEM 2011

Tempo de leitura: 3 minutos

Piedade foi o melhor no eixo Ilhéus-Itabuna, mas não aparece entre os 20 em nível estadual.

A Bahia tem uma escola entre as 20 melhores do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. O Colégio Helyos, de Feira de Santana, é da rede privada e repete desempenho dos últimos exames ao situar-se entre as primeiras em todo o País, desta vez com a média 694,59. Nenhuma escola da região sul da Bahia aparece entre as 20 melhores do Estado.

Das 20 escolas baianas melhores ranqueadas, 14 estão situadas em Salvador e 13 pertencem à rede privada. Quatro são de Feira. A lista é completada por uma escola de Alagoinhas e outra de Vitória da Conquista (confira ao final do texto a relação das 20 melhores). São de Eunápolis e Teixeira de Freitas, respectivamente, as melhores da região sul. O Objetivo Colégio Integrado, de São Paulo, registrou maior média nacional, com 737,152.

ILHÉUS

A melhor escola do eixo Ilhéus-Itabuna no Enem 2011 foi o quase centenário Instituto Nossa Senhora da Piedade, de Ilhéus, segundo o Ministério da Educação. Os dados foram divulgados nesta quinta, 22.

A nota média do colégio ilheense foi 606,875 ante os 602,226 do Colégio Nossa Senhora da Vitória. Os demais colégios listados em Ilhéus aparecem abaixo dos 600 pontos: São Jorge (587,598), Fênix (553,144), Joana Darc (525,545), Status (511,482), Impacto (506,1078) e Ideal (499,218).

Dentre as escolas públicas, o Colégio da Polícia Militar obteve 505,898. O Colégio Paulo Américo de Oliveira foi o segundo, com 467,864. O Colégio Padre Luiz Palmeira surgiu em terceiro, com nota média 449,630, seguido pelo Colégio Estadual do Salobrinho, 434,746.

RESULTADOS EM ITABUNA

Com média 594,04, o Colégio Galileu liderou em desempenho no Enem do ano passado em Itabuna, tirando a liderança do Colégio Divina Providência. Os resultados divulgados pelo MEC ontem não computam a prova de Redação na média geral.

A Ação Fraternal de Itabuna (AFI) aparece em segundo lugar no município, com 591,893. Na sequência, vêm Sistema (568,750), Divina Providência (565,693) e Adventista (526,657).

A melhor escola pública de Itabuna no exame de 2011 foi o Colégio da Polícia Militar, que registrou média 523,450, o Ciso aparece em segundo: 494, 477. A Escola Amélia Amado apresentou média 491,806.

O Ciomf surge com 477,125, seguido de Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães (476,391). O Inácio Tosta Filho somou 463,289. O Félix Mendonça aparece em último entre aqueles que tiveram, pelo menos, 50% de participação dos estudantes do Ensino Médio, pontuando com 454,114.

No sul da Bahia, a melhor escola no Enem foi o Centro Educacional Darwin, de Eunápolis, com 611,988. O Centro de Ensino Médio Ltda, de Teixeira de Freitas, alcançou 609,338.

Ainda na região, outro destaque foi o Colégio Monteiro Lobato, de Coaraci, com 588,572, superado pela escola Durval Libânio da Silva (Gandu), com 590,497. No comparativo com as demais edições, as notas médias caíram.

OS 20 MELHORES DO ESTADO

Colégio Helyos (Feira de Santana) – 694,59
Colégio Anchieta (Salvador) – 653,54
Colégio G. Mendel (Salvador) – 647,25
Colégio São Paulo (Salvador) – 645,58
Colégio Oficina (Vitória da Conquista) – 642,50

Leia Mais

YOUTUBE: FENÔMENOS DE “ÁREA DO CONE” AGORA TRAZEM “VIDA DE VESTIBULETE”

Tempo de leitura: 2 minutos

Vida de Vestibulete traz dicas sobre hidrocarbonetos para quem vai disputar vestibular e Enem.

O primeiro vídeo alcançou mais de 230 mil visualizações em apenas seis dias no Youtube. A aula-paródia Área do Cone transformou os estudantes itabunenses Spartakus Santiago, Mariana Rosas e Paula Lavinsky em fenômenos da internet e alçou o trio à condição de celebridade.

Depois de aula de geometria espacial, agora a turma de alunas e ex-aluno do Colégio Sistema, de Itabuna, envereda pelos mistérios da Química.  Traz dicas dos hidrocarbonetos (confira o vídeo logo abaixo).

Spartakus e Mariana têm agora as companhias de Andreza Santana e Laís Xavier em Vida de Vestibulete, paródia para Vida de Empreguete, trilha das personagens Penha, Cida e Rosário, da novela global Cheias de charme.

O vídeo foi criado para uma gincana da escola. Andreza interpreta Penha, Mariana é Rosário e Laís faz o papel de Cida. Paula, que interpretou Pauloncé em Área do Cone, desta vez não pôde participar porque estava doente no período das gravações.

SUCESSO NACIONAL

Spartakus dirige, filma, edita e compõe.

Spartakus rememora o sucesso alcançado pelo primeiro vídeo. Além de grandes publicações brasileiras, ele, Paula e Mariana apareceram em programas de grandes redes de televisão. “Aparecemos no Hoje em Dia (Record), Eliana (SBT), Jornal da Globo (Globo) e Leitura Dinâmica (RedeTV!)”, afirmou ao PIMENTA.

Rolou também convite para participar do Pânico, na RedeTV, mas a data disponível já estava agendada para gravações no programa de Eliana. O trio também apareceu em programas regionais.

Spartakus mudou-se de cidade após aprovação para cursar publicidade no Rio de Janeiro. As gravações de Vida de Vestibulete ocorreram no período de greve nas universidades federais.

– Com a greve, vim pra Bahia e aproveitei pra participar de mais um vídeo – disse ao PIMENTA. Spartakus é o responsável pela direção, filmagem, letra e edição de Vida...

Confira o novo vídeo-aula sobre os hidrocarbonetos:

ENEM NA REGIÃO: COLÉGIO VITÓRIA É O MELHOR; CPM ITABUNA LIDERA ENTRE ESCOLAS PÚBLICAS

Tempo de leitura: 3 minutos

O Ministério da Educação divulgou nesta segunda (12) o resultado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) por escola. O PIMENTA fez levantamento dos melhores desempenhos entre escolas sulbaianas (particular e pública) no exame de 2010.
Pela quarta vez consecutiva, o Colégio Vitória, de Ilhéus, foi o que apresentou melhor desempenho na região cacaueira, com média 669,48 (16º lugar no estado e 295º no ranking nacional entre escolas com 75% ou mais de participação, sendo 363º no geral). 88,2% dos alunos do ensino médio do Vitória fizeram a prova do Enem. Em 2009, a escola atingiu 701,18 e figurou entre as 50 melhores do país.
Ana Carolina Melo, diretora do Colégio Vitória, diz que a liderança pela quarta vez pode ser explicada pela preocupação da escola com a qualidade dos educadores e a metodologia de ensino. “Nossos professores buscam qualidade máxima”, afirma. Segundo ela, não há curso preparatório para o Enem. Quanto à queda de rendimento, ela credita ao fato de uma aluna ter zerado a prova devido à troca de caderno de questões, além do desempenho geral em linguagens e códigos – “onde o colégio era mais forte” – e à qualidade da turma do 3º ano.

DIVINA É O SEGUNDO

A segunda colocação regional no Enem 2010 é de um colégio de Itabuna, Divina Providência, que obteve média 653,76 (34º no estado e 708ª posição no Brasil). No ano passado, a escola atingiu 641,54 e apareceu como a 55ª melhor na Bahia.
Pelo segundo ano consecutivo, o Divina tem rendimento melhor que dois dos seus concorrentes na área privada, os colégios Galileu e Sistema, antes líderes. O Galileu melhorou o desempenho em relação ao ano Enem 2009 (passou de 632,23 a 641,79). O Sistema apresentou queda (619,88 agora ante 633,8 obtido na edição anterior do exame). Os três estabelecimentos são privados.

COLÉGIOS PÚBLICOS: CPM-ITABUNA LIDERA

O Colégio da Polícia Militar em Itabuna foi o melhor na área pública ao atingir nota 591,66 e figurar na 183ª posição no estado. O segundo melhor na região na área pública foi o Ciso-Estadual, com nota 565,77 e 262ª posição na Bahia, quando considerados apenas os desempenhos de alunos do Ensino Médio Regular.
Uma curiosidade na lista das dez primeiras do Enem na região cacaueira é que duas das escolas são do pequeno município de Coaraci (Monteiro Lobato e Sagrada Família).
Ainda de acordo com os dados do MEC, as escolas públicas com mais baixo desempenho no Enem 2010 em Itabuna foram Grupo Escolar General Osório (482,97) e Presidente Médici (490,45). Instituição mais tradicional de Itabuna, o Colégio Estadual apresentou rendimento de 517,04.
O Colégio Helyos, de Feira de Santana, teve a maior nota entre os estabelecimentos de ensino médio na Bahia (697,91). A maior nota no Brasil foi registrada pelo Colégio de São Bento, do Rio: 761,7 pontos. (Clique no leia mais para conferir as 32 primeiras no sul da BA.)
Confira ranking das escolas da Região Cacaueira (nota e colocação na Bahia)
Vitória (Ilhéus) – 669,48 (16º na Bahia)
Divina Providência (Itabuna) – 653,76 (34º)
Piedade (Ilhéus) – 649,72 (38º)
Durval Libânio da Silva (Gandu) – 646,45 (44º)
Galileu (Itabuna) – 641,79 (51º)
Monteiro Lobato (Coaraci) – 632,16 (75º)
Sagrada Família (Coaraci) – 628,19 (88º)
Sistema (Itabuna) – 619,88 (108º)
Fênix (Ilhéus) – 615,92 (115º)
10º Ação Fraternal (Itabuna) – 599,31 (158º)
11º Guedes Educandário (Ibicaraí) – 596,86 (164º)
12º Impacto (Ilhéus) – 591,70 (182º)
13º CPM Itabuna – 591,66 (183º)
14º Adventista (Itabuna – 578,98 (223º)
15º Cooperativa Educacional (Itabuna) – 571,40 (241º)
16º Status (Ilhéus) – 566,90 (253º)
17º Ciso Estadual (Itabuna) – 565,77 (262º)
18º CPM Ilhéus – 564,13 (266º)
19º CIOMF (Itabuna) – 557,81 (277º)
20º Luís E. Magalhães (P.B. Vista – Itabuna) – 551,48 (293º)

Leia Mais

NÃO PROCEDE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O professor Edmundo Dourado diz que não procede informaçãodando conta de fechamento do Colégio Sistema, uma das principais instituições de ensino privado em Itabuna.”Pelo contrário, estamos preparando a escola para o início do ano letivo”, sustentou. As aulas começam no dia 8 de fevereiro para a Educação Básica. Já o pré-vestibular volta na primeira semana de março.

Dourado diz não entender de onde surgiu o boato que foi motivo de nota na coluna do respeitado jornalista Eduardo Anunciação. O professor reconhece que a inadimplência tem dificultado a vida das escolas privadas, mas as adversidades estão sendo superadas.

Edmundo Dourado cita que a inadimplência no Sistema, por exemplo, beirou os 30%. Com as negociações individuais, esse percentual caiu para 24%. “Não seria uma situação que leve ao fechamento de uma escola”, sustenta.

Back To Top