skip to Main Content
22 de setembro de 2020 | 07:45 am

PARA SINDICATO, FLEXIBILIZAR ABERTURA DO COMÉRCIO É CRIME CONTRA A SAÚDE

Comércio de Itabuna será reaberto na quinta
Tempo de leitura: 2 minutos

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna emitiu nota pública em que repudia a tentativa de setores patronais de flexibilizar a abertura do comércio para segmentos considerados não essenciais antes do dia 6 de abril. “Abrir o comércio antes desta data configura-se num crime contra a saúde pública”, reforça a direção da entidade em nota.

A abertura do comércio, no entendimento do sindicato, vai em linha contrária às orientações do Ministério da Saúde, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de autoridades sanitaristas, “que apontam o isolamento social como único meio eficiente para conter a propagação do coronavírus”. Confira a íntegra da nota no “Leia Mais”, abaixo.

Leia Mais

SEGUNDA É FERIADO DO COMERCIÁRIO EM 3 MUNICÍPIOS SUL-BAIANOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Apenas restaurantes e lanchonetes do Shopping abrem nesta segunda

A segunda-feira (22) será Feriado do Comerciário em, ao menos, três municípios sul-baianos. Principal polo comercial do sul da Bahia, Itabuna está na lista. Após acordo de comerciários e lojistas, o prefeito Fernando Gomes baixou decreto antecipando o feriado do dia 30 para dia 22 de outubro.
Também será feriado no município de Ubaitaba nesta segunda. Na semana passada, a prefeita Suka Carneiro decretou a antecipação. Somente serviços considerados essenciais funcionarão tanto em Itabuna como em Ubaitaba. O mesmo ocorrerá em Buerarema. O prefeito Vinícius de Orlando atendeu a pedido da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) local.
Em Itabuna, além de lojas, bancos e repartições municipais, o feriado também atinge serviços oferecidos no Shopping Jequitibá. Nesta segunda, apenas restaurantes e lanchonetes abrem no centro de compras itabunense.

SINDICOM DIVULGA NOTA REPÚDIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Itabuna (Sindicom) divulgou nota de repúdio contra dirigentes do Sindicato dos Comerciários, em consequência do episódio no qual uma empresária afirmou ter sido agredida pelo sindicalista Erivaldo Batista (leia aqui).

Na nota, o Sindicom acusa dirigentes do Sindicato dos Comerciários de agir “como vândalos” e ameaçar empresários “que querem promover o aumento da geração de renda através do emprego”.

Ainda segundo posicionamento da entidade patronal, “o papel do Sindicato dos Comerciários deve ser o de fiscalizar se as regras trabalhistas estão sendo respeitadas e, se não estiverem, acionar os meios legais para corrigir”.

O Sindicom afirma que o fato ocorrido no sábado, 12, foi uma demonstração de “truculência de um grupo que quer agir pela força”. A agressão à proprietária da loja de brinquedos foi definida como “um gesto covarde e que merece todo o nosso repúdio”.

DONOS DE SUPERMERCADOS E COMERCIÁRIOS TÊM NOVA RODADA DE NEGOCIAÇÕES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Gilson Costa, dirigente do Sindicato dos Comerciários.

Gilson Costa, dirigente do Sindicato dos Comerciários.

Patrões e empregados terão nova rodada de negociações para definir percentual de reajuste e piso salarial para trabalhadores em supermercados em Itabuna. A nova rodada está marcada para amanhã, 2, às 17h. Os trabalhadores pedem reajuste de 8,5% para quem recebe entre R$ 734,00 e R$ 1.371,00 de salário. Os representantes dos supermercados oferecem 6,5%.
Além do percentual de reajuste e manutenção de direitos, o presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Gilson Costa, diz que a pauta inclui compensação por jornada de trabalho, adicional para dia de feriado trabalhado e R$ 75,00 de cesta básica no perído de junho a dezembro.
Segundo ele, a pauta é a mais enxuta dos últimos anos. As negociações também são conduzidas pelo delegado em Itabuna do Sindicato dos Supermercados e Atacados de Auto Serviço do Estado da Bahia (SindSuper), Jorge de Castro Mesquita Dantas. Vereador e diretor do Sindicato dos Comerciários, Jairo Araújo participa da mesa de negociações.

O MÍNIMO COMO PISO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Comerciários protestam em frente a supermercado no Centro Comercial de Itabuna.

Comerciários protestam em frente a supermercado no Centro Comercial de Itabuna.

Comerciários e donos de supermercados em Itabuna estão diante de impasse nas negociações para definir o piso salarial específico. Para os empregados, o segmento patronal quer o fim do piso, pagando o salário mínimo. A pendenga pode ser resolvida ainda nesta terça, 26, quando os dois lados sentam-se à mesa para mais uma rodada de negociações.
O Sindicato dos Comerciários promete radicalizar caso não haja acordo. A promessa é de intensificar as manifestações às vésperas da Semana Santa nas portas dos supermercados. Nos últimos dias, os sindicalistas têm feito protestos em que o ator Jaffet Ornelas, simbolizando o piso salarial, se apresenta como um quase-defunto. Quase porque ele – o piso salarial – ainda espera ser ressuscitado, mas a peleja está dificílima…

FINAL DO CAMPEONATO DOS COMERCIÁRIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os times do Bompreço e Meira 2 vão decidir o título do Campeonato dos Comerciários, neste domingo, 5, no Recanto dos Comerciários, no Bairro Conceição, em Itabuna. A disputa começa às 10h.

Logo após a definição do vencedor da competição organizada pelo Sindicato dos Comerciários de Itabuna, haverá grande festa com música ao vivo.

PUGILISMO NA CINQUENTENÁRIO

Tempo de leitura: 2 minutos

Comerciários protestam em frente à loja (Foto Divulgação).

Dirigentes do Sindicato dos Comerciários de Itabuna acusam o gerente e o caixa da Parceria Calçados, na avenida do Cinquentenário, de agredi-los a socos e pontapés nesta manhã de quinta (8). A confusão teria começado quando os comerciários entregavam uma cartilha com a íntegra da Lei Maria da Penha às funcionárias da Parceria.
O gerente da loja, segundo os comerciários, não gostou e recolheu as cartilhas das mãos das funcionárias do estabelecimento. Os sindicalistas protestaram contra a atitude. O caixa, de prenome Felipe – filho do dono da loja, discutiu com os sindicalistas e desferiu socos e pontapés nos sindicalistas, segundo as vítimas. Os agredidos prestaram queixa no Complexo Policial. Há quatro meses, o dono da loja, de prenome Gerson, foi denunciado por ameaça de morte aos sindicalistas.
José Aloísio Pereira de Souza, gerente da loja, disse que não se envolveu nas agressões físicas. “O pessoal passou na porta da loja, entregando as cartilhas, falando da Lei. Tinha três vendedoras. Eles chegaram e entregaram a cartilha. Eu pedi que elas me entregassem e lessem [a cartilha] na hora do almoço ou do lanche”, diz o gerente. “Quando eles me viram pedir, disseram que eu estava tomando as cartilhas das meninas”.
O gerente afirma que as comerciárias não poderiam ler a cartilha na frente da loja, “pois estavam ali trabalhando, puxando cliente”. As agressões começaram quando, na versão de José Aloísio, o caixa Felipe foi para a frente do estabelecimento contestar o que os sindicalistas diziam ao microfone. “Estavam falando de mim. O menino do caixa foi lá fora, discutiu [com os comerciários]. O rapaz tá todo arranhado aqui”.

COMERCIÁRIOS DIVULGAM NOTA SOBRE GREVE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Boatos de arrastões e saques levou sindicato a orientar o fechamento do comércio e lojistas se queixaram (foto Marcos de Souza /Pimenta)

Em nota divulgada nesta terça-feira, 7, a diretoria do Sindicato dos Comerciários de Itabuna responde à representação patronal do segmento, que ontem acusou a entidade dos trabalhadores de orientar, de maneira “infundada”, o fechamento do comércio na quinta-feira 2. Os comerciantes também questionaram o posicionamento dos comerciários, de apoiar uma greve “que coloca em risco seus representados”.
Na nota divulgada hoje, o sindicato informa que, na quinta-feira, 2, diante do estado de pânico que abalou o centro de Itabuna, procurou “os meios possíveis para evitar que o pior acontecesse” e salienta que “diante da boataria e do pânico que tomou conta da cidade, não poderíamos pagar com vidas para saber quem estava certo ou errado”.
O sindicato observa que não é contra a greve e sugere que o momento atual sirva para que a sociedade possa debater a segurança pública na Bahia e em Itabuna. A entidade lembra que “nossa cidade aparece em diversas pesquisas como uma das mais violentas do país e muitos trabalhadores no comércio já foram mortos num estado de aparente normalidade, sem nenhuma greve de policiais”.

CHAPA ÚNICA NA ELEIÇÃO DOS COMERCIÁRIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O atual vice-presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Gilson Costa, ligado ao PCdoB, encabeça chapa única na eleição da nova diretoria da entidade, programada para esta sexta-feira, 22. A votação acontece das 8 às 17 horas, na sede do Sindicato.
Na nova chapa, Jairo Araújo, o atual presidente, assumirá o cargo de tesoureiro. Araújo ocupou a presidência por dois mandatos, mas há 17 anos está na diretoria da entidade.

COMERCIÁRIOS PROMETEM RESISTÊNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O vereador Ruy Machado, atual presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, tem feito declarações públicas de que pretende reavivar uma ideia recorrente na política local: a de aprovar uma lei que viabilize a abertura do comércio itabunense no período noturno.

A proposta surgiu com força na legislatura passada, por iniciativa do então vereador César Brandão (PPS), mas foi abortada devido à pressão exercida pelo Sindicato dos Comerciários. Agora, Machado volta a propor que o comércio local funcione até as 20 ou 22 horas.

Jairo Araújo, presidente do Sindicato dos Comerciários, promete ir pra cima. “Estamos nos organizando para fazer mais uma vez a resistência e demonstrar para a população a inviabilidade do funcionamento do comércio no período noturno”, adverte Araújo.

O sindicalista ainda sugere ao vereador que volte as suas preocupações para outras demandas urgentes, como a crise do próprio legislativo e o abandono dos bairros itabunenses pelo poder público.

A briga promete.

Back To Top