skip to Main Content
29 de fevereiro de 2020 | 01:54 am

STF AINDA AVALIA PEDIDO DE HABEAS CORPUS DE GREVISTA DA PM-BA

Tempo de leitura: 2 minutos
Prisco ainda aguarda julgamento de HC.

Prisco ainda aguarda julgamento de HC.

A defesa espera que até amanhã (21) saia a decisão quanto ao pedido de liberdade para o Vereador Prisco (PSDB), líder das últimas três greves da Polícia Militar baiana.
O pedido de habeas corpus foi impetrado no Supremo Tribunal Federal e, conforme consulta ao site do STF, somente hoje chegou às mãos da ministra Cármen Lúcia, a quem caberá analisar o pedido.
Prisco está preso no Complexo da Papuda, em Brasília, desde a última sexta-feira (18), após ser detido por cerca de 20 policiais federais em um resort no litoral norte baiano.
Há pouco, o PIMENTA entrou em contato com dirigente da associação comandada por Prisco. “Ele foi colocado em cela com 16 presos de alta periculosidade”, relata o integrante da Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares (Aspra).
No entendimento de policiais ligados à Aspra, o Estado colocou em risco a integridade de Prisco ao colocá-lo em cela com presos perigosos sendo ele um ex-PM. Prisco foi transferido hoje para cela individual. A prisão do vereador foi pedida pelo Ministério Público Federal (MPF), que já investiga o líder da greve em outro processo relativo à paralisação de 2012.
PASSEATA NA TERÇA
Os policiais na Bahia voltaram ao trabalho, mas em ritmo de “operação tartaruga” em algumas localidades. A tropa articula passeata pela soltura do vereador soteropolitano, programada para a terça (22), às 9 horas, em várias cidades baianas. Em Itabuna, a saída será do Jardim do Ó, centro.

Back To Top