skip to Main Content
18 de fevereiro de 2020 | 09:55 am

ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR DE ILHÉUS MARCADA POR CONFUSÕES

Tempo de leitura: < 1 minuto

A eleição do Conselho Tutelar de Ilhéus, realizada neste domingo (4), vai gerar comentários por muito tempo. As três seções estavam lotadas de gente e com poucos mesários. No antigo colégio Estadual, no Malhado, além da grande quantidade de pessoas, faltava nome de candidato na cédula de votação.

Unificado com o nacional, o pleito na cidade teve 40 candidatos a conselheiro, que devem zelar pelo cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes e intervir em situações de vulnerabilidade, além de receber salário de R$ 1.700,00.

Essa última atribuição pode ter feito o número de candidatos disparar esse ano, assim como a quantidade de problemas. De acordo com o repórter Ciro Zatele (Santa Cruz AM), ônibus e carros particulares transportavam eleitores até as seções. Em muitos casos, quem ia votar já chegava com a cédula de votação na mão.

As irregularidades levaram à suspensão do pleito na zona centro/oeste, no Malhado, de onde deveriam sair cinco conselheiros eleitos.

Até a manhã desta segunda-feira (5), não havia resultado ainda da votação, mesmo com as urnas tendo sido abertas na noite de ontem.

Back To Top