skip to Main Content
16 de janeiro de 2021 | 09:07 am

ESPANHÓIS BATEM ALEMÃES E FAZEM FINALÍSSIMA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Espanha meteu 1x0 nos alemães em gol de Puyol (Foto Getty Images/Fifa).

A Espanha jogou melhor, soube aproveitar as chances e bateu a Alemanha por 1×0, gol de Puyol. O jogo foi encerrado há pouco. Os espanhóis farão uma finalíssima inédita contra a Holanda, que ontem enfiou 3×2 no Uruguai.
A finalíssima da Copa do Mundo será no próximo domingo, 11. Os espanhóis chegam à final fazendo apenas sete gols em seis jogos. É um ataque “econômico”.

HOLANDA MANDA MAIS UM SUL-AMERICANO PRA CASA – E ESTÁ NA FINAL!

Tempo de leitura: < 1 minuto
Robben, o terrível, foi um dos destaques holandeses na vitória sobre o Uruguai, último "pedaço" de resistência americano na Copa 2010 (Foto Getty Images/Fifa).

O terrível Robben ajudou a mandar o Uruguai "mais cedo" para casa. A Holanda venceu o último "pedaço" sul-americano na Copa 2010 numa vitória contestável, por 3x2. E, mais uma vez, uma seleção avança com uma ajudinha da arbitragem. Sneijder estava impedido quandl fez o segundo gol dos europeus.

DUNGA E COMISSÃO TÉCNICA SÃO DEMITIDOS PELA CBF

Tempo de leitura: < 1 minuto

DUNGA É DEMITIDO horas depois do desembarque em Porto Alegre (Foto Google).

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deu ao ex-jogador Dunga a chance de fazer estágio como técnico de futebol já na Seleção Brasileira. Ele até conquistou títulos – os mais variados – e só não trouxe para casa os dois mais importantes: O ouro em Pequim-2008 e o hexacampeonato na África do Sul.

O período de estágio, que começou em 2006, encerrou-se neste domingo, 4, dois dias após a derrota do Brasil para a Holanda, por 2×1. A demissão de Dunga e da comissão técnica foi anunciada em nota oficial publicada no site da CBF. Jogadores e comissão técnica chegaram ao Brasil nesta madrugada. Abaixo, a nota.
Encerrado o ciclo de trabalho que teve início em agosto de 2006, e que culminou com a eliminação do Brasil da Copa do Mundo da África do Sul, a CBF comunica que está dispensada a comissão técnica da Seleção Brasileira. A nova comissão técnica será anunciada até o final deste mês de julho.

O JOGO ROUBADO

Tempo de leitura: 2 minutos

Do Herald Tribune

Neuer, goleiro da Alemanha, vê bola dentro do gol. A Inglaterra foi roubada - descaradamente! (Foto Getty Images/Fifa).

O mundo inteiro viu o gol claramente, mas o juiz e os bandeirinhas não. E, nesta era das câmeras onipresentes e das verdades fornecidas por inúmeras fontes, surpreendentemente, o erro de uns poucos indivíduos prevaleceu diante daquilo que foi mostrado pelas câmeras e visto pelos olhos de muita gente.
Assim, apesar das desculpas apresentadas dias depois por Sepp Blatter, o presidente da Fifa (Federação Internacional de Futebol), e de uma promessa de reavaliar a questão da tecnologia nos jogos, a Inglaterra não recuperou o segundo gol que marcou contra a Alemanha no fim de semana passado.
Qual poderia ter sido o resultado do jogo se a Inglaterra tivesse entrado no segundo tempo com a tranquilidade psíquica condizente com um placar empatado? Torcedores e comentaristas ficaram furiosos: como é que esses jogos multibilionários podem desprezar uma tecnologia que é encontrada em qualquer telefone celular comum? Por que não adotar o inevitável?
Mas uma outra forma de enxergar a abordagem da Fifa é como um ato raro e revelador de resistência em uma era incessantemente digitalizadora.
A tecnologia é criada pelo ser humano. Mas nos dias de hoje, nós agimos de forma a organizar a vida em torno dos aparelhos tecnológicos, em vez de fazermos com que estes é que existam em nossa função. Se os tecnologistas vendem banda larga de acesso ininterrupto, nós nos tornamos criaturas que acessam ininterruptamente o ciberespaço.
Se eles inventam um novo aparelho, nós fazemos fila para comprar a novidade antes de sequer sabermos como usá-la. Se os e-mails podem chegar até nós em qualquer lugar, nós assumimos que eles têm que nos ser enviado em qualquer lugar em que nos encontremos.
O ceticismo digital da Fifa é uma exceção notável a essa cultura. Em uma declaração notável feita três meses antes da Copa do Mundo, a associação não apresentou simplesmente um argumento ludista para explicar essa sua reticência. Ela falou de um jogo caracterizado por certas essências profundas que a associação deseja preservar, e argumentou que a tecnologia ameaça essas essências.
Leia mais

O ‘FABULOSO’ RESOLVE!

Tempo de leitura: 2 minutos

Luís Fabiano, o dono da 9, desencanta e 'nada' de braçada em golaço no Soccer City (Getty Image).

Ele estava com fome de gol. Após seis jogos sem ter o gostinho de “correr pra galera”, o Fabuloso descontou pela estreia em branco. Fez dois belos gols neste domingo e contou com a sorte ao usar o braço para fazer 2×0 e não ser “flagrado” pelo mediano árbitro francês Stephane Lannoy: 2×0 aos 5min do segundo tempo.

Aos 17min da etapa final, Elano ampliou em bela jogada brasileira pela esquerda. Elano deixou o campo de maca, após entrada criminosa de Tioté, que só recebeu um cartão amarelo. Mesma sorte não teve Kaká, expulso ao dar um tranco em Keita. Drogba ainda descontou para a Seleção da Costa da Pancada: 3×1.

O Brasil volta a campo na próxima sexta, 25, contra Portugal, às 11 horas. Jogará sem o astro Kaká, que corre sério risco de levar um gancho de dois jogos por conta da agressão ao matreiro Keita. Kaká foi dono das assistências para dois gols do Brasil. Deu pra sentir que fará falta, né?

P.S.: A Seleção Brasileira já está classificada para a próxima fase. O jogo contra os portugueses é daqueles para “cumprir tabela” ou definir a sua colocação no grupo. Enquanto Brasil tem seis pontos, o povo do “vira” tem 1. Se Portugal empatar com a Coreia do Norte, amanhã, será… Fabuloso! E por quê? Simplesmente, o Brasil pode mandar a sua “equipe B” para campo na sexta.

Confira os gols

FALTOU INSPIRAÇÃO (E GOLS!)

Tempo de leitura: < 1 minuto

A sexta-feira foi magra nos campos sul-africanos. Nos três jogos de hoje, apenas cinco gols. Na abertura da rodada, a Alemanha decepcionou ao perder por 1×0. Caiu diante da Sérvia. Às 11h, um jogo emocionante para os norte-americanos contra a Eslovênia. Os EUA estavam perdendo por 2×0 e conseguiram o empate na etapa final. A arbitragem ainda “garfou” um gol legítimo dos ianques. Mais tarde, Inglaterra e Argélia empataram em 0x0. Espetáculo horroroso, aliás.

“ZEBRA” SUÍÇA PRA CIMA DA ESPANHA?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Aguardada como uma das esperanças de belo futebol na Copa 2010, a Espanha começa apanhando da Suíça, seleção conhecida pela sua aguerrida defesa – time retranqueiro, pois! – e ataque pífio.

Fernandes aproveita rebote para colocar os suiços na frente, aos 7min do segundo tempo.

Mais cedo, o Chile bateu Honduras por 1×0 em jogo de uma defesa memorável do goleiro hondurenho Valadares. Ainda hoje, teremos África do Sul e Uruguai.

Às 13h – A Suíça conseguiu manter o resultado e termina a rodada com os três pontinhos. E olhe que o time da terrinha de bom chocolate desperdiçou chances claras de ampliar o placar…

SEM QUERER, QUERENDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Brasil faz o seu primeiro gol na Copa 2010. Sem ângulo, Maicon deixou o dele.

Cá pra nós: tava mais com jeito de cruzamento com força do que chute direto pro gol. Mas o que vale é que a rede balançou.

Brasil 1×0 Coreia do Norte, aos 11 min do segundo tempo.

O TORCEDOR SE VINGA COMO PODE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O treinador Dunga caiu. E não foi nas graças do torcedor brasileiro, mas, sim, na pesquisa Datafolha realizada nos dias 20 e 21 de maio. O técnico da seleção canarinho obteve 64% de aprovação do torcedor em dezembro de 2009. Ao final da semana passada, essa aprovação caiu para 49%, segundo o instituto.

O percentual dos que consideram o treinador ruim ou péssimo subiu de 3% para 11%, no intervalo de cinco meses. E, na região Nordeste, “Zangão” tem seu segundo pior índice de aprovação: 50%, ante 45% da região Sudeste, 52% na Centro-Oeste e 57% do Sul.

A pesquisa Datafolha ouviu 2.660 brasileiros acima de 16 anos, em 162 municípios brasileiros. A queda pode ser justificada pela não-convocação de atletas como Paulo Ganso e Neymar, do Santos, e Ronaldinho Gaúcho, do Milan, para a Copa 2010.

GRAFITE É A SURPRESA DA CONVOCAÇÃO DE DUNGA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Grafite, ex-São Paulo, é a novidade da convocação.

A relação dos 23 atletas que vão representar o Brasil na Copa 2010, na África do Sul, foi anunciada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), há pouco. A decepção: nem Paulo Henrique Ganso nem o colega Neymar fazem parte da lista do técnico Dunga.

Adriano, do Flamengo, está fora. Mas o técnico poderá enviar à Fifa a relação com 30 nomes. A esperança é a última que morre… para os dois santistas e o Imperador. A surpresa foi a convocação de Grafite, ex-São Paulo e um dos grandes destaques do campeonato alemão.

Confira a lista completa:

Goleiros

Júlio César (Inter/ITA)
Doni (Roma/ITA)
Gomes (Tottenham/ING)

Laterais

Maicon (Inter/ITA)
Daniel Alves (Barcelona/ESP)
Michel Bastos (Lyon/FRA)
Gilberto (Cruzeiro)

Zagueiros

Lúcio (Inter/ITA)
Juan (Roma/ITA)
Luisão (Benfica/POR)
Thiago Silva (Milan/ITA)

Volantes

Felipe Melo (Juventus/ITA)
Gilberto Silva (Panathinaikos/GRE)
Josué (Wolfsburg/ALE)
Kleberson (Flamengo)

Meio-campo

Kaká (Real/ESP)
Ramires (Benfica/POR)
Elano (Galatasaray/TUR)
Júlio Baptista (Roma/ITA)

Atacantes

Luís Fabiano (Sevilla/ESP)
Robinho (Santos)
Nilmar (Villarreal/ESP)
Grafite (Wolfsburg/ALE)

E aí, o que você achou da convocação? Dá pra levar o “caneco” em 2010?

Back To Top