skip to Main Content
7 de abril de 2020 | 01:58 pm

O CORONAVÍRUS E AS ARTES

Tempo de leitura: 3 minutos

Aproveite para resenhar. Vamos lá! Precisamos mudar nossos hábitos. Abuse dos telefonemas. Abuse das lives. Mas, por favor, lembre-se de limpar o celular. Vale ouvir uma música também! Vale desenhar. Vale criar! Vale todo esse esforço coletivo! Vale viver solidariamente, mesmo que eu não possa te dar um abraço neste momento.

Efson Lima || efsonlima@gmail.com

Senhores e senhoras, somos uma geração que pouco conheceu o sofrimento coletivo. Poucas vezes paramos diante da televisão para acompanhar os acontecimentos. Lembro-me do 11 de setembro de 2001 nos EUA, que minha geração ficou vidrada diante da TV. Naquele dia e nos outros que sucederam, tivemos nossas rotinas alteradas, mas nada igual a este momento. Nada!

Somos pequenos diante da realidade que ousa a nos impor. A palavra de ordem é: ficar em casa, preferencialmente, a 2 metros de cada pessoa. Para nós baianos, que adoramos os apertos de mãos, os beijos – não basta um, tem que ser dois, tem sido difícil. O tocar respeitosamente é marca de nossa identidade. Tão identificador que surge logo a pergunta: você é baiano? É muito pegar. É muito se aproximar.

Agora, nossos medos, nossos pessimismos ou nossa histeria, caso se aproxime do (não) presidente Bolsonaro são vivenciadas na TV, pelas redes sociais, pelos computadores. Tudo tem sido instantâneo. A pessoa morre e a família sabe pela TV.

Quem diria! está tudo paralisado! O futebol, o vôlei, Formula 1. Tudo segue parado! Vozes do mundo todo surgem para solicitar a mudança de data das Olimpíadas de Tóquio, cujo evento só três vezes foi cancelado, justamente, quando das duas grandes guerras. A Covid-19 paralisou os esportes. Certamente, vão surgir os campeonatos virtuais. O contato físico e a aproximação nem pensar nesse momento trágico. Tem sido um ano que parece ter ensinado a sermos pequenos.

E as artes? Os espetáculos foram suspensos. Ensaios reprogramados. Ontem, perguntei a minha amiga se o bar dela já havia sido fechado. Ela respondeu que sim e que nem pode fazer a festa de despedida. Estamos a viver dias com “Caras sem Bocas”, fiz um trocadilho com o nome do bar que era” Caras e Bocas”, pois, as cortinas se fecharam, não havia cenário, o palco estava sem ator e a plateia não foi. Os dias soluçam, cujo soluço parece sem fim.

Não é possível, temos que construir outro fim, pois, a criatividade humana, tão buscada e tão cara aos tempos atuais, surge com força. Inovamos nos processos, fazemos adaptações, novos modelos e modelagens, consolidamos a palavra mágica: design thinking. Assim surgem diversas práticas que estimulam as nossas presenças em casas.

Por vezes, questiono-me até onde vai o nosso limite ético, por exemplo, as livrarias aproveitam o momento para vender mais livros, induzem-nos a comprar. Aperfeiçoaram rapidamente o serviço de entrega nas casas. Na alimentação, os aplicativos não param de nos seduzir com promoções. Você não vai ao restaurante, mas eles vêm até nós.

Lembre-se, mesmo em casa, não podemos nos aglomerar. O sistema capitalista se renova e se reinventa. Vai percorrendo suas mazelas sem piedade. Sem crime, sem castigo. As missas podem ser online. Podemos de casa nos livrar do mal. Outras igrejas insistem em realizar cultos, mesmo diante de uma eventual aglomeração. São estratégias para sobreviverem diante do cenário da dor, do pessimismo e do desalento. Amém?

Em Portugal, os artistas se juntaram e fizeram um festival pela internet. No Brasil, já temos o nosso programado. Diversos artistas se juntaram para fazer uma maratona. A Academia Brasileira de Letras enviou e-mails para os seus contatos informando que vai turbinar o projeto, a ABL em Sua Casa, com entrevistas, contos dramatizados… Assim, poderemos acompanhar o conteúdo de nossos lares.

Então, é tempo de assistirmos a um bom filme. Rever aquele filme que marcou sua adolescência. Que tal fazer a leitura de um livro regional? Tantos são os escritores. Pode fazer a leitura de um clássico também. Aproveite para resenhar. Vamos lá! Precisamos mudar nossos hábitos. Abuse dos telefonemas. Abuse das lives. Mas, por favor, lembre-se de limpar o celular. Vale ouvir uma música também! Vale desenhar. Vale criar! Vale todo esse esforço coletivo! Vale viver solidariamente, mesmo que eu não possa te dar um abraço neste momento.

Efson Lima é doutor em Direito (UFBA), especialista em Gestão em Saúde (Fiocruz), escritor e advogado.

CORONAVÍRUS PROVOCA O CANCELAMENTO DO FESTIVAL MÚSICA EM TRANCOSO

Festival Música em Trancoso é adiado por causa de pandemia do coronavírus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A edição de 2020 do Festival Música em Trancoso foi cancelada pelo Mozarteum Brasileiro, responsável pela organização do evento em Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia. O cancelamento se deve ao crescimento do número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no país.

– A medida visa garantir a segurança e o cuidado com a saúde do público, dos artistas e de toda a equipe de trabalho. A decisão foi tomada após consulta ao Ministério Público e aos órgãos de saúde pública do Estado da Bahia – informou o Mozarteum Brasileiro por meio de nota.

Ainda na nota, o Mozarteum diz acreditar que a decisão visa contribuir “com as autoridades de saúde para reduzir a disseminação do coronavírus no País”. Um dos mais importantes festivais de música do país, o Música em Trancoso começaria no próximo sábado (14) e iria até dia 21 de março, em Porto Seguro. O evento anual leva espetáculos musicais ao Teatro L’Occitane, em Trancoso.

ITACARÉ: 4ª ETAPA DO VERÃO COSTA A COSTA TERÁ PROVAS DE CANOAGEM

Provas de Canoagem serão novidade da etapa do Verão Costa a Costa em Itacaré, na Coroinha || Foto José Martins
Tempo de leitura: < 1 minuto

O projeto Verão Costa a Costa chega a Itacaré no próximo final de semana, dias 7 e 8 de março, trazendo, dentre as novidades, o Torneio de Canoagem. Organizada pela Associação Cacaueira de Canoagem, a competição contará com mais de 120 atletas e cerca de 30 dirigentes das cidades de Itacaré, Maraú, Ubatã e Ubaitaba.

A disputa será no estilo velocidade – 200 metros, nas modalidades Cadete (atletas de 15 e 16 anos), Júnior (atletas de 17 e 18 anos) e Sênior (atletas entre 19 a 34 anos), tanto no masculino quanto no feminino.

Além da Canoagem, o Verão Costa a Costa leva para Itacaré outras modalidades esportivas como o Futevôlei, o Futebol de Areia e o Surf. O público poderá acompanhar tudo de graça e, ainda, brincar e se divertir em equipamentos de esportes radicais e aventura como a parede de escalada, o full pipe, o giromaster, o arvorismo e bungee trampolim.

VERÃO COSTA A COSTA

O Verão Costa a Costa é uma realização da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia (Setre) e da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) com apoio da Bahiatursa e patrocínio da Coelba, através do programa FazAtleta.

Leia Mais

TEATRO POPULAR PODE SUSPENDER PROGRAMAÇÃO E VIVE SOB AMEAÇA DE CORTE DE ÁGUA E LUZ

Teatro Popular pode suspender programação e está ameaçado de ter água e luz cortados || Foto Zélia Uchôa
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um dos mais importantes projetos culturais da Bahia, o Teatro Popular de Ilhéus (TPI) anunciou neste domingo (1º) que poderá ter que suspender a programação de março devido à falta de recursos. Pelo mesmo motivo, o TPI não teve programação em fevereiro. E está sob ameaça de corte de energia elétrica (Coelba) e de água (Embasa).

– A interrupção das atividades se dá por conta da falta de recursos que o grupo vem enfrentando desde o final do ano passado, o que tem impossibilitado o pagamento dos salários de seus funcionários e até mesmo das contas básicas quem mantém o funcionamento da Tenda – informou em nota.

Nesta segunda (2), deverá ocorrer reunião com amigos, parceiros, artistas e produtores para discutir alternativas que garantam o funcionamento do TPI em março. Em 2020, o Teatro Popular de Ilhéus completa 25 anos de existência, período em que garantiu ações, criou público para o teatro regional e circulou por várias cidades do Brasil, levando peças aqui produzidas e levando a arte regional para além da fronteira baiana e até do país, com apresentações na Europa.

As comemorações dos 25 anos contarão com a publicação do livro A vida é uma rima, um ensaio biográfico do Teatro Popular de Ilhéus, que está sendo escrito pelo crítico teatral e jornalista Valmir Santos. Além disso, o grupo vem se preparando para estrear o espetáculo Sonho de uma noite de verão: ópera brega rock para acordar do pesadelo. O espetáculo está em fase de ensaios e montagem de cenários e figurinos. “O espetáculo deveria ter estreado em dezembro, mas as dificuldades enfrentadas pelo grupo têm atrasado sua estreia”, observa a direção do TPI em nota.

VERÃO COSTA A COSTA LEVA ESPORTE E MUITA MÚSICA PARA O LITORAL SUL DE ILHÉUS

Garotada pôde interagir e experimentar equipamentos de lazer e diversão
Tempo de leitura: 2 minutos

Durante todo o sábado (15), moradores e turistas em Ilhéus, no sul do Estado, puderam se divertir e acompanhar disputas dos torneios esportivos de Surf, Stand up Paddle, Futevôlei e Beach Soccer na Praia do Sul. As ações fazem parte da programação do Projeto Verão Costa a Costa, que vai até amanhã (16), das 8h às 17h. Além das atividades de esporte e aventura, a iniciativa conta com apresentações musicais da banda Chicafé e do cantor Junior Santê, que fazem novamente o encerramento do primeiro dia do evento, e das bandas Papazoni e Os Barões, que se apresentam às 16h deste domingo (16), fechando com muito swing e energia a terceira etapa do projeto.

Entre os visitantes que se divertiram na manhã de hoje estavam o estudante Ybrahim Mota, de 13 anos. Veranista em Ilhéus, o garoto, do município de Ibirataia, falou sobre a sua alegria de participar do projeto e brincar pela primeira vez em equipamentos como o bungee trampolin e o giromaster. “Evento muito legal, mais ainda por ser gratuito, o que possibilita que todo mundo possa aproveitar”, disse.

Para Davidson Magalhães, secretário estadual de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o Verão Costa a Costa chega à terceira etapa cada vez mais consolidado e alcançando seu objetivo, “que é o fortalecimento do esporte e da economia local, por meio das feiras de economia solidária e do artesanato”.

Gestor da Federação do Esporte Amador da Bahia (Unisport), José Sandes Filho afirmou que o saldo do projeto nas três primeiras etapas é positivo. “Um grande evento, espero que amanhã o público compareça em maior número, assim como vem acontecendo nos outros municípios”, disse.

Sandes Filho falou ainda sobre a capacidade de adaptação do Verão Costa a Costa à cultura local: “Percebemos que cada uma dessas três cidades tem uma cultura diferente e com isso vamos adaptando a nossa programação, para que o projeto atinja cada vez mais o público e os atletas tanto das cidades sedes, quanto das suas circunvizinhas”, afirmou.

“A gente fica feliz com essa parceria do Município de Ilhéus com o Governo do Estado. Com união, dá pra se fazer o Projeto Verão Costa Costa. Ilhéus não poderia estar fora disso na promoção do turismo, desenvolvimento econômico, emprego e renda. Com esse sol maravilhoso, essa praia linda de Ilhéus, essa estrutura montada, a parceria só tem que dar certo. Por isso que a gente fala, orgulho no peito, esporte e turismo nas ruas”, destacou o prefeito Mário Alexandre.

ARTESANATO

Cerca de 60 artesãos receberam hoje, na feira de artesanato montada no Verão Costa a Costa, a carteira nacional de artesão, que dá a eles, entre outros benefícios, o direito de expor seus trabalhos em feiras e praças de todo o território nacional e isenção de impostos sobre a importação dos seus produtos.

Leia Mais

AFRODISÍACO E PIERRE ONASSIS FECHAM O VERÃO COSTA A COSTA EM PORTO SEGURO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Neste domingo (2), às 16h, a banda Afrodisíaco, comandada por Pierre Onassis, sobe ao palco do Verão Costa a Costa, na Arena Boca da Barra, em Porto Seguro, para encerrar a segunda etapa do projeto que desembarca nesse final de semana (1º e 2 de fevereiro), na cidade. Além dos shows, o evento traz ao município competições e práticas esportivas, programas culturais e artesanato. A participação é gratuita.

De volta aos palcos depois de um período dedicado a outros projetos, Pierre Onassis, junto com o Afrodisíaco, promete agitar Porto Seguro no evento Verão Costa a Costa. A banda vai apresentar os clássicos da axé music, seus grandes sucessos, como Café com Pão e Já É e outros sucessos compostos por Pierre ao longo da sua carreira.

VERÃO COSTA A COSTA

O Verão Costa a Costa é uma realização da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia (Setre) e da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) com apoio da Bahiatursa e patrocínio da Coelba, através do programa FazAtleta.

PORTO SEGURO RECEBERÁ 2ª ETAPA DO PROJETO VERÃO COSTA A COSTA

Tempo de leitura: 2 minutos

Bungee trampolim é uma das atrações do Verão Costa a Costa || Foto Divulgação

Após passar pela Costa das Baleias, o projeto Verão Costa a Costa aportará no próximo final de semana, dias 1º e 2 de fevereiro, em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. Durante os dois dias, moradores e turistas poderão se divertir, gratuitamente, nos equipamentos de aventura e esportes radicais como o bungee trampolim, giromaster, full pipe, escalada e arvorismo, além de participar de oficinas de surf ou torcer e acompanhar os torneios de vôlei de praia, futevôlei, beach soccer e surf, na Arena Boca da Barra, na Avenida Beira Mar, Orla Norte, das 8h às 17h.

Além de esportes, a ação conta com apresentações de grupos de dança e de música, com a participação de artistas locais e de bandas e cantores que se destacam na música baiana, a exemplo do cantor Tatau, que encerrou a etapa de Alcobaça. A atração principal de Porto Seguro ainda é surpresa! Lá, também, o público encontrará uma tenda que abriga artesãos e produtores rurais, podendo adquirir produtos e contribuir para o fortalecimento da economia solidária.

ILHÉUS, ITACARÉ E MARAÚ

De Porto Seguro, o evento segue para Ilhéus (15 e 16 de fevereiro), Itacaré (7 e 8 de março), Maraú (21 e 22 de março), Valença (4 e 5 de abril), Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Leia Mais

VERÃO COSTA A COSTA LEVA 10 MIL PESSOAS À ORLA DE ALCOBAÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

Dez mil pessoas estiveram na orla de Alcobaça, município localizado a 712 km de Salvador, segundo dados da Polícia Militar, no sábado e neste domingo (18 e 19), durante a primeira etapa do projeto Verão Costa a Costa, iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre).

A ação passará ao todo por oito cidades baianas. A próxima parada do Verão Costa a Costa será em Porto Seguro (Costa do Descobrimento), onde ocorrerá, nos dias 1° e 2 de fevereiro, na Arena Boca da Barra, e de lá vai para Ilhéus (15 e 16 de fevereiro). O calendário prevê, ainda, Itacaré (7 e 8 de março), Maraú (21 e 22 de março), Valença (4 e 5 de abril), Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Nestes dois dias em Alcobaça, moradores e turistas participaram de oficinas esportivas, conheceram o artesanato e os produtos da agricultura regional, se divertiram nos equipamentos de esportes radicais e aventura e, ainda, curtiram as apresentações de grupos culturais locais e shows de Santê, Chica Fé (sábado) e de Tatau (domingo).

Tatau foi o responsável pelo encerramento do evento, promovendo uma verdadeira micareta. O cantor e ex-vocalista da banda Araketu agitou o público com grandes sucessos da sua carreira, a exemplo de PipocaOh Meu Pai e Araketu Bom Demais.

“O Verão Costa a Costa, além das atividades esportivas, gera trabalho para a população local e fortalece ainda mais o turismo”, destaca o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre), Davidson Magalhães.

Leia Mais

VERÃO COSTA A COSTA LEVA 10 MIL PESSOAS À ORLA DE ALCOBAÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

Tatau durante show de encerramento de projeto em Alcobaça || Foto Lego Comunica

Dez mil pessoas estiveram na orla de Alcobaça, município localizado a 712 km de Salvador, segundo dados da Polícia Militar, no sábado e neste domingo (18 e 19), durante a primeira etapa do projeto Verão Costa a Costa, iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre).

A ação passará ao todo por oito cidades baianas. A próxima parada do Verão Costa a Costa será em Porto Seguro (Costa do Descobrimento), onde ocorrerá, nos dias 1° e 2 de fevereiro, na Arena Boca da Barra, e de lá vai para Ilhéus (15 e 16 de fevereiro). O calendário prevê, ainda, Itacaré (7 e 8 de março), Maraú (21 e 22 de março), Valença (4 e 5 de abril), Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Nestes dois dias em Alcobaça, moradores e turistas participaram de oficinas esportivas, conheceram o artesanato e os produtos da agricultura regional, se divertiram nos equipamentos de esportes radicais e aventura e, ainda, curtiram as apresentações de grupos culturais locais e shows de Santê, Chica Fé (sábado) e de Tatau (domingo).

Tatau foi o responsável pelo encerramento do evento, promovendo uma verdadeira micareta. O cantor e ex-vocalista da banda Araketu agitou o público com grandes sucessos da sua carreira, a exemplo de Pipoca, Oh Meu Pai e Araketu Bom Demais.

“O Verão Costa a Costa, além das atividades esportivas, gera trabalho para a população local e fortalece ainda mais o turismo”, destaca o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre), Davidson Magalhães.

Leia Mais

“VERÃO COSTA A COSTA” LEVARÁ CULTURA E ESPORTE AO LITORAL BAIANO; VEJA PROGRAMAÇÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

A partir do próximo dia 18 e até 26 de abril, o projeto Verão Costa a Costa vai agitar municípios do extremo-sul ao litoral norte da Bahia. A ação promovida pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) busca incentivar a prática esportiva e fomentar a cultura e a economia solidária.

O projeto tem início no município de Alcobaça, nos dias 18 e 19. De lá, segue para Porto Seguro (dias 1º e 2 de fevereiro); Ilhéus (15 e 16 de fevereiro); Itacaré (7 e 8 de março) e Maraú (21 e 22 de março). O projeto chegará a três outros destinos em abril: Valença (4 e 5 de abril); Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Na programação atividades como a canoagem, futebol de areia, futevôlei, vôlei de praia e surf, além de esportes radicais e de aventura como a escalada, tirolesa, full pipe, giromaster e arvorismo. A expectativa é de que cerca de 50 mil pessoas participem das atividades do projeto, que conta com o apoio da Bahiatursa e patrocínio da Coelba, por meio do Programa FazAtleta.

O projeto Verão Costa a Costa conta com o investimento de R$ 1,6 milhão, feito pelo Governo do Estado. Durante o seu lançamento, em dezembro, o titular da Setre, Davidson Magalhães, destacou o ineditismo da ação que levará, também, entretenimento para as comunidades.

Leia Mais
Back To Top