skip to Main Content
4 de junho de 2020 | 02:27 pm

A CASA SEM ESPÍRITO

Tempo de leitura: 2 minutos

ricardo artigosRicardo Ribeiro | ricardorib.adv@gmail.com
 

Registre-se que o grupo continua brilhando – inventivo, original e dinâmico – em sua fantástica e aconchegante tenda na Avenida Soares Lopes.

 
Se fosse observada a regra de que a propriedade deve atender ao interesse social, teria outro destino o imóvel onde funcionou a Casa dos Artistas, no centro histórico de Ilhéus.  Pertencente a uma família suíça, a casa está abandonada e se deteriora, sem que o poder público se manifeste.
A situação foi denunciada pelo site Ilhéus 24 horas, que provocou a gestão municipal a pensar no tombamento do imóvel, construído no início do século passado pelo coronel Domingos Adami de Sá. Não houve resposta.
O valor histórico da casa, vizinha ao endereço onde morou Jorge Amado, é inquestionável. Durante algum tempo, sua importância foi ainda maior, quando abrigou o Teatro Popular de Ilhéus, embrião de tantas criações geniais e hoje, sem a menor dúvida, o maior centro de produção cultural do sul da Bahia.
Fechou-se a casa, agora entregue às baratas, traças e aos cupins. Assim como parece estar a cultura de Ilhéus, uma cidade que propagandeia explorar o turismo cultural, mas só o faz no pior dos sentidos.
Chega a ser complicado sugerir ao poder público o tombamento do imóvel da família Koela, quando o governo custa a tomar providências no que diz respeito à preservação do patrimônio histórico de Ilhéus. Vide a situação do prédio do antigo Colégio General Osório, igualmente abandonado.
Como aqui se mencionou o TPI, registre-se que o grupo continua brilhando – inventivo, original e dinâmico – em sua fantástica e aconchegante tenda na Avenida Soares Lopes. Ali a cultura resiste aos ataques, dificuldades e intempéries, enquanto a antiga sede vira mausoléu e monumento ao descaso. Uma verdadeira casa sem espírito.
Ricardo Ribeiro é advogado.

ACM NETO SANCIONA LEIS MUNICIPAIS DE CULTURA

Tempo de leitura: < 1 minuto

ACM NetoO prefeito de Salvador, ACM Neto, sanciona nesta segunda-feira (6) as leis que regulamentam a política cultural do município. A solenidade será realizada no Plenário Cosme de Farias, na Câmara de Vereadores, a partir das 9h30min.
Os dispositivos que serão sancionados implantam o Sistema Municipal de Cultura e estabelecem medidas voltadas à proteção e preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade. Para o presidente da Fundação Gregório de Matos, Fernando Guerreiro, as leis representam uma vitória da classe cultural e artística da cidade.
“Esta era uma antiga dívida que o poder público municipal tinha junto à população. A partir de agora, a cultura será devidamente regulamentada, o que legitima a sua importância para o desenvolvimento de Salvador”, destacou.
A sanção das leis resulta de debate entre governo e sociedade, ocorrido em três audiências públicas ao longo de 2013. As propostas receberam ainda 15 emendas de vereadores, que foram incorporadas ao texto final dos dispositivos.

PROGRAMAÇÃO VARIADA NA TENDA DO TPI

Tempo de leitura: < 1 minuto

tenda tpi

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI) inicia 2014 com um leque variado de atrações. A programação inclui cinema, teatro, dança e música para plateias de gostos e idades diferentes.
Sábado Sim Verão abre a programação de janeiro neste sábado (04), a partir das 20 horas, com shows das bandas Enttropia e IOS. Este evento é realizado em parceria com o Coletivo Chocolate Groove, trazendo o melhor da música independente da região. As entradas custam R$ 20 a inteira e R$ 10 para estudantes, idosos e titulares do Cartão TPI.
Ao longo deste mês, a Tenda oferece a Quarta do Cinema, com o Cine Incidental, no qual serão exibidos filmes mudos de Charles Chaplin, sonorizados pelos músicos Elielton Cabeça e Pablo Lisboa. Na Quinta da Dança, a Cia. de Dança Sôanne Marry, A-RRISCA, Núcleo da Dança, Balé Afro Dilazenze, Grupo de Dança do Disk Emoções e Rafaela Canabrava trazem variados estilos de expressão corporal.
Para a Sexta do Teatro, estão programados os espetáculos Auto do Boi da Cara Preta (dia 10), 1789 (dia 17), Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito ( dia 24) e Lendas da Lagoa Encantada (31).
A agenda traz ainda o projeto Conto e Cantigas, com atividades exclusivas de incentivo à leitura e musicalização para crianças. Para participar, basta pagar uma taxa de adesão de R$ 15, que vale por um ano. O próximo encontro será no dia 25, a partir das 16 horas.

ENCANTARTE FAZ HOMENAGEM A MANDELA

Tempo de leitura: < 1 minuto

MANDELA GUERREIRO DA PAZ

A luta do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela contra o racismo será lembrada no Carnaval de Itabuna, previsto para o período de 14 a 16 de fevereiro. Quem prestará a homenagem ao líder que combateu o apartheid na África do Sul será o bloco afro Encantarte, que tem sua sede no bairro Maria Pinheiro, periferia da cidade.

Segundo Egnaldo França, coreógrafo e produtor cultural, a escolha do tema “Mandela, guerreiro da paz” se deu “não pela morte de Madiba, mas pela identificação do Encantarte com sua luta contra o racismo e pela paz mundial”.

França observa que os ensaios do Encantarte para o Carnaval, na Escola Dom Ceslau Stanula, bairro Pedro Jerônimo, já vão começar na próxima semana, sempre a partir das 16h30. Às segundas e quartas-feiras, quem faz o aquecimento é a turma da percussão; às terças e sextas, o treino é para a ala dos capoeiristas; já às quartas e aos sábados, quem afina o ritmo é o grupo da dança afro.

Ao longo do período de ensaios, o Encantarte promoverá rifas, brindes e shows na comunidade.

LUZ SOBRE A MEMÓRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

CONVITEO escritor e jornalista Antônio Lopes lança nesta segunda-feira (23), às 19 horas, na Casa da Cultura Jonas & Pilar, em Buerarema, a segunda edição do livro Luz sobre a memória. A coletânea de crônicas tem o selo da editora Mondrongo. Também promovem o lançamento o jornal Agora e o Instituto Macuco Jequitibá.

No livro, que traz duas crônicas que não integraram a primeira edição, Lopes apresenta casos passados em Buerarema, cidade onde viveu a infância.

Para Gustavo Felicíssimo, escritor e editor da Mondrongo, o autor de Luz sobre a memória “é o melhor e mais bem humorado cronista sul-baiano hoje, ao lado de Hélio Pólvora”.

URUÇUCA: CAMPEÃO BRASILEIRO EM 1997 ASSUME SECRETARIA DE ESPORTE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Moisés assume secretaria após nomeação de Fernanda Silva (Foto GovUr).

Moisés assume secretaria após nomeação de Fernanda Silva (Foto GovUr).

O ex-jogador e técnico de futebol Moisés Alves, campeão brasileiro de futebol pelo Vasco em 1997, será o novo secretário de Esportes de Uruçuca. Ele assume a pasta nesta terça (26) e, com isso, a prefeita Fernanda Silva (PT) dá início à reforma administrativa. A prefeita observou que a Pasta estava vaga e a “intenção é unir cultura, educação e esporte em atividades de prevenção à violência e de inclusão social”.

– Estamos partindo para um outro momento da administração, tínhamos essa vaga em aberto e agora contamos com o zagueiro Moisés, que vai atuar na promoção das ações esportivas e no gerenciamento de projetos para a cidade – disse Fernanda, que considera Moisés um exemplo por ter vencido “no esporte e na vida”.

Moisés diz ter recusado convite do Feirense, que disputará o Baianão 2014, para poder se dedicar ao esporte de Uruçuca. “Vamos atuar em conjunto com outras secretarias para poder trabalhar o desenvolvimento das crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e que precisam de apoio na formação de cidadão”, disse.

O campeão brasileiro de 1997 ressalta o apoio da gestora e o objetivo de tornar Uruçuca referência em esporte. Antes de ser campeão brasileiro pelo Vasco, Moisés atuou na seleção de Uruçuca no Intermunicipal de 1993, quando chegou à artilharia mesmo sendo zagueiro.

ILHÉUS FESTEJA A CONSCIÊNCIA NEGRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ilhéus celebra de hoje até o dia  20 a “Semana da Consciência Negra”, com o Projeto Afro Cultural. Cortejo com blocos afro, terreiros de candomblé, grupos de capoeira e afoxés desfilarão dia 20 pela Avenida Soares Lopes, ao som de blocos afro e acompanhados por um mini-trio elétrico.

O cortejo afro terá a participação de 13 grupos, que pretendem traçar o percurso histórico com o qual se identifica a luta do Movimento Negro de Ilhéus. A temática aborda a importância da resistência cultural como forma de manter viva a identidade étnica e suas tradições.

O projeto prevê também a realização – hoje e amanhã –  do 3º Encontro de Dirigentes de Grupos Afro de Ilhéus e do Litoral Sul da Bahia, um encontro cultural com a participação de professores, estudantes, gestores e dirigentes de blocos afros da região. A atividade será realizada no espaço cultural do Grupo Dilazenze, no bairro da Conquista.

TEODORICO EM CARTAZ NA TENDA DO TPI

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Teodorico Majestade é um dos sucessos do Teatro Popular de Ilhéus (Foto Karoline Vital).

Teodorico Majestade é um marco na história do Teatro Popular de Ilhéus (Foto Karoline Vital).

A sátira em cordel Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito estará em cartaz nesta sexta-feira e sábado (15 e 16), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). As sessões começam às 20 horas e as entradas custam R$ 20 a inteira e R$ 10 para estudantes, idosos ou titulares do Cartão TPI. A classificação indicativa é de 14 anos.

A comédia, escrita e dirigida por Romualdo Lisboa, revela as sujeiras da má política suja e a importância da mobilização popular. Na fictícia  Ilha Bela,  Teodorico Majestade se vê acuado em seu gabinete, abandonado pelos seus antigos aliados. Após uma série de desmandos e escândalos, ele tenta negociar sua permanência no poder com o povo enfurecido.

Em cartaz desde 2006, Teodorico Majestade – as últimas horas de um prefeito representa um marco histórico para os 18 anos do Teatro Popular de Ilhéus. A montagem já foi apresentada em bairros e distritos do município e em outras cidades baianas, incluindo Salvador, além de outros Estados, como Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Em 2008, recebeu duas indicações ao Prêmio Braskem de Teatro, na categoria melhor texto e melhor ator, para Ely Izidro. No ano passado, Teodorico percorreu 22 assentamentos do Território Litoral Sul.

APÓS INVESTIMENTOS, EMPRESÁRIO REABRE CINEMA DE IBICARAÍ

Tempo de leitura: 2 minutos
Cine Ana é reaberto após investimentos em equipamentos e estrutura física (Foto Arnold Coelho).

Cine Ana é reaberto após investimentos em equipamentos e estrutura física (Foto Arnold Coelho).

Arnold Coelho, especial para o Pimenta

O Cine Ana, de Ibicaraí, foi reinaugurado neste final de semana após investimentos na aquisição de mobiliário e equipamentos. O Cine Ana traz para os cinéfilos de Ibicaraí e região a oportunidade de frequentar uma boa sala de cinema e assistir a bons filmes.

O empresário Otaviano Neto, que toca a Cacau FM, abraçou a nobre causa e decidiu reabrir o Cine Ana, fechado há algum tempo. Otaviano pretende aproveitar a estrutura física e agregar a sétima arte com outros meios culturais, criando uma agenda semanal com shows e apresentações de artistas locais e regionais.

CINEMA DE PRIMEIRO MUNDO

Otaviano investe em ações culturais (Foto Arnold Coelho).

Otaviano investe em ações culturais (Foto Arnold Coelho).

Ibicaraí é uma das poucas cidades no Brasil com até 25 mil habitantes que tem uma sala de cinema com padrão de primeiro mundo. A sala é climatizada, tem 106 poltronas confortáveis, banheiros masculino e feminino e uma aconchegante lanchonete.

A dica é chegar mais cedo para ouvir uma boa música combinada com apresentações culturais e depois se deliciar com um bom filme. A programação de estreia traz o filme Rush – No limite da emoção.

ARTISTAS MUDAM DISCURSO SOBRE CENSURA A BIOGRAFIAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do G1

Os cantores Roberto Carlos, Gilberto Gil e Erasmo Carlos assumem uma postura diferente da que vinha sendo defendida anteriormente em relação à publicação de biografias, em um vídeo divulgado na noite desta terça-feira (29) pelo grupo Procure Saber, do qual fazem parte, ainda, artistas como Chico Buarque e Caetano Veloso. Assista aqui.

Os cantores continuam defendendo seu direito a privacidade e intimidade, mas têm um discurso novo quando abordam a questão das autorizações prévias, e chegam a admitir que já tiveram uma posição mais “radical”, de acordo com as declarações no vídeo publicado no perfil do Procure Saber no Facebook.

“Quando nos sentimos invadidos, julgamos que temos o direito de nos preservar, e de certa forma preservar a todos que de alguma forma não tem, como nós temos, o acesso à mídia, ao Judiciário, aos formadores de opinião”, diz Gil.

Leia mais

Back To Top