skip to Main Content
21 de janeiro de 2021 | 09:50 pm

ILHÉUS: PREFEITURA E ONG ABREM 900 VAGAS EM CURSOS PROFISSIONALIZANTES; VEJA COMO SE INSCREVER

Cursos profissionalizantes serão oferecidos a famílias atendidas pelo CRAS em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) abriu 900 vagas para os cursos profissionalizantes nas áreas de montagem e manutenção de microcomputadores, operador de caixa, solda de eletroeletrônica e Excel avançado. As inscrições podem ser realizadas nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) Norte, Sul, Olivença e Oeste. Os cursos são gratuitos e contam com a parceria da ONG Amparo Melhor.

O secretário de Desenvolvimento Social, Rubenilton Silva, diz que os cursos buscam preparar a comunidade para o mercado de trabalho. “Há dois anos iniciamos o trabalho de profissionalização nas comunidades com o objetivo de garantir a geração de emprego e renda. Foram mais de 600 pessoas capacitadas. Agora disponibilizamos novecentas vagas nos cursos”, informa o secretário.

Os cursos são direcionados para famílias atendidas nas unidades dos CRAS no município. Os interessados em participar dos cursos devem levar documentos pessoais (RG e CPF), o Número de Identificação Social (NIS) e ter idade mínima de 15 anos. As aulas dos cursos serão ministradas todas as segundas e quartas-feiras, das 9h às 10h, das 14h às 15h e das 18h30min às 20h30min, na Avenida ACM, 1179, no Malhado, próximo ao Banco do Brasil.

Confira os endereços dos CRAS em Ilhéus:
Cras Olivença – Rua Lúcio Soub, 51, Olivença. (Telefone 3269-1144)
Cras Sul – Rod. Pontal-Buerarema, Km 1, Nossa S. da Vitória. (3632-5714)
Cras Oeste – Rua Duque de Caxias, 154. (3689-1677)
Cras Norte – Avenida Raimundo Sá Barreto, 539. (3634-1566)

PRAZO DE INSCRIÇÕES EM CURSOS DO PRONATEC TERMINA NESTA 3ª

Tempo de leitura: < 1 minuto
Inscrições em cursos oferecidos pelo Pronatec encerram-se hoje.

Inscrições em cursos oferecidos pelo Pronatec encerram-se hoje.

O prazo de inscrição para mais de 500 mil vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) – Oferta Voluntária termina hoje (22). Anteriormente previsto para ser encerrado em 18 de agosto, o prazo foi ampliado para garantir oportunidade aos que não puderam se inscrever em tempo hábil.

As oportunidades são gratuitas e os cursos, de formação inicial e continuada e cursos técnicos, serão realizados tanto em modo presencial quanto a distância. As inscrições devem ser feitas pela internet, na página do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica.

No total, 570 vagas são para cursos de qualificação profissional, sendo 190 presenciais. Outras 1.412 destinam-se a cursos técnicos, todos presenciais. Os cursos terão duração mínima de 160 horas, sendo oferecidos por instituições privadas de educação profissional e tecnológica, de forma voluntária. As aulas terão início no dia 28 de agosto. AB.

BAHIA ABRE INSCRIÇÕES PARA SORTEIO DE 10 MIL VAGAS EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Tempo de leitura: 2 minutos
Secretaria de Educação oferece 10 mil vagas em cursos profissionalizantes na Bahia.

Secretaria de Educação oferece 10 mil vagas em cursos profissionalizantes na Bahia.

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abre, nesta segunda-feira (21/12), a inscrição do sorteio eletrônico para 10 mil vagas dos cursos técnicos de nível médio, na forma de articulação subsequente, da Rede Estadual de Educação Profissional. As inscrições podem ser feitas até 5 de janeiro de 2016 no Portal da Educação www.educacao.ba.gov.br. O sorteio será realizado no dia 13 de janeiro, no auditório da Secretaria da Educação, localizado no Centro Administrativo, em Salvador.

Para o ano letivo de 2016, são ofertados 37 cursos, distribuídos nos Centros Estaduais e Territoriais de Educação Profissional e seus anexos, de 62 municípios baianos. O candidato, no ato da inscrição, deverá fazer a opção para um único município, Centro de Educação Profissional, curso e turno.

O curso técnico subsequente é voltado para estudantes, jovens e trabalhadores, que cursaram o nível médio na rede pública, em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista integral e que desejam fazer um curso técnico.

NOVIDADE

O diferencial deste ano é que 50% das vagas serão destinadas aos candidatos com maiores notas em Língua Portuguesa e Matemática no último ano do ensino médio ou nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As notas devem ser especificadas no ato da inscrição e, depois, comprovadas no ato da matrícula. “Já existe implantado no Brasil a utilização do resultado Enem para acesso a políticas públicas. Nós resolvemos fazer uma tentativa de fazer o nosso processo seletivo, utilizando a nota do Enem para parte dessa vaga”, salientou Almerico Lima, superintendente de Educação Profissional da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

A matrícula dos estudantes acontece no período de 25 a 27 de janeiro, no Centro de Educação Profissional ou anexo, para os quais os alunos  forem contemplados. No ato da matrícula, o estudante deverá apresentar originais e cópias do CPF, do Histórico Escolar, da Cédula de Identidade e do comprovante de residência. Para o candidato que optou, na inscrição, pelo rendimento escolar, deverá apresentar documento que comprove a veracidade da média final declarada.

SISUTEC AINDA TEM VAGAS DISPONÍVEIS

Tempo de leitura: < 1 minuto

sisutecQuem quiser concorrer a vagas em cursos técnicos gratuitos, pode se inscrever na página do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) até hoje (20). Serão preenchidos os lugares que não foram ocupados nas chamadas regulares do sistema.
Segundo o Ministério da Educação (MEC), ainda há diversas opções de formação profissional nas áreas de saúde, informática e construção civil, entre outras. Tanto a inscrição quanto o curso são gratuitos, e as vagas estão disponíveis em escolas espalhadas nas cinco regiões do país.
Esta edição do Sisutec ofereceu um total de 289.341 vagas em cursos técnicos de instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (Sistema S), distribuídas em 466 municípios.
Para participar desta etapa não é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e basta ter o ensino médio completo. A ocupação das vagas remanescentes será feita por ordem de inscrição. Depois de se candidatar, o participante terá dois dias para confirmar a matrícula na unidade de ensino onde pretende estudar.
Cabe ao estudande verificar, na instituição de ensino em que for aprovado, o local, horário e os procedimentos para a matrícula. As aulas terão início até 15 de setembro.
Para orientar os estudantes sobre os cursos técnicos – os conteúdos que serão estudados, o tempo de duração, estágio, campo de trabalho, entre outras informações – o MEC criou o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos. Da Agência Brasil.

NOVO PRONATEC OFERECERÁ 12 MILHÕES DE VAGAS

Tempo de leitura: 2 minutos
Dilma lança o Pronatec 2.0 com mais 12 milhões de vagas (Foto Agência Brasil).

Dilma lança o Pronatec 2.0 com mais 12 milhões de vagas (Foto Agência Brasil).

A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (18) a segunda etapa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que vai ofertar 12 milhões de vagas em 220 cursos técnicos de nível médio e em 646 cursos de qualificação, a partir de 2015. A meta da primeira etapa do programa, criado em 2011, é oferecer 8 milhões de matrículas até 2014.
“Falamos em 12 milhões com a certeza de que esse número é viável porque ao longo deste período construímos nossa curva de aprendizado. Hoje sabemos como se faz e podemos melhorar muito o Pronatec”, disse a presidenta ao discursar na cerimônia de lançamento da segunda etapa do programa, chamada de Pronatec 2.0. Ela ainda destacou que a meta da primeira fase está próxima de ser alcançada, já que o Pronatec contabiliza atualmente 7,4 milhões de matrículas.
Dilma ressaltou a importância da educação para a redução da pobreza e para a economia brasileira. “Cada vez mais, a educação terá um duplo papel que é garantir a perenidade da redução da pobreza e desconcentração da renda que tivemos nos últimos 12 anos. O segundo papel é relativo à entrada do Brasil na sociedade do conhecimento. No curto prazo, isso passa pelo aumento da produtividade da nossa economia.”

Leia Mais
Back To Top