skip to Main Content
12 de abril de 2021 | 11:49 am

ITACARÉ: 4ª ETAPA DO VERÃO COSTA A COSTA TERÁ PROVAS DE CANOAGEM

Foto José Martins
Tempo de leitura: < 1 minuto

O projeto Verão Costa a Costa chega a Itacaré no próximo final de semana, dias 7 e 8 de março, trazendo, dentre as novidades, o Torneio de Canoagem. Organizada pela Associação Cacaueira de Canoagem, a competição contará com mais de 120 atletas e cerca de 30 dirigentes das cidades de Itacaré, Maraú, Ubatã e Ubaitaba.

A disputa será no estilo velocidade – 200 metros, nas modalidades Cadete (atletas de 15 e 16 anos), Júnior (atletas de 17 e 18 anos) e Sênior (atletas entre 19 a 34 anos), tanto no masculino quanto no feminino.

Além da Canoagem, o Verão Costa a Costa leva para Itacaré outras modalidades esportivas como o Futevôlei, o Futebol de Areia e o Surf. O público poderá acompanhar tudo de graça e, ainda, brincar e se divertir em equipamentos de esportes radicais e aventura como a parede de escalada, o full pipe, o giromaster, o arvorismo e bungee trampolim.

VERÃO COSTA A COSTA

O Verão Costa a Costa é uma realização da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia (Setre) e da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) com apoio da Bahiatursa e patrocínio da Coelba, através do programa FazAtleta.

Leia Mais

AFRODISÍACO E PIERRE ONASSIS FECHAM O VERÃO COSTA A COSTA EM PORTO SEGURO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Neste domingo (2), às 16h, a banda Afrodisíaco, comandada por Pierre Onassis, sobe ao palco do Verão Costa a Costa, na Arena Boca da Barra, em Porto Seguro, para encerrar a segunda etapa do projeto que desembarca nesse final de semana (1º e 2 de fevereiro), na cidade. Além dos shows, o evento traz ao município competições e práticas esportivas, programas culturais e artesanato. A participação é gratuita.

De volta aos palcos depois de um período dedicado a outros projetos, Pierre Onassis, junto com o Afrodisíaco, promete agitar Porto Seguro no evento Verão Costa a Costa. A banda vai apresentar os clássicos da axé music, seus grandes sucessos, como Café com Pão e Já É e outros sucessos compostos por Pierre ao longo da sua carreira.

VERÃO COSTA A COSTA

O Verão Costa a Costa é uma realização da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia (Setre) e da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) com apoio da Bahiatursa e patrocínio da Coelba, através do programa FazAtleta.

PORTO SEGURO RECEBERÁ 2ª ETAPA DO PROJETO VERÃO COSTA A COSTA

Tempo de leitura: 2 minutos

Bungee trampolim é uma das atrações do Verão Costa a Costa || Foto Divulgação

Após passar pela Costa das Baleias, o projeto Verão Costa a Costa aportará no próximo final de semana, dias 1º e 2 de fevereiro, em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. Durante os dois dias, moradores e turistas poderão se divertir, gratuitamente, nos equipamentos de aventura e esportes radicais como o bungee trampolim, giromaster, full pipe, escalada e arvorismo, além de participar de oficinas de surf ou torcer e acompanhar os torneios de vôlei de praia, futevôlei, beach soccer e surf, na Arena Boca da Barra, na Avenida Beira Mar, Orla Norte, das 8h às 17h.

Além de esportes, a ação conta com apresentações de grupos de dança e de música, com a participação de artistas locais e de bandas e cantores que se destacam na música baiana, a exemplo do cantor Tatau, que encerrou a etapa de Alcobaça. A atração principal de Porto Seguro ainda é surpresa! Lá, também, o público encontrará uma tenda que abriga artesãos e produtores rurais, podendo adquirir produtos e contribuir para o fortalecimento da economia solidária.

ILHÉUS, ITACARÉ E MARAÚ

De Porto Seguro, o evento segue para Ilhéus (15 e 16 de fevereiro), Itacaré (7 e 8 de março), Maraú (21 e 22 de março), Valença (4 e 5 de abril), Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Leia Mais

VERÃO COSTA A COSTA LEVA 10 MIL PESSOAS À ORLA DE ALCOBAÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

Dez mil pessoas estiveram na orla de Alcobaça, município localizado a 712 km de Salvador, segundo dados da Polícia Militar, no sábado e neste domingo (18 e 19), durante a primeira etapa do projeto Verão Costa a Costa, iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre).

A ação passará ao todo por oito cidades baianas. A próxima parada do Verão Costa a Costa será em Porto Seguro (Costa do Descobrimento), onde ocorrerá, nos dias 1° e 2 de fevereiro, na Arena Boca da Barra, e de lá vai para Ilhéus (15 e 16 de fevereiro). O calendário prevê, ainda, Itacaré (7 e 8 de março), Maraú (21 e 22 de março), Valença (4 e 5 de abril), Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Nestes dois dias em Alcobaça, moradores e turistas participaram de oficinas esportivas, conheceram o artesanato e os produtos da agricultura regional, se divertiram nos equipamentos de esportes radicais e aventura e, ainda, curtiram as apresentações de grupos culturais locais e shows de Santê, Chica Fé (sábado) e de Tatau (domingo).

Tatau foi o responsável pelo encerramento do evento, promovendo uma verdadeira micareta. O cantor e ex-vocalista da banda Araketu agitou o público com grandes sucessos da sua carreira, a exemplo de PipocaOh Meu Pai e Araketu Bom Demais.

“O Verão Costa a Costa, além das atividades esportivas, gera trabalho para a população local e fortalece ainda mais o turismo”, destaca o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre), Davidson Magalhães.

Leia Mais

VERÃO COSTA A COSTA LEVA 10 MIL PESSOAS À ORLA DE ALCOBAÇA

Tempo de leitura: 2 minutos

Tatau durante show de encerramento de projeto em Alcobaça || Foto Lego Comunica

Dez mil pessoas estiveram na orla de Alcobaça, município localizado a 712 km de Salvador, segundo dados da Polícia Militar, no sábado e neste domingo (18 e 19), durante a primeira etapa do projeto Verão Costa a Costa, iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre).

A ação passará ao todo por oito cidades baianas. A próxima parada do Verão Costa a Costa será em Porto Seguro (Costa do Descobrimento), onde ocorrerá, nos dias 1° e 2 de fevereiro, na Arena Boca da Barra, e de lá vai para Ilhéus (15 e 16 de fevereiro). O calendário prevê, ainda, Itacaré (7 e 8 de março), Maraú (21 e 22 de março), Valença (4 e 5 de abril), Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Nestes dois dias em Alcobaça, moradores e turistas participaram de oficinas esportivas, conheceram o artesanato e os produtos da agricultura regional, se divertiram nos equipamentos de esportes radicais e aventura e, ainda, curtiram as apresentações de grupos culturais locais e shows de Santê, Chica Fé (sábado) e de Tatau (domingo).

Tatau foi o responsável pelo encerramento do evento, promovendo uma verdadeira micareta. O cantor e ex-vocalista da banda Araketu agitou o público com grandes sucessos da sua carreira, a exemplo de Pipoca, Oh Meu Pai e Araketu Bom Demais.

“O Verão Costa a Costa, além das atividades esportivas, gera trabalho para a população local e fortalece ainda mais o turismo”, destaca o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes (Setre), Davidson Magalhães.

Leia Mais

“VERÃO COSTA A COSTA” LEVARÁ CULTURA E ESPORTE AO LITORAL BAIANO; VEJA PROGRAMAÇÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

A partir do próximo dia 18 e até 26 de abril, o projeto Verão Costa a Costa vai agitar municípios do extremo-sul ao litoral norte da Bahia. A ação promovida pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) busca incentivar a prática esportiva e fomentar a cultura e a economia solidária.

O projeto tem início no município de Alcobaça, nos dias 18 e 19. De lá, segue para Porto Seguro (dias 1º e 2 de fevereiro); Ilhéus (15 e 16 de fevereiro); Itacaré (7 e 8 de março) e Maraú (21 e 22 de março). O projeto chegará a três outros destinos em abril: Valença (4 e 5 de abril); Lauro de Freitas (18 e 19 de abril) e Salvador (25 e 26 de abril).

Na programação atividades como a canoagem, futebol de areia, futevôlei, vôlei de praia e surf, além de esportes radicais e de aventura como a escalada, tirolesa, full pipe, giromaster e arvorismo. A expectativa é de que cerca de 50 mil pessoas participem das atividades do projeto, que conta com o apoio da Bahiatursa e patrocínio da Coelba, por meio do Programa FazAtleta.

O projeto Verão Costa a Costa conta com o investimento de R$ 1,6 milhão, feito pelo Governo do Estado. Durante o seu lançamento, em dezembro, o titular da Setre, Davidson Magalhães, destacou o ineditismo da ação que levará, também, entretenimento para as comunidades.

Leia Mais

NELSON LEAL: “ECONOMIA SOLIDÁRIA É ALTERNATIVA À FINANCEIRIZAÇÃO”

Tempo de leitura: 3 minutos

Leal, à direita de Wagner, defende economia solidária contra financeirização da economia

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Nelson Leal (PP), defendeu, que os governos Federal e Estaduais no país estimulem e incentivem a prática da Economia Solidária, como uma necessidade de se encontrar uma nova ordem econômica mundial, mais justa, sustentável e baseada na valorização do ser humano. Nesta segunda, o chefe da Alba participou do encontro “Estratégias para Desenvolver a Economia Solidária”.

O evento ocorreu no auditório Jornalista Jorge Calmon, na Alba, numa mesa com a presença do senador Jaques Wagner (PT), do professor Ladislau Dowbor, dos secretários Davidson Magalhães (Trabalho, Emprego, Renda e Esporte) e Josias Gomes (Desenvolvimento Rural), da deputada Neusa Cadore (PT) e representantes de entidades como o Fórum Brasileiro de Economia Solidária e da Cáritas.

– A economia internacional passa por mudanças significativas. Muitos países em dificuldade buscam soluções à crise. As novas tecnologias e sua inexorabilidade ceifam postos de trabalho em múltiplas áreas. É importante se debater novas formas de organização da economia no Brasil e no mundo, menos financeirizada. Penso que a economia solidária é uma bela saída, através do cooperativismo e associativismo, por ser justa, sustentável e que tem na valorização do ser humano seu principal escopo – disse o chefe do Legislativo estadual.

Nelson Leal citou o exemplo da Bahia, que na primeira gestão de Jaques Wagner à frente do Palácio de Ondina (2007 – 2010), criou a Superintendência de Economia Solidária, abrigada na Setre (Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte). “A Bahia é um exemplo do sucesso da lógica e dos valores da economia solidária, como ferramenta de inclusão social e combate à pobreza, sobretudo num contexto de 14 milhões de desempregados no Brasil”, elogiou.

Leia Mais

EMPÓRIO LITORAL SUL SERÁ INAUGURADO NO CESOL EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Produção de cooperativas e associações serão comercializadas no Empório, em Itabuna

O Centro Público de Economia Solidária (Cesol) em Itabuna terá um espaço para a venda de produtos como chocolates de origem, geleia de cacau, farinha, mel, própolis, camarão e mariscos. O Empório Litoral Sul funcionará na Praça Laurinda Conceição, ao lado da Catedral de São José. A inauguração será na próxima quinta (5), às 17h, reunindo cerca de 30 associações e cooperativas de 26 dos municípios do Território de Identidade Litoral Sul.

Marcas de chocolates de origem como Embauba, Buri, Chocosul, Benevides e Coroa Azul terão produtos à venda no Empório Litoral sul, onde também haverá comercialização de artesanato, roupas, trajes de banho e vassouras feitas com garrafas PET recicladas.

O Empório Litoral Sul funcionará das 8h30min às 18h de segunda a sexta. Aos sábados, das 9h às 13h. Thiago Fernandes, coordenador do Cesol Litoral Sul, diz que o espaço é um investimento do governo baiano. “Esse espaço será um grande vetor de escoamento da produção, valorizando tanto o produtor quanto o consumidor que acredita num comércio justo e na sustentabilidade”.

ECONOMIA SOLIDÁRIA NO COMBATE À POBREZA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Roberto Marinho é palestrante em encontro nacional na Uesc.

Roberto Marinho é palestrante em encontro nacional na Uesc.

O Congresso Nacional de Diversidade, Ética e Direitos Humanos, que começa hoje na Uesc, terá programação voltada à economia solidária. Será o IV Encontro de Empreendimentos Econômicos do Território Litoral Sul, nos dias 24 e 25, na própria universidade.

O evento terá como uma das atrações, na sexta (25), o secretário nacional de Economia Solidária, do Ministério do Trabalho, professor Roberto Marinho, que abordará o tema no painel Combate à Pobreza.

De acordo com a organização, o encontro é voltado a gestores públicos, dirigentes de entidades e instituições, representantes de organizações e movimentos sociais envolvidos com Economia Solidária.

A ideia é estimular criação de alternativas de combate à pobreza, a exemplo de cooperativas, associações, clubes de troca e redes de cooperação, entre outras. Estas organizações podem fomentar a produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário.

O painel Combate à Pobreza, com o tema Economia Solidária, será realizado na sexta-feira (25), às 14 horas, no Auditório Paulo Souto, na Uesc.

Um dos palestrantes do evento, Roberto Marinho, secretário nacional de Economia Solidária, é graduado em filosofia, mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de Pernambuco (Ufpe) e doutor em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília (UnB).

CESOL SUL-BAIANO ATENDERÁ 26 MUNICÍPIOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Secretário do Trabalho, Nilton Vasconcelos, inaugura centro de economia solidária (Foto Marcos Souza).

Secretário Nilton Vasconcelos inaugura centro de economia solidária (Foto Marcos Souza).

O Centro Público de Economia Solidária (Cesol) entrou em funcionamento nesta segunda, 22, em Itabuna, e vai poder atender a, pelo menos, 140 associações e cooperativas de economia solidária dos 26 municípios do território de identidade Litoral Sul.
O Cesol oferece serviços que vão da assistência técnica a transferência de equipamentos e insumos produtos, explica o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos. O centro público também conta com ações de apoio ao microcrédito assistido e articula políticas de promoção especial.
Marisane e representante da Casa Civil inauguram Cesol (Foto Marcos Souza).

Marisane e representante da Casa Civil inauguram Cesol (Foto Marcos Souza).

A Associação Josué de Castro venceu o edital 09/2012, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e vai gerir o espaço de apoio à economia solidária pelos próximos dois anos, conforme o secretário. A gerente do Cesol, Marisane Mendes, diz que o centro oferece “assistência técnica durante todo o processo, desde a criação até a legalização, passando pela manutenção das atividades das cooperativas e associações”.
O centro, que vai funcionar na rua Libêncio Machado, centro de Itabuna, foi inaugurado na sexta, 19, em solenidade com a presença do presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, do vice-prefeito Wenceslau Júnior, e do presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Aldenes Meira (PCdoB). O vereador é responsável pela articulação que trouxe a sede regional do Cesol para Itabuna.

LITORAL SUL CONTARÁ COM UNIDADE DO CENTRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aldenes articulou abertura do Cesol em Itabuna.

Aldenes articulou abertura do Cesol.

Organizações de economia solidária do território de identidade Litoral Sul, que envolve Itabuna, Ilhéus e outros 24 municípios sulbaianos, vão contar com espaço de apoio e prestação de serviços, a partir do dia 19, às 17h. O Centro Público de Economia Solidária (Cesol) vai funcionar na Rua Libêncio Machado, 98, centro, em Itabuna.
O Cesol atuará no incentivo à formação e incubação de empreendimento, além de atuar na área de crédito. De acordo com os dirigentes do centro, o centro contará com agentes para orientar e prestar assessoria aos associados.
O objetivo do centro é ” oferecer condições especiais para o desenvolvimento territorial e grande participação da sociedade civil”. O vereador Aldenes Meira (PCdoB) articulou a abertura do Cesol-Litoral Sul.
A Associação Beneficente Josué de Castro venceu chamada pública do governo baiano, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho (Setre) e será a responsável pela gestão do centro. Atualizado às 11h57min.

CONFERÊNCIA DE ECONOMIA SOLIDÁRIA VAI ATÉ AMANHÃ

Tempo de leitura: < 1 minuto

O sul da Bahia realiza a sua primeira conferência de economia solidária. O evento começou hoje e vai até amanhã, dia 20, no Hotel Barra Vento, em Ilhéus. O evento reúne representantes de 72 entidades (cooperativas e associações de produtores).

Depois de estruturar a cadeia produtiva, agora estas entidades focam o comércio. O objetivo é, segundo os organizadores, conquistar o comércio tradicional (como supermercados, por exemplo). Hoje, a relação se dá mais entre associações e poder público.

O evento vai escolher os 12 delegados para a Conferência Estadual da Economia Solidária, que acontecerá de 3 a 5 de maio. A etapa nacional está prevista para acontecer de 16 a 18 de junho, em Brasília (DF).

Back To Top