skip to Main Content
24 de fevereiro de 2020 | 05:16 pm

OFICINAS GRATUITAS DA ESCOLA KUMON ENCERRAM O SUPER FÉRIAS DO SHOPPING JEQUITIBÁ

Tempo de leitura: 2 minutos

Super Férias com oficinas gratuitas de linguagem, matemática e coordenação motora

O Shopping Jequitibá em Itabuna promove, a partir desta quinta-feira (30), a última etapa do Projeto Super Férias, destinado ao público infantil de toda a região. As atividades serão encerradas pela Escola Kumon, uma das mais tradicionais da cidade, com foco no ensino de Matemática.

Até o próximo sábado (1º de fevereiro), ocorrem a Oficina de Linguagem, com orientações sobre expressão oral e o uso correto das palavras, a Oficina de Coordenação Motora, com ações lúdicas, e a Oficina de Matemática, disciplina desafiadora e fascinante.

Oficinas envolvem linguagens, além de coordenação motora

Durante todo este mês, o Projeto Super Férias do Shopping Jequitibá realizou atividades como a Oficina de Emoções, com a psicóloga infantil Thainara Santos, e ateliês sensorial e de eco arte, na confecção de brinquedos, massa sensorial e fantoches e de contos infantis, além do Cantinho do Bebê, com atividades selecionadas para a faixa etária de 7 meses até 2 anos, com a Oficina Catavento. O projeto tem reunido centenas de crianças, num espaço seguro e confortável.

As atividades do Projeto Super Férias são gratuitas e acontecem das 15h às 19h, no Mall Calixto Midlej, em frente a C&A, no Shopping.

ESTADO QUER ARRECADAR R$ 50 MILHÕES COM VENDA DO PRÉDIO DO ODORICO TAVARES

Tempo de leitura: 2 minutos

Rosemberg diz que venda de imóvel em área nobre pode gerar até R$ 50 milhões de receita

A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) aprovou, nesta segunda-feira (27), o Projeto de Lei 23.724/20 que autoriza a alienação do imóvel em que funcionava o Colégio Estadual Odorico Tavares, no Corredor da Vitória, área nobre de Salvador. Conforme o Executivo, o retorno financeiro da venda do espaço será utilizado para construir e reformar outras escolas. A operação foi justificada pelas significativas perdas de alunos em 2019, que chegou a matricular apenas 300 estudantes, quando a capacidade era de três mil vagas.

O líder do Governo no Parlamento baiano e relator da proposta, deputado Rosemberg Pinto (PT), reforçou, durante leitura do parecer, a necessidade da captação de recursos para a educação baiana, já que o Odorico Tavares estava ocioso e o chefe do Executivo estadual orientou a destinação dos recursos para construção de novas unidades. “Esta operação deve gerar cerca de R$ 50 milhões aos cofres do estado, que vai aplicar este recurso na construção de novas escolas na Bahia”, afirmou o líder governista.

Em entrevista à Rádio Metrópole ontem, Rui também informou que ainda esta semana publicará processos licitatórios para a construção de novas escolas em Salvador, nos bairros de Lobato, Paripe, Cabula (Estrada das Barreiras), São Cristóvão, Pau da Lima, Imbuí, Fazenda Grande do Retiro e Vila Canária.

Várias unidades no interior e região metropolitana também serão construídas, a exemplo de Teixeira de Freitas, Candeias, Lauro de Freitas e a comunidade quilombola de Laje dos Negros, em Campo Formoso, que será entregue em março deste ano. O líder baiano garantiu ainda que, até o final do seu mandato, 60 novas escolas com salas climatizadas, quadra coberta, biblioteca, piscina, teatro e refeitório serão construídas em todo o estado.

INSCRIÇÕES DO SISU TERMINAM NESTE DOMINGO; SÃO OFERECIDAS 237 MIL VAGAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Inscrições se encerram à meia noite

Os candidatos têm até as 23h59 deste domingo (26) para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Neste semestre são ofertadas 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. O procedimento é gratuito e deve ser feito na página do programa na internet.

O Sisu é a principal forma de acessar o ensino superior público com a nota do Ensino Nacional do Ensino Médio (Enem). Para participar da seleção, é necessário não ter zerado a redação na edição de 2019 do exame.

Ao se inscrever, o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes. O sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

O candidato selecionado em sua 1ª ou 2ª opção só terá esta oportunidade de fazer sua matrícula. Por isso é preciso ficar atento aos prazos. Se o candidato for selecionado em 1ª ou 2ª opção, independentemente de efetuar sua matrícula, não poderá manifestar interesse em participar da lista de espera.

LISTA DE ESPERA

Apenas candidatos que não foram selecionados em nenhuma das duas opções selecionadas no momento da inscrição podem participar da lista de espera. Para se inscrever nesta segunda chance, o candidato deve acessar o seu boletim Sisu e manifestar o interesse no prazo especificado no cronograma. É importante que o candidato acompanhe, junto à instituição da vaga escolhida, a lista de espera e as convocações para matrícula.

ÚNICA REDAÇÃO NOTA MIL DO ENEM NA BAHIA É DE ESTUDANTE DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Estudante foi único nota mil na redação do Enem na Bahia
Tempo de leitura: 2 minutos

João Pedro Silva Bonfim, de 19 anos, é o dono da única nota 1.000 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) da Bahia. O jovem mora na cidade Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, e sonha em cursar medicina na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Quando criança, João Pedro sonhava em ser astronauta, mas decidiu escolher ser médico, por causa da estabilidade financeira e para cuidar dos familiares. “Quando eu era pequeno eu queria ser astronauta. Era um sonho de criança, queria descobrir o espaço, porque é um local que ninguém conhece. Ia ser legal descobrir o novo, mas o tempo foi passando e eu fui perdendo o interesse, os olhos pararam de brilhar”, contou o estudante.

“Ano passado eu tentei aplicar em medicina, e esse ano eu vou tentar de novo. A segunda opção é a área de linguagens, que eu gosto bastante. Pode ser Letras ou Relações Internacionais. Eu tenho visto que [medicina] é uma área valorizada no mercado”.

Leia Mais

ÚNICA REDAÇÃO NOTA MIL DO ENEM NA BAHIA É DE ESTUDANTE DE VITÓRIA DA CONQUISTA

Tempo de leitura: 2 minutos

João Pedro quer cursar medicina

João Pedro Silva Bonfim, de 19 anos, é o dono da única nota 1.000 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) da Bahia. O jovem mora na cidade Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, e sonha em cursar medicina na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Quando criança, João Pedro sonhava em ser astronauta, mas decidiu escolher ser médico, por causa da estabilidade financeira e para cuidar dos familiares. “Quando eu era pequeno eu queria ser astronauta. Era um sonho de criança, queria descobrir o espaço, porque é um local que ninguém conhece. Ia ser legal descobrir o novo, mas o tempo foi passando e eu fui perdendo o interesse, os olhos pararam de brilhar”, contou o estudante.

“Ano passado eu tentei aplicar em medicina, e esse ano eu vou tentar de novo. A segunda opção é a área de linguagens, que eu gosto bastante. Pode ser Letras ou Relações Internacionais. Eu tenho visto que [medicina] é uma área valorizada no mercado”.

Leia Mais

AUDIÊNCIA DISCUTE E CÂMARA VOTARÁ MILITARIZAÇÃO DE ESCOLAS MUNICIPAIS EM ITABUNA

Tempo de leitura: 4 minutos

Audiência reuniu vereadores, pais, professores, alunos e PMs na Câmara

Com o plenário da Câmara lotado de professores, diretores e estudantes, audiência pública buscou colher da comunidade o olhar sobre a implantação do Vetor Disciplinar nas escolas municipais. Afinal, deverá ser votado pelos vereadores neste período extraordinário o projeto (nº 055/2019, do Executivo) que estabelece normas para a gestão compartilhada entre o Município e a Polícia Militar como alternativa por mais segurança em escolas da rede em Itabuna.

Além do Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam), adotado em 2019 como projeto-piloto, a proposta contemplará outras quatro unidades: CAIC (Centro de Atenção Integral à Criança) Jorge Amado, do bairro Jardim Primavera; Escola Lourival Vieira, em Ferradas; Escola Margarida Pereira, no Pedro Jerônimo; e Escola Flávio Simões, no Califórnia.

O projeto final a ser votado tem, até então, o acréscimo de 22 emendas, assinadas pelos vereadores relatores da matéria, Babá Cearense (PSL) e Beto Dourado (PSDB), mais Júnior Brandão (PT). Professores por formação, Beto e Júnior ponderaram que não gostariam de ver em tela tal interferência no processo educativo.

Brandão ponderou se, ao invés do Vetor Disciplinar, não seria possível adotar modelos de escolas com resultados reconhecidos na cidade. Babá, por sua vez, disse ter ficado claro nas visitas às citadas escolas – e até no entorno delas – o quanto a chegada do Vetor Disciplinar é esperada.

DIREITO DE ENSINAR

Para a diretora do Imeam, Wildes Alvarenga, mudanças expressivas foram percebidas na comunidade escolar, a partir do momento em que o referido vetor foi implantado. Citou números para traduzir a nova realidade: eram 437 alunos e hoje são 1.225. Grande parte migrou do Ciso, após a Prefeitura romper contrato com o colégio após o fim do ano letivo de 2018. “A inserção do vetor foi o grande motivo para a confiança dos pais, está sendo uma parceria valorosa. O lema era pelo direito de aprender. O Vetor garante ao professor o direito de ensinar”, comparou.

Imeam foi primeiro escola a implantar disciplina militar em Itabuna || Foto Divulgação

Segundo Maria da Conceição Araújo Lagariça, representante do Departamento de Educação Básica, foram selecionadas regiões com mais problemas decorrentes da violência, a fim de definir as escolas com a cooperação entre município e PM. “Foi a solução mais viável no momento e a implantação só vai se viabilizar com a adesão dos pais. Para aqueles que não desejarem, o município garante o acesso até uma escola que não tenha o vetor, inclusive dando vale-transporte”, explicou.

“RECONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE”

O professor Érico José dos Santos, há 18 meses diretor da Escola Margarida Pereira, mencionou a expectativa de mudanças numa unidade em que muitas famílias não podem frequentar por causa da criminalidade. Informou sobre a parceria com grupos de estudo da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz), a atual retomada da confiança e a consulta que mostra 82,75% dos pais favoráveis ao Vetor Disciplinar naquele colégio.”Os alunos estão vivendo um momento de reconstrução da identidade”, observou.

Jairo Araújo (PCdoB) também lamentou que estejamos num momento de recorrer a tais expedientes, sobretudo por questões de segurança, e chamou a atenção para o impacto financeiro da implantação do Vetor Disciplinar – aproximadamente R$ 300 mil por escola a cada ano. Em contrapartida, o vereador Ronaldão (PMN) lembrou a situação de perigo que tem rondado o dia-a-dia dos professores, o que torna menos importante considerar o impacto financeiro em vista.

“RESPEITO AO PROFESSOR”

A audiência, solicitada pelo já citado Junior Brandão, foi presidida pelo edil Robson Sá (PP), e também teve à mesa a presidente do Conselho Municipal de Educação, Rosemary Santiago, que reconheceu os já corrigidos pontos de ilegalidade no projeto; apontou deficiências como falta de infraestrutura e de equipamentos nas unidades escolares e ressalvou, sobre a complexidade dos fatores causadores da violência: “Estamos levando para a escola uma questão social! E a escola não tem esse poder”.

O capitão Carlos Araújo, representando a Polícia Militar, frisou a importância de o projeto ter tido o envolvimento de quem concorda e de quem discorda. “É importante a participação de todos, durante a aplicação do modelo: professores, pais, alunos. Porque não adianta aplicar um modelo, seja ele qual for, sem a participação de todos os segmentos integrantes desse processo”, sublinhou.

Leia Mais

CISO É OCUPADO EM PROTESTO CONTRA DECISÃO DO GOVERNO ESTADUAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Após protesto que interditou a saída de Itabuna para Ilhéus, um grupo de manifestantes decidiu ocupar o prédio onde por anos funcionou o colégio Ciso. Eles cobram uma conversa com algum representante da Secretaria Estadual de Educação, já que foi anunciado na semana anterior o encerramento das atividades na instituição.

Com mais de 50 anos de história em Itabuna, a unidade tem hoje 930 alunos matriculados. A orientação passada até então é que procurassem vagas em outros colégios.

A PARTIR DA NOTA DO ENEM, CALCULADORA SIMULA BOLSAS DE ATÉ 100% NA UNIFTC

Tempo de leitura: 2 minutos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) divulgou, nesta sexta-feira (17), as notas do Exame Nacional do Ensino Médio. Para facilitar a vida do candidato, a UniFTC disponibiliza uma calculadora online para simular bolsas de até 100% em todo o curso. Basta acessar o site e inserir sua nota para que a ferramenta já informa o valor da bolsa.

As bolsas estão disponíveis para cursos presenciais em 10 unidades da UniFTC em oito cidades.  Além da nota do ENEM 2019, os estudantes também podem usar os desempenhos obtidos em exames anteriores para conseguir vantagens e realizar o sonho da formação no Ensino Superior.

NOVIDADES

Uma das expectativas para este semestre na Faculdade UniFTC de Itabuna é o lançamento do Núcleo de Atendimento à Comunidade, que reunirá num único espaço, além de Clínicas-Escolas de Medicina Veterinária, Odontologia, Fisioterapia e de Enfermagem,  unidades de serviços e Laboratórios  dos cursos de Farmácia, Biomedicina, Nutrição e de Psicologia, bem como o Nupraj, do curso de Direito. O curso de Medicina não participa da ação.

A instituição que todos conhecem como Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) assumiu agora um novo nome: UniFTC. A adição do prefixo “uni” à sigla foi inspirada justamente no credenciamento das unidades Paralela, em Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista como Centros Universitários. Aplicada às demais unidades do Grupo, a nova marca receberá o descritivo “faculdade”. Mas a nova marca do grupo educacional representa muito mais do que isso.

“Após 20 anos de história, nos transformamos muito. E acreditamos que esse movimento de transformação – tão constante e presente em nosso DNA – precisava estar devidamente representado em nossa marca. Carregamos no nome o início de um novo tempo, um movimento para o futuro, mas também mantemos conosco o legado que já está atrelado à sigla FTC”, afirma Milena Oliveira, vice-presidente de Marketing e Relacionamento da UniFTC.

ITABUNA: ESTADO ROMPE CONTRATO E COLÉGIO CISO FECHA AS PORTAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Ciso fechará as portas depois de não renovação de convênio com o Estado

O reordenamento na rede estadual de educação fez mais uma vítima. Nesta sexta-feira (17), a direção do Colégio Ciso, um dos mais tradicionais do interior da Bahia, anunciou o encerramento de suas atividades depois do rompimento de contrato de aluguel da Secretaria Estadual de Educação (SEC-BA) com o Ciso. “Portanto, não funcionaremos”, informou a direção da instituição de ensino em sua página numa rede social. Já em novembro de 2018, o estado sinalizava a não renovação do convênio (relembre aqui).

Os alunos do Ensino Médio, conforme o Ciso, serão orientados para matrícula nos colégios Inácio Tosta Filho (Regular) e Valdelice Pinheiro (Integral), enquanto os do Ensino Fundamental serão transferidos para a rede municipal, preferencialmente no Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães (Celem), no Parque Boa Vista.

Uma reunião com os pais, alunos ou responsáveis está agendada para as 8h30min da próxima segunda-feira (20). “Tirem suas dúvidas e levem suas sugestões, se esforcem por comparecer. Divulguem!”, convoca o aviso da direção do Ciso.

A unidade de ensino também possuía turmas da rede municipal até o ano letivo de 2018, quando o prefeito Fernando Gomes decidiu romper o contrato com a escola depois de o vereador Júnior Brandão votar contra os interesses do governo municipal.

OUTRO LADO

A Secretaria Estadual de Educação emitiu nova em que afirma que havia 983 estudantes da rede estadual matriculados no Ciso e a estrutura, como informamos na matéria, é alugada. Eles serão absorvidos em escolas estaduais e municipais. Confira, no Leia Mais, a íntegra da nota.

Leia Mais

IFBA DE ILHÉUS TERÁ QUATRO CURSOS DE NÍVEL SUPERIOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Reeleito diretor-geral do campus Ilhéus do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia da Bahia (IFBA), o professor Thiago Nascimento Barbosa foi empossado no cargo em solenidade simbólica, na reitoria do instituto, em Salvador. Durante a posse, Thiago anunciou as metas para o quadriênio.

Thiago informou que o aprimoramento dos cursos já ofertados e implantação de cursos de nível superior estão entre as prioridades. “Para tanto, desejamos construir e modernizar os laboratórios de aulas e ampliar e atualizar nosso acervo bibliográfico, além de novos professores para nosso já altamente qualificado corpo docente”, disse.

O diretor reeleito afirmou que a expectativa, ao final do quadriênio, é a formação das primeiras turmas de bacharelado em Administração Pública e licenciatura em Educação Física na modalidade EaD. Os cursos terão início agora em 2020. Ele também inclui entre as metas mais dois cursos superiores, na modalidade presencial, os de Arquitetura e Engenharia Ambiental.

REITORA

Na mesma solenidade na capital baiana, também tomaram posse a nova reitora do IFBA, Luzia Mota, e os novos dirigentes dos outros 15 campi do instituto federal no território baiano. Todos assumem cargo para mandato de quatro anos.

Back To Top