skip to Main Content
20 de fevereiro de 2020 | 10:52 am

DILMA CHEGA EM CONQUISTA ÀS 19H

Tempo de leitura: < 1 minuto

Milhares de pessoas aguardam no saguão do aeroporto de Vitória da Conquista o início da carreata da campanha da presidenciável Dilma Rousseff (PT).  A atividade vai começar apenas com a presença do governador Jaques Wagner. Houve atraso na agenda da petista, que desembarcará no terminal conquistense apenas às 19h, proveniente de Caruaru (PE)
A carreata percorrerá as principais avenidas do município do sudoeste baiano e será encerrada com um comício na praça Barão do Rio Branco, quando Dilma estará presente. (Pimenta, de Vitória da Conquista)

A RESPOSTA AOS TUCANOS "VERMELHOS"

Tempo de leitura: < 1 minuto

Prefeitos baianos filiados ao PSDB, mas que estão de corpo e alma na campanha da petista Dilma Rousseff, sofrerão sanções da legenda. Processos de expulsão já foram abertos contra os gestores de Brumado, Eduardo Vasconcelos, e Pojuca, Gerusa Laudano. Ambos pediram votos para Wagner e Dilma no primeiro turno e continuam apoiando a escolhida de Lula.
Segundo a Tribuna da Bahia, o presidente do diretório estadual do PSDB, Antônio Imbassahy, também ameaça entrar na justiça pedindo a cassação dos mandatos dos infiéis. Democratas também deverão fazer o mesmo com alguns membros do DEM que “pularam a cerca” nestas eleições.

FICHA LIMPA PODE DEIXAR 4 SEM MANDATO NA BA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Geraldo: ameaça no STF.

Segundo a edição online d´A Tarde, quatro deputados eleitos da Bahia ainda dependem do Supremo Tribunal Federal (STF) para sentar às suas respectivas cadeiras no dia 1º de fevereiro de 2011. Eles aguardam julgamento de ações que ainda correm no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), baseadas na Lei Ficha Limpa.
São eles Geraldo Simões (PT) e Jânio Natal (PRP), eleitos à Câmara Federal, e Carlos Brasileiro (PT) e Maria Luiza Laudano (PTdoB). A queda de Carlos Brasileiro daria lugar a Wenceslau Júnior (PCdoB). Laudano abriria espaço para Jurandy Oliveira (PRP), que disputou reeleição.
No caso das vagas de Geraldo e Jânio, elas seriam ocupadas, respectivamente, por Acelino Popó (PRB) e Pastor Luciano (PMN). Popó e Luciano são os primeiros suplentes de suas coligações.

PÂNICO APIMENTADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ontem, o programa Pânico na TV, da RedeTV, exibiu um quadro repercutindo, comicamente, o caso da bolinha de papel lançada contra o candidato a presidente José Serra (PSDB). O programa desfilou uma sequência de citações a veículos de comunicação que abordaram o assunto. E eis que surge, entre estes, o nosso Pimenta na Muqueca. O telefone da redação não parou e muitos leitores acionaram o Twitter, como a publicitária Ângela Muniz, a apresentadora Manu Berbert, Rogério Paternostro e Marcelo Berbert. Mais legal de tudo isso é o carinho dos leitores.
Valeu, galera!

Agora, o vídeo

RÁDIO VIRA COMITÊ PRÓ-SERRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da fachada à programação, Difusora mergulhou na campanha tucana (foto Pimenta)

Em Itabuna, a Rádio Difusora AM foi transformada em comitê avançado da campanha do tucano José Serra. Além de ostentar uma grande imagem do candidato na fachada do prédio onde funciona o seu estúdio, a Difusora recheou sua programação com referências ao presidenciável: algumas abertas e escrachadas e outras subliminares.
Quem tem sintonizado a rádio por esses dias certamente já ouviu algum apresentador proclamando que, no dia 31 de outubro, “vamos subir a serra”, ou coisa parecida. A música “Serra do Jequitibá”, do macuco Marcelo Ganem, também nunca foi tão executada na rádio do ex-prefeito Fernando Gomes.
A valorização do artista regional é altamente louvável, mas a intenção de repetir o nome do candidato evidencia claramente a propaganda indevida. É crime eleitoral com todas as suas características.

WAGNER: "SINTO CLIMA FAVORÁVEL [A DILMA]"

Tempo de leitura: 2 minutos

Nas atividades da campanha de Dilma Rousseff (PT) ontem em Ilhéus e Itabuna, o governador Jaques Wagner mostrou-se confiante na eleição da presidenciável. “As pesquisas dão 12, 14 pontos de frente [para ela]. Sinto clima favorável”, disse, antecipando que Dilma estará em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, nesta terça (26), a partir do meio-dia.
Uma das coisas que mais chamaram atenção na conversa de Jaques Wagner (PT) com jornalistas, ontem, foi a incorporação de discurso ambiental para marcar a fase de aliança do PV baiano com o projeto da presidenciável petista, Dilma Rousseff.
Enquanto agradecia a votação obtida no 3 de outubro e destacava que “Dilma teria levado no primeiro turno se dependesse da Bahia”, o governador elencou grandes obras tocadas no estado, mas respeitando as questões ambientais. “Não há crescimento econômico sem olhar para a sustentabilidade”.
Logo em seguida, ele destacou o apoio majoritário do PV baiano à sua amiga e presidenciável. “A maioria do PV já decidiu [apoiar Dilma], e eu agradeço”. E emendou com elogios a Marina Silva, “ministra do Meio Ambiente do presidente Lula por quase sete anos”.
Numa referência indireta ao tucano José Serra, o petista disse não falar mal de adversário, mas crê “que tudo ficará mais fácil [para a Bahia] com Dilma na presidência”. E assegurou que projetos do Complexo Intermodal Porto Sul e a duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna “foram discutidos com a equipe da Dilma”.
Os projetos de construção de novo aeroporto em Ilhéus, ferrovia e porto, afirmou,  estão engatilhados. “Por isso, digo que é importante a eleição da Dilma”.
Ele desconversou sobre melhorias no aeroporto Jorge Amado, na zona sul de Ilhéus. O aeroporto praticamente não recebe mais voos noturnos ou em dias chuvosos.
ESTADUALIZAÇÃO DO HBLEM

Hospital enfrenta sucateamento.

O governador deixou claro que depende apenas do prefeito Capitão Azevedo (DEM) a estadualização do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem). A unidade médico-hospitalar enfrenta a sua crise mais aguda.
Wagner credita à falta de gestão os problemas do hospital. “Nós dobramos o valor de recursos repassados, mandamos pra cá quatro caminhões de medicamentos, mas há uma dificuldade na gestão”. O Hblem é municipal.
Por fim, o governador disse acreditar na estadualização como saída para os problemas enfrentados pelo Hblem. “Estamos prontos para assumir a gestão do hospital”, assegurou.

ELE QUER O DETRAN

Tempo de leitura: < 1 minuto

A cobiçada chefia do Detran em Itabuna, que era cargo sob a tutela do deputado estadual (não-reeleito) Capitão Fábio, é o prêmio que o secretário da Administração de Itabuna, Gilson Nascimento, espera pela sua adesão ampla, total e irrestrita à campanha de Dilma Rousseff.
Neste sábado, 23, Nascimento era um dos mais animados participantes da carreata liderada pelo governador Jaques Wagner. Estava mais empolgado, inclusive, do que muitos petistas de antiga militância.
A promessa do cargo, feita pelo deputado estadual Luiz Argôlo, é o que anima tanta dedicação do mais novo dilmista de carteirinha.

LULA RECLAMA: ALIADOS FAZEM CORPO-MOLE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Não é somente na Bahia que aliados do PT, como PMDB e PR, andam fazendo corpo-mole. A campanha de Dilma Rousseff constatou que o mesmo ocorre em outros estados, como Minas Gerais, Ceará e Amazonas.
De acordo com matéria publicada neste domingo no jornal O Globo, o presidente Lula decidiu enquadrar os aliados que não estão se empenhando para eleger Dilma Rousseff. A reportagem revela que “em reunião reservada, chegou-se à conclusão de que os peemedebistas estão sem fazer campanha em pelo menos cinco estados considerados estratégicos: São Paulo, Minas Gerais, Bahia e até Rio Grande do Sul, onde o partido declarou apoio formal ao candidato tucano, José Serra”.
As mágoas que restaram após o primeiro turno das eleições são apontadas como o motivo da apatia dos aliados. Na Bahia, é mencionada especialmente a situação do deputado federal Geddel Vieira Lima (PMDB), derrotado na disputa pelo governo, além do senador César Borges (PR), que se frustrou na tentativa de reeleição.

DILMA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff, estará nesta terça-feira, 26, em Vitória da Conquista , no sudoeste da Bahia. Ela será recebida às 13h30min, no aeroporto da cidade, pelo governador Jaques Wagner. Depois, a candidata seguirá em carreata pelas principais ruas de Vitória da Conquista, finalizando com um ato público na Praça Sá Barreto.
Os petistas tentam reverter a vantagem que o tucano José Serra teve no primeiro turno da eleição presidencial em Conquista. E lembram que em 2002 Lula perdeu no primeiro turno na maior cidade do sudoeste baiano, mas venceu com folga no segundo.

Back To Top