skip to Main Content
15 de julho de 2020 | 11:35 pm

DILMA: "QUEM VAI PARA A PRESIDÊNCIA NÃO É COITADINHO"

Tempo de leitura: < 1 minuto
Dilma afirma que quem busca presidência não pode ser "coitadinho" (Foto Arquivo Net)

Dilma afirma que quem busca presidência não pode ser “coitadinho” (Foto Arquivo Net)

Do Globo
Confrontada com as críticas da candidata Marina Silva sobre a falta de um programa de governo do PT, a presidente Dilma Rousseff disse neste domingo que não precisa fazer promessas, porque suas propostas estão sendo executadas e sendo criticadas “todo santo dia”. Candidata à reeleição, Dilma afirmou que “coitadinho” não pode chegar à Presidência da República e voltou a criticar a independência do Banco Central, defendida por Marina.
Para Dilma, os candidatos não podem “se vitimizar”. Para ela, o debate é válido enquanto girar em torno das propostas e não apelar para “a honra e as características pessoais” dos adversários.
– A vida como presidente da República é agüentar crítica sistematicamente e aguentar pressão. Duas coisas que acontecem com quem é presidente da República: pressão e crítica. Quem levar para campo pessoal não vai ser uma boa presidente, porque não segura uma critica. Tem de segurar a crítica, sim. O twitter é o de menos. O problema são pressões de outra envergadura que aparecem e que, se você não tem coluna vertebral, você não segura. Não tem coitadinho na Presidência. Quem vai para a presidência não é coitadinho, porque, se se sente coitadinho, não pode chegar lá – afirmou a presidente, acrescentando que os jornalistas são implacáveis e a vida de presidente é dura.
Leia mais

SOUTO DIVULGA MEDIDAS PARA SEGURANÇA PÚBLICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Paulo_SoutoA Tarde
O democrata Paulo Souto disse nesta segunda-feira, 15, que pretende frear o crescimento da violência na Bahia com base em quatro passos: “reconquistar a relação de confiança com a polícia; aumentar contingente (mas também redistribuir melhor); ampliar a integração entre as Polícias Militar a Civil e criar Companhias Especiais no interior (mas sobretudo dar maior capacidade operacional as existentes)”.
De acordo com ele, “essas medidas tendem a reduzir ou controlar a violência” no Estado. Souto afirmou, em entrevista à TV Record, que o governador deve participar diretamente da gestão da segurança pública.
Além das ações diretas no setor, o ex-governador também defende a realização de projetos sociais nas áreas com maior índice de criminalidade para evitar que os jovens sejam atraídos pelo tráfico de drogas. Segundo o democrata, essas regiões devem ser prioritárias na instalação de escolas de tempo integral, por exemplo.

MP INTIMA RUI COSTA APÓS CANDIDATO ALERTAR SOBRE CAIXA 2 NAS ELEIÇÕES

Tempo de leitura: 2 minutos
Ladeado por ministra e Otto, Rui diz que não fala de caixa 2 em eleições (Foto Pimenta).

Ladeado por ministra e Otto, Rui diz que não fala de caixa 2 em eleições (Foto Marcos Souza/Pimenta).

O candidato ao governo baiano pelo PT, Rui Costa, disse em Ilhéus, neste final de semana, que foi intimado pelo Ministério Público Eleitoral, após ter chamado atenção e insinuar  existência de Caixa 2 na campanha deste ano. “Eu não acusei ninguém”, respondeu ao PIMENTA, completando que apenas apelava ao bom senso do eleitor.
Rui disse ter questionado, em entrevista à Rádio Metrópole (Salvador), na última quarta, se há candidato que tem três vezes mais placas, carros de som e tempo de TV do que o declarado nas parciais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Não é função minha denunciar, fiscalizar. Minha função é ser candidato. Espero que todos [os candidatos] cumpram a lei. Para fiscalizá-los, existem as instituições”, completou.
“NÃO VOU ME INTIMIDAR”
Ao afirmar que foi intimado pelo MPE, Rui ironizou: “Fui intimado, mas, por enquanto, não passei em concurso do Ministério Público [para fiscalizar os candidatos]. Eu  não estou proibido de chamar a atenção [do eleitor para o caixa 2]. Se [o MPE] quis me intimidar, eu não vou me intimidar”.
O petista ainda repetiu que é bom observar candidatos que nunca pisaram os pés em determinada cidade e, apesar disso, obter 2 mil, 3 mil votos naquela localidade. Para ele, esta seria evidência de compra de votos.
Acompanhado do vice João Leão (PP), do candidato ao Senado Otto Alencar (PSD) e da ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campelo, Rui ainda abordou a necessidade de punição mais rigorosa para quem comete crime em financiamento de campanha.
Para ele, se o financiamento privado de campanha virar crime, deve-se também punir o político criminalmente. “Vai abrir estrada para quem quer fazer política de forma correta”. Poderia, para ele, haver um sistema misto, em que as empresas doaria o dinheiro a um fundo nacional com distribuição do dinheiro conforme critérios estabelecidos em lei.
E fez um alerta: – A continuar esse modelo, só vamos mudar o personagem. As campanhas estão cada dia mais caras.

GEDDEL NÃO QUER SEU NOME LIGADO A AÉCIO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Geddel quer desvincular-se de Aécio (Foto Valter Pontes/CPhoto).

Geddel quer desvincular-se de Aécio (Foto Valter Pontes/CPhoto).


Da Coluna Tempo Presente, d´A Tarde
Geddel (PMDB) viu maldade na abertura do programa eleitoral de Otto Alencar, concorrente ao Senado, e pediu à justiça para retirar o começo do vídeo, que diz: ‘Acabou o programa do candidato a senador de Aécio Neves’…

A Justiça negou. E a turma de Otto cutucou, dizendo que Geddel apoia Aécio, mas não quer que se diga isso.

RUI CUTUCA ADVERSÁRIO, AFAGA VANE E PROMETE SANEAMENTO PARA ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
João Leão, Vane, Rui Costa e Otto Alencar em carreata pelo centro de Itabuna (Foto Pimenta).

João Leão, Vane, Rui Costa e Otto Alencar em carreata pelo centro de Itabuna (Foto Pimenta).

Do PIMENTA
Rui Costa (PT), candidato a governador da Bahia, disse ontem (11) em Itabuna que a Bahia não pode ter um governador que “pensa pequeno” e que a Região Cacaueira “quer sonhar e voar mais alto”. O ex-secretário da Casa Civil exaltou projetos para assegurar a retomada do crescimento da região, como a duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna, o novo aeroporto, a Ferrovia Oeste-Leste e a chegada da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).
– Entre todas as regiões do estado [o sul da Bahia é] a que tem maior potencial de crescimento. Planejamos isso com muito carinho. Muitos investimentos estão acontecendo aqui – disse ele, informando que, a partir da próxima semana, a sua campanha parte para propaganda regionalizada na TV, “para mostrar o que já foi feito na região”.
AFAGO
Rui prometeu a Claudevane Leite ontem (12), caso eleito, investir em esgotamento sanitário em Itabuna, “como gratidão” ao apoio do prefeito, que ignorou a orientação do PRB e decidiu apoiá-lo a governador. “Já fizemos muita coisa juntos. Antes de eu sair, deixei o asfalto da cidade e nós temos outros desafios. Eu quero, dia 1º de janeiro, enfrentar grandes desafios, a exemplo do esgotamento sanitário da cidade de Itabuna e tantos outros”
Ele ressaltou a necessidade de avanços e de não ter “a cabeça de um governador do passado”. No discurso na praça principal da Califórnia, um dos bairros mais populosos de Itabuna, Rui disse que, ao contrário de Souto, que criticou a atração de universidades federais para a Bahia, ele buscará mais.
“Pergunte a Ilhéus, Itabuna e região: foi bom receber universidade federal aqui?”, questionou, ao que o público respondeu com um “sim”. O candidato completou:  “Nós queremos mais e vamos ter mais. Aqui não vai ter governador que fica perguntando à Secretaria da Fazenda se tem ou não dinheiro. A gente faz o projeto, vê a necessidade do povo e corre atrás de Dilma para fazer a duplicação da BR, novo hospital, novo aeroporto, ponte.
Apenas Rui, Vane e Otto discursaram em um evento rápido devido à agenda à noite, em Camacan. O prefeito defendeu o voto em Rui e em Otto, que é candidato ao Senado. Vane reafirmou seu voto em Otto pela necessidade de ter alguém que defenda o pacto federativo como ele, além de ressaltar qualidades da chapa majoritária.

BARRA: RUI PROMETE NOVA PONTE SOBRE O SÃO FRANCISCO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Costa, ao centro, promete ponte ligando Barra a Xique-Xique e Estrada do Feijão.

Costa, ao centro, promete ponte ligando Barra a Xique-Xique e Estrada do Feijão.

A construção de uma nova ponte sobre o Rio São Franco em Barra foi prometida pelo candidato ao governo baiano pelo PT, Rui Costa, em comício que reuniu, segundo a organização, cerca de 5 mil pessoas ontem à noite (11).
– Essa é uma obra prioritária para Barra e se o estado não tiver condição de fazer sozinho, vamos atrás de recursos junto ao Governo Federal – disse Rui, reconhecendo que a ponte é uma demanda da região e facilitará o acesso a Xique-Xique e à Estrada do Feijão.
Barra é um dos municípios beneficiados com a chegada de uma nova universidade federal naquela região, a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob). Barra passou a ter campus da instituição que entrou, agora, no segundo semestre letivo.
Nesta tarde de sexta, Rui Costa participa da carreata da Caravana 13 em Itabuna, juntamente com o candidato a vice-governador, João Leão (PP), e o candidato ao Senado pelo PSD, Otto Alencar.
A carreata sairá da Vila Olímpica. A concentração começa às 15h. A atividade será encerrada com comício na praça principal da Califórnia. À noite, às 20h, o petista terá compromisso em Camacan. Amanhã, às 8h, concede coletiva em Ilhéus e, na sequência, participa de caminhada pelas ruas centrais.

IBOPE/CNI: DILMA ATINGE 39% E MARINA OSCILA PARA 31%. AÉCIO MANTÉM 15%

Tempo de leitura: < 1 minuto

dilma, marina e aécioPesquisa Ibope/Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada hoje, traz a presidente Dilma Roussef (PT) com 39% das intenções de voto e Marina Silva (PSB) com 31%. A diferença entre ambas dobrou em nove dias (4 para 8 pontos), segundo o Ibope. Na pesquisa divulgada dia 3, Marina estava com 33% e Dilma tinha 37%.
O senador Aécio Neves (PSDB) tem 15% das intenções de voto e Pastor Everaldo (PSC) aparece com 1%.
Nesta pesquisa, os demais candidatos, somados, têm 1%. De acordo com o Ibope, 8% dos entrevistados votariam em branco ou nulo e 5% estão indecisos.
Foram ouvidos 2.202 eleitores, no período de 5 a 8 de setembro, em 144 municípios. O levantamento está registrado sob o número BR-00593/2014. A margem de erro é de dois pontos percentuais.
SEGUNDO TURNO
Nas simulações de segundo turno, Marina tem 43% contra 42% de Dilma, cenário em que percentual de brancos e nulos atinge 10% e o de indecisos alcança 5%.
Dilma bateria Aécio por 48 a 33%. Brancos e nulos somariam 13% e indecisos, 6%. Marina chega a 41% contra 27% de Aécio. Brancos e Nulos alcançariam 14% ante 8% de indecisos.

IBOPE X BABESP

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da Coluna Tempo Presente, d´A Tarde

Um conhecido e respeitado estatístico, ao fazer uma análise crítica dos relatórios das pesquisas feitas pelo Ibope e o Babesp, vaticinou: não se deve confiar em nenhum dos dois.
Ele diz que ambos cometem falhas que possibilitam a alteração dos percentuais.
Voltaremos ao assunto.

RENATA MALLET FAZ CAMPANHA NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Mallet faz campanha no sul da Bahia (Foto Pimenta).

Mallet faz campanha no sul da Bahia (Foto Pimenta).

A candidata ao governo baiana pelo PSTU, Renata Mallet, concede entrevistas e participa de atividades na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) nesta sexta-feira (12).
Ontem (11), Mallet concedeu entrevista ao PIMENTA. Ela defende bandeiras do PSTU, avalia o quadro político baiano e disse que um eventual retorno de Paulo Souto (DEM) ao Palácio de Ondina será culpa do grupo do governador Jaques Wagner.
Para ela, o PT chegou ao poder e manteve algumas práticas carlistas – como a privatização da saúde, além de aliar-se a políticos do grupo do falecido ex-senador Antônio Carlos Magalhães.

OTTO SOBE 10 PONTOS E GEDDEL FICA COM 36%

Tempo de leitura: < 1 minuto
Geddel, Otto e Eliana disputam vaga ao Senado.

Geddel, Otto e Eliana disputam vaga ao Senado.

Além da disputa ao governo, a pesquisa Ibope/TV Bahia aferiu as intenções de voto para a vaga baiana no Senado. Embora tenha oscilado de 35% para 36%, Geddel Vieira Lima (PMDB) começa a levar “calor” de Otto Alencar (PSD), que saltou dez pontos e agora aparece com 27%.
O crescimento de Otto pode estar relacionado a uma campanha mais propositiva na TV. No palanque eletrônico, além de ser “puxado” por Lula, Otto defende propostas como o fim do fator previdenciário e a ampliação (redução) da maioridade penal.
Quem continua patinando nas pesquisas é a ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça, Eliana Calmon (PSB-Rede), com 4%. Marcelo Evangelista (PEN) e Hamilton Assis (PSOL) aparecem com 2% cada um. De acordo com o instituto, o percentual de indecisos atinge 16% e o de brancos e nulos chega a 13%.

Back To Top