skip to Main Content
2 de junho de 2020 | 11:18 am

PARA ESPECIALISTAS, PROGRAMAS DOS CANDIDATOS SÃO SUPERFICIAIS

Tempo de leitura: 3 minutos

urna_ELEIÇÕESAo registrarem as candidaturas, os concorrentes aos cargos de governador e presidente da República protocolaram, na Justiça Eleitoral, seus programas de governo. Originalmente, os documentos deveriam servir para detalhar diretrizes e metas. No entanto, cientistas políticos consultados pela Agência Brasil criticam a superficialidade dos programas, que não passam de mera formalidade e não significam necessariamente compromissos futuros.
Para o cientista político Otaciano Nogueira, os programas apresentados no registro das candidaturas são inúteis e não fariam falta se não fossem exigidos pela Justiça Eleitoral. “São coisas absolutamente superficiais. Os candidatos não vão, antes da eleição, prometer nada que vão efetivamente cumprir. Vão prometer tudo para ganhar votos, mas só saberemos se aquilo vai ser cumprido depois da eleição”, diz.
Segundo o professor, a maior parte dos eleitores não lê os documentos e, quando lê, não os considera como compromisso válido. Para ele, seria mais interessante se o programa fosse apresentado pelo candidato vencedor somente após a posse. “O Brasil tem o segundo maior eleitorado do mundo ocidental. Depois da democratização, a participação dos eleitores tem sido intensa, mas há uma distância entre votar e julgar os candidatos depois de eleitos”, opina.
O professor de ciência política da Universidade de Brasília (UnB), David Fleischer, também critica a qualidade dos programas de governo. Ele considera os documentos generalistas e semelhantes entre si. “São coisas muito comuns: criar mais empregos, reduzir os juros, aumentar o crédito disponível para a classe média e a baixa. As promessas são muito gerais, mas ninguém diz como pretende fazer tudo isso”, comenta.
Fleischer, no entanto, não defende o adiamento da apresentação dos programas de governo para depois das eleições. Para ele, o eleitor poderia ir mais esclarecido para as urnas se os eleitores cobrassem o detalhamento das propostas durante a campanha e os debates eleitorais. “Os debates na televisão, que têm boa audiência, deveriam centrar-se nas promessas de campanha e desafiar cada candidato a detalhar e mostrar no que se difere dos demais”, aponta.

Leia Mais

A BIOGRAFIA DO CANDIDATO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aldenes apresentou documentário durante inauguração do comitê (foto Marcos Souza)

Aldenes apresentou documentário durante inauguração do comitê (foto Marcos Souza)

Em tempo de lançamento de campanhas, o candidato a deputado estadual Aldenes Meira inovou com a apresentação de um documentário. O vídeo conta sua trajetória, desde o nascimento em Brumado, passando pela fundação do Movimento de Luta pela Terra (MLT) até chegar ao mandato de vereador em Itabuna.
O filme foi apresentado durante a inauguração do comitê de Aldenes em Itabuna, no sábado (19), e fez até gente chorar. Naturalmente, a expectativa do candidato é de que faça também votar.

BEM NA FITA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lançamento da candidatura de Augusto Castro em Itabuna

Lançamento da candidatura de Augusto Castro em Itabuna

Na noite fria desta terça-feira (22), em Itabuna, o deputado estadual Augusto Castro (PSDB) conseguiu reunir um público expressivo para o lançamento de sua candidatura. Entre 1.500 e 2 mil pessoas participaram do evento, na Ação Fraternal.
Se o tucano já estava em boa conta com a chapa majoritária oposicionista, o sucesso da atividade aumentou seu moral. No discurso, Paulo Souto, que prometeu concluir a barragem do Rio Colônia, elogiou o deputado que tenta a reeleição.

AUGUSTO LANÇA CAMPANHA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Augusto-Castro12-300x221O deputado estadual Augusto Castro (PSDB) lança oficialmente sua campanha nesta terça-feira (22), em evento na Ação Fraternal de Itabuna (AFI). O ato político está marcado para as 18h30min e o tucano promete reunir toda a chapa majoritária da oposição.
Além dos candidatos ao governo e ao senado do grupo oposicionista, Castro confirmou a presença do deputado federal Jutahy Júnior na apresentação de sua candidatura.

ALDENES REÚNE MILITÂNCIA NESTE SÁBADO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Aldenes Meira, ao lado de João Leão, candidato a vice-governador na chapa de Rui Costa, e de Wenceslau Júnior, vice-prefeito de Itabuna

Aldenes Meira, ao lado de João Leão, candidato a vice-governador na chapa de Rui Costa, e de Wenceslau Júnior, vice-prefeito de Itabuna

Um dia após a inauguração do comitê do ex-presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, candidato a deputado federal pelo PCdoB (ver nota abaixo), outro comunista apresenta seu QG de campanha.
Neste sábado (19), Aldenes Meira, que disputa mandato na Assembleia Legislativa, abre as portas de seu comitê central, na Avenida Fernando Cordier (Beira-Rio), 238, Centro de Itabuna. Lideranças políticas e militantes de vários municípios são esperados para o evento, que começa às 16 horas.
Aldenes, que tem origem no meio rural e dirigiu entidades como a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado da Bahia (Fetag-BA) e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, defende, entre outras bandeiras, o fortalecimento das políticas públicas nos territórios de identidade, apoio à agricultura familiar e à economia solidária, e a implantação da região metropolitana do Sul da Bahia. O candidato atualmente exerce mandato de vereador em Itabuna, sendo presidente do legislativo municipal.

PETISTA FECHA COM A OPOSIÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Serviço completo: Jeová Nunes, do PT, apoia os adversários de seu partido

Serviço completo: Jeová Nunes, do PT, apoia os adversários de seu partido

O ex-prefeito de São José da Vitória, Jeová Nunes, ainda é filiado ao PT, mas só mesmo perante a justiça eleitoral. Na prática, o petista já rasgou a carteirinha e se tornou opositor e crítico do governador Jaques Wagner.
O primeiro sinal foi emitido em maio, quando Nunes anunciou apoio à reeleição do deputado estadual Augusto Castro (PSDB). Mas ainda se esperava que, no âmbito federal, ele marchasse com Geraldo Simões (PT).
O prefeito de Salvador, ACM Neto, que tem o hábito de seduzir opositores, atuou para convencer Nunes a fechar um “serviço completo”. Assim, além de Augusto, o ex-prefeito de São José decidiu também apoiar Paulo Azi (DEM) para deputado federal. De quebra, ele ainda pedirá votos para Geddel e Paulo Souto.

PC DO B MOVIMENTA CANDIDATURAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Este fim de semana em Itabuna terá predominância do PCdoB no cenário político. O partido mobiliza toda a sua estrutura e militância para o lançamento oficial das candidaturas de Davidson Magalhães a deputado federal e Aldenes Meira a deputado estadual.
Na sexta (18), Davidson inaugura o comitê central de sua campanha, na Avenida Princesa Isabel, no mesmo local onde funcionou o comitê do atual prefeito Claudevane Leite em 2012. Agora, os comunistas esperam que o endereço dê sorte também ao ex-presidente da Bahiagás.
Aldenes, por sua vez, agendou a inauguração de seu comitê para sábado (19), às 16 horas. O endereço é a Avenida Fernando Cordier (Beira-Rio), 238, coincidentemente o mesmo onde em 2010 foi instalado o QG da campanha do deputado federal Geraldo Simões (PT).

LEÃO ARTICULA CAMPANHA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

joao leaoO  candidato a vice-governador do estado pela chapa “Pra Bahia Mudar Mais”, João Leão, participa de encontro com prefeitos, vereadores e lideranças regionais nesta segunda-feira (14), às 14 horas, no Palace Hotel, em Itabuna.  O objetivo é discutir estratégias da campanha majoritária no sul da Bahia.
Neste fim de semana, o candidato ao governo, Rui Costa (PT), recebe lideranças em Salvador. No encontro, vai tratar sobre propostas de seu Plano de Governo Participativo, especificamente relacionadas à água e ao saneamento.

VICTOR BERTI SE DESFILIA DO SOLIDARIEDADE

Tempo de leitura: < 1 minuto

victor bertiO apoio do partido Solidariedade (SDD) à candidatura de Paulo Souto na Bahia, imposto pela executiva nacional da legenda, já produz as primeiras baixas. Victor Berti, irmão do prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente (PDT), anunciou nesta quarta-feira (25) que não será mais candidato a deputado estadual pelo SDD e, de quebra, está se desfiliando do partido.
Berti, que tem sua principal base na região do Vale do São Francisco, era uma das promessas entre os novos nomes no cenário político. Mas o jovem de 25 anos preferiu adiar seu projeto, por não concordar com a adesão ao candidato do DEM.
Um dos motivos da insatisfação é o fato de que os Berti estão plenamente envolvidos com a pré-campanha de Rui Costa (PT). O prefeito de Sobradinho, irmão do ex-pré-candidato, é um dos coordenadores de Rui Costa (PT) no Vale do São Francisco.

NÃO HÁ MOTIVOS PARA VACILAÇÕES

Tempo de leitura: 2 minutos

JOSIAS~1Josias Gomes | josiasgomes@uol.com.br
Atravessamos um momento dos mais importantes para a continuidade do atual projeto político baiano, que envolve discernimento e coragem, para que possamos seguir em frente, sem sobressaltos.
Falo da enxurrada de números referentes a pesquisas de opinião pública, sobre a sucessão no estado, que somente podem encabular ou entusiasmar, conforme o caso, aos menos avisados.
Nós sabemos que a candidatura Rui Costa está sendo construída sob o signo da sua ligação mais estreita com o projeto vitorioso do governo Jaques Wagner, do governo Dilma, e do projeto iniciado pelo ex-presidente Lula. Este, também avalista da candidatura de Rui.
Até agora, e não poderia ser outro o caminho, a nossa ação política consiste em arrumar o palanque, organizar nossas forças, estabelecer o marketing, consolidar as linhas do nosso programa consonante com o que vem desenvolvendo o governador Jaques Wagner e a presidente Dilma Rousseff.

Leia Mais
Back To Top