skip to Main Content
26 de fevereiro de 2021 | 04:16 pm

ENEM 2020 TERÁ GABARITO DIVULGADO NESTA QUARTA

Tempo de leitura: 3 minutos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulga hoje (27) os gabaritos oficiais das provas objetivas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Os participantes poderão conferir as respostas corretas do exame no site do Inep e no aplicativo do Enem. 

O Enem impresso foi aplicado nos dois últimos domingos, dias 17 e 24 de janeiro. Os participantes resolveram questões objetivas de matemática, ciências da natureza, ciências humanas e linguagens. Fizeram também a prova de redação, a única subjetiva do exame.

Mesmo com os gabaritos em mãos, não é possível saber a nota no exame. Isso porque o Enem é corrigido com base na chamada teoria de resposta ao item (TRI), que leva em consideração, entre outros fatores, a coerência de cada estudante na própria prova.

Ou seja, se ele acertar questões difíceis, é esperado que acerte também as fáceis. Se isso não acontecer, o sistema entende que pode ter sido por chute. O estudante, então, pontua menos que outro candidato que tenha acertado as mesmas questões difíceis, mas que tenha acertado também as fáceis.

NOTAS FINAIS

A previsão para a divulgação dos resultados finais é dia 29 de março. Nessa data os participantes saberão também quanto tiraram na redação. Mas, apenas depois da divulgação do resultado, em data ainda a ser definida, os candidatos terão acesso à correção detalhada da prova de redação.

Ao todo, segundo o Inep, cerca de 2,5 milhões de candidatos fizeram as provas este ano, número que representa menos da metade dos participantes inscritos nas provas. O Enem 2020 terá ainda uma versão digital, que será aplicada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Leia Mais

ENEM 2020 TEM ABSTENÇÃO RECORDE; MAIS DA METADE FALTOU ÀS PROVAS

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, fala da abstenção recorde do Enem 2020 || Foto Marcello Casal Jr.
Tempo de leitura: 3 minutos

O segundo dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 teve 55,3% de faltas, abstenção recorde no exame, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Do total de 5.523.029 inscritos no exame, menos da metade, 2.470.396, compareceu aos locais de prova. O índice foi maior que no primeiro dia, quando 51,5% dos inscritos não compareceram às provas. 

A média histórica de abstenção no Enem, segundo o Inep, é de cerca de 27%. O recorde anterior havia sido registrado em 2009, com 37,7% de abstenção. Foram eliminados no segundo dia 1.274 participantes por descumprirem as regras do exame, além de 14 emergências médicas. No primeiro dia, 2.967 candidatos foram eliminados.

De acordo com o presidente do Inep, Alexandre Lopes, o número de faltosos foi maior do que o esperado, mesmo assim, a realização do exame foi vitoriosa. “Têm vários motivos que podem levar as pessoas a fazerem ou não a prova do Enem, é uma decisão individual e eu respeito a decisão individual das pessoas. O que é importante é o Inep assegurar a oportunidade e isso nós fizemos. Estamos dando a oportunidade de quem quer fazer o Enem poder fazer”, diz. “Conseguimos assegurar, no meio da pandemia, que 5,6 milhões pudessem fazer a prova e que 2,5 milhões fizessem as provas. Acho que isso é uma vitória”, acrescenta.

Segundo Lopes, o segundo dia transcorreu com tranquilidade. Não houve, até o momento, notificações de pessoas que foram impedidas de realizar o exame por conta da lotação das salas, como ocorreu no primeiro dia de aplicação. O Inep atualizou os números divulgados no último domingo. Até o momento, foi confirmado que isso ocorreu em 11 cidades, em 37 escolas.

Tanto esses estudantes quanto os participantes que foram prejudicados por questões logísticas, como falta de luz no local de prova, e aqueles que não fizeram o exame por apresentarem sintomas de covid-19 ou outra doença infectocontagiosa terão direito a fazer o exame na data da reaplicação, nos dias 23 e 24 de fevereiro.

O pedido para participar da reaplicação deve ser feito na Página do Participante. O sistema estará aberto, segundo Lopes, a partir das 12h desta segunda-feira (25). O prazo vai até o dia 29. Os resultados serão divulgados no dia 12 de fevereiro, quando os estudantes saberão se os pedidos foram aceitos ou não.

Segundo o Inep, até o momento, 18.210 candidatos solicitaram a reaplicação por conta de doenças infectocontagiosas. Desses pedidos, o Inep aceitou 13.716. “Nesses casos não é preciso pedir a reaplicação porque o pedido foi feito no sistema, já foi deferido. Para essas pessoas, já estamos trabalhando na elaboração da prova.

ENEM 2021

Lopes confirmou a realização este ano do Enem 2021. Segundo ele, a prova deverá ocorrer no final do ano, entre novembro e dezembro. A autarquia se prepara para realizar o exame novamente em um ambiente de pandemia. “Vamos fazer o Enem no final do ano, também no ambiente de pandemia. Entendemos que a aplicação do Enem em novembro, dezembro será sob a cortina da pandemia. Em breve, soltaremos o edital do Enem 2021. Precisamos começar agora a preparar a aplicação do Enem”, diz.

De acordo com Lopes, é importante que o Inep mantenha o calendário das avaliações para que a sociedade não seja prejudicada e para que os estudantes não interrompam a trajetória de estudos.

GABARITOS

O Enem 2020 tem uma versão impressa, que começou a ser aplicada no último domingo (17) e terminou neste domingo, e uma digital, realizada de forma piloto para 96 mil candidatos, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

As notas do Enem podem ser usadas para acessar o ensino superior e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni). O gabarito das provas da edição impressa será divulgado na quarta-feira (27).

ENEM 2020 TEM MAIOR ABSTENÇÃO DA HISTÓRIA; 51,5% DOS CANDIDATOS NÃO FAZEM PROVA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 fechou com a maior abstenção da história. Dos 5.523.029 inscritos, 2.842.332 faltaram às provas, percentual de abstenção de 51,5%, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O segundo maior percentual foi registrado em 2009, quando 37% não fizeram prova no primeiro dia.

Foram eliminados do exame 2.967 candidatos por não respeitarem as regras do Enem, entre elas, não cumprirem as medidas de segurança para evitar o contágio pelo novo coronavírus, como usar máscara cobrindo a boca e o nariz durante toda a aplicação.

Ao todo, 69 participantes foram afetados por questões logísticas, como emergências médicas, falta de energia elétrica, entre outros. Os dados tanto de presença, quanto das eliminações, segundo o presidente do Inep, são preliminares.

CANDIDATOS COM SINTOMAS

Nesta edição, por causa da pandemia do novo coronavírus, participantes que apresentassem sintomas da covid-19 ou de outras doenças infectocontagiosas não deveriam comparecer ao exame. Esses participantes podem acionar o Inep e solicitar a reaplicação, que será nos dias 23 e 24 de fevereiro. Até o momento, 10.171 participantes pediram reaplicação. Desse total, o Inep aceitou o pedido de 8.180.

Quem apresentou sintomas ontem (17) ou no sábado (16), pode solicitar a reaplicação, mediante a apresentação de laudo médico e documentos comprobatórios no período de 25 a 29 de janeiro.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, explica que a partir desta segunda (18), os participantes que apresentarem sintomas devem notificar o Inep e, mesmo que tenham feito a prova no primeiro dia, não devem comparecer ao segundo dia de aplicação, que será no próximo domingo (24). Eles terão direito a reaplicação. Redação com Agência Brasil.

MEC IMPÕE ENEM NO NOVO PICO DA PANDEMIA E MILHÕES FARÃO PROVA NESTE DOMINGO

Milhões de candidatos farão primeiro dia de provas do Enem neste domingo || Foto Marcello Casal Jr.
Tempo de leitura: 3 minutos

Milhões de estudantes de todo o país fazem hoje (17) a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Os portões serão abertos às 11h30. Os estudantes podem entrar no local de prova até as 13h, no horário de Brasília. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a recomendação é que seja mantido o distanciamento entre as pessoas, mesmo fora dos locais de aplicação.

Quem for diagnosticado com covid-19, ou apresentar sintomas dessa ou de outras doenças infectocontagiosas até o momento do exame, não deverá comparecer ao local de prova e sim entrar em contato com o Inep pelo telefone 0800-616161. Esses estudantes terão direito a fazer a prova na data de reaplicação do Enem, nos dias 23 e 24 de fevereiro.

As provas começam a ser aplicadas às 13h30min. Neste domingo, os participantes fazem as provas objetivas de linguagens e ciências humanas, com 45 questões cada, e a prova de redação. Os estudantes terão cinco horas e 30 minutos para resolver as questões. A prova termina às 19h.

O QUE LEVAR

Para fazer o exame alguns itens são obrigatórios. Neste ano, além do documento oficial de identificação com foto e da caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, itens obrigatórios também nos exames anteriores, a máscara de proteção facial passa a integrar essa lista. Os participantes que não estiverem com máscara de proteção facial não poderão ingressar no local de prova. (Veja dicas para este dia clicando no leia mais, abaixo)

Leia Mais

UMA NAÇÃO DIVIDIDA

Tempo de leitura: 2 minutos

Sabemos que os estudantes que forem aprovados nesse certame não estarão iniciando as aulas presenciais e até mesmo remotas nesse primeiro quadrimestre, logo, deveria o Ministério da Educação tê-lo adiado, deixando-o para ser realizado logo após a aplicação da vacina e a diminuição da curva pandêmica.

Rosivaldo Pinheiro

Estamos num país dividido. Todos os temas acabam sendo politizados sob o manto ideológico que logo despenca à intolerância. Nenhum tema, por mais ou menos relevante ou obviedade que tenha, escapa a essa contaminação, dificultando que a própria sociedade encontre uma saída para os nossos graves problemas. Questões ligadas à pandemia jamais deveriam fazer parte dessa conjuntura, mas acabaram sendo o terreno mais fértil para esse comportamento e manifestação dos grupos antagônicos.

Primeiro, foi incorporado como tábua de salvação para o enfrentamento da covid o uso da cloroquina, atualmente rejeitada e retirada dos debates dos grupos pró-governo federal. Mas o Brasil possui estoque para abastecer as cidades brasileiras por 100 anos, segundo levantamento do portal Metrópoles. Atualmente, ganharam notoriedade as discussões em torno da necessidade da vacinação em massa, tendo clara resistência por parte de alguns segmentos que se deixam pautar pela corrente negacionista, tendo no presidente da República seu principal difusor.

A vacina CoronaVac passou a ser descredenciada e uma rede de informações contrárias sistematicamente socializada, tudo em função da sua origem chinesa e por ser ela divulgada e defendida pelo governador de São Paulo, João Dória, hoje claro desafeto do presidente Bolsonaro, já que eram parceiros políticos unidos pelo ódio ao PT até o segundo turno das eleições o presidenciais em 2018.

Brasileiros e brasileiras que nunca buscaram saber as origens das nossas vacinas (BCG, Poliomielite, Varíola, Sarampo, Gripe etc) passaram a se apropriar do discurso contrário ao seu uso como se fossem verdadeiros infectologistas, estudiosos da sua eficácia e das relações internacionais que cercam a geopolítica.

Os resultados dos testes feitos pelos cientistas do Instituto Butantã foram desmerecidos, e a margem de segurança e eficácia, desconsiderada, por entenderem, os seus detratores, que se trata de um subproduto, colocando a vacina quase como um placebo. Vejam que esses mesmos negacionistas não se opunham ao uso da cloroquina, mesmo após os cientistas comprovarem a sua ineficácia para covid, ficando claro que a manifestação desses grupos visa apenas dar voz à tese patrocinada pelo presidente da República.

Diante de todo esse desencontro de informações, o país já registra mais de 204 mil mortes e uma calamidade humanitária em Manaus, mas nada disso parece ganhar um olhar de maior análise por parte dos seguidores do negacionismo. Neste domingo teremos o Enem, que só será realizado pela falta de sensibilidade do MEC diante desse momento de extrema vulnerabilidade por que passamos no aspecto epidemiológico e, por consequência, os desdobramentos psicológicos por que passam as famílias e parte dos estudantes que farão a prova nessa primeira etapa.

Sabemos que os estudantes que forem aprovados nesse certame não estarão iniciando as aulas presenciais e até mesmo remotas nesse primeiro quadrimestre, logo, deveria o Ministério da Educação tê-lo adiado, deixando-o para ser realizado logo após a aplicação da vacina e a diminuição da curva pandêmica. Resta agora às famílias e aos participantes buscarem cumprir os protocolos necessários e mitigar os riscos das exposições e aglomerações nos locais de prova.

Que a nossa sociedade saia desse divisionismo nocivo à vida e que possamos respirar – literalmente. Para isso, que cheguem as doses das vacinas e a civilidade.

Rosivaldo Pinheiro é economista e especialista em Planejamento de Cidades.

AULÃO VIRTUAL DO 100% ENEM ABORDARÁ MATEMÁTICA NESTA TERÇA (12)

Tempo de leitura: < 1 minuto

Matemática será o destaque do aulão virtual do projeto ENEM 100%, nesta terça-feira (12), às 16h. A atividade, que contará com a participação do professor Rodrigo Ribeiro, é promovida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), sendo transmitida, ao vivo, pelo canal do Youtube da Educação Bahia (https://bit.ly/2G2kOpt).

A ação pedagógica busca auxiliar os estudantes na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, cujas provas, na versão impressa, serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, na versão digital, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Os aulões virtuais do projeto ENEM 100% ocorrem às terças e sextas-feiras, sempre das 16h às 17h, envolvendo diferentes componentes curriculares, e fazem parte de uma série de atividades lançada pela SEC para fortalecer a aprendizagem dos estudantes que irão prestar o ENEM.

Leia Mais

ENEM TERÁ REGRAS PARA TENTAR EVITAR CONTÁGIO PELO CORONAVÍRUS; VEJA

Tempo de leitura: 4 minutos

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 devem estar atentos às regras para evitar o contágio pelo novo coronavírus. As medidas que devem ser adotadas tanto na aplicação do Enem impresso quanto do Enem digital estão previstas nos editais dos exames, e o descumprimento poderá levar inclusive à eliminação dos candidatos.

A máscara de proteção facial será item obrigatório nesta edição do Enem. Além de precisar apresentar um documento oficial original com foto e de ter uma caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, quem não estiver de máscara não poderá fazer a prova.

Dentro de sala, os estudantes deverão permanecer com a máscara durante toda a realização do exame. O edital prevê que a máscara deve ser usada da maneira correta, cobrindo o nariz e a boca. Caso isso não seja feito, o participante será eliminado. Os candidatos poderão levar máscaras para trocar durante a aplicação, seguindo a recomendação de especialistas da área de saúde.

O equipamento de proteção poderá ser retirado apenas para a identificação dos participantes, para comer e beber. Toda vez que retirarem a máscara, os participantes não devem tocar na parte frontal dela, e devem, em seguida, higienizar as mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo aplicador. As mãos devem ser higienizadas também quando os participantes forem ao banheiro e no decorrer do exame.

Outra regra é o distanciamento social. As salas, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), estarão dispostas de forma a assegurar a distância entre os participantes.

Quem for diagnosticado com covid-19 ou apresentar sintomas da doença, ou de outra infectocontagiosa até a realização do exame deve comunicar o Inep pela Página do Participante e pelo telefone 0800 616161. Esses candidatos terão direito de participar da reaplicação do Enem nos dias 23 e 24 de fevereiro.

PANDEMIA

A realização das provas em um momento de aumento de dos casos e das mortes por covid-19 em todo o país preocupa professores, estudantes, autoridades e especialistas. “É um risco grande mobilizar milhões de pessoas em um momento desses”, diz o professor titular de epidemiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Roberto Medronho. Em todo o país, cerca de 5,8 milhões de estudantes estão inscritos para fazer o Enem, de acordo com o Inep.

Segundo Medronho, as medidas anunciadas ajudam a controlar a transmissão, mas não há um cenário completamente seguro. “Garantia não há. O ideal é suspender o exame. Mas, posso dizer que vai minimizar de forma razoável o risco”, diz.

De acordo com Medronho, os participantes podem também se proteger evitando aglomerações nos portões do local exame, mantendo um distanciamento de pelo menos 1,5 metro das pessoas ao redor, mesmo antes de entrar na prova. Devem também, mesmo que não seja obrigatório, levar máscaras para trocar ao longo do exame. “Recomendo que levem duas máscaras e que na metade da prova troque pela máscara nova. Com isso, estarão protegendo a si mesmos e protegendo os colegas”, orienta.

PEDIDOS DE ADIAMENTO

Com o agravamento da pandemia, surgiu nas redes sociais um novo movimento pedindo o adiamento do Enem. O Brasil bateu a marca de 200 mil pessoas mortas pela covid-19. O número diário de óbitos ultrapassou a marca de 1 mil por dia.

Leia Mais

DIA DE PROVAS DO ENEM PODERÁ NÃO TER TRANSPORTE PÚBLICO EM VÁRIAS CIDADES

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ônibus estacionados na garagem da Sorriso da Bahia, em Itabuna

O próximo domingo será o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Vários municípios brasileiros não terão serviço de transporte público em operação para atender os candidatos às provas nos dois dias de exame – dias 17 e 24 de janeiro. Alguns, terão metade ou menos da frota circulando no dia.

A restrição a transporte público durou por quase todo o ano de 2020 na Bahia, sendo liberado, aos poucos, a partir de agosto, a exemplo de Ilhéus. Em Itabuna, as empresas Sorriso da Bahia e São Miguel não colocaram ônibus para rodar.

Somente em novembro, após acordo com a Prefeitura, a São Miguel colocou mais de 10 veículos nas ruas. Durou poucos dias e não foi além das eleições de 15 de novembro. Desde o período, os itabunenses estão sem transporte. O município iniciou tratativas com as empresas. É possível que apenas uma continue operando. Alegam prejuízos e falta de condições para colocar a frota na rua.

Está sendo aguardada solução municipal para que os candidatos às provas do Enem não sejam prejudicados. Boa parte dos candidatos chegará ao primeiro dia de provas sem nem mesmo ter condições de acompanhar aulas pela internet.

SESI BAHIA PROMOVE AULAS DE REVISÃO PARA O ENEM 2020

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Sesi Bahia promoverá, a partir da próxima segunda (14), a Semana do ENEM, uma revisão completa de conteúdos voltados ao Exame Nacional do Ensino Médio. Serão cinco dias de aulas preparatórias, com transmissão pelo YouTube da Escola SESI Bahia (www.youtube.com/escolasesibahia). Além dos estudantes do 3º ano das escolas da Rede Sesi Bahia de Educação, o evento também é aberto para alunos da rede pública e de outras escolas privadas.

A programação também inclui palestras com psicopedagogas das escolas do SESI. “A ideia é apoiar os estudantes na revisão dos conteúdos e nos aspectos socioemocionais. Nossa intenção é fazer com que eles se preparem emocionalmente para esse momento, diminuindo a ansiedade”, explica Luísa Andrade, coordenadora do projeto. As aulas preparatórias também terão intervalos de 30 minutos, com apresentações culturais.

PROGRAMAÇÃO

14.12 (das 7h às 12h30min) – Tema: Ciências da Natureza e suas Tecnologias

15.12 (das 7h às 12h30min) – Tema: Matemática e suas Tecnologias

16.12 (das 7h às 12h30min) – Tema: Ciências Humanas e suas Tecnologias

17.12 (das 7h às 12h30min) – Tema: Linguagens, códigos e suas tecnologias

18.12 (das 7h às 12h) – Tema: Redação

UNIFTC PROMOVE SIMULADÃO GRATUITO PARA O ENEM; VEJA COMO PARTICIPAR

Equipe fará esquente para o simulado da Rede UniFTC, preparatório para o Enem 2020
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Rede UniFTC promove neste domingo (6), gratuitamente, um esquente com tudo que rolou nos quatro dias da Mega Revisão e mais o simulado seletivo – uma prova, aplicada em ambiente virtual,  de 10h às 13h, para o estudante testar seus conhecimentos para o Enem e ainda utilizar a nota como forma de ingresso em um dos cursos de graduação da Rede UniFTC. As inscrições para a avaliação podem ser realizadas até 12h, do dia 5 de dezembro pelo site https://bit.ly/SimuladoMegaRevisaoEnemUniFTC2020.

“O nosso objetivo é realizar o sonho que milhares de jovens e adultos têm de ingressar no Ensino Superior e, neste momento de distanciamento social, estamos apostando na tecnologia como ferramenta aliada na nossa busca por transformação social”, destaca a Vice-presidente de Relacionamento e Marketing Integrado da Rede UniFTC, Milena Oliveira.

Quem participou dos quatro programas da Mega Revisão Enem UniFTC 2020 encontrou um ambiente em formato talk-show, propício ao aprendizado, mas também com muita descontração e entretenimento. Sob o comando do host Ricardo Carvalho, nomes como Alexandre Leão, Adelmo Casé, Allan Miranda, Ivan Mesquita e Raoni Oliveira dividiram o palco com grandes mestres como Carol Silveira (Redação), Mário Roullet (Física), Sério Magnavita (Química), Paulo Serrão (História), Zelão Teixeira (Sociologia), Adroaldo Lima (Matemática), Carlena Azevedo (Biologia), Gilton Carmo (Geografia), Alex Valadares (Língua Portuguesa).

“O nosso objetivo sempre foi oferecer o conhecimento de uma forma rica e profunda, a partir de um grande repertório cultural. Temos certeza que alcançamos a meta. A Mega Revisão contou com participações importantes que contribuíram para tornar o aprendizado leve, interessante e proveitoso”, afirma Carvalho.

SERVIÇO
SIMULADO MEGA REVISÃO ENEM UNIFTC
Quando: 06 de dezembro
Horário: 9h às 10h30 (esquenta com professores)
Simulado: 10h às 13h
Onde: Canal do Youtube Rede UniFTC
Inscrições gratuitas: https://bit.ly/SimuladoMegaRevisaoEnemUniFTC2020

AULA E DICAS DE REDAÇÃO FECHAM ÚLTIMO PROGRAMA DE MEGA REVISÃO UNIFTC

Nesta terça, interessados terão dicas de Redação e pocket show || Foto Divulgação
Tempo de leitura: 2 minutos

Para quem está buscando aprovação no Enem deste ano, que acontece nos dias 17 e 24 de janeiro, essa é a última oportunidade de garantir uma vaga na Mega Revisão Enem UniFTC com professores renomados no mercado e especialistas em aprovação na Bahia e em Pernambuco. Entre os mestres que participam da interação, ao vivo, com os estudantes nesta terça-feira (1º), nomes como Ronaldo Mendes, Carol Silveira, Israel Adrião e Lucas Rocha.

Os interessados em participar do movimento ainda podem garantir sua vaga para hoje realizando as inscrições gratuitas por meio do site http://bit.ly/MegaRevisãoEnemUniFTC2020. Para fechar, os participantes também contarão com a presença do jornalista e influenciador digital Raoni Oliveira e com um pocket show de Adelmo Casé.

Na noite de ontem (30), as disciplinas Física, Química e Biologia foram as protagonistas do projeto e os participantes contaram com as aulas divertidas, criativas e valiosas dos professores Mário Roulet (Física), Sérgio Magnavita e Soninha Miranda (Química) e Caio Moreno (Biologia) que aproveitaram o momento para entregar dicas importantes e que podem fazer muita diferença no resultado final dos concurseiros.

A sexta edição do evento foi lançada no último dia 23 de novembro, e já trouxe revisões de disciplinas como História, Sociologia, Geografia, Matemática, em ambiente virtual, com descontração e dinamismo, num formato de talk-show. Além de entenderem como as provas do Enem são realizadas, os candidatos respondem questões comentadas pelos professores, recebem dicas gravadas de mestres da Bahia e de Pernambuco, e utilizam o mindset para desenvolver associações e contextualizar vários temas com exemplos do cotidiano. O host Ricardo Carvalho é o responsável pela mediação e apresentação do programa, na companhia de convidados especiais. Na noite de ontem, o ídolo Bobô, campeão brasileiro de futebol pelo Bahia em 1988, e a cantora Lia, enriqueceram o bate-papo.

O encerramento oficial do projeto será no domingo (6), com um esquenta de 1h30min de revisão de todas as disciplinas e a aplicação de um simulado seletivo com 25 questões e 1 redação para os participantes testarem os conhecimentos e planejarem os estudos para as próximas semanas. O movimento pela aprovação não pode parar!

MEGA REVISÃO DO ENEM REÚNE MESTRES DE FÍSICA, QUÍMICA E BIOLOGIA; VEJA COMO ASSISTIR

Tempo de leitura: < 1 minuto

São poucos os estudantes do Ensino Médio que não tremem na base quando pensam nas disciplinas de Física, Química e Biologia. As matérias formam o trio das Ciências da Natureza e aparecem no segundo dia de prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Apesar da apreensão em torno delas, os professores garantem que, para se sair bem, basta focar nos assuntos mais abordados, conhecer a maneira como as questões são elaboradas e relaxar.

Para te ajudar em todos esses quesitos, a Mega Revisão UniFTC traz, nesta segunda-feira (30), uma super oportunidade de revisar e ficar íntimo das provas com muita leveza e descontração. Diferente dos aulões tradicionais, o projeto é realizado no formato talk show. No estúdio, os professores Mário Roulet (Física),  Sérgio Magnavita (Química), Carlena Azevedo (Biologia) e o host Ricardo Carvalho debatem os conteúdos, apresentam as dicas gravadas por outros grandes professores, além de receber influenciadores digitais e atrações culturais.

O programa vai contar com a participação do ídolo Bobô, campeão brasileiro de futebol pelo Bahia em 1988, e do cantor Adelmo Casé. A inscrição gratuita pode ser feita no site: http://bit.ly/MegaRevisãoEnemUniFTC2020.

Lançada oficialmente no dia 23 de novembro, a Mega Revisão UniFTC para o Enem tem movimentado as plataformas virtuais e, ao todo, vai reunir mais de 60 mestres em aprovação da Bahia e de Pernambuco.

Amanhã (1º), será a vez de recordar as valiosas dicas para se dar muito bem na Redação, uma das disciplinas que mais compromete o sonho dos estudantes de ingressar no Ensino Superior. No dia 6, será realizado um grande simulado seletivo, após 1h30 de esquente com revisão de todas as matérias. Para assistir às aulas, clique aqui.

“REVISA ENEM UNIFTC” COMEÇA NA PRÓXIMA SEXTA

Tempo de leitura: 2 minutos

Pioneira entre as instituições de ensino superior da Bahia em promover projeto de revisão exclusivo para o Enem, a Rede UniFTC lança, a partir da próxima sexta (4), o Revisa Enem UniFTC. A iniciativa tem o objetivo de promover conhecimento para os estudantes que continuam no processo preparatório para o Enem 2020 através de aulas virtuais, debates e entrevistas com professores que trarão dicas para o exame.

As aulas acontecerão semanalmente, com duração de 2h30min cada, e seguem até o dia 15 de janeiro de 2021. Os interessados podem acessar a programação completa e realizar a inscrição no site http://bit.ly/revisaenemuniftc2020.

O projeto conta com a curadoria pedagógica do professor Marcelo Ipiaú e terá participação de outros nomes que também são referência em aprovação como Adroaldo Lima, Isaac Lago, Juliana Manzur, Sérgio Magalhães, André Weber, Sérgio Muricy e outros mestres que darão dicas e aulas sobre Linguagem, Redação, Geografia, Química, Física, História, Biologia, Filosofia, Matemática e Língua Estrangeira com abordagem dos temas previstos e mais cobrados no Enem.

Dentre os convidados teremos a participação de professores de todas as áreas do conhecimento, sempre com temas relacionados à Matriz de Referência do Enem. Além de professores da rede pública e privada de Salvador, teremos também a presença de médicos que falarão sobre a prática profissional e temas relacionados ao Enem. Tudo isso de forma descontraída e com bom humor”, antecipa o professor Ipiaú sobre o que está sendo preparado para os estudantes que participarão do Revisa Enem UniFTC.

“Movimentar conhecimento é o nosso propósito. E ficamos muito honrados quando conseguimos pensar projetos que expandam esse movimento para fora dos muros da UniFTC, alcançando milhares de jovens e adultos que terão a oportunidade de se preparar para o Enem e realizar o sonho de ingressar no ensino superior. Além do conhecimento, nesse momento de distanciamento social, apostamos na tecnologia como ferramenta de transformação social”, destaca a vice-presidente de Relacionamento e Marketing Integrado da Rede UniFTC, Milena Oliveira.

MEC ANUNCIA ENEM EM JANEIRO E FEVEREIRO; CONFIRA AS DATAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Ministério da Educação (MEC) anunciou, há pouco, que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em janeiro. Pelo novo cronograma, as provas na versão impressa serão aplicadas em 17 e 24 de janeiro de 2021.

Já a prova digital terá aplicação nos dia 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

A reaplicação ocorrerá nos dias 24 e 25. A previsão é de que os resultados saiam em 29 de março, conforme divulgado pelo secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel.

PRAZO DE INSCRIÇÃO NO ENEM 2020 ACABA HOJE (27)

Prazo de inscrição no Enem encerra-se nesta quarta (27)
Tempo de leitura: < 1 minuto

Termina às 23h59 desta quarta-feira (27)  o prazo para as inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta os interessados que não deixem para a última hora e lembra que quem solicitou a isenção da taxa de inscrição precisa se inscrever, assim como os demais participantes.

Os dados declarados pelos candidatos devem ser conferidos e apenas alguns deles podem ser modificados na página do participante, durante o acompanhamento da inscrição. No caso da escolha do município para fazer a prova, por exemplo, o Inep pede cuidado reforçado, porque, após o encerramento do prazo, não será possível trocar. Além disso, é necessário memorizar a senha ou anotá-la e guardá-la em local seguro, porque é com ela que o participante irá acompanhar todas as etapas de execução do exame.

Feita a inscrição, o pagamento do boleto, no valor de R$ 85, só pode ser feito até amanhã. De acordo com o último balanço divulgado pelo Inep, mais de 5 milhões de estudantes se inscreveram no Enem 2020.

DATA DAS PROVAS

Por causa da pandemia do novo coronavírus, no fim de junho será feita uma enquete com os estudantes inscritos, na Página do Participante. As datas do exame serão definidas após a consulta.

Back To Top