skip to Main Content
25 de outubro de 2020 | 12:47 am

ALUNOS DE MEDICINA DA UESC RETORNAM AO INTERNATO NO HOSPITAL COSTA DO CACAU

Tempo de leitura: 2 minutos

Nesta segunda-feira (5), o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, recebeu alunos de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) para o retorno ao internato hospitalar. As atividades dessa modalidade de estágio estavam suspensas desde o início da pandemia do novo coronavírus.

A suspensão dos estágios atingiu os estudantes da área de saúde das instituições de ensino superior e aconteceu por questões relacionadas à biossegurança, sendo aplicada em toda a rede da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Com a determinação do secretário Fábio Villas-Boas, o HRCC e o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH) se articularam juntos, sob a coordenação da Escola Estadual de Saúde Pública, para garantir o retorno seguro dessas atividades.

Todo o trâmite de retorno do internato hospitalar atende aos requisitos jurídicos e o termo de edital da Escola de Saúde Pública da Bahia, além das resoluções da Uesc. O HRCC organizou internamente diversos setores, como o Núcleo de Educação Permanente (NEP), Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) e Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), entre outros, para oferecer um ambiente seguro aos estudantes e pacientes.

Durante o estágio, esses alunos de Medicina, das 5ª e 6ª séries, atuarão na Emergência, Enfermarias e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com atendimento diário e plantão, sempre sob supervisão de um médico qualificado e especializado em cada um destes setores assistenciais. Cumprirão a disciplina Saúde do Adulto I e II, com 600 horas de teoria e prática, com atividades assistências, aulas, discussões de casos, seminários, acompanhados e orientados por médicos do HRCC e professores da UESC.

A médica Rosângela Melo, coordenadora da clínica médica do HRCC e vice-coordenadora do curso de medicina da UESC, sinalizou que a unidade hospitalar adota as medidas adequadas para a realização do internato hospitalar. “Observamos fluxo de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), controle de procedimentos em biossegurança, paramentação, higienização, enfim, todos os requisitos possíveis que possam garantir o máximo de segurança das atividades”, destacou.

INSCRIÇÕES PARA VAGAS REMANESCENTES DO FIES COMEÇAM NESTA TERÇA (6)

Tempo de leitura: 2 minutos

Começam hoje (6), a partir das 10h, as inscrições para as vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do 2º semestre deste ano. Os estudantes podem se inscrever para uma das 50 mil vagas por meio da página do Fies na internet.

As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas no decorrer do processo seletivo regular, por desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação na contratação do financiamento, por exemplo. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), nos três primeiros dias de inscrições (6 a 8/10), serão ofertadas somente vagas para os cursos prioritários, como os da área de saúde, engenharias, licenciaturas e ciência da computação.

Os candidatos não matriculados em uma instituição de ensino superior podem se inscrever até as 23h59min do dia 13 de outubro. E aqueles já matriculados terão prazo até o dia 13 de novembro para realizar suas inscrições.

O processo de ocupação das vagas remanescentes é diferente dos processos regulares de seleção do Fies e ocorrerá de acordo com a ordem de conclusão das inscrições. Por essa razão, o MEC alerta que o candidato que precisar alterar alguma informação na inscrição já concluída no sistema deve ficar atento porque terá que cancelá-la para depois realizar uma nova inscrição. Dessa forma, a mesma vaga escolhida anteriormente poderá ser ocupada por outro candidato que tiver concluído a inscrição antes.

Para se inscrever, é necessário ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, ter obtido no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame e não ter zerado a prova de redação. O interessado precisa ainda ter renda mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa da família.

O Fies é o programa do governo federal que tem o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa; o percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino. Já o P-Fies funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

MEC PUBLICA EDITAL PARA 50 MIL VAGAS REMANESCENTES DO FIES

Tempo de leitura: 2 minutos

Foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (29) o edital do processo de inscrição para cerca de 50 mil vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o 2º semestre de 2020. As inscrições serão abertas no dia 6 de outubro, exclusivamente na página do Fies. Os candidatos não matriculados em uma instituição de ensino superior podem se inscrever até as 23h59min do dia 13 de outubro. Para os já matriculados, o prazo vai até 13 de novembro.

Para se candidatar é necessário ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, ter obtido no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame e não ter zerado a prova de redação. O interessado precisa ainda ter renda mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa da família.

A ocupação das vagas, segundo o Ministério da Educação, será feita de acordo com a ordem de conclusão das inscrições. O candidato que precisar alterar informações depois da inscrição concluída no sistema terá de cancelar e fazer de novo o procedimento. Durante esse procedimento, a mesma vaga escolhida anteriormente poderá ser ocupada por outro candidato que concluir a inscrição antes.

ILHÉUS: FACULDADE ABRE INSCRIÇÕES EM VESTIBULAR PARA ESTÉTICA E COSMÉTICA

Faculdade inscreve para vestibular online para Estética e Cosmética
Tempo de leitura: 2 minutos

A Faculdade de Ilhéus abriu inscrições para o seu primeiro vestibular do curso superior de tecnologia em Estética e Cosmética, recentemente autorizado pelo Ministério da Educação (MEC). O processo seletivo permitirá a formação das primeiras turmas do curso que tem as primeiras atividades previstas ainda para este ano, conforme a instituição de ensino superior. A inscrição é gratuita e a prova do vestibular será online.

Os interessados devem fazer a inscrição pelo site oficial da instituição, www.faculdadedeilheus.com.br. O MEC aprovou o projeto da Faculdade e autorizou a implantação do curso por meio da Portaria Nº 224, assinada pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Ricardo Braga, e publicada no Diário Oficial da União.

Segundo o diretor-geral da Faculdade de Ilhéus, Almir Milanesi, o planejamento de instalação do novo curso foi elaborado com base em avaliação sobre o mercado regional e as iniciativas locais na área do empreendedorismo. “Temos como perspectiva estimular o setor produtivo de serviços na região”, afirma.

MÓDULOS

O funcionamento do curso de graduação superior, em nível tecnológico, utilizará laboratórios já existentes na instituição, além de laboratório específico para as aulas práticas de estética e cosmética facial, corporal e capilar. A diretora acadêmica da Faculdade, Sandra Milanesi, explica que o curso de tecnologia em Estética e Cosmética será desenvolvido em cinco módulos.

Leia Mais

FIES: INSCRIÇÕES COMEÇAM NESTA TERÇA (28)

Tempo de leitura: 2 minutos

Começam nesta terça-feira (28) e seguem até 31 de julho, pelo site as inscrições no processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), para o 2º semestre de 2020. O resultado será divulgado no dia 4 de agosto. Pelo cronograma, o período para complementação da inscrição dos candidatos pré-selecionados será do dia 4 até 6 de agosto.

Inicialmente, as inscrições no programa eram esperadas para a semana passada, mas foram adiadas depois que o Ministério da Educação (MEC) identificou inconsistências no processamento da distribuição das vagas ofertadas pelas instituições de ensino superior. Segundo o MEC, a medida foi importante para assegurar “a lisura e a transparência do processo seletivo”.

LISTA DE ESPERA

Os candidatos não pré-selecionados na chamada única do Fies podem disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. Diferentemente dos processos seletivos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade Para Todos (Prouni), para participar da lista de espera do Fies não é necessário manifestar interesse. Todos os não pré-selecionados na chamada única serão, automaticamente, incluídos na lista de espera. O prazo de convocação por meio da lista de espera é do dia 4 até às 23h59 de 31 de agosto.

Leia Mais

TERMINA HOJE (17) PRAZO DE INSCRIÇÕES NO PROUNI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estudantes interessados em concorrer a uma das cerca de 170 mil bolsas oferecidas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até hoje (17), às 23h59min, para inscrições (veja aqui). O ProUni oferece bolsas integrais e parciais para instituições de ensino superior da rede privada.

Segundo o Ministério da Educação, essa edição do programa beneficiará 167.780 alunos que ingressarão no ensino superior. O programa dispõe de 60.551 bolsas integrais e 07.229 bolsas parciais, que cobrem 50% da mensalidade do curso selecionado.

“O ProUni é um programa de inclusão social de maior eficiência e eficácia. É um programa com meta clara e regras transparentes de concessão de benefícios fiscais. Não consigo pensar em um exemplo melhor de programa de transferência de renda e diminuição da desigualdade social”, afirmou a presidente Associação Nacional das Universidades Privadas (Anup), Elizabeth Guedes.

Podem participar aqueles que fizeram a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e alcançaram no mínimo 450 pontos. Os interessados nas bolsas não podem ter recebido nota zero na redação.

IMPACTO ECONÔMICO

O ProUni de 2020 poderá ser responsável, em parte, pela recuperação econômica de instituições de ensino superior, diz Elizabeth Guedes. “Uma vez que a inadimplência no setor cresceu 70%, acompanhada da evasão, os fundos do ProUni garantem o pagamento de impostos sem uso de caixa. Com as bolsas, professores e alunos são mantidos em sala de aula, mesmo sem a previsão de normalidade”, explicou a executiva.

CALENDÁRIO

O cronograma prevê, após o fim das inscrições, a divulgação do resultado da 1ª chamada no dia 21 de julho, a comprovação de informações da 1ª chamada até o dia 28 deste mês e o resultado da 2ª chamada no dia 4 de agosto.

MEC DIVULGA LISTA DO SISU 2020.2 NESTA TERÇA (14)

Primeira chamada do Sisu 2020.2 será divulgada nesta terça
Tempo de leitura: 2 minutos

O Ministério da Educação (MEC) anunciou que divulgará, nesta terça (14), o resultado da primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre. Mais de 800 mil estudantes se inscreveram para disputar vagas em instituições públicas do ensino superior no país.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), mais de 50% desses estudantes – 424.991 mil – disputam 51.924 mil vagas ofertadas em 57 instituições públicas. O período para matrícula da chamada regular será de 16 a 21 de julho.

Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Além de terem feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar.

SELEÇÃO

Segundo o Ministério da Educação, o Sisu foi desenvolvido para selecionar os candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior que usarão a nota do Enem como única fase de seu processo seletivo.

De acordo com o edital do Sisu, a ordem dos critérios para a classificação de candidatos é a seguinte: maior nota na redação, maior nota na prova de linguagem, códigos e suas tecnologias; maior nota na prova de matemática e suas tecnologias; maior nota na prova de ciências da natureza e suas tecnologias e maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias.

LISTA DE ESPERA

O candidato que não foi selecionado em uma das duas opções, em primeira chamada, deverá manifestar seu interesse em participar da lista de espera, por meio da página do Sisu na internet, entre os dias 14 e 21 de julho.

A partir daí, basta acompanhar as convocações feitas pelas instituições para preenchimento das vagas em lista de espera, observando prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou para registro acadêmico, estabelecidos em edital próprio da instituição, inclusive horários e locais de atendimento por ela definidos.

PRAZO DE INSCRIÇÕES NO SISU 2020.2 TERMINA NESTA SEXTA

Primeira chamada do Sisu 2020.2 será divulgada nesta terça
Tempo de leitura: 2 minutos

Estudantes que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem se inscrever, até esta sexta-feira (10), para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do meio do ano. Serão oferecidas mais de 51 mil vagas em instituições de ensino superior do país.

Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020.2 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Além de ter feito o Enem de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar.

INSCRIÇÃO

Por meio do site do Ministério da Educação (MEC), na tela “Minha inscrição”, o candidato poderá escolher até duas opções de cursos, por prioridade, na mesma instituição ou em universidades diferentes. Para fazer a primeira escolha, basta clicar em “Fazer inscrição na 1ª opção”. A pesquisa de vagas pode ser feita por nome do município, instituição ou curso. Após selecionar a opção, basta clicar em “Escolher este curso” para continuar.

Nesta fase, o candidato deverá indicar se irá participar do Sisu pelas vagas de ampla concorrência, pela Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012) ou pelas políticas afirmativas das instituições. No caso das universidades e dos institutos federais, os alunos de escola pública que se candidatarem às vagas reservadas serão divididos em grupo e subgrupo, conforme renda familiar e raça. Clique em “Escolher esta modalidade” para continuar.

CRITÉRIOS

De acordo com o edital do Sisu, a ordem dos critérios para a classificação de candidatos é a seguinte: maior nota na redação, maior nota na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias; maior nota na prova de matemática e suas tecnologias; maior nota na prova de ciências da natureza e suas tecnologias e maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias.

Segundo cronograma divulgado pelo MEC, o resultado da primeira chamada do Sisu será divulgado no dia 14 de julho. O candidato que não foi selecionado em uma das duas opções, em primeira chamada, deverá manifestar seu interesse em participar da lista de espera, por meio da página do Sisu na internet, entre os dias 14 e 21 de julho. A partir daí, basta acompanhar as convocações feitas pelas instituições para preenchimento das vagas em lista de espera, observando prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou para registro acadêmico, estabelecidos em edital próprio da instituição, inclusive horários e locais de atendimento por ela definidos.

“THE”: UESC SOBE 55 POSIÇÕES NO RANKING DAS MELHORES UNIVERSIDADES DA AMÉRICA LATINA

Uesc sobe 55 posições em ranking das melhores universidades latino-americanas
Tempo de leitura: 2 minutos

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) subiu 55 posições no Latin American University Ranking, ranking organizado pela organização internacional Times Higher Education (THE), que indica as melhores instituições de ensino superior da América Latina. A Uesc agora ocupa o 88º lugar em 2020 das 166 universidades participantes de 12 países latino-americanos. Quando é verificado apenas as universidades brasileiras, a Universidade ocupou 40º lugar, crescendo 9 posições.

Dentre as universidades do Centro-Oeste, Norte e Nordeste brasileiros, a Uesc se destaca no 10º lugar, sendo a única estadual. Por fim, no conjunto das universidades baianas, a Uesc está no 2º lugar, subindo uma posição em relação à classificação de 2019.

CLIQUE E CONFIRA O RANKING 2020

Este ranking leva em consideração cinco aspectos: internacionalização em pessoal, estudantes e pesquisa; renda proveniente da indústria através de transferência de conhecimento; números de citações que os professores têm em trabalhos de outros autores; reputação e renda da pesquisa, bem como o volume de artigos dos professores; e, o ambiente de aprendizagem.

Para a assessora de Relações Internacionais da Uesc, Ticiana Grecco Zanon Moura, a posição da universidade no ranking “se deve a um trabalho dos servidores técnicos, alunos e professores ao longo dos anos e desdobramentos que estas ações possuem. O lugar de destaque da Uesc ajuda a demonstrar o papel que ela possui na região, mas também no estado e no Brasil”.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre as três universidades da Bahia que foram incluídas no Latin America University Rankings. “Ter as nossas universidades, as estaduais Uesc e Uneb e a UFBA, neste ranking, é motivo de muito orgulho para todos nós baianos. A UFBA tem a sua história e as nossas Uneb e Uesc, além da excelência no ensino, na pesquisa e na extensão, têm alcançado expressivos resultados na qualificação de quadro de mestres e doutores, no crescimento da pesquisa e nos programas de pós-graduação. Mesmo neste momento de pandemia, as nossas universidades estaduais continuam desenvolvendo um trabalho, principalmente, na pesquisa, o que mostra o compromisso e o papel na produção do conhecimento”.

O reitor Alessandro Fernandes de Santana comemorou o avanço da Uesc no Latin America University Rankings do THE como mais um estímulo para o aprimoramento aos programas de internacionalização da Universidade. Para o reitor, “esse reconhecimento certamente influenciará positivamente a escolha da instituição por estudantes de pós-graduação de diferentes países da América Latina que vêm fazer seus cursos de mestrado e doutorado na Uesc”.

O reitor ainda complementa que, além do esforço na construção da excelência nos aspectos relacionados ao ranking, “a universidade prioriza seu papel no desenvolvimento sustentável, implementando várias atividades de pesquisa relacionadas à área”. É sempre bom lembrar que a Uesc tem seu campus cercado pela Mata Atlântica e foi construída nos terrenos de uma grande fazenda de cacau.

PANDEMIA LEVA UESC A ADOTAR COLAÇÃO DE GRAU ONLINE

Uesc sobe 55 posições em ranking das melhores universidades latino-americanas
Tempo de leitura: 2 minutos

Sem aglomerações, becas, gritos, aplausos ou músicas de fundo. Sem abraços, fotografias ou diploma na mão. Mas com muita emoção, com muitos planos e sonhos. Assim serão as cerimônias de colação de grau online da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Os eventos serão realizados a partir desta quarta-feira (1º).

A pró-reitora de Graduação, Rosana Lopes, explica que as cerimônias serão realizadas em conformidade com a Resolução do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), da Uesc, 26/20. “As colações de grau por mediação tecnológica vão ocorrer nas datas e horários indicados pela Pró-Reitoria de Graduação da Universidade – Prograd/UESC. O estudante apto a colar grau deve atualizar seu endereço eletrônico junto ao seu colegiado de curso para que possa receber o link de acesso à formatura”.

PROGRAMAÇÃO

De acordo com a agenda de colação de grau online, a primeira cerimônia está marcada para 14h de quarta-feira, para os formandos de Agronomia, Geografia (Licenciatura e Bacharelado) e Pedagogia. Às 15h, serão os de Administração, Ciências Contábeis, Direito e Economia.

A agenda prossegue na quinta-feira (2), às 10h, com os formandos de Biomedicina, Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado) e Educação Física. Às 11h, serão os alunos dos cursos de Ciências Sociais, História e Filosofia.

Sexta-feira (3) a programação começa às 14h com a coleção de grau de alunos dos cursos de Comunicação Social, LEA, Letras e Letras EAD. Às 15h, as Engenharias de Produção, de Mecânica e de Química. Às 16h, a cerimônia com alunos dos cursos de Física (Licenciatura e Bacharelado), Matemática (Licenciatura, Bacharelado) e Ciência da Computação.

O novo modelo foi criado para que os alunos possam colar grau de forma conjunta ainda que em tempos de distanciamento social e proibição de realização de eventos públicos. “É claro que não é a situação ideal, que queríamos estar juntos com os alunos em suas colações de grau, mas temos que nos adaptar e obedecer aos protocolos sanitários que visam o bem de todos. É um modelo novo, com o qual queremos também aprender”, explica a pró-reitora de Graduação da Uesc.

Back To Top