skip to Main Content
5 de junho de 2020 | 09:28 am

MEC DESCREDENCIA FACULDADE MONTENEGRO, DE IBICARAÍ

Tempo de leitura: 2 minutos

Faculdade de Ibicaraí é descredenciada pelo Ministério da Educação

Portaria do Ministério da Educação (MEC) determinou o descredenciamento de uma das mais antigas faculdades particulares do interior da Bahia, a Montenegro, em Ibicaraí, na região sul. A Portaria 763 está publicada na edição desta segunda-feira (29) do Diário Oficial da União.
O MEC aponta várias irregularidades na instituição de ensino superior e decide, também, pela transferências dos alunos ainda matriculados na Montenegro.  Além do descredenciamento, o MEC determina a desativação de todos os cursos.
A Faculdade Montenegro oferece os cursos de Pedagogia, Educação Física, Secretariado Executivo e Turismo. Caso não haja possibilidade de transferência dos alunos destes cursos para outras faculdades, a Montenegro será autorizada a continuar em funcionamento até que estes alunos concluam as respectivas graduações.
A instituição terá 45 dias para envio da lista de alunos com a previsão de conclusão do curso. A Portaria 763 é assinada pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Sílvio José Cecchi.
HISTÓRICO
A Faculdade Montenegro é alvo de investigações por irregularidades, desde o início desta década, tanto pelo MEC como pelo Ministério Público Federal (MPF), como em 2012. Já em janeiro do ano passado, o MEC abriu investigação de irregularidades por atuar sem recredenciamento (reveja aqui).
Oriunda da Academia de Educação Montenegro, a faculdade foi criada nos anos 1980 por Waldir Montenegro Matos, educadora falecida em 2011. A instituição formou milhares de profissionais, sendo referência na graduação em Secretariado Executivo e de professores de Educação Física.
Por cerca de 20 anos, a Montenegro foi a única faculdade a oferecer curso de Educação Física. Somente nos últimos anos, a oferta nesta área foi ampliada com os cursos da Unime, em Itabuna, e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

CURSOS DE ENGENHARIA CIVIL E GEOGRAFIA DA UESC OBTÊM NOTA MÁXIMA NO ENADE

Tempo de leitura: 2 minutos

Cursos de Engenharia Civil e Geografia obtêm conceito máximo no Enade 2017

Adélia: políticas institucionais e de gestão

Os cursos de Engenharia Civil (bacharelado) e Geografia (licenciatura) da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) atingiram o conceito 5, nota máxima na escala de avaliação do Enade, que vai de 1 a 5, e se destacaram entre similares na Região Nordeste.
Os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 foram apresentados pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), juntamente com um perfil dos participantes da edição.
Na Uesc, além dos destaques de Engenharia Civil e Geografia, outros cursos também alcançaram boa avaliação: Letras, Física, Ciência da Computação, Engenharia Elétrica e Engenharia Química (bacharelados); e Química, Pedagogia, Educação Física, Ciências Sociais (licenciaturas) ficaram com o conceito 4.
Ciências Biológicas (bacharelado e licenciatura), juntamente com História (licenciatura), Geografia, Engenharia Mecânica e Engenharia da Produção (bacharelados) obtiveram conceito 3. Com o conceito 2 estão os cursos de Filosofia, Física, (licenciatura) e Química (bacharelado). Matemática (bacharelado) obteve conceito 1.
O Conceito Enade e o IDD são dois dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior calculados anualmente pelo Inep, a partir da combinação do resultado do Exame com outras bases de dados. Enquanto o Conceito Enade é um indicador calculado a partir dos desempenhos dos estudantes concluintes dos cursos de graduação, o IDD busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no Enade e no Enem.
Para a reitora da Uesc, Adélia Pinheiro, o bom desempenho alcançado pelos cursos avaliados em 2017 decorre de políticas institucionais e de gestão da Universidade; da competência e compromisso do corpo funcional, docentes e técnicos, e da dedicação e protagonismo dos estudantes, resultando em processos formativos de qualidade.

COM O FTC WEEK, FACULDADE OFERECE ATÉ 65% DE DESCONTO PARA NOVOS ALUNOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

FTC oferece até 65% de desconto para novos alunos

Durante a FTC Week, no próximo sábado (11), novos alunos que efetuarem a matrícula terão descontos que podem chegar a 65% do valor da mensalidade dos cursos presenciais.

Segundo a faculdade, a diferença nesta promoção é o fato de o desconto ser aplicado em todos os semestres da graduação e, a depender do curso e da unidade escolhidos, a primeira mensalidade pode custar R$ 30,00.

A FTC Week oferece duas formas de ingresso no ensino superior: nota do ENEM (a partir de 2010) e vestibular agendado. Os interessados devem procurar uma das unidades da Rede FTC – Salvador (Comércio e Paralela), Feira de Santana, Jequié, Vitória da Conquista, São Paulo, Itabuna, Petrolina e Juazeiro – para realizar a matrícula. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone 0800 056 6666.

PRAZO DE MATRÍCULA PARA APROVADOS NO SISU TERMINA HOJE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Termina hoje (28) o prazo de matrícula dos estudantes que foram selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O resultado está disponível na página do programa. Aqueles que foram aprovados devem ficar atentos aos dias, horários e locais definidos por cada instituição de ensino.
O Sisu oferece vagas no ensino superior, em instituições públicas. Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas, em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. Puderam se inscrever os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obtiveram nota acima de zero na redação.
As vagas serão oferecidas no segundo semestre deste ano em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.
Na quarta-feira (27) terminou o prazo para que os estudantes que não foram selecionados na chamada regular participassem da lista de espera. A convocação desses candidatos será de 3 de julho a 21 de agosto.

INSCRIÇÕES NO PROUNI COMEÇAM HOJE; PRAZO VAI ATÉ A PRÓXIMA SEXTA

Tempo de leitura: 2 minutos

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) começam hoje (26) e vão até sexta-feira (29). As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, na página do programa. O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, neste processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições. As bolsas são para o segundo semestre.
Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, alcançado no mínimo 450 pontos e não ter zerado a redação. Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham feito o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.
Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada, na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.
O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem conseguir uma bolsa parcial e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
INSCRIÇÃO
Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada. Uma vez por dia, o sistema do Prouni calcula a nota de corte, que é a menor para ficar entre os potencialmente pré-selecionados de cada curso, com base no número de bolsas disponíveis e no total de candidatos inscritos no curso, por modalidade de concorrência.
O Ministério da Educação (MEC) esclarece que a nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição. Ela não é garantia de pré-seleção para a bolsa ofertada. A primeira nota de corte será divulgada amanhã (27).

Leia Mais

APÓS PARECER DO CEE, CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA UESC OBTÉM RECONHECIMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uesc obtém reconhecimento para o Curso de Engenharia Civil

O Curso de bacharelado em Engenharia Civil da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) acaba de obter reconhecimento. Assinado pelo governador Rui Costa, o Decreto 18.430 foi publicado na edição desta terça-feira (5), no Diário Oficial do Estado.
O reconhecimento, conforme a publicação, tem validade de seis anos e já havia obtido parecer favorável do Conselho Estadual de Educação (CEE), em 16 de maio deste ano. O curso foi autorizado pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) em 4 de agosto de 2010, abrindo as primeiras turmas no segundo semestre de 2011.
INVESTIMENTOS
O professor Gesil Sampaio Amarante participou do projeto de criação do curso de Engenharia Civil da Uesc, além de outros três cursos na área de Engenharia. Ao PIMENTA, ele disse que o reconhecimento dá maior segurança aos estudantes. Gesil falou da ousadia da Universidade, à época, para aumentar o quadro de professores. Quando a instituição pôde contratar, 80% dessas vagas foram para as Engenharias (Civil, Elétrica, Mecânica e Química).
“Na época [início desta década], o Brasil crescia bastante e tínhamos carência de profissionais em Engenharia. A gente foi nessa direção”, lembra, ressaltando que a Uesc investiu para viabilizar os cursos, mas, na outra ponta, não houve investimento do governo. “A gente nunca teve, do governo, reconhecimento com aumento de recursos para premiar a universidade”. Atualizado às 12h11min.

UFSB ABRE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO COM 73 VAGAS E ATÉ R$ 10 MIL DE SALÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Inscrições em concurso da UFSB vão até dia 5 de maio

Com oferta de 73 vagas e até R$ R$ 10.043,67 de salário, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) abriu nesta segunda (16) o prazo de inscrições no concurso público para docentes nos campi de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.
Os interessados têm até o dia 5 de maio para inscrição. A taxa foi definida em R$ 250,00. O prazo para pedido de isenção termina nesta quarta (18), conforme o edital. A inscrição é feita somente pelo site da UFSB.
CONFIRA EDITAL DO CONCURSO 2018
O concurso abre vagas em áreas como Ciências Biológicas, Artes Cênicas, Engenharias, Medicina, Comunicação Social, Letras, Psicologia, Oceanografia/Oceanologia e Matemática, dentre outras.
O concurso terá duas etapas. A primeira consistirá em provas escrita e didática, ambas eliminatórias e classificatórias. Já a segunda, prevê Plano de Trabalho ou Memorial e a prova de títulos.
A prova escrita está prevista para 20 de maio, nos campi Jorge Amado, em Itabuna; Sosígenes Costa, em Porto Seguro; e Paulo Freire, em Teixeira de Freitas. A prova didática tem previsão de aplicação em 28 de junho.

POSSE DE OMAR COSTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Omar é reconduzido ao cargo na Uesc

O professor Omar Costa tomará posse para novo mandato como diretor do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em solenidade na próxima segunda (2), às 10 horas, na Torre Administrativa. A professora Angye Cássia Noia assume como vice-diretora.
Ainda na solenidade, os professores Carlos Eduardo Ribeiro e Sócrates Guzman tomam posse, respectivamente, como diretor e vice-diretor do Colegiado de Economia.

FTC ABRE NOVOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

FTC abre novos cursos de pós-graduação lato sensu

A FTC Itabuna abriu mais de 10 novos cursos de pós-graduação lato sensu neste semestre. As aulas começam em abril, de acordo com a direção da faculdade. Os novos cursos são das áreas de Saúde, Engenharia, Gestão e Comunicação e Marketing, alem de Direito.
No campo da Saúde, a novidade é o curso de Enfermagem em UTI Neonatal e Pediátrica. Haverá, ainda, cursos de Comunicação e Marketing em Mídias Digitais, de Gestão de Negócios, de Gestão Integrada em Saneamento e o de Liderança Estratégica e Coaching.
Para os interessados na área de Engenharia, a FTC Itabuna está com inscrições abertas para os cursos de Engenharia de Segurança do Trabalho, de Engenharia de Estruturas e de Planejamento, Gestão e Controle de Obras. No segmento da Educação, as vagas ofertadas são para a especialização em Docência do Ensino Superior.
Aos profissionais de Direito estão sendo ofertadas vagas para novos curso pós em Direito Material e Processual do Trabalho com Ênfase em Prática Previdenciária e em Direito Público com Ênfase em Contratos e Licitações. Um dos novos cursos que têm despertado o interesse de profissionais que atuam no segmento da Gastronomia e de Nutrição é a pós-graduação em Gastronomia e Padrões Culinários.

Leia Mais

NOVA CHAMADA DO PROUNI SAI HOJE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Ministério da Educação divulga hoje (2) a segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). O resultado será publicado no site do ProUni. A lista pode também ser acessada pelo aplicativo do ProUni para o celular.
Os candidatos convocados têm de hoje até o dia 9, sexta-feira, para comprovar os dados informados na inscrição na universidade que escolheram para estudar.
Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.
O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais.
De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As  bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos.
Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.
O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

Back To Top