skip to Main Content
22 de fevereiro de 2020 | 11:50 am

AS MULHERES DA CAPOEIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto

da esquerda para direita-Joyce, Dricka,Claudinha, Jana e Grazy

Há muitos anos o condomínio Mar e Sol, no litoral norte ilheense, acolhe o Encontro Internacional de Capoeira, o “Capoeirando”, evento que este ano terá a presença de aproximadamente mil capoeiristas de 15 países. Eles se reúnem à beira-mar, no sítio do Mestre Suassuna, ícone na modalidade esportiva. O período será de 8 a 12 de janeiro.
Um dos destaques do Capoeirando em 2013 será a formatura feminina, programada para as 20 horas de sexta-feira, 11. As meninas – 12 ao todo – fazem parte do Grupo Cordão de Ouro, presidido por Suassuna. Vindas de várias partes do país, elas receberão a graduação de três cores, que lhes confere o título de professoras de capoeira.
Na foto, cinco das formandas: da esq. p/ dir., Joyce, Dricka, Claudinha, Jana e Grazy.
 

AS HISTÓRIAS DA IMPRENSA

Tempo de leitura: 2 minutos

rribeiroRicardo Ribeiro | ricardo.ribeiro10@gmail.com

 

Antes do jogo, Borges ouvira de um torcedor do Itabuna que queria vencer o jogo de qualquer jeito, mesmo que fosse com um gol roubado. Para ele, foi rigorosamente o que aconteceu.

 

Sempre gostei de conhecer as velhas histórias da imprensa, seja a itabunense, a baiana ou a brasileira. Não é à toa que li “De Tabocas a Itabuna – 100 anos de imprensa”, com os causos antológicos compilados pelo jornalista Ramiro Aquino. E viajei na leitura de livros como “Cobras Criadas”, de Luiz Maklouf Filho; “Minha Razão de Viver”, autobiografia de Samuel Wainer, e “Chatô, o Rei do Brasil”, biografia de Assis Chateaubriand escrita por Fernando Morais.

Vale a pena gastar tempo em uma roda de veteranos, rememorando eventos que se deram nas redações e sabendo como era o trabalho da imprensa no passado. Em Itabuna, um dos que conhecem e viveram boas histórias é o advogado e professor de direito Geraldo Borges, que durante anos militou no rádio e bem mais tarde na televisão. No rádio, ele era conhecido como Geraldo Santos e atuava na cobertura esportiva.

O ex-radialista conta episódio ocorrido na década de 70, na transmissão de um jogo entre Fluminense de Feira e Itabuna pelo Campeonato Baiano. A partida foi disputada no Estádio Joia da Princesa e o Itabuna venceu com um gol chorado, em pênalti duvidoso. Borges, que narrava o jogo, atento ao lance, não constatou a penalidade. Consultou o comentarista Ramiro Aquino, que também não viu absolutamente nada. Lance normal. Mas o juiz marcou e o Itabuna estufou o filó. Pronto.

Atormentado pela dúvida, sem o auxílio luxuoso do replay, o narrador itabunense procurou a ajuda do colega de uma emissora de Salvador. O sujeito lhe disse: “o resultado favorece meu Vitória, portanto foi pênalti e pronto”. Não adiantou, o cabra da capital era fiel  seguidor da regra de que os fins justificam os meios, ainda que estes sejam indecorosos. Isenção zero.

Geraldo Borges (então Santos) e Ramiro Aquino foram os únicos a duvidar do tal pênalti, o que lhes valeu o epíteto de traíras e outros adjetivos desse naipe. Em Itabuna, só faltou serem recebidos por uma artilharia de caroços de jaca, e o dono da rádio, Hercílio Nunes, mandou divulgar nota de repúdio aos dois radialistas. Na própria emissora em que eles trabalhavam.

Antes do jogo, Borges ouvira de um torcedor do Itabuna que queria vencer de qualquer jeito, mesmo que fosse com um gol roubado. Para ele, foi rigorosamente o que aconteceu. Mas não foi a primeira nem será a última fraude a entrar para a história.

Ricardo Ribeiro é blogueiro e advogado.

UM GOL INCRÍVEL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Responsável pelo heptacampeonato brasileiro no futsal, o craque Falcão fez gol incrível durante amistoso disputado no Mineirinho, em Belo Horizonte (MG). A pintura teve participação de outro monstro do futsal, Manoel Tobias. Confira a lambretinha do melhor jogador do mundo:
https://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=fWd2cNhCBEc#t=23s

INTERBAIRROS: FINAL NESTE DOMINGO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Equipes do Núcleo da Ceplac e do São Pedro estão na final

Equipes do Núcleo da Ceplac e do São Pedro estão na final

As equipes do Núcleo Habitacional da Ceplac e do São Pedro disputam neste domingo, a partir das 9 horas, no Estádio Luiz Viana Filho (Itabunão), a final do Campeonato Interbairros de Futebol. A competição começou em julho, com 53 times, e será encerrada após 99 partidas.

A organização do torneio anuncia que a premiação dos campeões do Interbairros será no dia 21, em confraternização na sede da União dos Servidores Municipais de Itabuna (Usemi).

 

FINAL DO INTERBAIRROS NO DIA 16

Tempo de leitura: < 1 minuto

As equipes dos bairros São Pedro e Núcleo Habitacional da Ceplac disputarão a final do Campeonato Interbairros de Futebol em Itabuna no próximo dia 16 (domingo que vem), no Estádio Luiz Viana Filho. O jogo está programado para as 9 horas da manhã.

As duas seleções finalistas chegaram à decisão após vencer na disputa de pênaltis, os times da Califórnia e do bairro Lomanto, nas semifinais. Ao longo de todo o campeonato, iniciado no dia 29 de julho, ocorreram 199 partidas.

De acordo com o diretor   de Planejamento da Secretaria de Esportes de Itabuna, Paulo Rezende, a premiação da equipe vencedora ocorrerá no dia 21, em cerimônia na Usemi.

ESPORTE CLUBE BAVI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bem legal a ideia da turma da agência de propaganda Leiaute, de Salvador, de criar uma peça que comemora a volta do Ba-Vi, o clássico entre Bahia e Vitória, à primeira divisão do Campeonato Brasileiro a partir de 2013.

A criação menciona grandes feitos de cada clube, trata a rivalidade com leveza e reconhece a enorme paixão de ambas as torcidas.

MELHORES MOMENTOS DE ATLÉTICO GOIANIENSE E BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tricolor baiano derrotou o já rebaixado Atlético Goianiense e assegurou permanência na primeira divisão em 2013 (resumo do Sportv):

DEPUTADO QUER BA-VI NO BRASILEIRÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rubro-negro apaixonado, o deputado estadual Carlos Geilson (PTN) é autor do requerimento da sessão especial que a Assembleia Legislativa da Bahia realiza nesta quinta-feira, 29, às 18 horas, em homenagem à ascensão do Vitória à Série A do Campeonato Brasileiro.

Como todo torcedor do Leão da Barra, Geilson passou momentos de desespero ao longo da competição, mas agora é só alegria com o retorno à elite do futebol. “É um momento de muita alegria, de muita satisfação. Ficamos tensos, me emocionei muito, mas no final deu tudo certo”, festeja.

O deputado, no entanto, lamenta a situação dos clubes nordestinos e diz ficar triste ao ver o Bahia e o Sport de Recife lutando para não ser rebaixados. “Sou Vitória, mas torço muito para que o Bahia permaneça na primeira divisão e que no próximo ano, com a Arena Fonte Nova lotada, tenhamos esse grande clássico na elite do Campeonato Brasileiro”, torce Geilson.

ITABUNA PODE PERDER CAMPO DO FUTEBOL AMADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

A inadimplência da Prefeitura de Itabuna pode fazer com que a cidade perca a verba de R$ 2,5 milhões destinada à construção do campo do futebol amador. Os recursos foram incluídos no Orçamento da União por emenda do deputado federal Geraldo Simões (PT).

Nesta quarta-feira, 28, o vereador Ricardo Xavier (PMDB) mencionou no plenário da Câmara o risco de que o dinheiro não seja liberado caso o município deixe de apresentar as certidões necessárias até o último dia de dezembro.

Xavier solicitou que o secretário de Esportes, Alcântara Pelegrine, seja convidado para prestar esclarecimentos em plenário. Além dele, será solicitada a presença do diretor de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Marcos Alan de Farias.

COARACI PERTINHO DA FINAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Seleção de Coaraci bateu Ubaitaba por 2 a 0, neste domingo, e pode empatar para chegar à final do Intermunicipal 2012. A decisão será no próximo domingo, 2, em Ubaitaba.

O vencedor deste mata-mata enfrentará São Francisco do Conde ou Santo Amaro. Hoje, São Francisco se deu bem ao bater a seleção adversária por 2 a 1. Melhor ainda, terá o direito de decidir a vaga na final jogando em casa.

Back To Top