skip to Main Content
11 de julho de 2020 | 08:22 am

WORKSHOP APRESENTA FERRAMENTAS NÃO CONVENCIONAIS DE TREINO FÍSICO

Tempo de leitura: 2 minutos
Itabunense, João Rosário é um dos principais nomes do ketlebel no país.

Itabunense, João Rosário é um dos principais nomes do kettlebell no país.

CORDA, MARRETA, ARGOLAS E KETTLEBELL SÃO OPÇÕES
   DE TREINOS EFICIENTES E PRÁTICOS, SEGUNDO ROSÁRIO

O uso de ferramentas não convencionais para força e condicionamento físico será tema de workshop nos dias 23 e 24 de outubro, no Stúdio X−Pro Training, em Itabuna-BA. Conduzido pelo professor João Rosário, o workshop visa atualizar profissionais de educação física e interessados a conhecerem na prática o treinamento com essas ferramentas e seus benefícios.

Há sete anos residindo no eixo sul-sudeste do país, o itabunense João Rosário é o atual presidente da Federação Brasileira de Kettlebell Lifting (FBKL) e se tornou referência nesse tipo de treinamento.

Segundo Rosário, cada vez mais profissionais de educação física se rendem aos treinos com ferramentas simples e eficientes como a corda e o kettlebell, que buscam restabelecer e aprimorar os padrões motores naturais, prevenindo lesões e melhorando consideravelmente o desempenho atlético, alcançando assim resultados sólidos em curto prazo.

O WORKSHOP

O workshop começa no dia 23 de outubro, a partir das 19 horas, com uma mesa redonda sobre o panorama do kettlebell sport no Brasil. João Rosário apresentará a Federação Brasileira de Kettlebell Lifting (FBKL), seus objetivos e realizações e lançará oficialmente a Federação Baiana de kettlebell Lifting (FBAKL) junto com a presidente da FBAKL, Priscila Beck, e os diretores Anderson Silva e Fábio Leal.

Rosário explica que com o fortalecimento da FKBL vai ser possível organizar mais campeonatos de kettlebell no Brasil, fortalecendo assim o esporte, apoiando os times e atletas que estão se formando no país.

No sábado (24) o workshop abordará, das 8h às 17h, teoria e prática dos seguintes aspectos sobre o planejamento de treino: princípios fundamentais; sistematização de estímulos; cargas para trabalhos diferentes; prioridades da preparação física, além da parte prática com a mecânica, respiração e exercícios utilizando marreta, body weight (calistenia) e mobilidade, rope training e kettlebell,  training.

Em 2009, João Rosário fundou a empresa Brutal Strength and Conditioning, que é umas das primeiras do segmento, no Sul do Brasil, a trabalhar com ferramentas não convencionais para fitness e performance atlética, como cordas, argolas, marretas e kettlebells, especialidade de Rosário, que é treinador de atletas premiados em campeonatos de kettlebell, com 4 medalhas internacionais e 16 nacionais.

O evento é promovido pela XPRO Training. As vagas são limitadas.

Onde: X-PRO Training – Rua Major Dórea, 471, Castália-Itabuna.
Quando: Dia 23 (a partir das 19h) e Dia 24 das 8h30min às 12h30min / 14h às 18h.
Informações e inscrições: (73) 88232122 / email xprotraining@gmail.com

BAHIA NO G-4 COM A BÊNÇÃO DO PAPA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Postagem do Bahia no Facebook teve quase 9 mil curtidas em 4 horas (Reprodução Pimenta).

Postagem do Bahia no Facebook teve quase 9 mil curtidas em 4 horas (Reprodução Pimenta).

O torcedor do Bahia não cabe em si de felicidade, após o retorno ao G-4, o grupo dos times que sobem para a elite do futebol nacional. Torcedores católicos – e supersticiosos – estão agradecendo à “forcinha” do papa Francisco.

Hoje, o Bahia postou em seu Facebook a foto do governador Rui Costa mostrando a camisa do Esquadrão ao papa, no Vaticano: – MANTO SAGRADO!!! O Papa abençoou na quarta e o G4 voltou! –

Rapidinho, a postagem “bombou”, com mais de 2 mil compartilhamentos e 9 mil curtidas. Torcedor do Vitória aproveitou para uma cornetada: – Deu pra recorrer até o Papa, não bastou o Sr do Bonfim?

CORPO DE EX-JOGADOR DO BAHIA SERÁ ENTERRADO EM COARACI

Tempo de leitura: 2 minutos
Homenagem do Bahia ao atleta da base (Reprodução).

Homenagem do Bahia ao atleta da base (Reprodução).

O corpo do atacante Paulo Henrique, de 19 anos, será enterrado na manhã deste domingo (27), em Coaraci, no sul da Bahia. A previsão é de que o corpo chegue ao município hoje, onde também será velado.

O ex-jogador de futebol do Bahia morreu na noite de quinta (24), em Belo Horizonte, vítima de leucemia. A doença foi detectada no início de 2014, após Paulo Henrique ter passado mal em um treinamento do clube de Salvador. O atleta estava internado em Belo Horizonte.

O atleta foi uma das maiores revelações do clube nesta década e amealhou prêmio de melhor jogador em competições nacionais.

Paulo Henrique será homenageado pelo Esquadrão de Aço, hoje, durante a partida contra Luverdense, na casa do adversário, em jogo válido pela Série B do Brasileiro de Futebol.

“PH lutou bravamente contra a leucemia”, diz nota da diretoria do Bahia, publicada no site do clube. Dentre os títulos conquistados por Paulo Henrique, estão campeonatos estaduais pelo Bahia nas categorias sub-16, sub-18 e sub-20, além da etapa brasileira da Copa Nike. Também conquistou títulos internacionais, pelo Brasil Sub15, a exemplo da MiniCopa América na Venezuela, em 2011.

Confira a íntegra da nota do Bahia no “leia mais”, abaixo.

Leia Mais

EM CANAVIEIRAS, JUDÔ APROXIMA PAIS DE ALUNOS E ESCOLA

Tempo de leitura: 2 minutos
Alunos em disputa de judô na escola canavieirense (Foto Wagnevilton Ferreira).

Alunos em disputa de judô na escola canavieirense (Foto Wagnevilton Ferreira).

O esporte integra e, em Canavieiras, está ajudando a aproximar pais de alunos da Escola Benício Machado. Trinta alunos participaram, no final de semana, da oficina de artes marciais do Programa Mais Educação, em que o aluno tem oficinas culturais, esportivas e de acompanhamento pedagógico.

Os atletas foram divididos por equipe. A equipe A sagrou-se campeã com 14 pontos, enquanto a equipe B somou 5 pontos. O campeonato contou com a participação do atleta canavieirense Arnou Lobo, atual vice-campeão brasileiro, que atuou como monitor nas atividades desenvolvidas durante o dia.

Segundo a diretora Rosângela Cruz, as atividades colaboram para o desempenho escolar e têm melhorado o ambiente na escola, conforme contou a diretora Rosângela Cruz. “Como resultado dessas, oficinas, observamos que os alunos estão mais envolvidos com a dinâmica da escola, já que para participar, é necessário que eles estejam bem na sala de aula e sobretudo nas relações interpessoais”, ressalta.

O professor de artes marciais e monitor da oficina, Edimerson Simplício, salientou que por meio do Mais Educação os estudantes têm a oportunidade de aprender um esporte que, além de exercitar o corpo, trabalha a disciplina e a concentração. “Nossa finalidade é proporcionar a esses jovens a oportunidade de exercer controle sobre si mesmo e um diálogo com seu próprio corpo”, disse o professor.

Edimerson explica que os alunos do projeto estão se preparando para a Copa Nissei de Judô, que será realizada no dia 4 de outubro, no Ginásio de Esportes de Canavieiras (Geca).

Leia Mais

FLA ERA 100% NO RETURNO. ATÉ QUE…

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Rubro-Negro fazia campanha irretocável no returno do Brasileirão 2015, com 100% de aproveitamento. Ontem à noite, esperava confirmar a ótima fase com uma vitória sobre o Coritiba, a sétima seguida. Mas não deu. Para os supersticiosos, a derrota tem uma explicação. Havia um certo pé-frio no Estádio Mané Garrincha…

1cunha

MUTIRÃO DE LIMPEZA DA QUADRA DE SKATE DA SOARES LOPES

Tempo de leitura: < 1 minuto

pista de skateUm grupo de jovens está convocando para o próximo sábado (29) um mutirão de limpeza na quadra de skate localizada na Avenida Soares Lopes, no centro de Ilhéus.

O equipamento, abandonado, está bastante sujo e com pintura que nem se percebe mais. O grupo, denominado Resistência Rasta, também pretende instalar lixeiras no local para evitar o descarte de material na pista ou na praia, que fica ali ao lado.

Como depois do serviço rola sempre uma descontração, o grupo vai realizar um sarau nas proximidades da pista.

RIO 2016: BAIANA ANA MARCELA FATURA PRATA EM EVENTO-TESTE

Tempo de leitura: 2 minutos
Ana Marcela Cunha conquistou a medalha de prata, a atleta da Grã Bretanha, Anne Payne, ficou com a medalha de ouro e a nadadora alemã Isabelle Harle ficou com o bronze (Foto Cristina Índio/Agência Brasil).

Ana Marcela Cunha (2ª), a britânica Anne Payne (1ª) e a alemã Isabelle Harle (3ª) (Foto Cristina Índio/Agência Brasil).

Da Agência Brasil

O Aquece Rio Evento Internacional de Maratona Aquática, que começou no sábado (22) com a prova masculina, terminou neste domingo (23) com a competição entre mulheres. Depois de completar o percurso de 10 km do único evento-teste da modalidade para os Jogos Olímpicos Rio 2016, com o tempo de 2h12m18, a atleta da Grã Bretanha, Anne Payne, ficou com a medalha de ouro.

Em segundo lugar, com o tempo de 2h12m19s, a brasileira e bicampeã mundial Ana Marcela Cunha, conquistou a medalha de prata. A atleta alemã Isabelle Harle fez o tempo de 2h12m23s e levou para casa a medalha de bronze.

Na primeira metade da prova, Ana Marcela não estava entre as primeiras colocações, mas depois de completar a segunda das quatro voltas do percurso, começou a reação e passou a se destacar no pelotão da frente.

“Fui acompanhando, porque eu não queria perder o pelotão, como era o meu objetivo, e consegui fazer isso. No finalzinho, sobrou um pouquinho de força para dar um sprint [aumento de velocidade por parte do atleta, especialmente, no fim da prova], ainda. Na verdade, teve férias, e todo mundo sabia que seria meio sofrido nadar os 10 quilômetros hoje, mas está valendo”, analisou.

A atleta contou que, nos momentos finais, ficou confusa com o limite da raia de chegada e acabou reduzindo o ritmo para comprovar se estava dentro da área reservada, chamada de funil. Ainda assim, chegou com apenas 1 segundo de diferença da campeã.

BRASIL TERMINA PARAPAN DE TORONTO COM 109 OUROS E EM 1º LUGAR

Tempo de leitura: 2 minutos

Os números finais do Brasil nos Jogos Parapan-Americano de 2015, em Toronto (Canadá), traduzem a performance de uma potência esportiva: a delegação chegou a 257 medalhas, sendo 109 de ouro, 74 de prata e outras 74 de bronze.

Trata-se do melhor rendimento do Brasil em toda a história do evento, superando o recorde anterior registrado nos Jogos Parapan-americanos do Rio de Janeiro, em 2007, quando a equipe paralímpica conquistou 221 medalhas.

Para se ter uma ideia do domínio brasileiro na edição deste ano, o segundo lugar no quadro geral, o Canadá, não chegou à metade das medalhas de ouro brasileiras, conseguiu apenas 50. Os americanos, em terceiro, chegaram a 40.

Leia Mais

BRASIL ENCERRA O PAN DE TORONTO EM 3º LUGAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Brasil encerrou a participação nos Jogos Pan-Americanos de Toronto em terceiro lugar no quadro geral de medalhas. É a mesma colocação das últimas duas edições do evento, em Guadalajara (2011) e no Rio de Janeiro (2007).

Nesta edição do Pan, os brasileiros conquistaram 41 medalhas de ouro, 40 de prata e 60 de bronze, totalizando 141. O Brasil ficou atrás apenas dos Estados Unidos, com 103 medalhas de ouro, 81 de prata e 81 de bronze, e do Canadá (78 de ouro, 69 de prata e 70 de bronze).

A última participação dos brasileiros nos Jogos foi na final do vôlei masculino, disputada com a Argentina. A equipe do Brasil ficou com a prata depois de perder para os argentinos por 3 sets a 2. O primeiro foi vencido pelos adversários por 25 a 23.

Nos dois sets seguintes, a equipe brasileira conseguiu reverter o placar, vencendo os argentinos por 25 a 18 e 25 a 19. No quarto set, os argentinos conseguiram empatar o jogo, vencendo por 25 a 23, levando a partida para o tie-break. O quinto e último set foi vencido pela Argentina por 15 a 8. Informações da Agência Brasil.

Confira aqui o quadro de medalhas do Pan.

ILHEENSE FATURA O BRASILEIRO DE TAEKWONDO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Diego é campeão brasileiro de taekwondo no Rio (Foto Gidelzo Silva).

Diego é campeão brasileiro de taekwondo no Rio (Foto Gidelzo Silva).

Diego Figueiredo, 16 anos, ilheense da comunidade do Vilela, faturou mais um título nacional na tarde deste sábado (11), em Londrina (PR).

Lutador de taekwondo, Diego compete na categoria juvenil até 51 quilos e levou o primeiro lugar no Campeonato Brasileiro da categoria.

Há três meses, Diego, que treina com ajuda da iniciativa pública e de um programa social, já havia sido campeão nacional. À época, foi recepcionado pelos moradores do bairro num carro do Corpo de Bombeiros.

Com a nova vitória, o ilheense deve passa da quinta colocação no ranking nacional de sua faixa para a primeira.

Back To Top