skip to Main Content
22 de setembro de 2020 | 09:02 am

HOMEM É ASSASSINADO A TIROS NO VILELA, EM ILHÉUS

Lucas foi executado a tiros em frente a espaço de shows no Vilela
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um homem foi assassinado a tiros, na tarde deste domingo (15), no Bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus. A vítima, Lucas Alves, de 24 anos, foi atingida sete vezes. As circunstâncias da morte apontam para execução.

O crime ocorreu em frente a um espaço de shows no bairro. Suspeita-se que a morte de Lucas tenha ligação com o tráfico de drogas no município, segundo Fábio Roberto Notícias. Lucas trabalhava na área de telecomunicações.

JOVEM É MORTO COM PELO MENOS 30 TIROS EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Pipo foi executado com mais de 30 tiros dentro do apartamento

Um homem de 24 anos teve o apartamento arrombado e foi atacado por um grupo armado, na madrugada desta terça-feira (11), no bairro de Fátima, em Itabuna. Eufrásio Júnior Silva Pinto Lages  foi morto com, pelo menos, 30 tiros de armas de diferentes calibres.

Segundo testemunhas, o ataque teria ocorrido por volta das 4h, quando Eufrásio Júnior dormia, no 1º andar, com uma jovem, que foi poupada pelos criminosos. A ação foi rápida e teria envolvido, ao menos, seis homens.

Os criminosos tiveram acesso ao interior do imóvel depois que cortaram o cadeado e arrombaram a porta. As primeiras informações são de que o rapaz já acumulava passagens pela polícia, que busca identificar os suspeitos e investiga a motivação para o crime.

ILHÉUS

As últimas horas também foram violentas em Ilhéus. Na noite de ontem, um jovem identificado como Jorge Luiz Figueredo de Jesus, foi morto a tiros, na Rua Maria Luíza, no Iguape. Ele foi perseguido e cercado pelos executores, segundo testemunhas. A Polícia Civil de Ilhéus investiga o caso.

HOMENS INVADEM APARTAMENTO E EXECUTAM JOVEM EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Jovem foi executado na madrugada deste sábado

Homens amarados invadiram um apartamento num condomínio habitacional do programa Minha Casa, Minha Vida, no bairro Nova Califórnia, em Itabuna, na madrugada deste sábado (15), e assassinaram, com vários tiros, Tarcísio Nascimento Souza, de 18 anos. A execução ocorreu por volta das 2h da madrugada, no bloco 23 do Jardim América.

De acordo com a polícia, o jovem foi executado enquanto dormia, ao lado da esposa e de uma filha de três anos. Pelo menos dois bandidos participaram do assassinato do jovem. Eles estavam encapuzados, conforme relatos. A polícia ainda não tem pistas dos atiradores e investiga a motivação para o crime.

Segundo o comando da Polícia Militar em Itabuna, a vítima trabalhava em uma fábrica de sandálias no Califórnia, vizinho ao bairro onde Tarcísio morava. Ainda conforme a polícia, a família do jovem confirmou que ele tinha envolvimento no mundo do crime.

HOMEM É ASSASSINADO A TIROS NA ZONA SUL DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Homicídio ocorreu na zona sul de Ilhéus || Foto Fábio Roberto Notícias

Um homem foi assassinado a tiros, na madrugada desta segunda-feira (10), na zona sul de Ilhéus. A vítima foi identificada apenas pelo prenome Rafael. O crime ocorreu por volta das 4h30min, na Rua Ana Angélica, no Nelson Costa.

De acordo com relatos, o homem estava a caminho do trabalho, quando o atirador se aproximou e efetuou vários disparos, segundo o site Fábio Roberto Notícias. Equipe da polícia técnica efetuou o levantamento e encaminhou o corpo para o DPT, no centro de Ilhéus. Não há informações de a vítima tinha envolvimento com o mundo do crime.

ITABUNA: HOMEM E FILHO SÃO EXECUTADOS ENQUANTO DORMIAM

Tempo de leitura: < 1 minuto

“Cudeu” e Alan executados enquanto dormiam || Reprodução Plantão Itabuna

Pai e filho foram executados a tiros, na madrugada desta quinta-feira (13), no Daniel Gomes, em Itabuna. Adeilton Cardoso Santos, o Cudeu, de 38 anos, e o filho Alan Oliveira Santos, 15, dormiam quando foram assassinados, por volta das 4h30min de hoje.
O corpo do adolescente foi encontrado no sofá, na sala da casa, onde o menor teria dormindo assistindo à TV. “Cudeu”, que tinha passagens pela polícia, também dormia e acabou executado ainda na cama, informa o Plantão Itabuna. As primeiras informações são de que o adolescente não tinha passagens e integrava o Clube Desbravadores, da Igreja Adventista, no município.

IRMÃ DE VEREADORA É EXECUTADA EM CASA NOTURNA DE GUANAMBI

Tempo de leitura: < 1 minuto

Suzimaura foi executada dentro de casa noturna

Dois criminosos executaram Suzimaura Mesquita, a tiros, na noite deste domingo (22), em uma casa noturna no município de Guanambi. Natural de Palmas de Monte Alto, também no sudoeste baiano, Suzimaura era bastante conhecida na região da Terra do Algodão, segundo o Blog do Rodrigo Ferraz.
Os atiradores chegaram à casa noturna em uma mota. O carona desceu do veículo, entrou na casa noturna e atirou seis vezes contra a mulher. O corpo de Suzimaura foi encontrado despido.
Uma guarnição da Polícia Militar acionou o Departamento de Polícia Técnica. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi para ser necropsiado. Suzimaura era irmã da vereadora de Palmas de Monte Alto, Rosemaura Mesquita.

MOTOTAXISTA É EXECUTADO NA MANGABINHA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mototaxista William foi executado a tiros na Mangabinha || Reprodução

O mototaxista William Xavier, de 19 anos, foi assassinado a tiros, nesta noite de terça-feira (17), na Mangabinha, em Itabuna. O crime ocorreu próximo às Casinhas e atraiu uma multidão ao local. A vítima sofreu, ao menos, seis tiros de pistola 380.
William trabalhava como mototaxista com o pai dele e participava de movimento da juventude católica. O corpo da vítima foi levado, há pouco, para o Departamento de Polícia Técnica.
Até agora, não há informações sobre os atiradores, mas as características do crime são de execução. Nada foi levado da vítima. A moto foi localizada a poucos metros do corpo.

"NÃO NOS CALARÃO", GRITAM MANIFESTANTES EM HOMENAGEM A MARIELLE E MOTORISTA MORTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Milhares prestam homenagem a Marielle e a Anderson || Foto Guilherme Prado/PSOL

Durante atos em dezenas de cidades brasileiras, manifestantes prestaram homenagem à vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e ao motorista dela, Anderson Gomes, mortos na noite de quarta (14), no Rio de Janeiro. Os participantes também cobraram punição aos criminosos. O maior dos atos foi realizado na capital fluminense, na Cinelândia. Fora do país, também foram registradas homenagens em cidades como Buenos Aires, na Argentina, Nova Iorque, nos Estados Unidos, e Lisboa, Portugal.

“TÁ LÁ UM CORPO ESTENDIDO NO CHÃO”

Tempo de leitura: 2 minutos

claudio_rodriguesCláudio Rodrigues 

 

 

Passamos a conviver passivamente com a violência descabida. Apenas para lembrar: no ano de 2016, em Itabuna foram registrados 125 corpos estendidos ao chão.

 

“Tá lá um corpo estendido no chão”. Esse era o bordão que o locutor Januário de Oliveira usava em suas narrações de partidas de futebol. O bordão indicava que havia ocorrido uma falta e que o lance estava parado, uma vez que o jogador que tinha sofrido a infração se contorcia no gramado. Hoje, nos deparamos com uma imagem que nos fez lembrar o bordão do Januário de Oliveira.

Por volta das 7h30min desta terça-feira, o chapista Antônio Carlos Novais dos Santos, 38 anos, carregava um caminhão de mudança, no Bairro Conceição, quando foi assassinado a tiros por dois homens que já chegaram atirando. A morte do “chapa” Roni, como era conhecido entre os amigos, é mais uma – das 77 até agora – a fazer parte das estatísticas da violência em nossa cidade, que figura como uma das mais violentas do País.

Porém, o que mais chama a atenção na imagem publicada nas páginas do PIMENTA é que, após o assassinato, as pessoas continuaram a realizar o trabalho de carga no caminhão como se absolutamente nada houvesse acontecido. Era como se aquele corpo ali, estendido ao chão, fizesse parte do cenário ou fosse um objeto qualquer que estava sendo descartado.

Como é que um crime de assassinato em plena luz do dia passe a ser a coisa mais banal possível? A banalização da violência está nos transformando em pessoas insensíveis, como se a vida não represente mais nada. Passamos a conviver passivamente com a violência descabida. Apenas para lembrar: no ano de 2016, em Itabuna foram registrados 125 corpos estendidos ao chão.

Cláudio Rodrigues é consultor e administrador de empresas.

ADIADO JULGAMENTO DE EMPRESÁRIO ACUSADO DE TRAMAR A MORTE DA ESPOSA

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Edvan é acusado de mandar contratar pistoleiros para a execução de Kátia

Edvan é acusado de mandar contratar pistoleiros para executar Kátia

O julgamento do empresário Edvan Ribeiro foi transferido de hoje (6) para o próximo dia 20. A decisão foi tomada pelo juiz da Comarca de Camacan, Felipe Remonato, que alegou questões administrativas. Edivan seria julgado hoje pelo assassinato da esposa, Kátia Cristina Lima.

O crime ocorreu em 27 de dezembro de 2010, quando a empresária deixava uma igreja com dois filhos e a mãe (relembre aqui), em Camacan, no sul da Bahia. A execução da empresária comoveu a cidade.

Edvan Ribeiro é acusado de ser o autor intelectual do crime. Será levado a júri popular. Ele teria contratado pistoleiros para executar a própria esposa, que, conforme relatos, planejava a separação ao descobrir que estava sendo traída.

Os dois pistoleiros que participaram da execução da vítima foram julgados e condenados em 2014. Ovídio Santos Sampaio, apontado como responsável por contratar o pistoleiro Reginaldo Amaral, o Regi, foi condenado a 30 anos de prisão em regime fechado. “Regi” pegou 28 anos de prisão, também em regime fechado.

CIDADE MOBILIZADA

O adiamento foi lamentado pelos parentes da vítima. “A cidade está mobilizada para acompanhar o julgamento e cobrar justiça no caso”, disse um dos parentes de Kátia Cristina ao PIMENTA.

Back To Top