skip to Main Content
7 de março de 2021 | 05:34 am

ESTADO ECONOMIZA R$ 1,8 MILHÃO AO RETIRAR “FANTASMAS” DA FOLHA DE PAGAMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

fantasmaO Governo da Bahia obteve uma economia de R$ 1,8 milhão com o não pagamento de salários, após ter concluído a segunda fase do recadastramento de servidores do Estado. A medida retirou 317 funcionários da folha de pagamento.

Os servidores excluídos são aqueles que não atualizaram seus dados cadastrais ou não foram localizados em seus postos de trabalho. Todos responderão a processo administrativo e terão que ressarcir o Estado, caso fique comprovado que vinham recebendo salário sem trabalhar.

O recadastramento foi realizado entre fevereiro e outubro do ano passado, quando o Estado utilizou seus canais de comunicação e a imprensa para convocar os servidores. A atualização dos dados cadastrais dos funcionários aconteceu em ambiente virtual, por meio do Portal do Servidor.

SERVIDOR DO PARAGUAI

Tempo de leitura: < 1 minuto

La garantia soy yoPreocupada com as finanças de seu município, como quase todo prefeito, a nova gestora de Barro Preto, pequena cidade a 18 quilômetros de Itabuna, mandou fazer um recadastramento para saber quem de fato trabalha e quem, tal qual lagarto, apenas “come na folha”.
O levantamento da prefeita Jaqueline Mota (PT) identificou 22 funcionários fantasmas, número que não chega a ser desprezível para um município  de parcas finanças. Porém, o fato mais curioso foi a descoberta de que um desses espertalhões recebia R$ 4 mil mensais dos cofres públicos, embora more em Assunção, capital paraguaia.
Em suma, era servidor falsificado.

RECADASTRAMENTO PRORROGADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Prefeitura de Itabuna prorrogou o prazo para recadastramento de servidores até esta sexta-feira, 18. De acordo com a Secretaria da Administração, o período da revisão do quadro de servidores, iniciado no dia 8, ficou curto para atender aos cerca de 4 mil funcionários.
Os servidores devem se apresentar ao balcão do recadastramento, no Centro Administrativo, no horário das 8 às 14 horas. É necessário estar com RG, CPF, Carteira de Trabalho, comprovante de residência, certidão de quitação eleitoral, carteira de vacinação dos filhos de até 5 anos de idade, PIS, dados bancários, xerox da certidão de nascimento dos filhos, foto 3 x 4, além de atestado de escolaridade do servidor e dos filhos com idade até 14 anos.
Com o recadastramento, a Prefeitura tem como principais objetivos corrigir desvios de função e identificar eventuais “fantasmas”.

CLICHÊ: SOBROU PARA O MORDOMO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Jornal Bahia Online:
Sobrou mais uma vez para o mordomo. A Operação Caça-Fantasma, da Câmara de Vereadores de Ilhéus, criada para apurar a existência de possíveis servidores fantasmas no gabinete do presidente da Casa, Edvaldo Nascimento, decidiu pela “culpa” do seu principal assessor Águido Júnior, que já foi exonerado do cargo.
Águido, o ungido, teria sido o autor da já famosa lista de 10 servidores “escalados” para o gabinete do presidente que, de fato, não existem na estrutura da Câmara. Exonerado no mesmo em dia que foi apresentado o relatório da Comissão, Águido ainda terá que devolver aos cofres públicos o dinheiro arrecadado irregularmente. Só não ficou claro na apuração se Águido “ectoplasmou” por interesse próprio ou a mando de alguém.
Leia mais

QUEM CONTRATOU REGINA DUARTE?

Tempo de leitura: < 1 minuto

 

Atores e outros cidadãos ilheenses incorporaram os fantasmas mamadores de dinheiro público (imagem do Jornal Bahia Online)

Os fantasmas contratados pela Câmara de Vereadores de Ilhéus invadiram a sessão plenária desta quarta-feira, 25, provocando grande assombro dos presentes e, sobretudo, do presidente Dinho Gás (PSDC). Com nariz vermelho e os nomes das figuras ectoplasmáticas colados no peito, eram na verdade os atores do Teatro Popular de Ilhéus e outras pessoas da comunidade  que se manifestavam contra mais um escândalo na política local.
Diante do protesto, Dinho Gás titubeou, gaguejou, pediu menos e acabou por anunciar a formação de um grupo para investigar os indícios de “subtração” do dinheiro público. A equipe investigativa não conta com nenhum vereador e é constituída apenas por funcionários subordinados a… Dinho Gás!
O presidente se eximiu totalmente (como se pudesse) de responsabilidade pelas assombrações da Câmara. Segundo ele, é possível que a culpa seja exatamente de algum dos seus subalternos. Como nos velhos filmes de terror, neste momento todas as suspeitas recaem sobre o mordomo.

ATÉ REGINA DUARTE FAZ PAPEL DE FANTASMA NA CÂMARA DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Regina Duarte da Silva e outras nove pessoas integram uma lista de funcionários fantasmas da Câmara de Vereadores de Ilhéus. Segundo o Blog do Gusmão, o esquema desviou, no período de março a maio de 2011, o valor de R$ 83.700,00 dos cofres municipais.
Além de Regina Duarte, que naturalmente não é atriz, mas interpretou um papel importante na novela da mamata, faziam parte do elenco fantasmagórico: Joel Siviriano dos Santos, José Francisco Santos, Luís Wagner Silva de Almeida,  Luzimar Silva Souza, Monique Souza Melo, Osvaldo Reis de Souza, Paulo Vítor de Oliveira Cunha, Sonilda Teixeira Brito e Tiago Genoveva Souza.
A descoberta de que a Câmara de Ilhéus é uma verdadeira casa mal-assombrada pode resultar na queda do presidente do legislativo, vereador Edvaldo Nascimento, o Dinho Gás, do PSDC. As bancadas do PT, PSB, PP e PPS querem a cabeça do presidente.

72 FANTASMAS NA PREFEITURA DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mesmo depois de não sei quantos recadastramentos, a Prefeitura de Ilhéus continua assombrada por fantasmas em seu quadro de funcionários comissionados. Nada menos que 72 deles foram identificados recentemente, depois que o prefeito Newton Lima solicitou um pente-fino à Secretaria da Administração.
O prefeito quer aliviar as contas do governo e, por essa razão, estaria disposto a exonerar (ou seria exorcizar) todos os maus-espíritos. Newton sabe que a missão não é tão simples, pois cada fantasma tem seu “santo protetor”.
Essa turma do “além” não quer saber se a vaca está magra, quer mais é sugar o leite. É caboclo do tipo mamador…

FANTASMA NA PREFEITURA DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

O sempre bem informado Samuel Celestino, do Bahia Notícias, revelou uma infestação de funcionários fantasmas na prefeitura de Ilhéus. Um dos casos mais rumorosos é o do comodoro do Ilhéus Iate Clube, Luiz Dória, ocupante de cargo comissionado na Secretaria de Meio Ambiente. O comodoro não aparece no serviço, de acordo com a denúncia, mas é dono de sinecura de R$ 3 mil, por mês.

Luiz Dória seria indicação do presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Jailson Nascimento (PMN). O prefeito Newton Lima resiste a atender a memorandos do secretário de Meio Ambiente, Antônio Olímpio, que pede a exoneração imediata do “fantasma”. Os três pedidos “morreram” numa gaveta qualquer de Newton Lima.

Newtão é cinéfilo e adora Gasparzinho, daí a sua resistência em exterminar eventuais fantasmas.

Back To Top