skip to Main Content
3 de março de 2021 | 07:07 pm

PRAZO PARA AMBULANTES DESOCUPAREM PRAÇA DO SÃO CAETANO TERMINA EM 45 DIAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A praça terá que ser desocupada até o final de fevereiro|| Foto Reprodução da TV Santa Cruz

Os cerca de 40 vendedores ambulantes que atuam na Praça Simão Fitterman, no bairro São Caetano, em Itabuna, têm pouco mais de um mês para desocupar o espaço. De acordo com as secretarias de Sustentabilidade Econômica e de Desenvolvimento Urbano (Sedur), os comerciantes serão transferidos para outras áreas da cidade.
A desocupação da Praça do São Caetano visa atender a uma recomendação do Ministério Público Estadual. Além da liberação da praça para melhor uso coletivo, o MPE solicitou que o poder público inicie o Projeto de Reurbanização de Praças Públicas da cidade, para beneficiar, inclusive, a Simão Fitterman. Segundo a prefeitura, o projeto deve ser executado a partir deste ano e contempla, inicialmente, 10 praças do centro e bairros de Itabuna.

MORADORES SOFREM COM ALAGAMENTOS PERTO DA FEIRA DO SÃO CAETANO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Moradores de ruas e travessas próximas a feira do São Caetano sofrem com alagamentos|| Foto Paulo  Vicente

Moradores e comerciantes do São Caetano reclamam que a falta de regularidade na limpeza das bocas de lobos pela Prefeitura de Itabuna tem gerado alagamentos nas ruas e travessas próximas à feira livre do bairro.  Eles se queixam que as chuvas que caíram ontem e nesta quarta-feira (10), por exemplo, deixaram vários pontos intransitáveis e causaram prejuízos, com inundações de alguns imóveis pela água suja.
Os moradores querem que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Itabuna promova a desobstrução da rede pluvial, principalmente nas travessas Floresta e São Pedro. Pedem também que a prefeitura promova uma campanha de conscientização junto aos feirantes do São Caetano para que eles não abandonem produtos estragados no meio da rua. Os moradores afirmam que esses produtos são levados pela água da chuva para dentro da rede pluvial.

APÓS ACORDO, OBRAS NA FEIRA DO S. CAETANO COMEÇAM EM 20 DIAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lanns: melhorias em feira.

Lanns: melhorias em feira.

Previstas para ontem (7), as melhorias na Feira do São Caetano foram adiadas para o final deste mês, após negociação entre feirantes e representantes do governo.
De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Lans Almeida, será feita limpeza, recolocação de meio-fio, desobstrução de valas e bocas de lobo e asfaltamento das vias na feira e em seu entorno.
O adiamento se deu após o governo ouvir as reclamações dos feirantes. Para asfaltar as ruas do entorno da feira, segundo o secretário, 14 barracas precisariam ser removidas, temporariamente.
Apesar das negociações se darem há quase 30 dias, o calendário da reforma foi anunciado somente no domingo (6), conforme feirantes. Pelo acordo, as melhorias serão feitas de segunda a quinta para não causar prejuízos aos comerciantes, segundo Lans Almeida.

PREFEITURA "EXPULSA" FEIRANTES DO S. CAETANO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Comunicado entregue aos feirantes, ontem, pela prefeitura (Reprodução).

Comunicado entregue aos feirantes, ontem, pela prefeitura (Reprodução).

Os feirantes do São Caetano foram surpreendidos no domingo (6) com a entrega de aviso. A ordem era para que, naquele mesmo dia e imediatamente, retirassem barracas e todos os pertences, porque a prefeitura iria realizar reforma nos acessos à central de abastecimento.
A falta de aviso prévio e a “surpresa” revoltaram os feirantes. A comunicação foi entregue por servidores da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur).
– A feira realmente está precisando dessa reforma urgente, mas o que não concordamos é como foi resolvido se fazer esta reforma, sem nos comunicar anteriormente para que nós tomássemos nossas providências sem prejuízo nem danos para nós – diz uma feirante, revoltada.
Feirante lembra que, ao contrário de agora, na época da eleição, quando o prefeito comunicou com antecedência a sua ida à feira. “Cade o diálogo hoje? Não precisam mais da nossa opinião, do nosso apoio?”, questiona feirante.
Com a palavra os secretários de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e da Agricultura…

FEIRA DO SÃO CAETANO PODE SER INTERDITADA. ESTRUTURA AMEAÇA DESABAR

Tempo de leitura: < 1 minuto
Estrutura apresenta "risco iminente" de desabamento, de acordo com laudo (Foto Wilson Oliveira).

Estrutura apresenta “risco iminente” de desabamento, de acordo com laudo (Foto Wilson Oliveira).

Cobertura da feira ameaça desabar (Foto Wilson Oliveira).

Cobertura da feira ameaça desabar (Foto Wilson Oliveira).

A feira livre do São Caetano, em Itabuna, pode sofrer interditação devido aos riscos de desabamento da cobertura do entreposto comercial. Análise da equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur),  constatou “desgaste da cobertura, cuja estrutura encontra-se oxidada e com vários pontos de ruptura”.
Comunicado da Prefeitura de Itabuna informa que “há risco iminente de desabamento”. A feira do São Caetano está entre as três maiores do município.
Os feirantes foram informados pela Defesa Civil dos riscos que a estrutura oferece e teriam concordado com os termos apresentados pela comissão composta pela Sedur e Secretaria de Agricultura de Itabuna.
Novo laudo ainda será elaborado pelo Corpo de Bombeiros. O prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer) deve anunciar as primeiras medidas para o caso.
A revitalização da feira foi uma das reivindicações apresentadas por Vane ao governador Jaques Wagner, conforme disse em entrevista ao PIMENTA, nesta semana ( relembre aqui).

FEIRA SEM ÁGUA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Feirantes do São Caetano reclama da falta de água (Foto Arquivo).

Feirante do São Caetano reclama da falta de água (Foto Arquivo).

Feirantes do São Caetano cobram mais atenção da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa). Segundo eles, há 20 dias que não cai uma gota de água nas torneiras que servem aos boxes de uma das maiores feiras livres de Itabuna.
E hoje, como a empresa já havia anunciado, o abastecimento será interrompido por 12 horas, para manutenção da Estação de Tratamento de Água (ETA).

Back To Top