skip to Main Content
28 de maio de 2020 | 07:10 pm

ACM NETO PARA FERNANDO: “O TEMPO NÃO É BOM PARA QUEM NÃO SABE ESPERAR”

Tempo de leitura: 2 minutos
Neto alfineta Fernando e nega que esteja em campanha pelo interior

Neto alfineta Fernando e nega que esteja em campanha pelo interior

ACM Neto almoçou com aliados em Itabuna e participou da festa de aniversário de Buerarema neste domingo (17). Aproveitou o intervalo entre um compromisso e outro para dar estocadas em um ex-aliado e, agora, inimigo político.

“O tempo só não é bom para quem não sabe esperar”, filosofou o neto do falecido ACM em entrevista exclusiva ao repórter Wadson Santos. Era, claro, uma referência ao ex-aliado Fernando Gomes, prefeito de Itabuna e ex-DEM. “Na minha vida, aprendi a reconhecer o tempo das coisas”, completou.

Neto e Fernando romperam relações políticas – e pessoais – em 2016, quando o líder do DEM quis impor a Fernando a candidatura do deputado estadual Augusto Castro (PSDB) na disputa pelo gabinete mais vistoso do Centro Administrativo Firmino Alves. O episódio azedou a relação do agora prefeito com o deputado.

Ainda na entrevista, Neto enfatizou sua relação “histórica” com Itabuna e disse que preferia não comentar sobre o rompimento. “Eu prefiro, neste momento, não fazer comentários sobre questões locais. Tudo na hora certa, no momento adequado”.

PRÉ-CAMPANHA

O prefeito de Salvador veio ao sul da Bahia acompanhado de deputados, dentre eles os tucanos Jutahy Jr. e Augusto Castro, e o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM). Em Buerarema, reuniu-se com políticos e lideranças regionais em um evento no Rotary Club.

Neto tentou tirar a conotação eleitoral de sua visita. “Campanha só ano que vem”, observou, afirmando ter agido com cautela. “Sequer temos feito pré-campanha. Não adianta querer antecipar o processo eleitoral. Temos que avaliar as coisas, a vontade dos baianos”. Redação Pimenta.

DISPUTANDO O APOIO DO FERNANDISMO

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

 

O ponto em comum de Sérgio e Moreira, pelo menos aqui em Itabuna, é que vão fazer suas campanhas sem pedir votos para a reeleição do governador Rui Costa (PT).

 

A disputa entre Sérgio Gomes e Rafael Moreira, ambos pré-candidatos a deputado estadual, tende a ficar mais intensa com a proximidade da eleição.

Moreira, toda vez que é questionado sobre sua legítima pretensão, sempre deixa nas entrelinhas que o prefeito Fernando Gomes vai apoiá-lo em detrimento de Sérgio Gomes.

Essa insinuação – ou impressão, se o leitor preferir – faz Sérgio ficar irritado a cada entrevista de Rafael, que precisa entender que seu concorrente é filho do alcaide.

É natural que Rafael procure mais espaços no governo e a simpatia do pessoal do primeiro e segundo escalões. Mas soa como provocação o desafio em relação ao apoio de Fernando Gomes.

Fica parecendo que Moreira sabe de alguma coisa, que Sérgio não vai ser candidato em virtude de um acerto que tem com o chefe do Executivo.

Moreira pretende se filar a um partido da base aliada do petismo, mas descartou qualquer possibilidade de ir para o PT e o PCdoB. Seu candidato a deputado federal é Josias Gomes, secretário estadual de Relações Institucionais.

O ponto em comum de Sérgio e Moreira, pelo menos aqui em Itabuna, é que vão fazer suas campanhas sem pedir votos para a reeleição do governador Rui Costa (PT).

Muitos eleitores de Rafael e Sérgio vão votar em ACM Neto (DEM) na sucessão ao Palácio de Ondina. Tem gente graúda na prefeitura condicionando o apoio a uma neutralidade diante do segundo mandato do governador.

Tem também os antipetistas radicais, que andam dizendo que não vão votar em Rafael Moreira em decorrência dessa sua dobradinha com Josias Gomes.

O que se espera é que Rafael Moreira e Sérgio Gomes percorram o caminho da paz e da civilidade. O sol nasceu para todos.

Marco Wense é editor d´O Busílis.

E AGORA, PT?

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

 

O PT vai ser solidário com Wagner ou ficar do lado de Fernando Gomes, que não quer saber de PT, PT, PT de jeito nenhum?

 

Esse Fernando Gomes não é fácil. Esperou o resultado final do julgamento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para dizer que não tem compromisso nenhum com o PT.

Cozinhou o PT em banho-maria. Usou, usou e agora descartou. E para mostrar sua independência, ainda disse, com todas as letras maiúsculas, que não vai votar em Jaques Wagner para o Senado.

“Eu apoio Rui Costa, não tenho compromisso com Wagner e nem com o PT”, verberou o prefeito de Itabuna, deixando claro que o ex-governador é adversário político.

E mais: em conversas reservadas, no chamado núcleo duro do fernandismo, já há uma decisão de não apoiar uma eventual candidatura de Lula – ou de qualquer outro petista – na eleição presidencial de 2018.

E agora? Como é que o comando estadual do PT, sob a batuta de Everaldo Anunciação, vai se comportar diante da “rebeldia” do alcaide?

O PT vai ser solidário com Wagner ou ficar do lado de Fernando Gomes, que não quer saber de PT, PT, PT de jeito nenhum?

Fernando Gomes pode até usar a expressão da ex-presidente Dilma Rousseff: Nem que a vaca tussa eu apoio Lula, Wagner e nem deputado do PT.

Que coisa, hein! Coisas da política. Do movediço e traiçoeiro mundo político.

Marco Wense é o editor d´O Busílis.

FERNANDO LAMENTA A MORTE DA MÃE DO EX-PREFEITO UBALDO DANTAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Hercília era conhecida pelo vigor e amor ao próximo

Hercília era conhecida pelo vigor e amor ao próximo

Há pouco, o governo municipal emitiu nota na qual o prefeito Fernando Gomes lamenta a morte de Hercília Porto Dantas, de 101 anos, mãe do ex-prefeito Ubaldo Dantas e do ex-diretor da Emasa Geraldo Dantas. Hercília morreu ontem e o corpo foi enterrado nesta manhã de segunda (14).

A nota observa a atuação de Hercília na área social, como já destacada aqui no PIMENTA. Ela fundou e dirigiu, por muitos anos, a Associação das Senhoras de Caridade de Itabuna, além de comandar o Abrigo São Francisco de Assis.

Além dos filhos Ubaldo e Geraldo, ela deixa netos e bisnetos, dentre eles o publicitário Afonso Dantas, que assim anunciou, ontem, a morte da avó:

– Minha vó Hercília, minha segunda mãe, se foi, deixando um legado de amor e carinho por onde passou. Fica a saudade, mas fica a certeza que já era a hora da partida. Hora de virar estrela. E teve seus últimos momentos cercada do nosso amor, em casa, junto à família. Te amo, Vó. Muito!

DECRETO REVOGA MUDANÇAS NA ZONA AZUL

Tempo de leitura: 2 minutos
Decreto revogando mudanças foi publicado nesta noite de sexta.

Decreto revogando mudanças foi publicado nesta noite de sexta.

Fernando revogou decreto após chiadeira geral.

Fernando revogou decreto após chiadeira geral.

Decreto revogando as mudanças no sistema de estacionamento rotativo Zona Azul de Itabuna foi publicado no Diário Oficial na noite desta sexta (11). Assim, o prefeito Fernando Gomes recua da decisão tomada por ele, em julho, de cobrar dobrado de motorista que estaciona e não paga a tarifa na hora e de multar por motivos como tempo excedido ou sem identificação em casos como pessoa com deficiência, irregularidades que resultavam, conforme o decreto anterior, em perda de ar cinco pontos na carteira de habilitação.

As mudanças nas regras tornaram-se polêmicas e geraram reações de vários setores da economia local e dos vereadores. Na quinta, o prefeito recebeu os edis e bateu martelo quanto às mudanças. O sistema passa a fazer cobrança como antes, sem multa nem perda de ponto na carteira. A incógnita é se o prefeito manterá a Dom Parking à frente da administração da Zona Azul. Para isso, Fernando afirmou que iria formar comissão para analisar números da empresa à frente do sistema de estacionamento no município.

FERNANDO ALTERA REGRAS DE COBRANÇA DA ZONA AZUL; MUDANÇA JÁ VALE NESTA 2ª

Tempo de leitura: 3 minutos
Cobrança da Zona Azul terá mudanças a partir desta segunda, 7 || Foto Pedro Augusto

Cobrança da Zona Azul terá mudanças a partir desta segunda, 7 || Foto Pedro Augusto

O prefeito Fernando Gomes determinou mudanças nas regras de cobrança do sistema de estacionamento rotativo Zona Azul. Definidas por meio de decreto, as mudanças passam a valer nesta segunda (7). A tarifa terá que ser paga pelo usuário da vaga no momento em que estaciona o veículo.

Conforme o decreto, caso o usuário receba aviso de irregularidade por falta de pagamento, terá prazo de 5 dias úteis para regularização, seja via monitores da Zona Azul, aplicativo do sistema ou pelo site www.minhavaga.com.br. Neste caso, o valor do débito dobra, conforme o decreto do prefeito Fernando Gomes, datado de 19 de julho.

Pelo decreto, o motorista não poderá ficar mais que duas horas numa mesma vaga. Caso receba aviso de irregularidade por tempo excedido, estar fora da vaga ou sem credencial, o motorista será multado. Neste caso, o valor da multa é de R$ 102,68, equivalente a 1 UFM. O prazo de pagamento da multa é 10 dias úteis.

O valor será ainda maior, de acordo com as regras impostas pelo município, se a irregularidade não for quitada no prazo. Além disso, conforme o decreto do prefeito, a irregularidade não quitada será transformada em auto de infração ao Código de Trânsito. A punição: 5 pontos na carteira de habilitação e R$ 195,23 de multa.

Para evitar dissabores, o usuário está sendo estimulado a adotar sistema pré-pago. O débito é lançado de forma automática, à medida que fizer uso de estacionamento na Zona Azul. O crédito pode ser adquirido no site minhavaga.com.br.

SEM ARRECADAÇÃO ABUSIVA

Dourado: sem cobrança abusiva

Dourado: sem cobrança abusiva

O secretário de Segurança, Transporte e Trânsito de Itabuna, Cláudio Dourado, considera as mudanças como necessárias para “regularizar o recebimento das tarifas cobradas” e “melhorar a oferta de vagas aos usuários do serviço”. Para ele, o decreto municipal também serve para ordenar o fluxo de veículos e melhorar a rotatividade das vagas de estacionamento.

O secretário destaca não ter havido reajuste de tarifa nem disposição para “arrecadação abusiva. “Não será permitido que se multe de forma indiscriminada e arbitrária”, observou.

Segundo ele, o município não permitirá “que se multe de forma indiscriminada e arbitrária o usuário do serviço e que seja um instrumento de arrecadação abusiva de fundos para o município”.

O sistema no município é operado pela Dom Parking. O valor por hora para motocicleta é R$ 1,00. Já a tarifa para carros, por igual período, é R$ 2,00. Para caçamba de entulho, o valor diário cobrado é R$ 14,00.

CHIADEIRA

As mudanças definidas por decreto pelo prefeito Fernando Gomes geraram reclamações de usuários do sistema Zona Azul. A chiadeira é contra o sistema de cobrança e a obrigatoriedade de só poder usar a mesma vaga por, no máximo, duas horas consecutivas. Comerciantes fizeram reunião e se posicionaram contra as mudanças.

Na Câmara, vereadores já se movimentam para que o prefeito modifique ou revogue o decreto 12.626, de 19 de julho último. Aldenes Meira (PCdoB) disse que as mudanças não poderiam ocorrer por decreto. O ex-presidente da Câmara afirmou, na sexta, que o novo sistema de cobrança e de uso de vaga não está previsto em lei. O prefeito passou o final de semana em Bom Jesus da Lapa, participando da tradicional romaria.

RUI PARA GERALDO: “TÔ PRECISANDO DE SUA AJUDA”

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rui fez afago público a Geraldo.

Rui: afago a Geraldo || Reprodução

Após estremecimentos na relação, o governador Rui Costa afagou o ex-deputado e ex-prefeito Geraldo Simões durante esta semana. Na segunda (24), recebeu o petista itabunense, na Governadoria, e conversaram por cerca de três horas.

Ontem (27), durante o lançamento estadual do Projeto Escolas Culturais, o afago foi público:

– Nosso ex-deputado e ex-prefeito de Itabuna, muito obrigado pela sua presença, Geraldo Simões. Quero que você me ajude, viu? Tô precisando de sua ajuda – disse no auditório do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães.

Os afagos ao ex-deputado ocorrem depois de um “gelo” em junho, quando Rui reservou cinco dias consecutivos de sua agenda para ações no sul da Bahia, inclusive dois dias em Itabuna, e Geraldo não apareceu.

Não se sabe se o chamamento de ontem foi para coordenar campanha majoritária de 2018 no sul da Bahia ou aceno para uma candidatura a deputado – federal ou estadual robusta de Geraldo…

Confira o vídeo abaixo.

PROCURA-SE UM PRESIDENTE

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

 

A escolha deve ser feita com muito cuidado, sob pena de uma desagradável surpresa. Tem pretendente, por exemplo, que pode ter uma recaída pelo fernandismo.

 

Conforme anunciou o blog PIMENTA, a secretaria de Governo Maria Alice, fiel escudeira do prefeito Fernando Gomes, vai para o PSD do senador Otto Alencar.

A ida de Alice para o PSD se deu até mesmo por falta de opção, já que outros partidos da base aliada do governador Rui Costa (PT) foram descartados.

Não sei como será o relacionamento da secretaria com o prefeito ACM Neto. O alcaide soteropolitano sempre teve uma grande admiração pela “dama de ferro”.

Outro detalhe é que Alice vai para uma legenda que tem um bom relacionamento com Neto, adversário de Rui na disputa pelo Palácio de Ondina na eleição de 2018.

Como em política as nuvens de hoje podem ter outros formatos a qualquer momento, fica a hipótese, ainda que remotíssima, de se encontrarem em um mesmo palanque na sucessão estadual.

Agora, é encontrar alguém que possa substituir Maria Alice com a mesma disposição e vontade política inerentes a fernandista de carteirinha.

A escolha deve ser feita com muito cuidado, sob pena de uma desagradável surpresa. Tem pretendente, por exemplo, que pode ter uma recaída pelo fernandismo.

Todo cuidado é pouco. A política não costuma socorrer os que dormem e, muito menos, os ingênuos e incautos.

Marco Wense é editor d´O Busílis e articulista do Diário Bahia.

MARIA ALICE NO PSD

Tempo de leitura: < 1 minuto
Maria Alice, de vermelho, cumprimenta o governador Rui Costa || Foto O Trombone

Maria Alice, de vermelho, cumprimenta o governador Rui Costa || Foto O Trombone

A secretária de Governo de Itabuna, Maria Alice, concedeu entrevista a Ederivaldo Benedito, no sábado (15), na Rádio Nacional, anunciando a saída dela do DEM. Evitou falar sobre qual será o destino partidário. Nem precisava.

Tanto Maria Alice como Fernando Gomes deverão oficializar a saída do Democratas e se filiarem ao PSD de Otto Alencar e do deputado federal Paulo Magalhães, o avalista. Tudo combinado com o governador Rui Costa.

Maria Alice oficializará a saída do DEM logo após as comemorações do aniversário da cidade. Fernando não terá a mesma pressa.

O LARANJA DE CUMA E O INADIMPLENTE DA PALAVRA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Renato Costa e Geraldo Simões em encontro em 2012, em Itajuípe || Foto Erê

Renato e Geraldo em 2012, em Itajuípe || Foto Erê

A coluna Tempo Presente, d´A Tarde, assinada pelo jornalista Levi Vasconcelos, narra uma tentativa de reaproximação entre Geraldo Simões (PT) e o ex-peemedebista Renato Costa, após as desavenças em 2002. O patrocinador da causa foi o hoje diretor-geral da Ceplac, Juvenal Maynart.

O médico tascou uma frase que até hoje persegue o petista:

– Geraldo Simões é um inadimplente da palavra.

Foi numa entrevista ao Agora, após romper com o petista.

Após a briga dos dois no governo de Geraldo, Renato decidiu concorrer à prefeitura em 2004, pleito em que Geraldo concorria à reeleição.

O médico manteve a candidatura, embora fosse improvável a sua vitória, conforme pesquisas. Isso, na análise do petista, favorecia Fernando Gomes. Geraldo então “acusou” Renato de estar a serviço de “Cuma”. Traduzindo: chamou Renato de laranja de Fernando.

Juvenal conta a Levi como foi a tentativa de reconciliação, seis anos depois.

– Geraldo, eu não tenho a menor condição de ficar com você. Você até já me chamou de laranja! – reagiu Renato.

Diante da recusa do médico e ex-deputado, Juvenal sacou argumento pra amenizar o clima…

– É para compensar o inadimplente da palavra [Renato].

Até Geraldo caiu na gargalhada, conta o colunista…

Back To Top