skip to Main Content
3 de junho de 2020 | 12:16 am

MELHOR DO RETURNO, BAHIA BATE FIGUEIRENSE

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia não decepcionou a torcida. Jogando em casa, no Estádio Pituaçu, o Tricolor de Aço manteve a fase ascendente no returno e fez do Figueirense a nova vítima: 2 a 1. E, pra ser ainda mais emocionante, venceu de virada.

Júlio César abriu o placar no estádio em Salvador, aos 33 minutos da etapa inicial, mas Cláudio Pitbull e o contestado Hélder garantiram os 2 a 1 para o time do técnico Jorginho, gols aos 27 e 45 minutos do segundo tempo.

O clube está invicto a sete jogos. Desde quando o novo técnico assumiu a equipe, o Bahia venceu quatro partidas e empatou outras duas. Com 31 pontos, o time assumiu a 13ª posição. O líder é o Fluminense, com 53 pontos. Confira os gols.

OS GOLS DA PRIMEIRA VITÓRIA DO BAHIA EM CASA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia ganhou a primeira partida em casa depois do retorno à Série A do Campeonato Brasileiro. O Figueirense foi a vítima. Reinaldo, Ávine e Jones marcaram os gols do tricolor de aço e Héber descontou para o Figueirense. O tricolor subiu três posições. Agora é o 13º, com 15 pontos, coladinho no Figueira (16 pontos e 12º colocado). Confira os gols na TVIG.

O Bahia volta a jogar na próxima quinta (4) contra o São Paulo, no Morumbi, às 21h. O time catarinense pegará o Botafogo, na quarta (3), às 19h30min, em casa.

BAHIA CEDE EMPATE NO FIM

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia perdeu um pênalti no primeiro tempo, fez 1 a 0 aos 40 minutos da última etapa e quando tudo parecia ter um final feliz… Apareceu um tal de Bill para estragar a festa tricolor no estádio de Pituaçu. E o placar anotou Bahia 1 x 1 Coritiba.
O resultado deixou o time na terceira colocação da Série B, quando uma vitória daria ao time baiano a liderança do campeonato e a quase garantida ascensão à elite do futebol nacional.
O gol do time baiano foi marcado aos 40 minutos do segundo tempo. Na primeira etapa, o matador Jael não conseguiu converter uma cobrança de pênalti, também aos 40 minutos. Bill fez o gol de empate do Coritiba nos descontos, aos 46 minutos da última etapa.
O tricolor foi a 59 pontos e perdeu a vice-liderança para o Figueirense, também com 59. O Coritiba manteve a liderança ao atingir 61 pontos. O Bahia volta a jogar no sábado, 6, contra o Brasiliense, no Distrito Federal.

TRICOLOR BROCA O PARANÁ

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia conseguiu bater o Paraná nesta noite e, a depender de combinação de resultados, duas vitórias bastam para garantir, matematicamente, o retorno do time à Série A do Campeonato Brasileiro em 2011.
O gol foi marcado logo no início do jogo, disputado em Curitiba. Ávine sofreu falta e, na cobrança, Arilton mandou na cabeça de Jael, que não se fez de rogado. Mandou ver. 0x1.
Com o resultado, o time baiano alcançou, provisoriamente, a vice-liderança da Série B, pois o Figueirense ainda joga amanhã e pode superá-lo adotando o critério de desempate. Se ganhar do Sport, retoma a segunda colocação.
Uma vitória do time catarinense diante do Leão pernambucano seria o melhor resultado, amanhã, para o Bahia. O Sport é o quinto colocado até aqui e acumula 50 pontos. Quanto mais distante o pelotão intermediário ficar do G-4, melhor.

A CAMINHO DA ELITE

Tempo de leitura: < 1 minuto

A nove rodadas do encerramento da Série B do Campeonato Brasileiro, o Bahia confirma boa fase. Neste sábado, enfiou 3 a 0 no Náutico em partida disputada no estádio de Pituaçu, em Salvador. E teve show do atacante Adriano, autor dos três tentos que levaram o tricolor de aço ao terceiro lugar da competição.
O Bahia tem agora 52 pontos, assim como o Figueirense, que ocupa a segunda colocação – o líder é o Coritiba, com 56 pontos. O time de Santa Catarina empata com o Bahia também em número de vitórias, empates e derrotas, mas supera o tricolor no saldo de gols. A classificação, no entanto,

BAHIA EMPATA MAS PERMANECE NO G-4

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Bahia empatou em 1×1 contra o Bragantino e perdeu a chance de terminar o primeiro asseguradíssimo no grupo dos quatro que sobem à elite do futebol nacional, o G-4. Quem pode tirar o tricolor-de-aço do grupo é a Portuguesa. O time paulista joga em casa, neste sábado, às 16h, para enfrentar o Sport. Se ganhar, entra no grupo e joga o Bahia para quinto.
O gol dos soteropolitanos foi marcado por Jael, o sétimo dele em cinco jogos. E foi marcado ainda no primeiro tempo, no estádio de Pituaçu, em Salvador. Mas o Bahia entregou o “ouro” aos 24min do segundo tempo. Léo Jaime (não, não é o músico!) acertou o gol para empatar.
O tricolor volta a campo, no 7 de Setembro, longe de Salvador, contra o América, em Natal (RN). O Bahia tem 31 pontos. O líder da Série B é o Figueirense, com 35, um jogo a menos que a Ponte Preta, também com 35. O terceiro é o Coritiba, com 33.

ESPORTE CLUBE REBAIXAMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Paulo Carneiro cumpriu promessa...

Paulo Carneiro cumpriu promessa...

O Bahia sucumbiu. De novo! O tricolor-de-aço não suportou a pressão do Figueirense (SC) e perdeu por 2×0, em jogo disputado no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O resultado manteve o time no abismo, em 17º lugar. A zona de rebaixameno ainda é integrada por outros três nordestinos: Fortaleza, América (RN) e Campinense (PB).

Os gols do Figueirense foram marcados por Shwenk, aos 45 minutos do primeiro tempo, e Paulo Sérgio, aos 22min do segundo tempo. O Bahia volta a campo na próxima terça para enfrentar outro time da zona de rebaixamento, o América (RN). O Figueirense, que nada tem a ver com isso, foi a 45 pontos e entrou no G-4. 

Na estreia do técnico Paulo Bonamigo, o Bahia completou sete jogos sem vencer. Não é conta de mentiroso. São sete jogos mesmo.

Para voltar a ganhar, o tricolor-de-aço fala em levar um reforço de peso para o estádio Pituaçu, na terça: o jornalista e blogueiro (olha a rima) Ricardo Ribeiro. E tudo isso tem explicação. Da última vez que o Bahia conseguiu engrenar, ele estava lá nas arquibancadas (confira). O cabra é pé-quente.

Back To Top