skip to Main Content
16 de julho de 2020 | 10:35 am

FLU DE FEIRA E ATLÉTICO REBAIXADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Flu de Feira é rebaixado para a Segundona e poderá fazer companhia ao Itabuna, que tenta subir ainda em 2013 (Foto Luiz Tito).

Flu é rebaixado e poderá fazer companhia ao Itabuna (Foto Luiz Tito/Arquivo).

Definidos os times da próxima fase do Baianão 2013 e os rebaixados. E no quesito cai-cai, surpresa: o Fluminense de Feira não resistiu à nova fórmula do campeonato e acabou rebaixado para a Segundona, onde hoje chafurdam os sul-baianos Colo-Colo e Itabuna. O Atlético de Alagoinhas também caiu
Cinco times avançaram para a próxima fase, quando entram no Estadual 2013 os times do Vitória, Bahia e Feirense – trio que disputou o Nordestão. Os times que carimbaram passaporte para a nova fase foram Bahia de Feira, Botafogo, Juazeirense, Juazeiro e Vitória da Conquista.
Os times serão divididos em dois grupos com quatro times cada. Bahia, Feirense, Botafogo e Juazeiro foram o Grupo 2. No 3, estão Vitória da Conquista, Bahia de Feira, Juazeirense e Vitória.

UM ESPETÁCULO!

Tempo de leitura: < 1 minuto
Com 99% das obras prontas, Fonte Nova receberá BA-VI em abril (Foto Manu Dias).

Com 99% das obras prontas, Fonte Nova receberá BA-VI em abril (Foto Manu Dias).

O consórcio que administra a Arena Fonte Nova entregou na última sexta-feira, 8, a obra ao governo baiano e à Fifa. O estádio de Salvador (sede da Copa das Confederações e Copa 2014) será inaugurado no dia 7 de abril com shows de músicos baianos, como Ivete Sangalo e Pitty, e um jogo válido pelo Baianão 2013 entre Bahia e Vitória, com ingresso a R$ 30,00 (meia).
O estádio vai receber três jogos da Copa das Confederações, que começa em junho. O mais esperado deles é o confronto Brasil x Itália, no dia 22 de junho.

ÁGUA NO CHOPE DE ZICO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Neste domingo, o craque Zico fez 60 anos, mas a festa não foi completa: o Flamengo, que entrou em campo com camisa em homenagem ao maior jogador da história rubro-negra, perdeu a semifinal contra o Botafogo, por 2 a 0. O Kibeloco fez esta homenagem ao sessentão famoso.

botafogo-zico-julio-cesar kibeloco

_____
E para quem gosta de bom futebol, aqui vai um pouco do que o ídolo rubro-negro, o “Galinho de Quintino“, fazia em campo.

CONSÓRCIO E GOVERNO ADIAM INAUGURAÇÃO DA FONTE NOVA PARA 7 DE ABRIL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Inauguração da Arena Fonte Nova é remarcada para 7 de abril (Foto Elói Corrêa/GovBA).

Inauguração da Arena Fonte Nova é remarcada para 7 de abril (Foto Elói Corrêa/GovBA).

O governo baiano e o consórcio que administra a Arena Fonte Nova adiaram para 7 de abril a data de inauguração do estádio que receberá, aproximadamente, R$ 592 milhões em investimentos públicos. A inauguração terá shows musicais e o clássico Bahia x Vitória.
Segundo o secretário estadual de Comunicação, Robinson Almeida, a decisão “representa o profissionalismo do Consórcio e empenho do governo do Estado em cumprir o cronograma da Fifa”.
Apesar do atraso, o estádio será o primeiro totalmente construído a ser entregue para a Copa das Confederações e Copa do Mundo. Já entregues, os estádios como o Castelão e Mineirão passaram por grandes reformas para as duas competições. Um dos jogos já previstos na Copa das Confederações é o Brasil x Itália, no dia 22 de junho.
O anúncio da nova data ocorreu em coletiva com a participação do presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, e da Arena Fonte Nova, Frank Alcântara.

NOVO ATRASO NAS OBRAS DA FONTE NOVA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Fonte Nova será entregue só no dia 8, se não houver novo adiamento (Foto Divulgação).

Fonte Nova será entregue só no dia 8, se não houver novo adiamento (Foto Divulgação).

Do GE
Gramado plantado e podado, traves instaladas, campo marcado, iluminação externa testada e refletores do campo a pleno funcionamento. De longe, a Fonte Nova parece pronta para ser entregue à população de Salvador. No entanto, ainda não será dessa vez que o estádio baiano receberá o carimbo de ‘obras finalizadas’.
Nesta manhã, o governador Jaques Wagner reconheceu que haverá um atraso na entrega da arena. O prazo, que inicialmente vencia nesta quinta-feira, foi adiado pela segunda vez. Agora, a promessa é de que o palco de jogos da Copa das Confederações deste ano e da Copa do Mundo de 2014 só passará para o Governo do Estado em 8 de março, dia Internacional da Mulher.

VITÓRIA TENTA ADRIANO IMPERADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto

adriano imperador2Da Rádio Sociedade
Uma nova especulação tomou conta da Toca do Leão. Após um rumor sobre uma possível vinda de Nilmar ao Vitória, desta vez o alvo passou a ser Adriano. Atualmente sem clube, o Imperador, desde sua rápida passagem pelo Cornthians, a imprensa carioca cravou que existe o acerto do jogador com o Rubro-Negro baiano.
De acordo com informações do diretor de Futebol, Raimundo Queiróz, o Vitória não está negociando com o jogador, a não ser que a proposta esteja sendo tratada diretamente com o presidente do clube, Alexi Portela.

VITÓRIA AMPLIA FAVORITISMO NO NORDESTÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O Vitória bateu o Ceará por 2 a 0 na partida de ida da Copa do Nordeste, ontem, e ampliou ainda mais o favoritismo na competição que reúne os principais times do eixo.
A partida foi disputada no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE) e mostrou um Escudero jogando solto. Ele foi autor de um dos gols da partida, o segundo do jogo. Renato Cajá marcou o primeiro gol da partida.
A decisão da vaga na semifinal será disputada no próximo domingo, 17, no Barradão.

UNIVERSO PARALELO

Tempo de leitura: 5 minutos

MOCHILEIRO CHEIO DE VOCAÇÃO REPRIMIDA

01 On the roadOusarme Citoaian | ousarmecitoaian@yahoo.com.br
Amigos me olham atravessado (aquele olhar tipo “coitado, pirou de vez!”) quando descobrem minha mania de andarilho nunca concretizada. Tentei ir a pé de Ilhéus a Recife, mas desisti, por não conseguir montar uma estrutura compatível com a empresa; imaginei ir de Fortaleza/CE a Jaguarão/RS, pela BR 116 – missão que se tornou impossível, pelo mesmo motivo. Sou um mochileiro cada dia mais teórico e mais frustrado, pois, além das outras dificuldades, as pernas já não aguentam tais aventuras. Fico a imaginar de onde vem essa sufocada vocação de vagabond que quase me dá insônia, e imagino que ela tenha origem em Jack Kerouac e seu Na estrada, um dos livros mais impressionantes que já (re) li, talvez pelo grito de liberdade que salta de suas páginas.

________________

O livro que mudou a vida de Bob Dylan

02 Mochileiro

Acabo de ler a nova versão desse clássico e experimentei a mesma inquietação de tempos passados. O lançamento da L&PM, de 2008 (já com duas reedições), traz os nomes reais dos personagens e, na capa, um elogio nada pequeno, de Bob Dylan: “Este livro mudou minha vida”. Teria mudado a minha, se o lesse aos 18 anos – mas só o descobri quando estava irrecuperável para as aventuras de verdade, já mortos alguns sonhos, a cabeça cheia de juízo, abafada a vocação para a doidice. O livro, publicado no fim dos anos 50, é a descoberta do jazz, dos malucos beats, de um jeito novo de viver e sentir. Mesmo hoje, já doídas as articulações, Kerouac me injeta uma inquietante vontade de jogar tudo pra cima e pegar a estrada, mochila às costas e cata-piolho apontando o caminho.
 ________________
Benzedrina, café, Parker e Gillespie
On the road é cercado pela mitologia. Foi escrito em três semanas, de uma tacada só, enquanto o autor ingeria doses cavalares de café “adoçado” com benzedrina (uma substância que dá efeito de euforia e estímulo). Kerouac emendou várias folhas de papel e obteve um rolo de 36 metros (há quem fale em 40), no qual deixou jorrar sua história, em que há um único parágrafo. Enquanto escrevia, como em transe, JK mantinha o rádio ligado num programa de jazz e era embalado pelo bebop, o estilo frenético de improvisação em que eram mestres Charlie “Bird” Parker e Dizzie Gillespie. Desta versão original emerge o tipo (real) mais doidão que já se viu em letra de forma: Neal Cassady. É livro perigoso, desses que escaparam de ser queimados em praça pública, com direito a missa de réquiem.

COMENTE>>

UM TÉCNICO DE LINGUAGEM ACIMA DA MÉDIA

04 CoutinhoEsporte nacional, o futebol, fonte de graves agressões à língua portuguesa, guarda casos de puro sabor brasileiro. Conheço, modéstia à parte, muitos deles, alguns já nem sei em que fonte obtive – leituras esparsas, conversa de bar, audiência de transmissões pelo rádio. Cláudio Coutinho, que fracassou na seleção brasileira e depois seria um dos maiores técnicos da história do Flamengo, era um militar (capitão do Exército) de alto nível, até acusado de não ser entendido pelos jogadores, devido a seu falar sofisticado. Coutinho, “culturalmente”, situava-se bem acima da média: até introduziu nos gramados e arquibancadas expressões como overlapping e ponto futuro.
________________
Se fala várias línguas é… troglodita!
Gaúcho de Dom Pedrito, Cláudio Coutinho trabalhou com Kenneth Cooper, o americano que revolucionou a avaliação física, e falava várias línguas, o que era um verdadeiro assombro no mundo do futebol, conhecido naqueles tempos como o império da ignorância. Soneca, que por longo tempo foi roupeiro no Botafogo, vendo um dia o treinador dando entrevistas em inglês, francês e alemão, expressou seu espanto ao médico Lídio Toledo, responsável pela saúde na seleção brasileira: “– Doutor, eu vi! O homem fala tudo quanto é língua. É um troglodita perfeito!”.  O episódio foi registrado pelo cronista esportivo Sandro Moreyra – Histórias de futebol (Coleção O Dia Livros/1998).

COMENTE » |

BADEN POWELL ENTRE OS GRANDES DO JAZZ

Dizer que o violonista Baden Powell (de Aquino) é parente do jornalista Ramiro Aquino seria revelar uma grande curiosidade, o que não faço, por desamor à mentira. Mas há outras curiosidades: ele é primo de João de Aquino (autor de Viagem, com Paulo César Pinheiro), nasceu numa cidade chamada Varre-e-Sai (Rio de Janeiro) e teve esse nome graças ao pai escoteiro – o velho quis prestar uma homenagem ao general Robert Stephenson Smyth Baden Powell, criador do escotismo. E mais: Baden (o músico, não o general) é pai do pianista Philippe Baden Powell e do violonista Louis Marcel Powell. Por último, mas não menos importante, críticos americanos listam Baden Powell (1937-2000) entre os grandes do jazz, com estilo influenciado pelo guitarrista Django Reinhardt.
_________________
Cyro: “um abraço em toda a humanidade”
Cyro Monteiro era sobrinho do pianista Nonô (Romualdo Peixoto, chamado “O Chopin do Samba”) e parente de Cauby Peixoto, creio que primo. Tinha oito irmãos (todos com nome iniciado pela letra C), e com um deles, Careno, começou sua experiência, cantando em dupla. Torcedor do Flamengo, quando nasceu Sílvia, filha do pó-de-arroz Chico Buarque (com Marieta Severo), mandou para o bebê uma camisa rubro-negra; Chico, em “represália” fez o samba Ilmo. Sr. Cyro Monteiro ou Receita para virar casaca de neném. Vinícius disse ser o cantor uma criatura tão extraordinária, a ponto de o poetinha achar “deplorável qualquer de seus amigos não se haver dito, num dia de humildade, que gostaria de ser Cyro Monteiro”. Cyro, segundo Vinícius, “é um grande abraço em toda a humanidade”.  
_______________07 Ciro Monteiro
A Constituição e o direito de cantar
Mais do que uma frase, Vinícius e Baden deram a Cyro todo um disco, o De Vinícius e Baden especialmente para Cyro Monteiro, gravado em Paris, em 1965. O disco citado, hoje peça de colecionador, tem dez faixas, das quais me lembro bem de Tempo feliz, Deixa, Amei tanto e Formosa – todas na voz do  homenageado. Baden, num show no Teatro de Ilhéus, transpirava bom humor, quando disse que cantava porque a Constituição Federal lhe garantia esse direito. Sabia o grande violonista não ser nenhum Sílvio Caldas. Neste vídeo, ele canta (viva a Constituição!) Formosa, uma das faixas daquele disco com que Cyro Monteiro mais se identificava. Vocês podem se queixar do cantor (que até tenta uma espécie de scat singing), mas, certamente, não vão reclamar do acompanhante. Vale pela curiosidade.

(O.C.)

COBERTURA É INSTALADA E OBRA DA FONTE NOVA ESTÁ 95% CONCLUÍDA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Arena Fonte Nova tem 95% das obras concluídas e deverá ser entregue em 31 de março (Foto Divulgação).

Arena Fonte Nova tem 95% das obras concluídas e deverá ser entregue em 31 de março (Foto Divulgação).

O consórcio responsável pela construção da Arena Fonte Nova, em Salvador, atingiu, hoje, 95% das obras físicas do estádio que receberá jogos da Copa das Confederações neste ano e da Copa 2014. Hoje, os técnicos colocaram a última lâmina da cobertura do estádio. O ato simbólico teve a presença do governador Jaques Wagner.
A previsão é de que o estádio esteja totalmente pronto no próximo dia 28, segundo o diretor de engenharia da Arena Fonte Nova, José Luís Góes. Nesta data, devem começar os testes no estádio. Ele adianta que a arena será entregue com capacidade completa de operação.
Pelo cronograma, o estádio será entregue à Fifa no dia 31 de março.

SERRANO DERROTA JUAZEIRO E MANTÉM LIDERANÇA NO BAIANÃO 2013

Tempo de leitura: 2 minutos
Serrano bate Juazeiro por 2 a 0 e lidera 1ª fase do Baianão (Foto Guilherme Barbosa).

Serrano (de branco) bate Juazeiro por 2 a 0 e lidera 1ª fase do Baianão (Foto Guilherme Barbosa).

O Serrano bateu o Juazeiro por 2 a 0 neste domingo, 27, isolando-se na liderança do Campeonato Baiano 2013. O jogo foi disputado no estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista. Fred abriu o placar aos 3 minutos de jogo. Jeferson, aos 37min do segundo tempo, sacramentou a vitória.
O time conquistense é o único com 100% de aproveitamento nesta primeira fase do Baianão 2013. Bahia de Feira e Flumiense são, respectivamente, vice e terceiro colocados.
A fase atual é disputada por nove times e os cinco melhores seguem no campeonato, quando Bahia, Feirense e Vitória entram na disputa. A rodada deste final de semana teve outros jogos.
Fluminense 0x0 Atlético
Botafogo 1×2 Bahia de Feira
Juazeirense 3×3 Jacuipense
Confira classificação geral

Leia Mais
Back To Top