skip to Main Content
19 de fevereiro de 2020 | 04:21 pm

“EM PORTO SEGURO, CADA UM FAZ O QUE QUER”, CRITICA FUNDADOR DA CVC

Tempo de leitura: < 1 minuto

Paulus, fundador da CVC, critica desorganização de Porto Seguro || Foto Greg Salibian/iG

Fundador da maior agência de viagens de lazer do mundo, o empresário Guilherme Paulus fez duras críticas à falta de organização em um dos maiores destinos turísticos do país, Porto Seguro, na Bahia. Guilherme Paulus apontava falhas no turismo brasileiro e fez um comparativo entre Gramado e Porto. Para o fundador da CVC, há padrão nas construções na cidade gaúcha, enquanto sobra desorganização no destino baiano.

– Há desorganização, falta de padrão. Em Gramado, por exemplo, há padrão nas construções. Em Porto Seguro, cada um faz o que quer. Não há padrão nas lojas, há muitos vendedores no meio da rua. Precisa organizar. O que vemos é calçada esburacada, um cadeirante mal consegue passar – disse ele em entrevista à IstoÉ Dinheiro.

Na opinião do executivo, Porto Seguro recebe muitos visitantes por causa do perfil da cidade e do perfil do turista brasileiro. “Brasileiro adora sol e mar e é um turismo econômico. Além disso, é um destino perto. São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro estão a uma hora, uma hora e meia de lá [de avião]“.

Back To Top