skip to Main Content
11 de julho de 2020 | 01:17 pm

MORRE O JORNALISTA EDUARDO ANUNCIAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Diário Bahia
Acaba de falecer, no Hospital Regional de Ilhéus, o jornalista itabunense Eduardo Anunciação, de 67 anos. Ele estava internado na UTI daquela unidade desde a semana passada, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória.
Anunciação tinha passado, há cinco meses, por uma cirurgia para retirada de um tumor na laringe e, desde então, era submetido a tratamento para se restabelecer.
De sua casa, no bairro Urbis, em Ilhéus, o profissional manteve até quando possível a rotina de diariamente escrever, na máquina Olivetti, a coluna Política, Gente, Poder, uma das mais lidas do Diário Bahia.

VANE DIZ QUE CORTOU "NA PRÓPRIA CARNE", MAS…

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vane na Câmara hoje: cortou na "própria carne" e manteve azevedistas (Foto Pedro Augusto).

Vane na Câmara: cortou na “própria carne”, mas manteve azevedistas (Foto Pedro Augusto).

O prefeito Claudevane Leite (Vane do Renascer) disse hoje, na abertura dos trabalhos legislativos, que cortou na própria carne ao nomear apenas 40% dos cargos comissionados.
Um vanista que “comeu” sal e poeira na campanha logo concordou com o prefeito:
– É verdade. Cortou na própria carne, mas para abrigar azevedistas.
O mesmo insatisfeito foi mais longe e disse que o prefeito engavetou a ideia (promessa, na verdade) de exonerar os azevedistas que ainda estão no governo. E explicou:
– Engavetou [as exonerações] por que o assunto “esfriou” na imprensa. Esse governo só decide na pressão.
 

VANE PROMETE ROMPER CONTRATO COM A MARQUISE NA PRÓXIMA SEMANA

Tempo de leitura: 2 minutos
O lixo não vem sendo recolhido regularmente nos bairros de Itabuna. Na foto, situação de uma rua na Vila Anália.

O lixo não vem sendo recolhido regularmente nos bairros de Itabuna. Na foto, situação de uma rua na Vila Anália.

A briga entre a Prefeitura de Itabuna e a empresa Marquise, responsável pela coleta de lixo na cidade, pode estar para acabar. Na manhã desta sexta-feira, 15, na abertura dos trabalhos da Câmara de Vereadores, o prefeito Claudevane Leite,  o Vane do Renascer (PRB), declarou que o contrato entre o município e a empresa será rompido na próxima semana. Segundo o gestor, apenas detalhes jurídicos estão sob análise antes que a medida seja adotada.
Vane disse que a gestão passada deixou acumular uma dívida de R$ 12 milhões com a Marquise, mas não preservou dinheiro em caixa para arcar com a despesa. “A Marquise continuou a prestar o serviço porque quis, mas nós não vamos pagar essa dívida se o governo passado não deixou recursos para quitá-la”, enfatizou o prefeito.
Vane observou ainda que já poderia ter contratado outra empresa, mas, em função do contrato com a Marquise, preferiu não correr o risco de pagar duas vezes pelo mesmo serviço. “Vamos resolver isso até a próxima semana”, prometeu.
Além de ter transmitido ao novo governo uma dívida de R$ 12 milhões com a empresa cearense, o ex-prefeito José Nilton Azevedo (DEM) também assumiu um débito de R$ 7 milhões que o município teria com a empreiteira Torre, que cuidava da limpeza da cidade no segundo governo do petista Geraldo Simões.
Enquanto a queda de braço não termina, Itabuna vai sofrendo com a sujeira. A Marquise deixou de fazer a coleta regularmente na cidade, alegando que a Prefeitura falha na gestão do “lixão”. Na quarta-feira, 13, o secretário do Desenvolvimento Urbano, Marcos Monteiro, acusou a empresa de não ter compromisso com a cidade.

PARALISAÇÃO NA TRIFIL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Cerca de 600 funcionários da Trifil de Itabuna cruzaram os braços por duas horas hoje.

Cerca de 600 funcionários da Trifil de Itabuna cruzaram os braços por duas horas hoje.

Funcionários da Trifil paralisaram as atividades por duas horas nesta quinta, 14, para pressionar a direção da empresa a negociar reajuste salarial e de tíquete-alimentação. A paralisação ocorreu das 14h às 16h.
De acordo com direção do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Têxtil e Calçadista do Sul da Bahia (Sintratec), os funcionários exigem tíquete de R$ 150,00 para todos os trabalhadores, reajuste de 20% e piso salarial de R$ 930,00. A Trifil emprega aproximadamente 2 mil trabalhadores na unidade em Itabuna.

ITABUNA: VISTORIA DO TRANSPORTE ESCOLAR COMEÇA DIA 18

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vistoria no transporte escolar começa na segunda, 18 (Foto Pedro Augusto/Divulgação).

Vistoria no transporte escolar começa na segunda, 18 (Foto Pedro Augusto/Divulgação).

A Prefeitura de Itabuna começará, na próxima segunda, 18, no Aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho, a vistoria de veículos que atuam no transporte escolar. Os donos de veículos devem ficar atentos, pois a vistoria será feita de acordo com a numeração final de placa.
Os carros com placas terminadas em 01 e 02 serão os primeiros. Na terça, 19, será a vez de quem opera no transporte escolar e a placa tenha final 03 ou 04. No dia 20, os vistoriados serão os de numeração final 05 e 06.
Os veículos de finais 07 ou 08 passam por vistoria na quinta, 21. O trabalho da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settran) será encerrado na sexta, 22, com a verificação dos veículos de final 09 ou 00.

BURITI INVESTE R$ 2 MILHÕES NA ABERTURA DE LOJA EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 3 minutos

Mauro Ribeiro Lojas Buriti foto Pimenta www.pimenta.blog.brA Buriti investirá, aproximadamente, R$ 2 milhões em um lojão que está sendo construído no Malhado, em Ilhéus. Gerente comercial e de marketing da Buriti, Mauro Ribeiro diz que o novo empreendimento ocupará área de mais de 3 mil metros quadrados, incluindo show room, estacionamento, escritório e depósito.
Somente com a abertura desta loja nova em Ilhéus, o grupo praticamente dobrará o número de empregados no município, saltando de 38 para, aproximadamente, 75 contratados.
Com os investimentos feitos, a empresa busca manter o padrão de qualidade que a tornou referência no setor em Itabuna como Ilhéus e ampliar participação no mercado de acabamento na área da construção. Há quatro edições, a Buriti é a vencedora no segmento material de construção do prêmio Primeiras & Melhores, da respeitada Sócio-Estatística, em Itabuna.
Mauro concedeu entrevista ao PIMENTA e falou de perspectivas de mercado, concorrência e dos planos da Buriti.Ele também enfatiza que a empresa tem perfil familiar, mas seus administradores têm formação superior e MBA em finanças e administração, o que explica, em parte, o sucesso da Buriti.
BLOG PIMENTA – Quanto o grupo está investindo na abertura da loja em Ilhéus?
MAURO RIBEIRO – A perspectiva é de investimento em torno de R$ 2 milhões, incluindo a aquisição de terreno e a construção desta loja. Serão 1,2 mil metros quadrados de área de show-room e total de 3 mil metros quadrados de área, envolvendo estacionamento, depósito, escritório e loja.
BP – Quais as perspectivas da empresa com este investimento?
MR – A loja atual [em Ilhéus] é pequena e não há como expor todos os nossos produtos. Com os investimentos, teremos um mix variado na área de acabamento, incluindo desde porcelanato a louças, pisos, metais e tintas.

Mauro Ribeiro Lojas Buriti janela1 foto Pimenta www.pimenta.blog.br______________

Acreditamos no potencial de Ilhéus com todos os investimentos que estão vindo e no crescimento do mercado.

______________

 
BP – Quantos novos empregos a Buriti espera gerar?
MR – Temos hoje, em Ilhéus, 38 funcionários. A expectativa é de que passemos a 75 funcionários, pois vamos mais que dobrar a área de loja. Já começamos, inclusive, a contratar. Por meio do  site da empresa, recebemos média de 15 a 20 currículos por dia. A parte do RH iniciou as contratações para entrar na fase de treinamento [de pessoal].
BP – A decisão de investir em Ilhéus ocorre devido a oportunidades ou ao acirramento da concorrência?
MR – Estávamos há dois anos buscando uma área para expandir a loja de Ilhéus, deixando-a no padrão da que temos em Itabuna. Segundo, acreditamos no potencial de Ilhéus com todos os investimentos que estão vindo e no crescimento do mercado. Foram dois anos de procura e em ilhéus há essa dificuldade [de espaços comerciais]. Só de negociação, foi quase um ano para a aquisição do terreno.
BP – Quando a nova loja será inaugurada?
MR – A previsão com a qual trabalhamos é inaugurá-la entre final de abril, início de maio.

______________Mauro Ribeiro Lojas Buriti janela2 foto Pimenta www.pimenta.blog.br

Temos rotas diárias de entrega para toda a região. Contamos com uma frota própria de oito caminhões em Itabuna e Ilhéus.

______________

 
BP – Como anda o mercado regional da construção civil, principalmente neste nicho, o do acabamento?
MR – Nós atendemos muito a região e com essa nova loja a expectativa é expandir [as vendas] em  Itacaré, Maraú, Una… Em Itabuna, grande parte do volume de vendas é para fora: Camacan, Itajuípe, por exemplo. Hoje o mercado externo compra mais do que o de Itabuna. Temos rotas diárias de entrega para toda a região. Contamos com uma frota própria de oito caminhões em Itabuna e Ilhéus. A logística da entrega grátis sempre esteve com a Buriti.
BP – Dá para fazer boa combinação preço-entrega, sem taxa?
MR – Nós temos frota própria e a gente acaba conseguindo ter preço competitivo, justo e atrair clientes na região, além de trabalho de divulgação. A entrega gratuita ajuda muito nas vendas, pois o consumidor de fora sabe que não pagará a mais.

PIMENTA DO DIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do leitor Osias Lopes, em comentário à nota PREFEITURA ANUNCIA MELHORIAS EM 79 ESCOLAS

Escola Iolanda Pires, no bairro de Nova Ferradas, está entre as que passarão por reforma (foto Pedro Augusto)

Escola Iolanda Pires, no bairro de Nova Ferradas, está entre as que passarão por reforma (foto Pedro Augusto)

Nunca entendi, e não entendo até hoje, por que só fazem escolas municipais feias, de arquitetura terrível, abominável, tétrica, apavorante.
Reparem nesse prédio acima o quanto é ele de péssimo gosto, péssima aparência!
Raro, muitíssimo raro, vermos um prédio escolar municipal com uma aparência de “coisa boa”.
Como pode alguém aprender num local desconfortável, de aparência abominante?
A verdade é que ainda é um exercício titânico estudar nas tais escolas municipais.

CIDADE AMANHECE COBERTA DE LIXO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A empresa Marquise, responsável pela coleta de lixo em Itabuna, parece realmente ter decidido “pagar pra ver” na queda de braço que trava com a Prefeitura.
No final de janeiro, a empresa chegou a suspender a coleta, alegando que a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Urbano (Sedur) havia retirado o trator que faz o manejo dos resíduos no “lixão”. Ontem (13), o secretário Marcos Monteiro informou não haver necessidade de que o equipamento opere todos os dias da semana e acusou a empresa de não ter compromisso com a cidade. O PIMENTA observou que a briga teve início há dois anos, quando a Marquise alegou suposta dívida do município (confira aqui).
Hoje, em mais um round dessa batalha, a Marquise não realizou a coleta e a cidade amanheceu coberta do lixo que os moradores acumularam no feriadão. Em diversos bairros, a situação de sujeira e mau cheiro é absurda.

PREFEITURA ANUNCIA MELHORIAS EM 79 ESCOLAS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Escola Iolanda Pires, no bairro de Nova Ferradas, está entre as que passarão por reforma (foto Pedro Augusto)

Escola Iolanda Pires, no bairro de Nova Ferradas, está entre as que passarão por reforma (foto Pedro Augusto)

De simples pinturas a consertos em telhados, passando por reparos em pisos e nas redes elétrica e hidráulica. Esses são alguns dos serviços que a Secretaria da Educação de Itabuna considera imprenscindíveis para assegurar melhores condições de funcionamento à maioria das escolas do município.
Inspeção realizada em 110 estabelecimentos identificou a necessidade de intervenções em 79. Dessas, as obras são mais urgentes em 32 e por isso elas terão prioridade, segundo a secretária Dinalva Melo. Num segundo grupo, formado por 32 escolas que deverão ser atendidas em seguida, a necessidade é de apenas pequenos reparos, além de pintura interna e externa. Outras 18 unidades receberão apenas pintura.
Dinalva Melo afirma que a intenção é utilizar mão-de-obra na própria comunidade em que cada escola está situada. Os recursos são do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

GUERRA DO LIXO: SECRETÁRIO DIZ QUE MARQUISE NÃO TEM COMPROMISSO COM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Empresa assumiu coleta do lixo em Itabuna em 2009.

Empresa assumiu coleta do lixo em Itabuna em 2009.

A Prefeitura de Itabuna endureceu o jogo contra a Construtora Marquise, responsável pela coleta de lixo no município sul-baiano. Numa nota distribuída à imprensa, há pouco, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Marcos Monteiro, acusou a empresa de não ter compromisso com Itabuna.
Monteiro revelou suposta sabotagem da Marquise no sistema de coleta, provocando manobras para travar o lixão e paralisar a coleta no município.
Segundo ele, caminhões da empresa, “propositadamente, ao chegar ao aterro para descarga, depositam o lixo de maneira desordenada, impedindo o aproveitamento dos espaços criados”. A direção da Marquise vem, desde o ano passado, exigindo que um trator fique no local, diariamente.
Após explicar a manobra da Marquise no lixão, o secretário foi ainda mais duro:
– Atitudes como a adotada pela Marquise acontecem em virtude da falta de parceria e compromisso da empresa com a nova administração municipal e, principalmente, com a população de Itabuna – disse, ressaltando que um fiscal será designado pelo município para acompanhar as operações da Marquise na área do lixão.
A guerra entre município e construtora começou há mais de dois anos, quando a Marquise revelou dívida milionária da gestão do ex-prefeito Capitão Azevedo. À época, o débito atingiu R$ 4,9 milhões (relembre aqui). Atualizada, a dívida supera a casa dos R$ 9 milhões e passa por auditoria determinada pelo novo prefeito, Claudevane Leite.

Back To Top