skip to Main Content
10 de julho de 2020 | 08:53 am

NA BAHIA, 378 CIDADES FICAM SEM TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

Bahia tem mais de 90% dos municípios sem transporte intermunicipal || Foto Reprodução
Tempo de leitura: 3 minutos

Barra do Rocha, Caturama, Ituaçu e Novo Horizonte terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de sábado (11). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (10).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Lajedão e Malhada, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Confira, no “leia mais”, os 378 municípios com restrição.

Leia Mais

BAHIA: GOVERNO IMPÕE TOQUE DE RECOLHER EM 14 MUNICÍPIOS

Lauro de Freitas, na RMS, é um dos municípios sob toque de recolher || Foto Danilo Magalhães/PMLF
Tempo de leitura: 2 minutos

Decretos publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (4) estabelecem toque de recolher em mais 11 municípios baianos. Adotada pelo Governo do Estado, a medida busca conter o avanço da contaminação pelo novo coronavírus no interior da Bahia. Os 11 municípios somam-se a Itabuna, Itaberaba e Itapetinga, que estão sob restrição de locomoção desde as 18h de ontem (3).

Nos municípios de Camaçari, Candeias, Conde, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Simões Filho fica estabelecida a restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 18h às 5h. O decreto passa a vigorar a partir do domingo (5) e tem validade até o dia 12 de julho.

Ainda nessas 9 cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) e em Conde fica autorizado, das 5h às 17h, somente o funcionamento dos serviços essenciais e, em especial, as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

CORRENTINA

Já no município de Correntina, outro decreto estadual estabelece o toque de recolher a partir deste sábado (4) e tem validade até o dia 10 de julho. Na cidade do oeste baiano, a restrição também será entre 18h e 5h.

Tanto em Correntina quanto nas cidades da RMS ficam fora da vedação o deslocamento noturno para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência.

A restrição não se aplica aos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde. A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) apoiará as medidas necessárias adotadas pelos municípios.

TOQUE DE RECOLHER COMEÇA HOJE EM ITABUNA E ITAPETINGA; MEDIDA É PRORROGADA EM ITABERABA

Itapetinga também registrou avanço da covid-19 e terá toque de recolher || Foto DPE-BA
Tempo de leitura: < 1 minuto

Decreto conjunto do governo estadual e das prefeituras definiu que começará às 18h desta sexta-feira (3) o toque de recolher nos municípios de Itabuna, no sul da Bahia, e de Itapetinga, no médio sudoeste. A restrição à circulação de pessoas e veículos nos dois municípios será das 18h às 5h.

O decreto também estabelece que o toque de recolher em Itabuna vai até a próxima quarta (8). O município registra acumulado de 2.751 casos confirmados do novo coronavírus, com 1.571 casos ativos e 69 óbitos.

Já em Itapetinga, a restrição será mais prolongada, encerrando-se no dia 19, mas podendo ser prorrogada. O município do sudoeste baiano tinha, até as 17h de ontem (2), 417 casos confirmados de covid-19 (319 deles ativos) e 11 óbitos.

Durante o toque de recolher ficam proibidos a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, com exceção de deslocamento para serviços de saúde ou farmácias.

PRORROGAÇÃO EM ITABERABA

O governo baiano também publicou decreto que prorroga até dia 9 a restrição à circulação em vias públicas, das 18h às 5h, em Itaberaba, na Chapada Diamantina. Itaberaba apresentava 309 casos confirmados da doença até ontem (2), com 149 pacientes em recuperação (casos ativos) e 13 óbitos. A restrição nas três localidades busca conter o avanço do novo coronavírus. Atualizado às 8h13min.

MAIS SETE MUNICÍPIOS BAIANOS TÊM TRANSPORTE SUSPENSO; TOTAL CHEGA A 348

Bahia tem mais de 90% dos municípios sem transporte intermunicipal || Foto Reprodução
Tempo de leitura: 3 minutos

O transporte intermunicipal será suspenso em Cotegipe, Igaporã, Itaguaçu da Bahia, Paramirim, Remanso, São José do Jacuípe e Wagner, a partir de quinta-feira (2). A decisão, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quarta (1º), tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também continuam suspensas, até o dia 6 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Ibiquera, Santana, São Domingos e São Gabriel, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Clique em “leia mais” e confira todos os 348 municípios afetados pelo decreto.

Leia Mais

ITAPETINGA: MPT-BA INVESTIGA SURTO DE COVID-19 EM ALOJAMENTO DA TABOCAS

Mais de 160 funcionários da Tabocas testaram positivo || Foto Itapetingarepórter
Tempo de leitura: < 1 minuto

O surto de covid-19 em uma empresa de energia no município de Itapetinga, localizado no sudoeste baiano, está sendo investigado pelo Ministério Público do Trabalho. Mais de 160 funcionários de um canteiro de obras administrado pela empreiteira Tabocas, que faz montagem de torres de retransmissão de energia, testaram positivo na semana passada. O MPT abriu inquérito para acompanhar a adoção das medidas de contenção do surto e solicitou imediata inspeção pelas equipes do Cerest.

De acordo com a Prefeitura, cerca de 300 empregados da Tabocas foram submetidos a testes rápidos na segunda-feira (29) e 169 deles tiveram resultado positivo. A testagem foi determinada pelas autoridades de saúde municipais após dois trabalhadores que integravam o grupo testarem positivo na semana passada. Após o registro de que mais de 60 casos positivos no canteiro da cidade de Macarani, que fica perto de Itapetinga, a prefeitura exigiu os exames para que a empresa pudesse voltar a funcionar. A Tabocas havia informado que todos os alocados para Itapetinga tinham testado negativo.

O MPT vai enviar recomendação à empresa com as medidas necessárias para salvaguardar a segurança dos empregados e da sociedade e para a gestão do surto entre seus colaboradores. O órgão busca saber se houve negligência por parte dos gestores em relação a medidas de prevenção e controle da pandemia. A ação fiscal que o Cerest realiza na Tabocas trará os elementos técnicos para instrução do inquérito e a empresa também será convocada a prestar esclarecimentos e fornecer informações.

A Prefeitura de Itapetinga deve determinar a suspensão das atividades da Tabocas por 30 dias. Até o domingo (28), a cidade tinha 196 casos confirmados de covid-19. Agora, o número de casos da doença na cidade subiu para 374. Já houve cinco mortes causadas pela doença.

BAHIA: SOBE PARA 325 NÚMERO DE MUNICÍPIOS SEM TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

Tempo de leitura: 3 minutos

Os municípios Andorinha, Antônio Gonçalves, Belo Campo, Biritinga, Catolândia, Cravolândia, Itambé, Itapebi, Lapão, Nova Ibiá, Nova Redenção, Paratinga e Quijingue terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quarta-feira (17).

A medida de suspensão de transporte, que foi prorrogada até o dia 21 de junho, tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana. Ficam proibidas nesses municípios a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A decisão foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (16). O decreto ainda autoriza a retomada do transporte em Araçás, Caraíbas, Érico Cardoso, Ibipeba, Ituaçu, Malhada de Pedras, Ourolândia, Pedro Alexandre e Rodelas, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Confira a lista completa no “leia mais”.

LISTA DE MUNICÍPIOS

A Bahia possui 325 municípios com transporte suspenso. São eles: Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Amélia Rodrigues, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antas, Antônio Cardoso, Antônio Gonçalves, Aporá, Aracatu, Araci, Aramari, Aurelino Leal, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barrocas, Barro Preto, Belmonte, Belo Campo, Biritinga, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Brejões, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candeias, Candiba, Cândido Soares, Cansanção, Canudos, Capim Grosso, Caravelas, Cardeal da Silva, Casa Nova, Castro Alves, Catolândia, Catu, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Coração de Maria, Cordeiros, Coronel João Sá, Correntina, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Dom Macedo Costa, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira de Santana, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gentio do Ouro, Glória, Gongogi, Governador Mangabeira, Guajeru, Guanambi, Guaratinga, Iaçu, Ibicaraí, Ibicuí, Ibipitanga, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibitiara, Ibotirama, Igrapiúna, Iguaí, Inhambupe, Ilhéus, Ipecaetá, Ipiaú, Ipirá, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna e Itacaré.

A restrição também inclui Itaetê, Itagi, Itagibá, Itajuípe, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itatim, Itiruçu, Itiúba, Ituberá, Iuiu, Jacaraci, Jacobina, Jaguarari, Jaguaripe, Jaguaquara, Jandaíra, Jequié, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jeremoabo, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lamarão, Lapão, Lauro de Freitas, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macarani, Macaúbas, Madre de Deus, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Manoel Vitorino, Mansidão, Maragogipe, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Mata de São João, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucuri, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muniz Ferreira, Muquém de São Francisco, Muritiba, Mutuípe, Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Ibiá, Nova Viçosa, Nova Redenção, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Poções, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio do Antônio, Rio Real, Ruy Barbosa, Santanópolis, Salinas de Margarida, Salvador, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória e Santa Inês.

Estão com restrição no transporte ainda Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santa Luzia, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Domingos, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, São Sebastião do Passé, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saubara, Seabra, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tanhaçu, Tanquinho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Teodoro Sampaio, Teofilândia, Terra Nova, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea da Roça, Varzedo, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista, Wanderley, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

MORRE A EX-DEPUTADA VIRGÍNIA HAGGE; PARLAMENTARES LAMENTAM PERDA

Ex-deputada estadual Virgínia Hagge faleceu aos 56 anos
Tempo de leitura: < 1 minuto

A ex-deputada estadual Virgínia Hagge faleceu, neste domingo (14), aos 56 anos, após alguns anos tratando-se de um tumor cerebral. Virgínia é de uma família de políticos. O pai, Michel Hagge, foi deputado estadual e prefeito de Itapetinga, no sudoeste do estado, por vários mandatos. Filho de Virgínia, Rodrigo Hagge é o prefeito de Itapetinga.

Além de deputada, Virgínia Hage foi superintendente do Ministério da Agricultura na Bahia no período de 2011 a 2015 e vereadora em Itapetinga, no período de 2005 a 2007, quando renunciou ao cargo para assumir o mandato de deputada estadual.

A Prefeitura de Itapetinga decretou luto oficial de três dias no município. “Virgínia foi pedagoga, chefe de gabinete, secretaria de Cultura, vereadora e deputada, além de uma cidadã de conduta ilibada”, ressalta a nota oficial do município.

O sepultamento está previsto para as 9h desta segunda (15), em Itapetinga. O velório ocorre na residência da família. Virgínia deixa o filho, Rodrigo Hagge.

LUTO E LAMENTO NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Além de decretar luto na Assembleia Legislativa (Alba), Nelson Leal, presidente do Parlamento, emitiu nota em que lembra da liderança de Virgínia em Itapetinga e na região sudoeste do Estado e a definiu como “uma pessoa extremamente gentil, atuante e competente”, afirmou.

Também tendo como principal base eleitoral o médio sudoeste baiano, o deputado estadual e líder do Governo na Alba, Rosemberg Pinto, lamentou a perda da ex-deputada. “Neste momento de dor, me solidarizo com os familiares e amigos da ex-deputada itapetinguense, que prestou  serviços relevantes à sociedade baiana durante seu madnato no Legislativo e à frente da Delegacia Federal da Agricultura”.

ITAPETINGA: MULHER MORRE DE COVID-19 SEIS DIAS DEPOIS DA MÃE; “DOR É DEVASTADORA”, AFIRMA IRMÃ

Lidiane faleceu de Covid-19 seis dias depois de perder a mãe
Tempo de leitura: 2 minutos

Uma servidora pública de 67 anos e a filha de 38 faleceram vítimas do novo coronavírus (Covid-19) em Itapetinga, no médio sudoeste da Bahia. Os óbitos ocorreram em um intervalo de apenas seis dias. “Essa dor é devastadora”, afirma uma das filhas de Maria da Glória Santos.

Maria da Glória foi servidora do município por 30 anos. Faleceu no último dia 3, cinco dias depois de ser internada no Hospital das Clínicas de Conquista (HCC), em Vitória da Conquista. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), Maria da Glória tinha hipotireoidismo.

Seis dias depois, a família da servidora pública foi atingida por uma segunda perda. Lidiane Moreira estava internada desde o dia 25, também no HCC, após chegar à UPA de Itapetinga com dificuldades para respirar, febre, tosse, dor de garganta, fraqueza e perda de apetite.

“Os sintomas tinham começado no dia 18 e desde então a doença vinha se agravando”, informou a Prefeitura de Itapetinga, por meio de nota. O resultado do teste de Lidiane – positivo – saiu somente no dia 3, dia em que a mãe faleceu.

“FIQUEM EM CASA”

Ontem (90, seis dias após conhecido o resultado do teste, Lidiane faleceu. Por meio de uma rede social, uma das irmãs agradeceu as orações para Lidiane e para a mãe e deu um conselho a todos em comentário a uma nota do município no Instagram. “Praticamente em menos de uma semana perdi minha mãe e minha irmã. Obrigada pelas orações. Fiquem em casa. Essa dor é devastadora. Ainda não consigo acreditar”.

UTI

Município com população estimada em 76,1 mil habitantes, Itapetinga tem 31 casos confirmados do novo coronavírus, com 4 óbitos. Os quatro últimos registros ocorreram na segunda-feira passada.

Até agora, não conta com Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os casos mais graves são encaminhados para Vitória da Conquista, a cerca de 100 quilômetros de distância. Há poucos dias, o município abriu uma unidade exclusiva para pacientes com sintomas da Covid-19.

BAHIA SUSPENDE TRANSPORTE EM 309 MUNICÍPIOS

Por causa da covid-19, Bahia tem mais de 300 municípios sem transporte intermunicipal
Tempo de leitura: 3 minutos

Mais de 80% dos municípios baianos estão com transporte suspenso por causa da covid-19. À lista, serão acrescentados, amanhã (10), Angical, Aracatu, Barra da Estiva, Botuporã, Central, Guajeru, Iuiu, Laje, Malhada, Mortugaba, Muquém de São Francisco, Nilo Peçanha, Nova Canaã, Piatã, Quijingue, São Miguel das Matas, Serra do Ramalho e Ubaíra terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quarta-feira (10).

A medida de suspensão de transporte, que foi prorrogada até o dia 21 de junho, tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana. Ficam proibidas nesses municípios a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A decisão foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (9). O decreto ainda autoriza a retomada do transporte em Anagé, Brotas de Macaúbas, Itapebi, Jaborandi, Jiquiriçá, Jussara, Lajedão, Maraú, Matina, Mirante, Nova Soure, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Rio do Pires, Souto Soares, Tanque Novo, Utinga e Varzedo, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. No “leia mais” confira a lista completa de municípios sem transporte.

Leia Mais

EM 24 HORAS, BAHIA CONFIRMA 2,9 MIL CASOS DE COVID-19 E 29 ÓBITOS

Uruçuca decreta reabertura gradual do comércio a partir de hoje (3)
Tempo de leitura: 4 minutos

A Bahia confirmou 2.956 novos casos e 29 óbitos causados pela covid-19 nas últimas 24 horas. Agora, são 26.419 infectados pela doença na Bahia e total de 819 óbitos desde o início da pandemia.

Até agora, o número de curados chega a 11.464, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). A Sesab esclareceu que os mais de 2,9 mil casos refletem a finalização de casos em investigação “desde o início da pandemia”.

Os casos confirmados ocorreram em 334 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (58,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ipiaú (7.171,97), Itajuípe (6.637,06), Uruçuca (6.433,06), Urandi (5.342,78) e Salvador (5.282,44).

CONFIRA NÚMERO DE CASOS POR MUNICÍPIO

Embora fora do “top 5” da taxa de incidência, Itabuna e Ilhéus possuem alto coeficiente. Mais populoso do sul da Bahia, Itabuna registra 1.101 casos de covid-19, superado apenas por Salvador em número de casos. Ilhéus tem 722, ficando em terceiro lugar. Próximo em quantidade de confirmações, Feira de Santana registrou salto, agora com 719 casos.

OCUPAÇÃO DE LEITOS

De acordo com a Sesab, a Bahia possui 1.929 leitos do SUS exclusivos para vítimas do coronavírus, dos quais 1.109 possuem pacientes internados, atingindo taxa de ocupação de 57%. Já a ocupação dos leitos adulto e pediátrico de UTI chegou a 71%, acendendo sinal de alerta. Dos 798 leitos, 565 estão com pacientes internados.

ÓBITOS

A Bahia contabiliza 819 mortes pelo novo coronavírus, 29 delas registradas no boletim desta sexta. São mortes pela covid-19 ocorridas em Aratuípe, Camacan, Itapetinga, Jequié, Salvador e Santo Antônio de Jesus. Abaixo, no leia mais, confira histórico de todos os pacientes vítimas da covid-19 que faleceram.

Leia Mais
Back To Top