skip to Main Content
3 de julho de 2020 | 12:40 pm

ACUSADO DE MATAR FUNCIONÁRIA DA SANTA CASA É TRANSFERIDO PARA ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos

Jefferson já está em Itabuna e prestou depoimento no Complexo Policial

Jefferson Costa Nascimento, o Quinho, foi transferido para Itabuna e chegou ao Complexo Policial nesta manhã de quinta (19), uma semana depois de ser preso em São José do Rio Preto (SP). Ele é acusado de latrocínio (matar para roubar) contra a técnica em enfermagem Maria Ferreira Lima, de 51 anos. Segundo a polícia, Jefferson é o criminoso que empurra a técnica em enfermagem Maria Ferreira da moto e provoca a morte da vítima por traumatismo craniano.
O ataque ocorreu durante assalto no Bairro de Fátima, no último dia 5. No mesmo dia, foi constatada a morte cerebral da funcionária da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. O acusado de matar a enfermeira foi flagrado por câmeras de segurança instaladas em áreas próximas ao local onde ocorreu o assalto. Uma das câmeras mostra o momento do ataque à técnica em enfermagem, com o veículo em movimento.

Maria Ferreira foi morta em assalto no Fátima

De acordo com a polícia, parentes do próprio acusado da morte da enfermeira denunciaram o plano de fuga. A Polícia Civil começou a monitorá-lo desde Itabuna. Ele passou por Vitória da Conquista e foi preso em São Paulo. O destino final de Jefferson, conforme parentes, seria Mato Grosso do Sul.
Jefferson começou a ser ouvido, nesta manhã de quinta (19), pelo titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, Miguel Cicerelli. Ele será encaminhado para o Conjunto Penal de Itabuna ainda hoje.

Back To Top