skip to Main Content
6 de junho de 2020 | 08:12 pm

PORTARIA DA CABRUCA BENEFICIARÁ 20 MIL PRODUTORES DE CACAU, AFIRMA JOÃO CARLOS OLIVEIRA

Tempo de leitura: 2 minutos

João Carlos: 20 mil cacauicultores beneficiados com Portaria da Cabruca

Publicada na edição de ontem (17) do Diário Oficial do Estado, a Portaria Conjunta 03/2019 da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) beneficiará cerca de 20 mil produtores de cacau, na avaliação do titular da Sema, João Carlos Oliveira.

– Nós vamos sair de uma média atual de 300, para uma expectativa de 700 pés de cacau por hectare, preservando a Mata Atlântica. Isso nos leva ao aumento da produção e da produtividade, viabilizando a cabruca como uma atividade positiva no contexto econômico, social, ambiental e cultural, beneficiando mais de 20 mil produtores de cacau – afirma o secretário de Meio Ambiente da Bahia.

A Portaria da Cabruca atende a uma reivindicação dos produtores e atualiza portaria de 2015 sobre a concessão de Autorização de Manejo da Cabruca (AMC). De acordo com o Estado, o documento “reflete ampla discussão com os atores interessados”.

Leia Mais

CONVITE É O QUE NÃO FALTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Enquanto o PCdoB de Davidson Magalhães e Wenceslau Júnior esnoba o ex-vereador Luís Sena, o sindicalista é cortejado por outras legendas do campo progressista.
O PSB de João Carlos Oliveira escancarou as portas para o cururu. O flerte pode dar em casamento. Só depende do ex-vereador.
Por enquanto, Sena aperta o play e manda recado com Esnoba, do grupo Moinho.

PSB DEFENDE VEREADOR E DIZ QUE FERNANDO NÃO PODE FALAR EM HONESTIDADE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Os professores Aurélio Macêdo e João Carlos Oliveira, da executiva itabunense do PSB, saíram em defesa do vereador Ricardo Bacelar e afirmam que o ex-prefeito Fernando Gomes é o menos indicado para falar sobre honestidade.
“Não dá para discutir honestidade com Fernando Gomes”, alfineta o professor João Carlos, numa clara alusão às dezenas de processos aos quais o ex-prefeito itabunense responde por irregularidades na aplicação do dinheiro público. “Nós hipotecamos solidariedade ao companheiro Bacelar”, frisou.
Nessa tarde, Fernando Gomes usou a sua emissora para falar de eleições 2010 e afirmou que a Câmara de Itabuna estava “na lama”. O alvo preferencial foi o vereador Ricardo Bacelar (PSB), que era apresentador do Alerta Total, na TV Cabrália, no período em que Gomes era prefeito de Itabuna (2005-2008).
João Carlos lembrou da campanha eleitoral para provocar Fernando. “Será que Geddel teria coragem de colocá-lo na tesouraria da campanha a governador?”, questiona com uma grande carga de maldade.

Back To Top