skip to Main Content
20 de fevereiro de 2020 | 08:51 pm

BIG DATA/TV ITAPOAN: RUI LIDERA CORRIDA AO GOVERNO BAIANO COM 57%; JOSÉ RONALDO ATINGE 16%

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rui Costa atinge 57% das intenções de voto no Big Data

A mais nova pesquisa Real Time Big Data sobre a disputa ao governo baiano traz Rui Costa (PT) ainda mais consolidado na corrida sucessória. Com 57% das intenções de voto, ele seria reeleito no primeiro turno, de acordo com o instituto. Principal adversário, José Ronaldo (DEM) atinge 16¨.
Marcos Mendes (PSOL) surge com 3%, enquanto João Santana (MDB) e João Henrique (PRTB) têm 1% cada um. Juntos, Célia Sacramento (Rede) e Orlando Andrade (PCO) somam 1%. Votos brancos e nulos representam 13% e os indecisos chegam a 8%, conforme o instituto.
VOTOS VÁLIDOS
Quando considerados apenas os votos válidos, segundo o Big Data, Rui alcança 72% e José Ronaldo chega a 21%. Na sequência, vêm Marcos Mendes, com 4%, e João Santana e João Henrique com 1% cada um.
O instituto informa ter ouvido 1,2 mil eleitores no dia 2. A margem de erro é de 3 pontos percentuais e a pesquisa, registrada na Justiça Eleitoral com o número BA-01122/2018, tem nível de confiança de 95%.

DEBATE NA REDE BAHIA TEM ATAQUES A RUI E DECLARAÇÃO DE VOTO DE ZÉ RONALDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Debate na TV Bahia reuniu 5 dos 7 candidatos ao governo baiano

O debate com candidatos ao governo baiano, nesta noite de terça (2), nas emissoras afiliadas da Rede Globo no Estado, foi marcado por ataques ao governador Rui Costa (PT) e a declaração de voto de José Ronaldo (DEM) ao presidenciável José Bolsonaro (PSL). “Domingo eu vou votar para derrotar o PT”, disse o ex-prefeito de Feira de Santana no quinto bloco, o de considerações finais.
Já o governador e candidato à reeleição, Rui Costa, criticou os ataques sofridos durante o debate e fez questão de ligar, a todo momento, o nome de José Ronaldo ao Governo Temer. Zé Ronaldo retrucava dizendo não ter sido ele quem votou em Temer, numa alusão ao vice da então reeleita presidente da República, Dilma Rousseff (PT).
O debate teve a participação de apenas cinco dos sete candidatos ao governo baiano. Além de Zé Ronaldo e Rui Costa, João Santana (MDB), João Henrique (PRTB) e Marcos Mendes (PSOL) participaram do confronto. A TV Bahia adota regras da Rede Globo, o que acaba por excluir do confronto Célia Sacramento (Rede) e Orlando Andrade (PCO).
Confira trechos do debate em vídeos abaixo
Bloco 1
https://www.youtube.com/watch?v=mD9H2sKUSI8
Bloco 2

Bloco 3

Bloco 4
https://www.youtube.com/watch?v=4XFoFYBZ5kY

PRESIDENTE DO PSC DESCARTA ALIANÇA COM RUI COSTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Heber descartou aliança com Rui Costa || Foto Tácio Moreira/Metropress

O presidente do PSC da Bahia, Heber Santana, descartou possiblidade de aliança eleitoral à reeleição do governador Rui Costa (PT), apesar de o partido ter conversado com o Pastor Sargento Isidório, do Avante, sobre a aliança. “Nós, do PSC, fazemos questão de colocar que não é esse o caminho”, afirmou o deputado estadual e dirigente do PSC.
Heber reclamou, no entanto da falta de definição na chapa do pré-candidato do DEM ao governo baiano, José Ronaldo. Para ele, a indefinição resulta em perdas para o campo oposicionista e cobra fechamento de aliança ainda nesta semana. Além de Zé Ronaldo, o PSC avaliaria possibilidade de coligar com João Santana, do MDB, ou João Henrique, do PRTB, com Irmão Lázaro (PSC) disputando vaga ao Senado Federal.

JORGE VIANA SERÁ CANDIDATO AO SENADO PELO MDB

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ilheense Jorge Viana disputará vaga ao Senado pelo MDB || Reprodução Facebook

O médico e ex-deputado federal Jorge Viana será um dos candidatos do MDB ao Senado Federal na chapa emedebista encabeçada pelo ex-ministro e candidato ao Governo, João Santana. O anúncio oficial deverá ser feito na próxima sexta (15), de acordo com o divulgado pelo Bahia.ba.
O MDB ainda definirá quem será o segundo nome da chapa de João Santana ao Senado. Com 79 anos e dono do Hospital de Ilhéus, Jorge Viana foi deputado federal por três mandatos e participou da Assembleia Constituinte, em 1988.

ENCONTRO POLÍTICO EM CANES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Almir Melo e o presidente estadual do PMDB, João Santana (Foto Walmir Rosário).

Almir Melo e o presidente estadual do PMDB, João Santana (Foto Walmir Rosário).

O presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) baiano, João Santana, iniciou uma peregrinação pelos municípios do Sul da Bahia, com a finalidade de mobilizar as lideranças. Neste domingo (29), o partido promove uma reunião em Itabuna e pretende contar com a participação dos seus melhores quadros.

Em Canavieiras, João Santana (ex-ministro da Integração Nacional), acompanhado do presidente do Diretório de Itabuna, Pedro Arnaldo, se encontou com o prefeito Almir Melo, secretário estadual do partido. Embora permaneça firma na agremiação peemedebista, Almir Melo apoiou o então candidato petista e hoje governador da Bahia, Rui Costa, quando ainda pontuava com parcos 4%.

Entre os motivos do apoio ao PT, uma diferença histórica separa Almir do candidato Paulo Souto. Resultado: Canavieiras recebeu obras e serviços dos governos federal e estadual e Rui Costa ganhou a eleição. Hoje, alguns projetos reivindicados por Almir, entre eles a pavimentação da BA-274, a rodovia Transouricana, que corta praticamente todo o município canavieirense.

MARQUETEIRO APOSTA EM VITÓRIA DE DILMA NO PRIMEIRO TURNO

Tempo de leitura: 2 minutos

Do Brasil 247

Dilma: reeleição em 1º turno.

Dilma: reeleição em 1º turno.

A presidente Dilma Rousseff tem tudo para se reeleger em primeiro turno, mas o ex-presidente Lula continua em condições de ser o candidato se a temperatura e a pressão da  economia se deteriorarem muito. Essa dupla leitura está sendo feita, neste momento, pelo marqueteiro oficial de ambos, o jornalista e publicitário João Santana.
Ao jornalista Ilimar Franco, de O Globo, ele afirmou ter acabado de realizar uma pesquisa qualitativa na qual o entrevistado era questionado sobre a situação de vida de dez amigos. Apurou-se que oito, em média, tinham crescido economicamente desde a administração de Lula.
O cuidado de Santana em manter atualizados os radares sobre a imagem do ex-presidente demonstra que Lula está preparado para, em caso de emergência, estar disponível ao PT para um candidatura a presidente em 2014. “Só não sou candidato a síndico do meu prédio”, disse Lula a um amigo, segundo apurou 247.
Em conversas políticas, o ex-presidente encontrou uma maneira de abordar, sutilmente, sua situação política neste momento. Ele vai avisando que se arrependeu de antecipar o debate eleitoral, de acordo com a apuração de Franco.“Eu só queria parar o volta Lula”, cochicha o ex-presidente.
Como se sabe, desse movimento surgiu, após a eclosão do caso Rosemary Noronha, a amiga íntima de Lula pivô de um escândalo de tráfico de influência no gabinete da Presidência da República em São Paulo, a consolidação da candidatura Dilma à reeleição. Em Paris, a presidente aproveitou o momento de fragilidade de Lula para perguntar se ele queria ser candidato em 2014 – e ele disse que não.
Mesmo assim, Santana continua fazendo raios-x sobre a imagem do ex-presidente na população. E tudo o que encontra é o prestígio dele inalterado. Entre os petistas de cúpula, o comentário generalizado é de saudades do estilo carinhoso de Lula com eles, em lugar da distância e da, muitas vezes, frieza da presidente Dilma. “O carinho faz falta”, comentam.
Mas Santana está seguro de uma verdade ainda maior. A presidente Dilma irá se reeleger em primeiro turno. O marqueteiro nem considera a possibilidade de, com a economia patinando ou andando para trás, o prestígio de Dilma diminuir. Ele desdenha do debate desenrolado neste momento, a um ano e cinco meses da data da eleição.
– É tudo perda de tempo, diz Santana. Para ele, Dilma já tem uma imagem forte o suficiente como presidente popular, e isso irá continuar. É o que deve bastar. Diante da chance de vencer em primeiro turno, as vontades de Lula e do PT irão refluir naturalmente. Será?

OPERAÇÃO INUNDARE: POLÍCIA FEDERAL FAZ BUSCAS EM CASAS DE EX-SECRETÁRIOS EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bahia foi um dos conduzidos para a sede da PF em Ilhéus.

Bahia foi um dos conduzidos para a sede da PF em Ilhéus.

Agentes da Polícia Federal cumprem, nesta manhã, sete mandados de busca e apreensão contra ex-secretários municipais de Ilhéus acusados de desviar parte dos R$ 10 milhões repassados à prefeitura pelo Ministério da Integração Nacional. O dinheiro deveria ser aplicado em obras de prevenção contra desastres naturais.
Parte do dinheiro foi parar em contas pessoais por meio de uma construtora subcontratada. Foram “acordados” pela PF ex-secretários de Administração e de Obras, dentre eles o todo poderoso Jorge Bahia, além de donos de construtoras. Uma coletiva da equipe que comandou a operação Inundare está prevista para as 11h, na Delegacia da PF em Ilhéus.
Os recursos de R$ 10 milhões deveriam ser aplicados em obras no bairro Teotônio Vilela e nos altos do Cacau, Soledade, Carvalho, Formoso, Coqueiro, Tapera, Seringal, Dos Carilos,  Tabuleiro da Baiana, Luiz Gama e Alto do Amparo.
As investigações, conforme a Polícia Federal, identificaram desvio de, pelo menos, R$ 400 mil, depositados em contas de uma construtora subcontratada e depois sacados em espécie por ex-secretários. A PF apurou que esses valores “foram desviados por ex-funcionários da prefeitura de Ilhéus”.
Os investigados, ainda segundo a PF, vão responder por crimes de peculato e formação de quadrilha. Os R$ 10 milhões serão auditados para apurar outros desvios da verba milionária.

PIMENTA DO DIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ganhar Salvador não faz a menor diferença para o DEM. Eu hoje imagino que é mais lógico que o prefeito eleito de Salvador, ACM Neto, saia do DEM do que queira ou tenha força para ressuscitar o partido. O DEM vive um ciclo terminal.

JOÃO SANTANA, marqueteiro, em entrevista à Folha de S. Paulo

PITACOS E PREVISÕES DE JOÃO SANTANA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Marqueteiro do PT desde 2006, o baiano João Santana disse em entrevista publicada nesta segunda-feira, 26, na Folha de São Paulo, que Lula seria o melhor candidato ao governo paulista em 2014. Segundo ele, uma chapa com Lula na cabeça e Gabriel Chalita (PMDB) na vice seria “imbatível”. A aposta só não se tornará realidade porque o ex-presidente não admite a hipótese da tal candidatura, segundo ressalvou o próprio Santana.

O publicitário prevê ainda que Dilma será reeleita no primeiro turno, o que até hoje nenhum petista conseguiu nas eleições para a Presidência da República.

Outra aposta: Fernando Haddad, que acaba de conquistar a Prefeitura de São Paulo, será presidente do Brasil em 2022, com reeleição assegurada em 2024.

Palavra de Nostradamus… Ou melhor, João Santana!

SLOGAN… POBRE!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Vá lá que a marca seja legalzinha, bonitinha e reforce a identidade nacional, mas o slogan é - sem trocadilhos - de uma pobreza sem igual e não condizente com o poder criativo do publicitário João Santana.

Back To Top