skip to Main Content
15 de abril de 2021 | 01:28 pm

AUDIÊNCIA DISCUTE NOVA PONTE EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Obras da nova ponte são executadas pela OAS (Foto José Nazal).

Obras da nova ponte são executadas pela OAS (Foto José Nazal).

A construção da nova ponte de Ilhéus será tema de audiência pública, nesta quinta (1º), na Câmara de Vereadores de Ilhéus, às 15h. A ponte está sendo construída pelo Governo do Estado. A obra é executada pela OAS.

De acordo com o vereador Ivo Evangelista, moradores da zona sul de Ilhéus possuem dúvidas relacionadas à obra. Donos de imóveis afetados pela obra cobram pagamento de indenização.

A previsão é de que participem da audiência pública o superintendente estadual de Infraestrutura de Transportes, Saulo Pontes, e o secretário de Urbanismo, Antônio Vieira, além do vice-prefeito eleito de Ilhéus, José Nazal.

ILHÉUS: NAZAL COORDENARÁ EQUIPE DE TRANSIÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Marão definiu sua equipe de transição, que terá Nazal (à dir) como coordenador.

Marão definiu sua equipe de transição, que terá Nazal (à dir) como coordenador.

O prefeito eleito de Ilhéus, Mário Alexandre, Marão (PSD), definiu a sua equipe de transição. O vice-prefeito eleito José Nazal (Rede) coordenará a equipe, que será composta, ainda, por Bento José Lima Neto, Reinilson Soares Santos, Sinésio Bomfim, Eliane Oliveira, Sonilda Mello, Fabiano Almeida e Soane Galvão Barbosa.

De acordo com a assessoria do prefeito eleito, o requerimento com os nomes que vão compor a equipe foi encaminhado ao prefeito Jabes Ribeiro ontem (7). Marão disse ter solicitado que a Comissão de Transição de Governo seja instaurada “com maior brevidade possível”.

NAZAL LEVANTA SUSPEITA SOBRE DECRETO DE CRIAÇÃO DE ÁREA INDUSTRIAL EM ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos
Nazal levanta problemas e soluções em discussão sobre Ilhéus.

Nazal levanta problemas e soluções em discussão sobre Ilhéus.

Um dos mais profundos estudiosos de Ilhéus, José Nazal concedeu entrevista ao Tabuleiro (Conquista FM), na qual abordou temas caros ao sul da Bahia, a exemplo do Porto Sul e o projeto da nova estrada que liga Ilhéus-Itabuna, na margem oposta à rodovia atual. São 30 minutos de bate-papo com o apresentador Vila Nova. Nazal também falou do decreto do prefeito Jabes Ribeiro, que criou nova área industrial em Ilhéus, à margem do Rio Cachoeira, na ligação do município com Itabuna.

– O Estatuto (da Cidade) diz que toda mudança tem que ser discutida com a população. Ali é como área de expansão urbana. É bairro. Tem uma coisa misteriosa no ar, mas não dá para suspeitar de outra coisa a não ser interesse obscuro, escuso [com a criação da área industrial]. O MP [Ministério Público estadual] já está tomando providência – disse Nazal.

Diante da observação de que Jabes argumentou ter criado a área industrial na rodovia por causa do Porto Sul, Nazal esclareceu que a área de logística do complexo intermodal será em Itabuna, à margem da BR-101, entre o município e Itajuípe. “Não há nenhuma lógica na área. A estrada virou uma avenida”, observou, pontuando a necessidade da gestão explicar o “que se quer fazer ali”.

Nazal é pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PTB e lamentou que a cidade tenha tido, nos últimos 100 anos, cinco planos diretores, mas sempre não colocados em prática. Ele faz parte de um grupo nacional que estuda o desenvolvimento de dez cidades brasileiras, dentre elas Ilhéus. Nazal cita Maringá (PR). O município paranaense já está discutindo, há algum tempo, a Maringá de 2047. Confira a íntegra da entrevista no vídeo abaixo.

NAZAL É PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carlos Freitas, Jorge Vianna, Benito Gama, Ruy Carvalho e o pré-cadnidato José Nazal.

Carlos Freitas, Jorge Vianna, Benito Gama, Ruy Carvalho e o pré-candidato José Nazal.

Reunião realizada neste final de semana em Salvador selou a pré-candidatura do fotógrafo e memorialista José Nazal à prefeitura de Ilhéus.

O encontro foi realizado no escritório do deputado federal Benito Gama e contou com a participação do presidente municipal do PTB, Carlos Freitas, e dos médicos Jorge Vianna e Ruy Carvalho, figura pra lá de carimbada na disputa pelo comando do Palácio Paranaguá.

Apesar da distância do pleito, segundo informações, a provável chapa do PTB terá Zé Nazal na cabeça e não deve contar com Ruy Carvalho na vice. O médico, que já foi quadro do PT e do PRB, abandonou as disputas de vez.

A filiação de Nazal ao partido deve acontecer até o início de outubro, prazo máximo para filiações pra quem pretende disputar a eleição do ano que vem.

Até aqui, a entrada do nome de Nazal é a grande novidade na disputa pelo comando do Palácio Paranaguá. A sucessão tem nomes como Carmelita Ângela (PT), José Vivaldo (PSB), o prefeito Jabes Ribeiro (PP) e Jorge Luiz (PSOL).

MENOS, JABES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Nazal colocou dedo na ferida.

Nazal colocou dedo na ferida.

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, fez divulgar que pagou os salários atrasados deixados pelo seu antecessor, Newton Lima. José Nazal, ilheense que tem crédito (e cabeça) para ser prefeito daquela terra, anotou que Jabes estava mentindo.

Pego na mentira, “Jabinho” tratou de amenizar o estrago nas redes sociais e ontem divulgou que “apenas” pagou os servidores efetivos, deixando contratados e comissionados de fora, à espera do que não virá.

Com senso de justiça, Nazal também observa que pagar os atrasados é obrigação do gestor. E que o mesmo Jabes deixou o governo, em 2004, com os servidores sem receber o devido. Antes que alguém o ataque, Nazal não omite ter feito parte das duas gestões. E, por fim, faz um adendo à nota da prefeitura que elogia os servidores efetivos que “não ingressaram com ações na justiça, dando a entender que os comissionados entraram”:

– Esqueceram de dizer que “alguns buscaram esse direito”, creio que por não acreditarem receber de forma espontânea. Não recebi, não vou receber. Não entrei na justiça, nem vou entrar, como também não reclamei judicialmente em 2004, quando saí com crédito.

É a elegância de sempre de Nazal.

CHOCOLATE COM GOLAÇO EM URUÇUCA

Tempo de leitura: < 1 minuto

A goleada sofrida pela Seleção de Itabuna diante de Uruçuca (8 a 0, no Ferreirão) teve algo além do “chocolate”. A torcida pôde ver um belo gol, de voleio. O lance foi registrado pelas lentes do mestre José Nazal.

A "pintura" nascendo dos pés de jogador uruçuquense...

A “pintura” nascendo dos pés de jogador uruçuquense…

... A bola tem mais que endereço certo...

… A bola “atende” o comando e…

... e vai parar no fundo do gol (Fotos José Nazal).

…Vai parar no fundo do gol (Fotos José Nazal).

UM BELO PRESENTE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Itabuna clicada ("de longe") pelas lentes do mestre José Nazal.

Itabuna clicada (“de longe”) pelas lentes do mestre José Nazal. Clique para ampliar.

José Nazal, um dos mestres da fotografia sul-baiana, nos presenteou com esta foto de Itabuna (“vista de longe”, brinca) neste mês de aniversário do Pimenta. O blog completa oito anos. Nós, daqui, agradecemos a homenagem e, ao mesmo tempo, a oportunidade de ter uma vista diferente, uma linda paisagem de Itabuna – que fica ainda mais bonita dando um clique na foto.

CRECI PROMOVE FÓRUM REGIONAL EM ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Nilton, do Creci.

Nilton, do Creci.

Corretores imobiliários do sul da Bahia participam, amanhã, do 4º Fórum Imobiliário Regional, em Ilhéus. A abertura do evento promovido pelo Conselho Regional de Corretores Imobiliários (Creci) será às 18h, no Espaço Cidadelle Praia do Sul.
O fórum terá como palestrantes Marcosuel Souza, do Creci, que abordará a ampliação de rede de pessoas e negócios para corretores. Já o memorialista e fotógrafo José Nazal falará do bipolo Ilhéus-Itabuna.
O ingresso para o evento de confraternização dos corretores sul-baianos serão duas latas de leite em pó. De acordo com Nilton Borges, do Creci, o leite será doado aos abrigos São Francisco (Itabuna) e São Vicente de Paula (Ilhéus).

ITABUNA VISTA LÁ DE CIMA

Tempo de leitura: < 1 minuto
De lá do alto, tem-se esta visão de Itabuna (Foto José Nazal).

De lá do alto, tínhamos esta visão de Itabuna em 2008. (Foto José Nazal).

O fotógrafo José Nazal é um profundo conhecedor da história (e da alma) do sul da Bahia – e sempre nos brinda com belas imagens de uma das regiões mais belas do planeta. Neste mês de aniversário de Itabuna, abrimos uma série com imagens captadas pelo mestre. É a nossa Itabuna vista lá de cima, com destaque para o nosso (sobrevivente) Rio Cachoeira.

COLO-COLO ASSUME LIDERANÇA DA SÉRIE B

Tempo de leitura: < 1 minuto
Colo-Colo empata com o Jequié assume liderança isolada da Série B (Foto José Nazal).

Colo-Colo empata com o Jequié assume liderança isolada da Série B (Foto José Nazal).

O Colo-Colo empatou em 0 a 0 com o Jequié, no Estádio Mário Pessoa, há pouco. O que poderia parecer um resultado ruim diante do oitavo colocado da Série B, acabou elevando o Tigre Ilheense à condição de líder isolado da competição, após cinco rodadas.
A liderança isolada veio com a derrota do Flamengo de Guanambi, que foi a Jacobina, e levou sapecada: 3 a 0. O Flamengo caiu para a terceira colocação e o Jacobina tornou-se vice-líder. Com o empate em Ilhéus, o Jequié subiu para a sétima posição.
O próximo jogo do time ilheense será contra o Leônico, novamente no Mário Pessoa, às 15 horas do próximo domingo (20). O Jequié enfrentará o Ipitanga, no mesmo dia e horário.
ITABUNA
O Itabuna joga neste sábado. Às 20 horas, enfrentará o Atlético, no Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas.

ASSAÍ ATACADISTA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Assaí AtacadistaA propósito da polêmica em torno da área onde será construída a loja do Assaí Atacadista, do Grupo Pão de Açúcar, o fotógrafo e pesquisador José Nazal elimina a dúvida.
De acordo com a lei que definiu os novos limites territoriais de municípios baianos, a área adquirida pelo Pão de Açúcar para construir o novo atacadão, a antiga Fazenda Santo Antônio, fica em solo itabunense.
Em tempo: Nazal lança nesta quinta-feira (9), às 18h30min, no Espaço Cultural Bataclan, a terceira edição do histórico Minha Ilhéus, pela Via Litterarum. O livro é um passeio pela história recente da bela Ilhéus, recheado de fotos históricas (confira mais aqui), e também trata dos limites da antiga capitania.

NAZAL LANÇA NOVA EDIÇÃO DE "MINHA ILHÉUS"

Tempo de leitura: 1 minuto
Minha Ilhéus - capa

Obra está na terceira edição.

Nazal: terceira edição de Minha Ilhéus.

Nazal: terceira edição de Minha Ilhéus.

Com uma edição revisada e ampliada com detalhes sobre os novos limites de Ilhéus e da área onde será instalado o Porto Sul, o fotógrafo e pesquisador José Nazal Pacheco Soub lança nesta quinta (9), às 18h30min, no Espaço Cultural Bataclan, o livro de registros históricos Minha Ilhéus, editado pela Via Litterarum.

A obra traz informações e fotografias da período de expansão econômica de Ilhéus a partir do Século XX em 268 páginas. Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Ilhéus, Nazal acrescenta que, nesta terceira edição, foram incluídas fotos oferecidas por pessoas que guardam objetos e registros sobre a memória da Capitania de São Jorge dos Ilhéus.
A edição também traz novo mapa que delimita os bairros da cidade, além da área da Zona de Processamento e Exportação (ZPE). Nazal ainda ilustra a obra com “fotografias dos povoados rurais que estão inseridos na área de influência direta do Porto Sul”. A obra é indispensável para quem deseja conhecer do passado e do presente de Ilhéus.

DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

19 de Agosto é o Dia Mundial da Fotografia. Se a data não é lembrada por muitos, coube a Ed Ferreira uma postagem em seu site lembrando do dia. O profissional traz uma coletânea de belas imagens captadas por ele no sul da Bahia.

19 de Agosto é o Dia Mundial da Fotografia. Se a data não é lembrada por muitos, coube a Ed Ferreira uma postagem em seu site lembrando do dia. O profissional traz uma coletânea de belas imagens captadas por ele no sul da Bahia, região de outros grandes nomes, como José Nazal, Castilho, Zeka, Waldyr Gomes, Clodoaldo Ribeiro, e Geraldo Borges, além de revelações, dentre as quais Cristiano Cruz, Sandro Andrade, Jaque Cerqueira, Vinícius Borges e Gabriel Oliveira. Confira a seleção de imagens feitas por Ed Ferreira (clique aqui).

FÓRUM MOBILIZA CORRETORES DE IMÓVEIS NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Nilton é delegado regional do Creci.

Nilton é delegado regional do Creci.

Corretores se reúnem hoje em Ilhéus no 3º Fórum Imobiliário Regional, a partir das 15h, no Hotel Aldeia da Praia (Km 2 da BA-001). A programação contará com palestras de atualização e vão abordar temas como administração imobiliária, o corretor no tempo do conhecimento e as novas perspectivas para o Sul da Bahia.

As palestras serão ministradas por Joel Nery Santos, Marcosuel Souza, Martina Teixeira e José Nazal Soub. Um jantar encerrará o evento, às 20h. A programação é comemorativa aos 51 anos de regulamentação da profissão de corretor de imóveis, informa o delegado regional do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-BA), Nilton Borges.

O credenciamento começa às 14h, no hotel. A abertura oficial está prevista para as 15h, seguida de palestras. A inscrição para o evento será apenas a doação individual de duas latas de leite em pó. Todo alimento arrecadado será destinado a entidades assistenciais de Ilhéus (Gacc) e Itabuna (Abrigo São Francisco de Assis). Para não estudantes de Técnico em Transações Imobiliárias e não corretores há cobrança de taxa de R$ 72,00.

GOVERNO DO ESTADO SE FAZ DE MORTO E IMPACIENTA A BAMIN

Tempo de leitura: 4 minutos

walmirWalmir Rosário | wallaw1111@gmail.com

O resultado é danoso para Ilhéus, que perde um grande investimento. Para a Bahia, nem tanto, pois a empresa poderá utiliza o Porto de Aratu, como sempre desejaram quase todos os interessados do contra.

Já não são tão cordiais as relações entre as altas cúpulas do Governo do Estado da Bahia e da Bahia Mineração (Bamin). O motivo é um só: a omissão do governo em relação ao cronograma de implantação do Projeto do Complexo Intermodal do Porto Sul.
Desde o ano passado que a Bamin vem revelando impaciência com o certo descaso do Governo do Estado em relação à entrega da área para que as obras do Porto Sul sejam iniciadas. Os prazos concedidos são vencidos e nenhuma – ou quase nenhuma – ação é feita.
De novo – apesar dos desmentidos do prefeito de Ilhéus – a Bamin promete “enfiar a viola no saco” e ir tocar em outra freguesia, apesar dos grandes investimentos feitos. E os recursos foram poucos, investidos em estudos, ações de comunicação pública e social.
Essa apreensão gerada com a possível saída da Bamin do Complexo Intermodal do Porto Sul, o que inviabilizaria o projeto, resultou numa reunião de emergência entre empresários, instituições e o Governo do Estado. Por certo, novas promessas serão feitas, embora sem a certeza do cumprimento.
Outro grande dispêndio da Bamin foi efetivado para capacitar a população do entorno do empreendimento, preparando-os para o exercício de novas atividades, o que representa uma evolução no cumprimento das compensações sociais.
Pelo que vi durante as campanhas eleitorais dos anos de 2010 e 2012, candidatos faziam questão – principalmente os do Partido dos Trabalhadores (PT) – de externar o seu apoio ao Porto Sul. Essas ações, geralmente, são uma recíproca pelo apoio recebido.
Mas é preciso fazer uma ressalva quanto ao apoio aos políticos, pois tudo deve ter sido feito dentro da lei, já que uma empresa desse porte não se daria ao luxo de desprezar a lei vigente. Ainda mais quando tem pela frente uma série de “inimigos” ao seu projeto.
Esses inimigos, diga-se de passagem, são de alto coturno e estão espalhados em diversas atividades econômicas, que vão desde os interesses na privatização dos portos até os “conservacionistas”, proprietários de muitas áreas no litoral norte de Ilhéus e sul de Itacaré.
São megaempresários que construíram suas mansões de luxo e não querem ser importunados com um porto por perto. Há, ainda, os que possuem grandes “áreas de engorda”, destinadas à implantação de condomínios superluxuosos, camuflados com um marketing pesado sob o paradigma da defesa da ecologia.
Entre os pós e os contras, dentro da própria estrutura dos governos do Estado da Bahia e Federal estão os “amigos e inimigos” do Porto Sul. É o PT contra o próprio PT; é o PCdoB contra o próprio PCdoB. Além de outros menos votados. Ou seja, esses partidos dão uma no cravo e outra na ferradura.
Como expectador de luxo, assisti a grande parte dessas ações empreendias para a concretização dos estudos de implantação do Complexo Intermodal do Porto Sul. Diante disso, posso assegurar a constante falta de um diálogo – por parte do Governo do Estado, o que é inerente aos petistas – com as comunidades envolvidas.
Essa temeridade era vista por parte das pessoas que compunham o Governo do Município de Ilhéus e pela própria Bamin (mas nunca dita em público) que, ao contrário, mantinha um diálogo constante com toda a comunidade, seja ela diretamente ou indiretamente envolvida no projeto.

Leia Mais
Back To Top