skip to Main Content
21 de junho de 2021 | 01:17 pm

ZONA AZUL: ENTIDADES PEDEM A VOLTA DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO EM ITABUNA

Leahy, da CDL, entregou documento ao secretário de Governo, Júnior Brandão
Tempo de leitura: < 1 minuto

Representantes de entidades lojistas entregaram abaixo-assinado ao secretário de Governo de Itabuna, Júnior Brandão, solicitando a volta do serviço de estacionamento rotativo, o Zona Azul. O documento foi entregue nesta semana e sugere ao prefeito envio de projeto de lei à Câmara de Vereadores pelo retorno do serviço. A proposta é liderada pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio Varejista do Município de Itabuna (Sindicom).

Segundo o documento entregue ao secretário, os empresários destacam que a Zona Azul gera cerca de 100 empregos diretos – incluindo agentes e coordenadores – e aumento de 20% a 25% no faturamento dos estabelecimentos situados na zona comercial da cidade, além de contribuir ainda para as regras de distanciamento social.

O presidente da CDL, Carlos Leahy disse que o secretário recebeu o documento e estará encaminhando ao prefeito para apreciação. De acordo com os empresários, o serviço de Zona Azul disciplina e organiza as vagas disponíveis no estacionamento da cidade, garantindo que usuários de Itabuna e de outras cidades da região tenham o acesso facilitado ao comércio e as empresas prestadoras de serviços em Itabuna.

– A Zona Azul é um pleito das entidades empresariais que vem sempre buscando com o poder público medidas para organizar o trânsito no centro comercial da cidade, visando oferecer a rotatividade no estacionamento para as pessoas tenham acesso às vagas de modo mais prático – disse o presidente da ACI, Sérgio Velanes.

BN/SÉCULUS: AZEVEDO TEM 26,47%; AUGUSTO, 20,27%; MANGABEIRA, 10,22%; E GERALDO 8,04%

Tempo de leitura: 2 minutos

Sem incluir o nome do prefeito Fernando Gomes, que anunciou pré-candidatura apenas depois do início do levantamento, a pesquisa Bahia Notícias/Séculus mostrou empate técnico na disputa eleitoral em Itabuna. A consulta com 599 eleitores, feita nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, mostra Capitão Azevedo (PL) com 26,47%, Augusto Castro (PSD) com 20,27%, Dr. Mangabeira (PDT) com 10,22% e Geraldo Simões (PT) com 8,04%.

O segundo pelotão traz Dr. Isaac (Avante) com 3,18%, Guinho (Cidadania) e Som Gomes (Republicanos) com 2,68% cada um, Vane do Renascer (PROS) com 2,18%, Charliane Sousa (MDB) com 1,34%, Professor Max (PSOL) com 1,17% e Júnior Brandão (Rede) com 0,84%. Não souberam responder 10,22% dos consultados. Não escolheria nenhuma das opções 9,88% e não opinou 0,84%.

Segundo a Séculus, na perspectiva espontânea, quando não são apresentadas opções aos entrevistados, 12 nomes apareceram. Capitão Azevedo (25,13%), seguido pelo ex-deputado Augusto Castro (17,25%). Em terceiro lugar, Dr. Mangabeira (8,54%), empatado com Geraldo Simões (7,87%).

Também são citados Som Gomes (3,85), Guinho (2,01%), Isaac (1,68%), Charliane (1,34%), Fernando (0,50%), Nengo e Duda, com 0,34% cada. Os demais entrevistados responderam nenhum (14,57%) e não sabe (13,74%). Outros 1,68% não opinou.

REJEIÇÃO

O levantamento também avaliou o índice de rejeição dos pré-candidatos em um cenário estimulado. Dentre os quatro com maiores intenção de votos, o de menor rejeição é Augusto Castro (3,02%). Seguido por Geraldo Simões (8,88%), Capitão Azevedo (9,21%) e Dr. Mangabeira (11,06%).

Os demais nomes obtiveram os seguintes resultados: Vane do Renascer (11,06%),Som Gomes (7,54%), Charliane Souza (6,20%), Professor Max (3,52%), Guinho (3,35%), Dr. Isaac Nery (2,01%) e Júnior Brandão (1,01%). Outros 16,75% jamais votariam em nenhum, assim como 13,90% não souberam responder e 2,51% não opinaram.

A pesquisa BN/Séculus ouviu 599 eleitores nos dias 31 e 1 de setembro e tem margem de erro estimada em 3,5 pontos percentuais. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo BA-00235/2020.

MORRE SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO DO PT DE ITABUNA

Franklin Santana faleceu vítimas de AVC e complicações respiratórias
Tempo de leitura: < 1 minuto

Secretário de Comunicação do diretório itabunense do Partido dos Trabalhadores (PT), Franklin Santana Santos faleceu, nesta terça-feira (26), aos 38 anos, em Itabuna, vítima de complicações respiratórias e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A presidência do diretório municipal emitiu nota em que lamentou a partida de Franklin, que se relacionava bem com as várias alas do partido. “”Externamos nossos sentimentos em nome da militância do Partido dos Trabalhadores, rogando para que a misericórdia divina console a todos, especialmente aos familiares e amigos, nesse momento tão difícil”, escreveu o presidente do PT de Itabuna, Jackson Moreira, em nota oficial.

Políticos locais, a exemplo do vereador Júnior Brandão e da ex-diretora da Direc 7 Miralva Moitinho prestaram homenagem a Franklin nas redes sociais. “Franklin era mais que amigo. Era irmão. Lutou contra um AVC. Deixará lembranças e saudades, imensas”, escreveu Júnior Brandão, que já foi do PT e hoje está na Rede Sustentabilidade.

Miralva Moitinho lembrou da figura alegre. “Franklin foi morar no céu, ao lado do nosso Pai celestial. Entre nós agora somente as lembranças da sua alegria contagiante, sua solidariedade e carinho com todxs”, afirmou em postagem no Instagram. Franklin é filho de uma das mais carismáticas e históricas figuras do PT Itabuna, França do São Pedro.

VANE ASSUME PRÉ-CANDIDATURA E DIZ QUE, SE ELEITO, CONVIDARÁ BICALHO PARA A SAÚDE

Vane foi internado após complicações provocadas pela covid-19 || Foto Pimenta/Arquivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Claudevane Leite (Vane do Renascer) fez uma transmissão ao vivo pela internet (live) de mais de uma hora, na noite desta segunda (27), e assumiu a pré-candidatura a prefeito de Itabuna. Ele deixou o PRB e se filou ao PROS.

O ex-prefeito de Itabuna (2013-2016) e ex-vereador abriu a live em tom messiânico, falando de pandemia e espiritualidade. Na sequência, disse que está conversando com outros pré-candidatos a prefeito, dentre eles Dr. Isaac (Avante) e Júnior Brandão (Rede).

Vane afirmou que, se eleito, quer o médico Paulo Bicalho à frente da Secretaria de Saúde de Itabuna.

– Se depender de mim, ele será meu secretário de Saúde – prometeu o ex-prefeito ao responder a pergunta de um internauta.

O apelo por Bicalho é grande. O médico é considerado o melhor secretário de Saúde da história de Itabuna. Assumiu a pasta em duas ocasiões – na segunda metade da gestão do ex-prefeito Geraldo Simões (PT), no início dos anos 2000, e no final de 2015, na gestão de Vane.

LIXO E TRANSPORTE PÚBLICO

Vane ainda afirmou que no diálogo com outros pré-candidatos tem dito que dois dos seus compromissos são com a limpeza pública e o transporte público. “É um absurdo o que se paga hoje [de limpeza pública]”, afirmou. O contrato mensal beira os R$ 2 milhões. Vane cita que em sua gestão o serviço era executado por R$ 600 mil.

O outro compromisso, apontou, é com a execução integral do contrato de concessão do transporte coletivo. “Em quatro anos de prefeitura, dei um aumento apenas [de ônibus]”, apontando que a licitação do serviço previa construção de 2 estações de transbordo, o que até hoje não saiu do papel.

VEREADORES COBRAM ESCLARECIMENTOS SOBRE DOAÇÃO DE TERRENO DE R$ 1,4 MILHÃO

Vereador cobra esclarecimentos sobre doação de terreno
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Câmara de Vereadores de Itabuna debate, nesta terça-feira (3), durante audiência pública, o Projeto de Lei 01/2020.  De autoria da prefeitura, o projeto propõe a doação de um terreno de 56 hectares à empresa catarinense Rac-Saneamento e Tecnologia Ambiental, que atua no gerenciamento de resíduos sólidos.

Marcada para 9h, no plenário Raymundo Lima, a reunião foi solicitada pelo vereador Júnior Brandão (PT). Além de vereadores, devem participar dos debates o presidente da subseção da OAB de Itabuna, Edmilton Carneiro,  secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga, comunidade, representantes da Comissão de Desenvolvimento Urbano Sustentável e da empresa catarinense.

Já em análise nas Comissões Técnicas da  Câmara de Itabuna, o assunto foi alvo de pedidos de vistas do autor da audiência e seus colegas Babá Cearense (PSL), Enderson Guinho e Charliane Sousa (PTB). Os parlamentares querem mais esclarecimentos sobre a proposta encaminhada pela Prefeitura de Itabuna.  A área que o município pretende doar está avaliada em R$ 1.412.120,00.

Segundo Júnior Brandão, entre as dúvidas a serem sanadas na audiência estão o processamento de resíduos industriais e da construção.  O projeto só menciona os resíduos domiciliares e comerciais.

O parlamentar também indaga quais oportunidades de trabalho serão oferecidas às famílias que hoje sobrevivem com é recolhido no lixão. “O que a empresa fará, por exemplo, do local onde hoje é o lixão? Haverá algum projeto de cuidado para com aquela área? Temos alguns leitos de rio, que acabam jogando no Rio Cachoeira e que precisam ser cuidados”, destaca Brandão.

AUDIÊNCIA DISCUTE E CÂMARA VOTARÁ MILITARIZAÇÃO DE ESCOLAS MUNICIPAIS EM ITABUNA

Tempo de leitura: 4 minutos

Audiência reuniu vereadores, pais, professores, alunos e PMs na Câmara

Com o plenário da Câmara lotado de professores, diretores e estudantes, audiência pública buscou colher da comunidade o olhar sobre a implantação do Vetor Disciplinar nas escolas municipais. Afinal, deverá ser votado pelos vereadores neste período extraordinário o projeto (nº 055/2019, do Executivo) que estabelece normas para a gestão compartilhada entre o Município e a Polícia Militar como alternativa por mais segurança em escolas da rede em Itabuna.

Além do Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam), adotado em 2019 como projeto-piloto, a proposta contemplará outras quatro unidades: CAIC (Centro de Atenção Integral à Criança) Jorge Amado, do bairro Jardim Primavera; Escola Lourival Vieira, em Ferradas; Escola Margarida Pereira, no Pedro Jerônimo; e Escola Flávio Simões, no Califórnia.

O projeto final a ser votado tem, até então, o acréscimo de 22 emendas, assinadas pelos vereadores relatores da matéria, Babá Cearense (PSL) e Beto Dourado (PSDB), mais Júnior Brandão (PT). Professores por formação, Beto e Júnior ponderaram que não gostariam de ver em tela tal interferência no processo educativo.

Brandão ponderou se, ao invés do Vetor Disciplinar, não seria possível adotar modelos de escolas com resultados reconhecidos na cidade. Babá, por sua vez, disse ter ficado claro nas visitas às citadas escolas – e até no entorno delas – o quanto a chegada do Vetor Disciplinar é esperada.

DIREITO DE ENSINAR

Para a diretora do Imeam, Wildes Alvarenga, mudanças expressivas foram percebidas na comunidade escolar, a partir do momento em que o referido vetor foi implantado. Citou números para traduzir a nova realidade: eram 437 alunos e hoje são 1.225. Grande parte migrou do Ciso, após a Prefeitura romper contrato com o colégio após o fim do ano letivo de 2018. “A inserção do vetor foi o grande motivo para a confiança dos pais, está sendo uma parceria valorosa. O lema era pelo direito de aprender. O Vetor garante ao professor o direito de ensinar”, comparou.

Imeam foi primeiro escola a implantar disciplina militar em Itabuna || Foto Divulgação

Segundo Maria da Conceição Araújo Lagariça, representante do Departamento de Educação Básica, foram selecionadas regiões com mais problemas decorrentes da violência, a fim de definir as escolas com a cooperação entre município e PM. “Foi a solução mais viável no momento e a implantação só vai se viabilizar com a adesão dos pais. Para aqueles que não desejarem, o município garante o acesso até uma escola que não tenha o vetor, inclusive dando vale-transporte”, explicou.

“RECONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE”

O professor Érico José dos Santos, há 18 meses diretor da Escola Margarida Pereira, mencionou a expectativa de mudanças numa unidade em que muitas famílias não podem frequentar por causa da criminalidade. Informou sobre a parceria com grupos de estudo da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz), a atual retomada da confiança e a consulta que mostra 82,75% dos pais favoráveis ao Vetor Disciplinar naquele colégio.”Os alunos estão vivendo um momento de reconstrução da identidade”, observou.

Jairo Araújo (PCdoB) também lamentou que estejamos num momento de recorrer a tais expedientes, sobretudo por questões de segurança, e chamou a atenção para o impacto financeiro da implantação do Vetor Disciplinar – aproximadamente R$ 300 mil por escola a cada ano. Em contrapartida, o vereador Ronaldão (PMN) lembrou a situação de perigo que tem rondado o dia-a-dia dos professores, o que torna menos importante considerar o impacto financeiro em vista.

“RESPEITO AO PROFESSOR”

A audiência, solicitada pelo já citado Junior Brandão, foi presidida pelo edil Robson Sá (PP), e também teve à mesa a presidente do Conselho Municipal de Educação, Rosemary Santiago, que reconheceu os já corrigidos pontos de ilegalidade no projeto; apontou deficiências como falta de infraestrutura e de equipamentos nas unidades escolares e ressalvou, sobre a complexidade dos fatores causadores da violência: “Estamos levando para a escola uma questão social! E a escola não tem esse poder”.

O capitão Carlos Araújo, representando a Polícia Militar, frisou a importância de o projeto ter tido o envolvimento de quem concorda e de quem discorda. “É importante a participação de todos, durante a aplicação do modelo: professores, pais, alunos. Porque não adianta aplicar um modelo, seja ele qual for, sem a participação de todos os segmentos integrantes desse processo”, sublinhou.

Leia Mais

ROSEMBERG DIZ QUE FALTA VISÃO MODERNA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO PÚBLICA A FERNANDO

Tempo de leitura: 2 minutos

Rosemberg aponta necessidade de gestão moderna em Itabuna

Na entrevista concedida ao Jornal Interativa News, da Interativa FM, nesta segunda (23), o deputado estadual Rosemberg Pinto disse que Itabuna precisa de uma gestão moderna. Para o líder do Governo Rui Costa na Assembleia Legislativa, Fernando Gomes já deu sua contribuição e já estaria na hora de se aposentador politicamente:

– Tenho respeito muito grande [por Fernando Gomes], não tenho adversidade pessoal. Agora, politicamente, temos que construir alternativa mais moderna, com um pensar moderno de governar a cidade [de Itabuna]. Acho que Fernando já deu a sua contribuição. É lógico que é ele que tem que decidir, mas eu acho que está na hora de ele se aposentar da política – disse Rosemberg, para quem falta a Fernando “visão moderna de planejamento e gestão participativa”.

O deputado conclamou a base aliada a construir um projeto de unidade para governar o município. Na última sexta, o parlamentar participou de encontro de quatro partidos da base aliada do governador Rui Costa em Itabuna (reveja aqui) e disse que é hora de a cidade ter gestão focada em planejamento e participação. A frente aliada é integrada pelo PT, partido de Rosemberg, PCdoB, PSB e PSD. Dentre os nomes mais fortes dos quatro partidos, apresentam-se Augusto Castro e o ex-prefeito Geraldo Simões (PT).

PRÉVIAS NO PT DE ITABUNA

Ainda na entrevista no programa apresentado por Oziel Aragão, Rosemberg falou da possibilidade de o nome do PT para ser apresentado à frente ser definido em prévia entre Geraldo Simões e o vereador Júnior Brandão. “Vamos resolver isso internamente. As pessoas ficam falando em prévia, mas esse deve ser o último recurso. Tenho carinho muito grande por Geraldo [Simões] e por Júnior [Brandão]”.

Rosemberg disse apostar no novo, mas fez observação. “Sou um cara que aposto muito no novo. Mas penso o novo na forma de governar, não apenas geracional. O PT apresentará um desses nomes para este grupo. E nós vamos escolher [o candidato a prefeito], independente se é do PT ou de outro partido”, afirmou, reafirmando a necessidade de construção de unidade na base.

ELEIÇÕES 2020: PSD SE INTEGRA A FRENTE COM PT, PCdoB E PSB EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Membros de PSD, PSB, PT e PCdoB discutem frente para eleições de 2020

O PSD decidiu se incorporar a frente partidária formada por PCdoB, PT e PSB na construção de programa de gestão para Itabuna. O foco é a eleição a prefeito do próximo ano. Os três partidos de esquerda já vinham se reunindo com frequência para definir um programa para as eleições de 2020 no maior município baiano e, agora, ganhou o reforço da legenda de Otto Alencar e que tem o ex-deputado Augusto Castro como pré-candidato a prefeito.

Todas as legendas possuem nomes para colocar à disposição da frente, na avaliação de membros de PT, PCdoB e PSB, mas eles dizem que, no atual momento, a prioridade é discutir conceitos políticos e administrativos que unam as legendas.

O PT tem Geraldo Simões e Júnior Brandão e o PCdoB definiu Jairo Araújo como pré-candidato. O PSB tem à frente o ex-deputado Renato Costa, que também já foi vice-prefeito de Itabuna, e pode apresentar como pré-candidato o vereador Aldenes Meira.

Os partidos se comprometeram a promover seminários temáticos para debater com a sociedade “os desafios para a construção de uma cidade melhor para se viver”. Na próxima sexta (20), os partidos farão um almoço de confraternização.

A SOLUÇÃO PARA O HOSPITAL SÃO LUCAS

Tempo de leitura: 2 minutos
Sessão discutiu fechamento do São Lucas (Foto Pedro Augusto Benevides).

Sessão discutiu fechamento do São Lucas (Foto Pedro Augusto Benevides).

Ontem (16), o plenário da Câmara de Vereadores ficou lotada durante sessão que tratou do anúncio de fechamento do Hospital São Lucas, da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. Em abril, Santa Casa, Ministério Público Estadual, município e estado assinaram pacto pela descontinuidade dos serviços. A sessão convocada pelo vereador Júnior Brandão (PT) tenta reverter o quadro.

Júnior prevê ainda mais dificuldades no sistema do SUS no atendimento a pacientes não apenas do município, mas de outras cidades pactuadas, caso o hospital feche.

Apontada como “solução”, a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Monte Cristo, quando reaberta, atenderia pacientes de Itabuna. Ou seja, a demanda regional seria gerada para o Hospital de Base, já sobrecarregado. Há ainda questões como emprego de mais de 200 funcionários do hospital e fechamento de leitos para atendimento pelo SUS.

O provedor da Santa Casa, Éric Ettinger Júnior, queixa-se do subfinanciamento na saúde. Observou que a tabela do SUS está há duas décadas sem ser reajustada. O déficit mensal para manter o São Lucas funcionando, segundo a instituição, é superior a R$ 180 mil.

O Hospital presta média de 100 atendimentos por dia, de acordo com números citados durante a sessão. A sugestão ao final do encontro de ontem foi, mais uma vez, discutir a questão com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).

A secretária de Saúde de Itabuna, Lísias Miranda, citou que foram feitas oito reuniões com o Estado, sem solução diferente daquela a que se chegou em abril. O prefeito Fernando Gomes deverá tratar a questão do São Lucas no Ministério da Saúde. Não há, ainda, uma data para esta audiência.

VEREADORES VISTORIAM CONSTRUÇÃO DE BARRAGEM EM ITAPÉ

Tempo de leitura: < 1 minuto
Brandão sugeriu visita à obra.

Brandão sugeriu visita à obra.

Vereadores de Itabuna vão acompanhar de perto o andamento das obras de construção da Barragem do Rio Colônia, em Itapé, na próxima terça-feira (10). A obra é considerada essencial para resolver a falta d´água em Itabuna.

A comitiva sairá, às 8h, da Câmara de Vereadores em direção a Itapé, no Sul da Bahia, onde a barragem está sendo construída. A visita foi sugerida pelo vereador Júnior Brandão e acatada pelo presidente da Casa Legislativa, Aldenes Meira.

A conclusão da Barragem do Rio Colônia vai permitir a ampliação do abastecimento de água em Itabuna, município que enfrenta uma grave crise hídrica, por conta da  longa estiagem que afeta a região. A obra conta com recursos do Governo Federal e do Governo do Estado.

De acordo com o governo baiano, após a construção dos canteiros, a obra avançou com a fase de detonação de relevo rochoso e construção de desvio da rodovia que liga Itapé a Itaju do Colônia (confira mais abaixo).

ADMINISTRADORES TÊM SESSÃO E PALESTRA PARA COMEMORAR 50 ANOS DA PROFISSÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fátima ReisUma sessão solene com palestra de Fátima Reis celebra os 50 anos de regulamentação da profissão de administrador, em Itabuna, nesta sexta (11), a partir das 18h30min, na Câmara de Vereadores.

Empregabilidade e perspectivas de mercado é o tema de palestra ministrada por Fátima. O ingresso será a doação de um quilo de alimento não perecível. A palestra é promovida pelo Conselho Regional de Administração (CRA-BA).

A profissão foi regulamentada por meio da Lei nº 4769, de 1965, assinada em 9 de setembro daquele ano.

Os profissionais em Itabuna têm comemoração especial, no Dia do Administrador, no âmbito do legislativo, após o vereador Júnior Brandão (PT) apresentar projeto proposta de resolução nesse sentido. A proposta foi aprovada no ano passado. Alterado às 11h57min.

BRANDÃO DIZ QUE CÂMARA EVITOU "TREM DA ALEGRIA"

Tempo de leitura: < 1 minuto

JUNIOR_BRANDAOApesar da criação de oito cargos de direção na Secretaria de Governo, o vereador Júnior Brandão (PT) afirma que não enxerga como “trenzinho da alegria” o projeto aprovado ontem em primeira votação pela Câmara de Itabuna. Na primeira discussão, os vereadores derrubaram a proposta de manutenção da Agência de Regulação de Serviços Públicos (Arsepi).
Brandão enfatiza que foi anulado o decreto que previa 71 cargos, uma herança do ex-prefeito Capitão Azevedo (DEM). “Enfrentamos alguns vereadores que queriam manter um agência que empregaria 11 pessoas e mantivemos os 28 cargos”, explica o vereador petista.
Para Brandão, ao final da primeira discussão do projeto, o possível “trenzinho” descarrilou. “Não vejo como trenzinho da alegria a nova composição das duas secretarias desmembradas”, diz o vereador, referindo-se à Secretaria de Governo e à futura Secretaria de Comunicação, que hoje é uma diretoria vinculada à primeira.
“Creio que fizemos algo importante e se eu não tivesse alertado para essa situação, antes da votação, onde até a secretária de Governo esteve presente, passaria o projeto com 39 cargos”, completa o vereador.

PRAÇA CLARA KAUARK

Tempo de leitura: < 1 minuto

A arquiteta Clara Kauark, falecida em abril de 2011, vai virar nome de praça em Itabuna. O logradouro fica no bairro Zildolândia, bem próximo à casa onde a homenageada residia.

O projeto que presta a homenagem originou-se de um abaixo-assinado de moradores do bairro e é de autoria do vereador Júnior Brandão (PT), tendo sido aprovado por unanimidade na primeira votação nesta terça-feira, 16. A segunda apreciação será hoje, a partir das 17 horas.

A propósito da praça em questão, ela ainda é apenas um terreno baldio. O plano é que, depois de ganhar o nome da arquiteta que desenhou tantos projetos em Itabuna (a exemplo da Praça Rio Cachoeira), a área seja transformada

JÚNIOR BRANDÃO PEDE O FIM DO VOTO SECRETO NA CÂMARA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Júnior Brandão fim do voto secreto foto Pimenta www.pimenta.blog.br

Brandão antecipou, na posse, que reapresentaria proposta (Foto Pimenta/Arquivo).

O vereador Júnior Brandão (PT) reapresentou a proposta do fim do voto secreto na Câmara de Itabuna. Para isso, propôs emenda à Lei Orgânica do Município (LOM). “O vereador tem que trabalhar de forma transparente”, justifica Brandão, lembrando que o parlamentar é eleito pelo povo para atuar com transparente e ser fiscal do povo.
Brandão sustenta que o eleito merece saber o voto de cada vereador em todos os temas. O projeto de Brandão será analisado pelas comissões técnica da Câmara e deve ir a plenário em até 30 dias. A proposta já havia sido apresentada no ano passado, quando o vereador retirou-a para promover adequações.
Os vereadores Antônio Cavalcante, Glaby Carvalho (Glebão), Jairo Araújo, Joilson Rosa e Soldada Valéria subscrevem o projeto do líder do PT na Câmara.

JUIZ RECLAMA DE ESTRUTURA PARA ATENDER MENORES INFRATORES EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bandeira reclama da falta de apoio para ações em Itabuna.

Bandeira reclama da falta de apoio para ações em Itabuna.

Geralmente improdutiva, a sessão especial para debater a violência em Itabuna deu resultados: a reabertura da unidade de internação em regime semiaberto para menores infratores, no Bairro São Judas, e a reativação do Conselho Municipal de Segurança.
Técnicos da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) visitarão Itabuna para vistoriar um imóvel que já funcionava como unidade de internação, mas encontra-se fechado. A visita está programada para meados de abril. O contato com o governo baiano foi feito pelo vereador Júnior Brandão (PT), ainda na sessão.
Durante a sessão, o juiz titular da Vara da Infância e Juventude, Marcos Bandeira, disse que estava desanimado com a falta de apoio para o trabalho em sua vara e nas ações de atenção aos menores infratores.
Segundo ele, existem 300 mandados de apreensão em aberto contra menores infratores. Das ações contra crianças e adolescentes na Vara da Infância e Juventude, 70% estão relacionadas a crimes como homicídio e tráfico de drogas. A maioria é pobre, negra e tem baixa escolaridade.
Bandeira ainda reclamou do fechamento da Seção do Menor Infrator, no Complexo Policial de Itabuna. A seção era dedicada a atender ocorrências que envolviam adolescentes acusados de cometer crimes.

Back To Top