skip to Main Content
26 de novembro de 2020 | 12:37 am

R$ 500 MIL EM DROGAS: QUADRILHA É PRESA COM 5,5 QUILOS DE COCAÍNA E MACONHA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Quadrilha comandada por Mouzart tinha mais de R$ 500 mil em drogas (Foto PC).

Quadrilha comandada por Mouzart tinha mais de R$ 500 mil em drogas (Foto PC).

A Polícia Civil prendeu quadrilha com quatro quilos de cocaína e um quilo e meio de maconha, ontem, em Lauro de Freitas. As drogas apreendidas estão avaliadas em R$ 500 mil. O bando era integrado por seis homens e tinha como líder Ricardo Mouzart, traficante famoso no município da Região Metropolitana de Salvador.
Além de Mouzart, foram presos Marcos Bastos dos Santos, o “Barriado”, de 26 anos, Daniela Almeida de Souza, 18, Bruno Carvalho Régis, 25, Tiago Carvalho Régis, 24, Ricardo Conceição dos Santos, 22, e Vanildo Silva de Lima, 20.
De acordo com a Polícia Civil, além de cocaína e maconha, o grupo estava com sete quilos de ácido bórico e material para embalar drogas. Foram apreendidas, também duas pistolas – ponto 40 e 380 -, um revólver calibre 38 e um veículo Golf, de cor prata, placa JPK – 2308. A quadrilha foi apresentada hoje, 28, pelo delegado Cláudio Meireles.

PREFEITA DEIXA DÉBITO MILIONÁRIO EM PUBLICIDADE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Empresas que prestaram serviços de publicidade para a administração da ex-prefeita Moema Gramacho (PT) na cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), entre os anos de 2009 e 2012, estão sem receber os devidos pagamentos.
De acordo com a agência W4 Comunicação & Marketing, intermediária entre os fornecedores contratados e a prefeitura, a dívida municipal com entidades do setor publicitário é de exatos R$ 1.343.161,47.
Em comunicado divulgado nesta quinta-feira, 3, a W4 diz não ter responsabilidade quanto ao atraso dos pagamentos, pois apenas funciona como “elo entre a entidade pública e as empresas fornecedoras de serviços de comunicação”. As notas fiscais serão devolvidas às empresas para que cada uma tome as providências cabíveis, segundo a nota. Com informações do Bahia Notícias.

BARULHENTOS ABUSAM EM LAURO DE FREITAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Moradores da Rua José Barbosa dos Reis, situada na Praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, viveram uma madrugada de pesadelo neste sábado. Tudo porque os ocupantes da residência de número 471, no mesmo logradouro, realizaram uma festa do barulho, que ultrapassou as 5 horas da manhã.

No desespero, alguns moradores tentaram acionar o serviço da prefeitura local que recebe denúncias contra a poluição sonora. Ligaram para dois telefones (3378-8527 e 3378-8500), mas ninguém atendeu.

O pior é que, no microfone, um locutor “aterrorizava”, avisando que a esculhambação seria reeditada na madrugada seguinte.

ITABUNA SOBE DE 11ª PARA 3ª MAIS VIOLENTA DO BRASIL PARA JOVENS

Tempo de leitura: 2 minutos

– Cidade é a 13ª mais violenta do país
se consideradas todas as faixas etárias

– Salvador aparece na 21ª posição no ranking da morte

 

Itabuna está entre as campeãs da violência, mas Estado vira as costas!!!

Em primeira mão

No intervalo de apenas um ano, Itabuna saltou de 11ª para 3ª cidade mais violenta do Brasil quando considerado o número de homicídios entre jovens na faixa de 15 a 24 anos em 2008 (confira o resultado do estudo de 2007). É o que revela o mais novo Mapa da Violência feito pelo pesquisador Júlio Jacobo, Instituto Sangari e Ministério da Justiça.

Conforme o estudo, o município registrou 92 assassinatos em que as vítimas eram jovens na faixa etária de 15 e 24 anos de idade. Maceió (AL) lidera o ranking de mortes violentas nessa faixa etária, seguido pela capixaba Serra.

O mapa da violência também traz em destaque no ranking as baianas Simões Filho (5ª posição), Lauro de Freitas (9ª), Porto Seguro (14ª), Salvador (21ª) e Eunápolis (22ª). Ilhéus aparece na 61ª colocação na relação das mais violentas para jovens de 15 a 24 anos.

A posição de Itabuna no ranking “melhora” quando comparados os dados envolvendo todas as faixas etárias. Neste caso, a cidade situa-se como a 13ª mais violenta do país. Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, é a 2ª mais violenta do Brasil, conforme o estudo.

Lauro de Freitas aparece na 16ª colocação, seguida por Porto Seguro (17ª).  Eunápolis aparece na 24ª posição. Itabuna, Porto e Eunápolis estão situadas na região sul da Bahia. Simões Filho e Lauro de Freitas, na região metropolitana.

O pesquisador Júlio Jacobo, autor do estudo, diz que ocorre uma desconcentração da violência das regiões mais ricas do país para o Nordeste. Segundo ele, o nordeste enfrenta uma maré positiva de geração de emprego e renda, mas sem a estrutura de segurança pública.

Confira ainda: ITABUNA SUPERA MÉDIA DE HOMICÍDIOS DE SALVADOR
Back To Top