skip to Main Content
13 de julho de 2020 | 12:37 am

DESFILE DE PRÉ-CANDIDATOS NO LANÇAMENTO DE BEBETO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bebeto quer oposição unida contra Jabes

Bebeto quer oposição unida contra Jabes

O deputado federal e pré-candidato a prefeito de Ilhéus, Bebeto Galvão (PSB), tem um senhor desafio pela frente, e ontem (15), no lançamento de sua pré-candidatura, mostrou que está disposto a encará-lo. A tarefa do socialista é unir os partidos que fazem oposição ao prefeito Jabes Ribeiro (PP) em uma única chapa, algo que esbarra em pretensões pessoais.

Bebeto reuniu uma dezena de partidos e pré-candidatos, a exemplo da Professora Carmelita (PT) e do médico Mário Alexandre (PSD). Também participaram do evento a deputada estadual Ângela Sousa, o secretário geral do PSB da Bahia, Domingos Leonelli, e o coordenador da Defesa Civil do Estado, Rodrigo Hitta.

O discurso, como não poderia deixar de ser, foi lastreado na proposta de unidade. Segundo consta, Bebeto tem aparecido bem em consultas eleitorais e hoje teria condições de pedir preferência.

LEONELLI DIZ QUE NÃO AGREDIU, SÓ FOI “RÍSPIDO”

Tempo de leitura: < 1 minuto

Indicação para Leonelli: toma “Paquetá”

O secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, divulgou nota na qual admite ter sido ríspido com a jornalista Bruna Santana, chefe do Departamento de Comunicação da Bahiatursa. Mas nega tê-la agredido.

O fato ocorreu durante o Congresso da Abav, no Rio de Janeiro. Segundo a nota de Leonelli, o que houve foi “uma discussão, ríspida, entre nós dois, por conta da necessidade do trabalho cotidiano de uma feira de grande porte, como é o caso do Congresso da Abav”.

O secretário diz ter pedido desculpas à funcionária, primeiro reservadamente, e  depois em público, durante reunião de avaliação do evento. Esse episódio atiçou a oposição, sendo que o deputado estadual Carlos Geilson (PTN) chegou a cobrar posicionamento da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (confira).

Constrangimento geral no governo.

OS PÉS NA PORTELA E O CORAÇÃO NA UNIDOS DA TIJUCA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Fã incondicional e afilhado de Luiz Gonzaga, o deputado federal Luiz Argôlo (PP-BA) estará hoje (19) na Marquês de Sapucaí, mas não para desfilar pela escola Unidos da Tijuca, que este ano presta homenagem ao rei do baião.
Argôlo foi escalado para participar da comitiva de foliões que representará o governador Jaques Wagner no desfile da Portela, que tem a Bahia como tema de seu enredo. Também fazem parte do grupo os secretários do Turismo, Domingos Leonelli, e da Cultura, Albino Rubim.
Apesar da missão oficial e de ter declarado ser “uma honra representar o governador nesta justa homenagem à Bahia e ao seu povo”, o coração do deputado vai bater mais forte mesmo é pela Unidos da Tijuca.

ANTES PODIA?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Membro do primeiro escalão do governo Newton Lima diz que é natural e correto o secretário estadual do Turismo, Domingos Leonelli, exigir situação de adimplência da Prefeitura de Ilhéus para liberar recursos para o Carnaval. Mas afirma que o governo municipal esteve inadimplente nos últimos três anos sem que isso tenha sido obstáculo para a liberação de verba destinada à folia.
Em nota enviada ontem ao PIMENTA, Leonelli lembrou que a Prefeitura protocolou pedido de apoio financeiro no dia 9, véspera do encerramento do prazo.
O titular da Setur advertiu que a ajuda somente sairá se o governo de Ilhéus estiver adimplente.

PREFEITURA DO PT É DISCRIMINADA NO GOVERNO… DO PT

Tempo de leitura: < 1 minuto

Newton Lima, o discriminado.

Algo mudou drasticamente na relação entre a Secretaria de Turismo do Estado, comandada por Domingos Leonelli (PSB), e a Prefeitura de Ilhéus, desde que o prefeito Newton Lima trocou o PSB pelo PT.
Nesta terça-feira, 10, o secretário municipal de Turismo, Paulo Moreira, tentou desesperadamente falar com Leonelli na capital do Estado. Queria apoio para o Carnaval de Ilhéus, mas não conseguiu encontrar meio de ser recebido.
Em Ilhéus, a desfeita foi vista como represália. O governo neopetista se sente retaliado e lembra que a Secretaria do Turismo do Estado também negou apoio à festa de Réveillon em Ilhéus, que fora concedido na virada de 2010 para 2011.
Detalhe: naquela época Newton Lima e Domingos Leonelli eram correligionários.

NA PRESSÃO, SETUR LIBERA MAIS UM TRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, imitou Caetano e cantou para Domingos Leonelli a música “Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”. Newton foi atrás e conseguiu mais um trio, além do que o secretário do Turismo da Bahia já tinha prometido mandar para o carnaval ilheense.

A festa, que acontece de 5 a 8 de março na Avenida Soares Lopes, vai contar agora com três trios maiores e quatro mini-trios. A maior parte das atrações artísticas é da própria região.

A PÃO E ÁGUA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, recebeu de mãos fechadas o titular ilheense da mesma pasta, Paulo Moreira. Este foi até Salvador em busca de um apoio para a realização do Carnaval de Ilhéus e ouviu o seguinte do outro lado: “só podemos disponibilizar um artista e um trio elétrico, nada mais”.

Moreira voltou triste e cabisbaixo com tamanha demonstração de avareza, mas não teve argumento que convencesse Leonelli. Nem o fato de ser correligionário do prefeito de Ilhéus e do próprio Paulo Moreira amaciou o coração do homem…

DA ADAB PARA O TURISMO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O itabunense João Carlos Oliveira, que no primeiro mandato de Jaques Wagner foi coordenador regional da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), terá uma mudança radical em suas atribuições nesta segunda gestão do governador.

João Carlos, que é professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e tem pós-graduação em administração pública pela Fundação Getúlio Vargas, assumiu nesta quinta-feira, 3, o cargo de chefe de gabinete do secretário estadual do Turismo, Domingos Leonelli.

Além da experiência do administrador, Leonelli buscou um nome de sua estrita confiança para ajudá-lo em uma Secretaria que tem, entre outras missões, a de colaborar com a preparação do Estado para ser uma das sub-sedes da Copa do Mundo de 2014.

PSB ARMA ARAPUCA PARA ÂNGELA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O PSB vinha tentando articular o apoio da deputada estadual evangélica Ângela Sousa (PSC) à candidatura do ex-secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, a federal. A ilheense resistiu e está praticamente fechada em um apoio à reeleição de Geraldo Simões (PT).

Em represália, a turma de Lídice da Mata costura uma estratégia para dificultar o caminho de Ângela. Uma das principais peças será o lançamento do militante Professor Galdino para a Assembleia Legislativa. A missão dele é uma só: entrar pesado nas bases da deputada.

Esta será uma guerra não muito santa…

Back To Top