skip to Main Content
10 de abril de 2020 | 03:57 pm

GRUPO ESPANHOL PROMETE INVESTIR R$ 425 MILHÕES NA BAHIA E MAIS DE 10 MIL EMPREGOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Governo assina protocolo para investimentos na Bahia|| Foto Carlos Prates GOVBA

Representantes do grupo Prima, que atua na Bahia nos setores imobiliário e hoteleiro, comprometeram-se com o governador Rui Costa, durante encontro na Espanha, nesta quarta-feira (3), a investir R$ 425 milhões no Litoral Norte do estado, nos próximos cinco anos. Os empresários estimam a geração de 10.500 empregos diretos e indiretos no estado nos próximos 15 anos.

Atualmente, o grupo está construindo o Ponta de Inhambupe Residencial, que contempla 270 unidades residenciais e 43 lojas em Esplanada. Serão construídos ainda, como parte do Destino Baixio, o Ponta de Inhambupe Hotelaria, com 29 suítes; Condomínio Residencial Rio do Boi, com 162 unidades e resort; pousada com 27 quartos; Condomínio Villas de Esplanada; Condomínio Praias de Esplanada; e o Destino Baixio Premium, com quatro hotéis de luxo.

Para viabilizar os empreendimentos, o governador Rui Costa assinou, nesta quarta-feira (3), um protocolo de intenções com o grupo Prima. O documento garante apoio do Estado em áreas como construção de acesso viário, esgotamento sanitário e abastecimento de água e fornecimento de energia elétrica para o desenvolvimento do Destino Baixio.

Leia Mais

CARNAVAL MOVIMENTA ATÉ R$ 1 BILHÃO NA BAHIA, DIZ SECREETÁRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Nelson PelegrinoO governo baiano estima que o Carnaval deste ano deva movimentar, pelo menos, R$ 1 bilhão, dos quais R$ 750 milhões apenas em Salvador. A folia atrai para a Bahia, neste ano, 700 mil turistas, movimento 30% superior ao do ano passado, segundo o secretário estadual de Turismo, Nelson Pelegrino.

A indústria turística, diz Pelegrino, emprega em torno de 200 mil pessoas, direta e indiretamente. Salvador registra, de acordo com o secretário, taxa de ocupação de 95% em hotéis próximos aos circuitos da folia em Salvador (Dodô, Osmar e Batatinha) e 80% naqueles fora dos espaços da folia. No Litoral Norte, a ocupação está em torno de 95% e, em Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia, atinge 90%.

Pelegrino acredita que o carnaval pode ser ainda mais valorizado em sua riqueza e diversidade cultural. “O Governo da Bahia tem contribuído decisivamente neste processo. Este ano, investiu R$ 75 milhões, assegurando ao público que participa da festa um forte esquema de segurança”.

Back To Top