skip to Main Content
12 de abril de 2021 | 11:59 am

HOSPITAL MANOEL NOVAES VOLTAR A TER “PORTAS ABERTAS” PARA MORADORES DE ITABUNA

Prefeito e Santa Casa oficializaram “portas abertas” nesta quinta|| Foto Pedro Augusto
Tempo de leitura: 2 minutos

O Hospital Manoel Novaes voltará a atender no modo “portas abertas” moradores de Itabuna e outros sete municípios do sul da Bahia pactuados e que não contam com hospital pelo SUS. O novo fluxo começa no dia 29 deste mês, quando a reestruturação da unidade hospitalar será concluída. Inicialmente, o novo contrato tem validade de 90 dias.

Além de Itabuna, serão beneficiados com o fluxo “portas abertas”, os moradores de Almadina, Buerarema, Itapé, Maraú, Floresta Azul, Firmino Alves, São José da Vitória e Santa Cruz da Vitória. Para os demais municípios pactuados com Itabuna, o fluxo de envio de pacientes para média e alta complexidade segue via regulação da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O provedor da Santa Casa de Itabuna, Francisco Valdece, alerta que, quando o novo fluxo for implantado, só devem procurar o Hospital Manoel Novaes aqueles pacientes que realmente precisarem do atendimento de média e alta complexidade. “As demais pessoas deverão procurar a rede básica de saúde do município onde moram”, explica. Em Itabuna podem procurar também a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

UPA

Durante a cerimônia na manhã desta quinta-feira (18), no Hospital Manoel Novaes, o prefeito Augusto Castro falou sobre a decisão do retorno do fluxo “portas abertas” e de outras ações para melhorar o serviço de saúde pública no município do sul da Bahia. “Estamos trabalhando para fortalecer todo o sistema de saúde de Itabuna, passando pelas unidades básicas de saúde até os hospitais. Pediatria e Obstetrícia são prioridades do nosso governo”, disse o prefeito.

Augusto Castro informou ainda que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA- 24 Horas), no bairro Monte Cristo, foi autorizada a atender crianças com sintomas gripais ou suspeitas de Covid-19. Nessa unidade devem ser atendidos também os pacientes que antes procuravam a Maternidade Ester Gomes, que encerrou as atividades nesta quinta-feira.

POLÍCIA IDENTIFICA SUSPEITOS DE TIROTEIO QUE ATINGIU CRIANÇA EM ILHÉUS

Menina é baleada em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Polícia Militar identificou dois dos suspeitos de participar de um tiroteio que atingiu uma menina de 10 anos, na quarta-feira (23),  no Alto Formoso,  no bairro da Conquista, em Ilhéus.  Os acusados seriam integrantes de uma facção criminosa que atua no sul da Bahia.

De acordo com a polícia, um dos acusados tem 19 anos e há dois anos foi apreendido depois de um confronto com policiais.  A PM não deu detalhe sobre o outro suspeito de participar do tiroteio de ontem. Eles estão sendo procurados.

A menina baleada foi levada para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, onde passou por cirurgia. Depois foi transferida para o Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, onde está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Não há detalhes sobre o estado de saúde dela.

MÉDICA É ENCONTRADA MORTA EM BANHEIRO DE APARTAMENTO EM ITABUNA

Foi encontrada morta nesta sexta-feira (18).
Tempo de leitura: < 1 minuto

A médica Tais Sousa Teixeira Barreto foi encontrada morta no banheiro do apartamento, em Itabuna. O corpo da profissional foi achado por um porteiro do prédio, que teria recebido uma ligação da mãe da profissional, com pedido para verificar o que estava ocorrendo com a filha. Ele já a encontrou sem vida. A suspeita é que a médica tenha cometido suicídio.

Segundo amigos, os pais de Tais Barreto são de Jequié, e estiveram com a filha, em Itabuna, até a manhã de quinta-feira, quando retornaram para o município do sudoeste da Bahia. A médica passou o dia no hospital pediátrico Manoel Novares, onde fazia residência médica desde março. Ela atuou até o início da noite de quinta-feira (17) e fazia planos para os próximos dias, inclusive de passar o Natal com os pais.

De acordo com os colegas, a médica lanchou e almoçou e, durante todo o dia, conversou bastante. Sem apresentar qualquer descontrole emocional, ela deixou a unidade hospitalar por volta das 18h30min. Ainda não se sabe exatamente que horas o incidente ocorreu. O corpo da médica será sepultado neste sábado (19), em Jequié.

A Santa Casa de Itabuna emitiu nota de pesar e decretou luto de três dias. “O provedor em exercício da Santa Casa de Itabuna, o médico Antônio Augusto Monteiro, decretou luto oficial de três dias. Em nome da instituição, ele solidariza-se com os familiares, amigos e colegas de trabalho da doutora Tais Barreto, que foi encontrada sem vida na residência dela. A médica era uma pessoa cativante, meiga e parceira”, diz em nota.

ITABUNA REGISTRA MAIS 127 CASOS DE COVID-19 E TEM PELO MENOS 28 PACIENTES INTERNADOS

Itabuna registra mais 127 casos de Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna registrou, em 24 horas, mais 127 casos de novo coronavírus. O número de infectados pelo vírus passou de 14.910, na segunda-feira (14), para 15.037 na terça-feira (15), segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Já são 28 internados no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães e Manoel Novaes, que é pediátrico.

Até a noite de ontem, eram 17 pacientes em estado grave, que estão internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outros 11 pacientes estão em leitos clínicos (enfermaria), que são destinados aos pacientes menos grave.

Mas a quantidade de internados em Itabuna é maior, porque 12 leitos (metade UTIs e metade enfermaria) implantados no Calixto Midlej Filho, na segunda-feira (14), não estão sendo computados. Isso ocorre porque a Secretaria de Saúde do Estado ainda não informou ao município sobre o funcionamento desses 12 novos leitos naquela unidade hospitalar.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, o número de casos ativos não para de crescer. Em apenas 24 horas, mais 90 pessoas foram incluídas na lista de infectados. Os casos ativos de Covid-19 em Itabuna subiu de 684, na segunda, para 774 na terça-feira. O município registra 352 óbitos e 13.911 curados da doença.

SANTA CASA COBRA R$ 67 MILHÕES DO MUNICÍPIO DE ITABUNA

Provedor cobra R$ 67 milhões do município de Itabuna
Tempo de leitura: < 1 minuto

O provedor da Santa Casa de Misericórdia, Francisco Valdece, afirmou, nesta sexta-feira (31), em entrevista ao Balanço Geral, da TV Cabrália/Record, que o município de Itabuna deve R$ 67 milhões para a instituição. Ele se queixou da dificuldade para receber os pagamentos.

Francisco Valdece disse que, ao deixar o cargo de secretário de saúde, Uildson Nascimento anunciou que estava deixando R$ 64 milhões em caixa. “Não se sabe em que esses recursos foram aplicados. Agora, ele (Uildson) esqueceu-se de dizer que o município tem prejudicado a Santa Casa, porque deveria usar esses recursos para pagar a nossa instituição”.

O provedor reclamou que, quando a Santa Casa conseguia recursos, via emenda parlamentar, por exemplo, o município não repassava a verba. “O então secretário de saúde travou o dinheiro, dizendo que era dele. Somente nos últimos 60 dias ajuizamos 14 ações judiciais contra o município de Itabuna”.

NOVO CORONAVÍRUS

O provedor afirmou que o Hospital Calixto Midlej Filho (HCMF) está praticamente reservado para atender pacientes suspeitos ou positivados para o novo coronavírus. Com isso, disse ele, as receitas caíram drasticamente, porque outros serviços, que poderiam ser prestados, deixaram de ser realizados.

Hoje, a Santa Casa disponibiliza no HCMF, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), via convênio com a Secretaria Estadual de Saúde, 30 leitos clínicos e 10 leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes adultos.

Outros 13 leitos pediátricos estão disponíveis no Hospital Manoel Novaes – 10 em enfermaria e três em UTI. “Estamos com 100% dos leitos de UTI Covid adultos ocupados”, afirmou. O ex-secretário de saúde e prefeitura ainda não se pronunciaram sobre a cobrança da Santa Casa.

ITABUNA REGISTRA 2.520 CASOS DE COVID-19 E TEM AUMENTO NO NÚMERO DE INTERNADOS

Itabuna já registra 360 mortes pela Covid-19|| Foto José Nazal
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna está com quase todos os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 ocupados. Dos 23 leitos disponíveis para pacientes graves nos hospitais de Base, Calixto Midlej e Manoel Novaes (pediátrico), 20 estão ocupados, segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na noite desta terça-feira (30).

Além dos leitos de UTI, Itabuna conta com 78 leitos clínicos nos três hospitais, sendo que 42 estão ocupados. O número de infectados no município subiu de 2.457, na segunda, para 2.520 nesta terça. Foram mais 63 casos confirmados nas últimas 24 horas.

Itabuna tem 9.959 notificações de Covid-19, com 7.059 casos descartados. Hoje, são 289 pessoas aguardando o resultado de exame e outras 177 esperando a coleta de material para a realização de exame. Existem 1.092 pessoas curadas e 67 óbitos, sendo 13 em domicílio.

ITABUNA: QUATRO CRIANÇAS RECEBEM ALTA DA UNIDADE COVID DO MANOEL NOVAES

Hospital Manoel Novaes é referência em atendimento pediátrico
Tempo de leitura: < 1 minuto

A semana foi de muita festa para quatro famílias do sul da Bahia.  Nos últimos dias quatro crianças receberam alta médica da Unidade COVID- Pediátrica do Hospital Manoel Novaes,em Itabuna. O primeiro a ser liberado foi um garoto de 13 anos, na quarta-feira (13).

No dia seguinte, na quinta-feira, uma garota de 11 anos e menino de um ano e oito meses foram liberados. Nesta sexta-feira (15) foi a vez de uma criança de dois anos e nove meses receber alta médica e deixar a Unidade COVID do Hospital Manoel Novaes, que é a única no sul da Bahia habilitada para internamento de pacientes pediátricos.

De acordo com a Santa Casa, os últimos três pacientes aguardam o resultado de exame específico em isolamento domiciliar. Portanto, não existe confirmação de que eles realmente foram infectados pela Covid-19.

TEMPOS DE PAZ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Erick Ettinger: tempos de paz.

O novo provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Erick Ettinger, tomou posse no último sábado (7) e já trata de aparar quaisquer arestas deixadas pelo seu antecessor no cargo, o advogado Renan Moreira. Ele diz que a busca do diálogo norteará o trabalho da provedoria:
– Em minha gestão vou ressaltar a palavra diálogo com a Sesab [Secretaria Estadual de Saúde] e a Secretaria Municipal de Saúde, com a classe médica, com os colaboradores, com a Uesc, com os fornecedores e com toda a comunidade regional.
A busca do diálogo frisada por Erick é recado – principalmente – para os ocupantes do Centro Administrativo Firmino Alves, que acusam a Santa Casa de ser privilegiada pela Sesab na repartição de recursos do SUS em Itabuna. A Santa Casa mantém atualmente três hospitais (Calixto Midlej Filho, Manoel Novaes e São Lucas) e tem aproximadamente 1,8 mil funcionários.

A MÉDICA SUMIU – JUNTO COM A ENERGIA ELÉTRICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Situação sui generis, há pouco, no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna. Conforme relatos ouvidos pelo Pimenta, o pronto-socorro da unidade pediátrica ficou por cerca de 40 minutos sem energia elétrica. Os atendimentos foram momentaneamente suspensos por conta da escuridão.

Quando a energia voltou, observou-se que a médica plantonista, como se diz, “deu no pé”. Houve princípio de tumulto e revolta generalizada dos pais de crianças que aguardavam atendimento. E qual o procedimento do hospital? Reforçou a segurança. E nada de médica.

Resumo da ópera: quem pôde, foi buscar atendimento no Cemepi (antigo Ipepi), a quase dois quilômetros dali. E olhe que a noite em Itabuna está chuvosa.

Back To Top