skip to Main Content
3 de julho de 2020 | 10:33 am

BIG DATA/TV ITAPOAN: RUI LIDERA CORRIDA AO GOVERNO BAIANO COM 57%; JOSÉ RONALDO ATINGE 16%

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rui Costa atinge 57% das intenções de voto no Big Data

A mais nova pesquisa Real Time Big Data sobre a disputa ao governo baiano traz Rui Costa (PT) ainda mais consolidado na corrida sucessória. Com 57% das intenções de voto, ele seria reeleito no primeiro turno, de acordo com o instituto. Principal adversário, José Ronaldo (DEM) atinge 16¨.
Marcos Mendes (PSOL) surge com 3%, enquanto João Santana (MDB) e João Henrique (PRTB) têm 1% cada um. Juntos, Célia Sacramento (Rede) e Orlando Andrade (PCO) somam 1%. Votos brancos e nulos representam 13% e os indecisos chegam a 8%, conforme o instituto.
VOTOS VÁLIDOS
Quando considerados apenas os votos válidos, segundo o Big Data, Rui alcança 72% e José Ronaldo chega a 21%. Na sequência, vêm Marcos Mendes, com 4%, e João Santana e João Henrique com 1% cada um.
O instituto informa ter ouvido 1,2 mil eleitores no dia 2. A margem de erro é de 3 pontos percentuais e a pesquisa, registrada na Justiça Eleitoral com o número BA-01122/2018, tem nível de confiança de 95%.

DEBATE NA REDE BAHIA TEM ATAQUES A RUI E DECLARAÇÃO DE VOTO DE ZÉ RONALDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Debate na TV Bahia reuniu 5 dos 7 candidatos ao governo baiano

O debate com candidatos ao governo baiano, nesta noite de terça (2), nas emissoras afiliadas da Rede Globo no Estado, foi marcado por ataques ao governador Rui Costa (PT) e a declaração de voto de José Ronaldo (DEM) ao presidenciável José Bolsonaro (PSL). “Domingo eu vou votar para derrotar o PT”, disse o ex-prefeito de Feira de Santana no quinto bloco, o de considerações finais.
Já o governador e candidato à reeleição, Rui Costa, criticou os ataques sofridos durante o debate e fez questão de ligar, a todo momento, o nome de José Ronaldo ao Governo Temer. Zé Ronaldo retrucava dizendo não ter sido ele quem votou em Temer, numa alusão ao vice da então reeleita presidente da República, Dilma Rousseff (PT).
O debate teve a participação de apenas cinco dos sete candidatos ao governo baiano. Além de Zé Ronaldo e Rui Costa, João Santana (MDB), João Henrique (PRTB) e Marcos Mendes (PSOL) participaram do confronto. A TV Bahia adota regras da Rede Globo, o que acaba por excluir do confronto Célia Sacramento (Rede) e Orlando Andrade (PCO).
Confira trechos do debate em vídeos abaixo
Bloco 1
https://www.youtube.com/watch?v=mD9H2sKUSI8
Bloco 2

Bloco 3

Bloco 4
https://www.youtube.com/watch?v=4XFoFYBZ5kY

WAGNER GANHA APOIO DE DIRIGENTE DO PSOL NA CORRIDA AO SENADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Wagner ganha apoio de dirigente do PSOL na corrida ao Senado Federal || Foto Pimenta

O ex-governador da Bahia e candidato ao Senado Federal pelo PT, Jaques Wagner, ganhou apoio do secretário de organização do PSOL na Bahia e membro da coordenação geral de campanha do partido em 2018, Danilo Moura.
Por meio de nota divulgada pelo PSOL, Danilo falou de diferenças, mas reforçou características que unem Wagner e PSOL. Os pessolistas têm apenas Fábio Nogueira como candidato ao Senado em corrida eleitoral com duas vagas ao Senado.
– Temos um conjunto de diferenças mas sabemos da importância de eleger senadores que atuem na luta contra o golpe e considero Jaques Wagner a única opção mais a esquerda depois da nossa – disse Danilo, observando que apoia, também, Marcos Mendes ao governo baiano.
A chapa majoritária do PSOL é composta por Mendes na corrida ao governo e Fábio Nogueira ao Senado, enquanto a chapa de Wagner tem o ex-governador e o deputado estadual Angelo Coronel (PSD) como nomes ao Senado e o governador Rui Costa como candidato à reeleição.

IBOPE: RUI EMPATA COM SOUTO EM 36%

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lídice, Marcos Mendes, Souto, Mallet, Da Luz e Rui (Google).

Lídice, Marcos Mendes, Souto, Mallet, Da Luz e Rui (Google).

Pesquisa Ibope divulgada há pouco revela disputa empatada entre Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT) em 36%. O levantamento foi encomendado pela Rede Bahia.
Lídice da Mata (PSB) aparece com 4%. Renata Mallet (PSTU) e Marcos Mendes (PSOL) obtiveram 1% cada um. Da Luz (PRTB) que tinha 1%, não pontuou desta vez. Brancos e nulos são de 10% e os indecisos 12%.
Quando computados apenas os votos válidos, Rui Costa e Paulo Souto aparecem com 46% das intenções de voto. Lídice com 5%. A simulação de segundo turno mostra outro empate entre Rui e Souto: 39%.
A pesquisa ouviu 2.002 pessoas, no período de 1 a 4 de outubro, e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número BA-00031/2014. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.
Atualizado às 22h10min

PAULO SOUTO E RUI COSTA EMPATAM EM PESQUISA BABESP

Tempo de leitura: 2 minutos
Rui empata com Souto, enquanto Lídice oscila para 6,16%.

Rui empata com Souto, enquanto Lídice oscila para 6,16%.

A nova pesquisa do Instituto Babesp revela empate entre os dois principais candidatos na corrida ao Palácio de Ondina. Paulo Souto (DEM) oscilou de 37% para 35,05%, enquanto Rui Costa (PT) cresceu sete pontos percentuais, saltando de 27%  para 34,15%.
A pesquisa traz ainda Lídice da Mata (PSB) com 6,16% das intenções de voto. Renata Mallet (PSTU) atinge 0,55%, Da Luz (PRTB) vai a 0,5% e Marcos Mendes (PSOL) fica com 0,35%.
De acordo com a pesquisa, o percentual de indecisos atinge 14,52%. O índice de brancos e nulos fica em 8,71%.
RUI À FRENTE COM “PADRINHOS”
A pesquisa mostra Rui Costa com 37,76% das intenções de voto quando apresentado com o apoio do ex-presidente Lula, Dilma Rousseff e Jaques Wagner.
Paulo Souto cai para 32,65% quando associado a Aécio Neves (PSDB) e ACM Neto (DEM).
Lídice ganha pouco quando associada à presidenciável Marina Silva (PSB): 6,76%. Mallet cai a 0,4% quando apresentada com Zé Maria.
Da Luz fica com 0,35% com Levy Fidélix. Marcos Mendes tem 0,25% com o apoio da presidenciável Luciana Genro, também do PSOL.
Neste cenário, o percentual de branco e nulo vai a 9,01% e o de indecisos, 12,77%.
SEGUNDO TURNO
A pesquisa mostra Rui numericamente à frente de Souto na disputa em eventual segundo turno: 40% a 37%.
A pesquisa foi feita no período de 24 a 29 de setembro com 2 mil eleitores em 85 municípios baianos. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) sob o protocolo 00028/2014.

IBOPE/REDE BAHIA: SOUTO TEM 43%, RUI ATINGE 27% E LÍDICE TEM 7%

Tempo de leitura: < 1 minuto
Rui atinge 27%, Souto oscila para 43% e Lídice vai a 7%.

Rui atinge 27%, Souto oscila para 43% e Lídice vai a 7%.

O Ibope divulgou nova pesquisa de intenções de voto na corrida ao governo baiano. Encomendado pela Rede Bahia, o levantamento traz Paulo Souto (DEM) com 43% das intenções de voto e Rui Costa (PT) com 27%.
Na última pesquisa, Souto estava com 46% e Rui com 24%.
Lídice da Mata (PSB) saiu de 6% para 7%. Marcos Mendes (PSOL) tem 1%, assim como Renata Mallet (PSOL). Da Luz (PRTB) não pontuou.
O percentual de brancos e nulos oscilou de 10% para 11% e o de indecisos se manteve em 11%.
A pesquisa também aferiu a rejeição aos candidatos, quesito liderado pelo democrata Paulo Souto, com 26%. Rui tem 23%, Lídice aparece com 22%, Da Luz tem 21%, Marcos Mendes tem 14%, e Renata Mallet, 15%.
SEGUNDO TURNO
O Ibope também testou cenário de segundo turno entre Paulo Souto e Rui Costa. Souto vai a 46% e Rui atinge 31%.
A pesquisa ouviu 1.512 eleitores no período de 21 a 23 de setembro e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo 00763/2014. A pesquisa tem margem de erro de três pontos percentuais.

CANDIDATOS AO GOVERNO BAIANO ARRECADAM MAIS DE R$ 20 MILHÕES

Tempo de leitura: 2 minutos
Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto.

Da Luz, Rui Costa, Renata Mallet, Marcos Mendes, Lídice da Mata e Paulo Souto.

Do Bahia Notícias
Os três candidatos ao governo da Bahia que mais pontuam nas pesquisas de intenção de votos já gastaram mais de R$ 14,1 milhões, no total, para o financiamento dos dois meses de campanha, de acordo com as prestações de contas divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Nenhum dos três, até o momento, apresenta déficit durante a corrida eleitoral. Rui Costa (PT), considerado o postulante ao cargo estadual que mais arrecadou em todo o país  – com uma receita apresentada de R$ 14,6 milhões –, gastou até o momento R$ 8.162.336,19, em dados oficiais.
Já o primeiro nas pesquisas de intenção de votos, Paulo Souto (DEM), revelou uma despesa de R$ 4.236.732,43, ante os R$ 5.600.485,90 já arrecadados. A senadora Lídice da Mata (PSB) mostrou gastos no valor de R$ 1.780.777,33. Sua arrecadação foi de R$ 2.502.000,00 na 2ª parcial das prestações de contas. O postulante Marcos Mendes (PSOL) não apresentou receita ou despesa de sua campanha, de acordo com os dados do TSE.
Os maiores gastos entre os candidatos foram para produção para TV e rádio, despesa com o pessoal e combustível. No total, a quantia dos candidatos baianos não chega ao dispêndio de alguns estados que, apesar de menor população e menor força econômica, estão entre os que possuem as campanhas mais caras para governador.
De acordo com levantamento da Folhapress, em Mato Grosso do Sul, com o eleitorado de 1,8 milhões de pessoas, os seis candidatos declararam despesas somadas de R$ 31 milhões até agora. No ranking dos gastos, o estado fica somente atrás das despesas dos postulantes em São Paulo. Adicionadas as despesas de Renata Mallet (PSTU), que totalizam R$ 28.885,23 – Rogério da Luz (PRTB) também não lançou o seu orçamento –, os candidatos baianos para o cargo no Palácio de Ondina gastaram, ao todo, R$ 14.208.730.

DEBATE NA BAHIA É MARCADO PELA AGRESSIVIDADE DE CANDIDATOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Candidatos participam de debate na Band (Foto Lúcio Távora /A Tarde Band Bahia).

Candidatos participam de debate na Band (Foto Lúcio Távora /A Tarde Band Bahia).

O tom agressivo marcou o primeiro debate na TV entre os candidatos ao governo baiano nesta noite de quinta (28), na Band. O confronto durou pouco mais de duas horas e reuniu Da Luz (PRTB), Lídice da Mata (PSB), Marcos Mendes (PSOL), Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT).
O primeiro bloco tratou do tema segurança pública. Marcos Mendes defendeu políticas públicas para carentes, interiorização e desmilitarização da PM, enquanto Rui Costa defendeu repressão “de um lado e oferta de políticas sociais e educacionais” do outro, além de instalar pelotões aéreos no interior (Graer)
O bloco foi a deixa para Lídice afirmar que o Governo Wagner rompeu o diálogo com as polícias civil e militar. Para ela, é necessário ações de inclusão social para combater a violência. Souto disse que a Bahia vive situação semelhante a um holocausto. “Faltou ao governo instrumentos para coibir essa violência”.
Da Luz foi cômico: “O que eles falaram é o que tem que ser feito, mas já tiveram oportunidade e não fizeram”. E, na sequência, disse que Souto representa o “Time do Atraso” e Rui Costa, o “Time da Propaganda”.
Da Luz e Marcos Mendes escolheram Paulo Souto como principal alvo no debate. Em um dos momentos mais críticos, Mendes chamou Souto de “mentiroso”. O ex-governador diz em sua propaganda ter construído o Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas. A unidade existe há mais de 60 anos. Souto ganhou direito de resposta porque os organizadores do debate entenderam que houve ofensa à honra do candidato.
SALA SECRETA E BARGANHA POLÍTICA
O tom incisivo de Mendes voltaria à tona quando ele acusou Souto de manter uma sala secreta, na Secretaria de Segurança Pública, onde ficavam processos contra adversários para barganhar apoios políticos. Souto desconversou. O ataque ocorreu quando os dois tratavam do sucateamento do judiciário baiano.
Rui Costa foi mais atacado por Lídice da Mata, ex-aliada, do que por Paulo Souto. A senadora baiana atacou Rui porque, segundo ela, a propaganda eleitoral do petista o apresenta como o homem que realizou todas as obras do Governo Wagner. E acusou Rui de perseguir servidores.
O debate ainda tratou de temas como financiamento da saúde, cultura, atração de indústrias para o Estado e saúde. Nesse ponto, Rui Costa e Paulo Souto trocaram alfinetadas. Marcos Mendes disse que Souto foi o responsável pela precarização da saúde, terceirizando serviços em todo o estado.

BAND PROMOVE DEBATE COM CANDIDATOS AO GOVERNO BAIANO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Estúdio da Band Bahia onde será realizado debate hoje.

Estúdio da Band Bahia onde será realizado debate hoje.

A Band promove nesta quinta (28) o primeiro debate entre os candidatos a governador da Bahia. Da Luz (PRTB), Lídice da Mata (PSB), Marcos Mendes (PSOL), Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT) confirmaram participação no confronto. Renata Mallet não participa porque seu partido não possui representatividade na Câmara.

O debate começará às 22h05min e será mediado pela jornalista Carolina Rosa (ex-TV Santa Cruz/Itabuna). Hoje, os candidatos vão reservar boa parte da agenda para treinamento de olho no debate. Até aqui, este é o primeiro confronto anunciado. Atualizado às 16h40min.

 

COM APOIOS, BABESP MOSTRA SOUTO COM MESMO PERCENTUAL DE ADVERSÁRIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lídice, Marcos Mendes, Souto, Mallet, Da Luz e Rui (Google).

Lídice, Marcos Mendes, Souto, Mallet, Da Luz e Rui (Google).

Pesquisa Babesp sobre a corrida ao governo baiano revela crescimento das candidaturas de Rui Costa (PT) e Lídice da Mata (PSB), mas Paulo Souto (DEM) ainda venceria no primeiro turno. Souto aparece com 41%, Rui Costa alcançou 21% e Lídice foi a 12%. O cenário muda quando os candidatos aparecem com apoio dos padrinhos políticos em níveis estadual e nacional.
Souto vai a 39% quando ele é associado a ACM Neto e Aécio Neves. Rui Costa alcança 26% quando a pergunta o relaciona a Dilma Rousseff, Lula e Wagner. Lídice da Mata chega a 13% das intenções de voto ao ser associada a Marina Silva e Eduardo Campos.
No cenário em que os candidatos são relacionados aos apoiadores, Souto tem o mesmo percentual de votos de Lídice e Rui juntos: 39%. Mas o Babesp não divulgou os percentuais dos demais candidatos também neste cenário.
O Instituto Babesp ouviu 2 mil eleitores no período de 21 a 26 de agosto em 84 municípios baianos. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. A pesquisa está registrada sob o protocolo nº BA-00010/2014.

Back To Top