skip to Main Content
11 de maio de 2021 | 01:35 am

MP-BA QUER SUSPENSÃO DE DECRETO QUE REABRIU COMÉRCIO DE ILHÉUS

Comércio de Ilhéus nesta quarta-feira, na reabertura na pandemia || Foto Reprodução
Tempo de leitura: 2 minutos

O Ministério Público Estadual (MP-BA) requereu à Justiça que determine o fechamento dos estabelecimentos e a suspensão de todas as atividades comerciais não essenciais de Ilhéus. A ação contra a reabertura do comércio foi ajuizada pelo MP baiano nesta quarta (3), tendo como autor o promotor de Justiça Pedro Nogueira Coelho, que solicita decisão liminar que suspenda os efeitos do decreto do prefeito Mário Alexandre (Marão).

Conforme a ação, a reabertura deve estar condicionada a cenário epidemiológico favorável, com disponibilidade regular dos leitos de UTI existentes no município, estabilização do número de casos ativos, diminuição da taxa de letalidade do coronavírus, redução contínua da taxa de infecção diária e aumento do índice de isolamento social local. Segundo o promotor, os dados sobre pandemia em Ilhéus mostram que o cenário segue desfavorável, ao contrário do que alega estudo técnico apresentado pelo governo municipal para fundamentar o decreto.

Segundo dados apresentados na ação, coletados dos últimos boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a taxa de ocupação dos 31 leitos de UTI para Covid-19 permaneceu em 100% em quase todos os dias entre o período de 21 de maio a 2 de junho de 2020, com exceção do dia 31, quando 27 leitos estavam ocupados.

Porém, no boletim de ontem (2), foram registrados cinco novos óbitos nas últimas 24 horas, chegando a um total de 34 mortes por coronavírus em Ilhéus, número menor apenas que Salvador e Itabuna. “Circunstância essa que, de plano, desperta dúvida se tais óbitos teriam sido causados justamente pela inacessibilidade aos leitos de UTI, diante da máxima lotação acima citada”, afirmou o promotor.

ALTA TAXA DE MORTALIDADE

Pedro Nogueira destacou também que a taxa de letalidade em Ilhéus é 5,3%, uma das cinco maiores do estado. Na semana entre 26 de maio e 2 de junho, o número de casos diários cresceu em mais de 5%, com 163 novos casos confirmados, depois de ter havido redução nas semanas anteriores de maio.

– Tais dados mostram que na última semana do mês ocorreu uma verdadeira explosão em tal curva de crescimento, evidenciando de forma indiscutível que o município está no pico da epidemia com clara tendência de piora no seu cenário epidemiológico.

O promotor de Justiça apontou ainda que a taxa de isolamento, segundo o próprio estudo apresentado pelo município, esteve sempre abaixo de 50% entre os dias 21 e 26 de maio, com exceção do dia 24, quando atingiu 53,8%. “A taxa mínima de isolamento social aceitável deve estar acima de 50% e a desejável para conter a disseminação do vírus seria de 70% (setenta por cento)”, pontuou.

Segundo o promotor, análise gráfica elaborada pelo físico Zolacir Trindade de Oliveira Junior, professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), aponta que Ilhéus atravessa fase exponencial no número de casos de infecção por Covid-19. Para a promotoria, o gráfico ressalta o equívoco do estudo apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde.

ILHÉUS: MARÃO AUTORIZA REABERTURA GRADUAL DO COMÉRCIO; VEJA COMO SERÁ

Comércio de Ilhéus funcionará apenas com atividades essenciais e de baixo risco || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O comércio de Ilhéus vai reabrir de forma gradual, a partir da próxima quarta (3), conforme decreto assinado pelo prefeito Mário Alexandre, o Marão, nesta segunda (1º). A reabertura se dará após quase dois meses apenas funcionando segmentos do comércio e de serviços considerados essenciais, a exemplo de agências bancárias, supermercados, farmácias, pet shops e lojas de material de construção. O decreto possui total de 87 páginas com as normas e diretrizes de reabertura.

A reabertura é fundamentada, segundo o decreto , em estudo técnico da Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau). A partir da próxima quarta (3) estão autorizadas a reabrir lojas como as de vendas de tecidos, vestuário e materiais esportivos, joalheria e relojoaria, móveis, agências de turismo, concessionárias e revendas de veículos.

O funcionamento do comércio se dará das 10h às 18h no Centro, mas é permitido horário especial – das 8h às 18h – para lanchonetes e restaurantes enquanto durar o pagamento do auxílio emergencial federal. Pelo decreto, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar até as 23h, enquanto não for permitida a atividade de bares. O decreto proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nestes locais.

CASOS ATIVOS

Ilhéus decide pela retomada da economia em um período em que, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, atingiu 518 casos do novo coronavírus (Covid-19), porém com apenas 146 casos ativos da doença. O número de recuperados é mais que o dobro: 343. Os dados são das 18h de ontem (31.maio). Há 164 pessoas aguardando resultado de exame e o número de óbitos chegou a 29, conforme a Sesau.

>> CONFIRA ÍNTEGRA DO DECRETO DE REABERTURA

MÉDICO ELOGIA MARÃO E CUTUCA FERNANDO POR USAR UPA PARA ATENDER VÍTIMAS DA COVID-19

Tempo de leitura: 2 minutos

O coordenador do Comitê Operacional de Emergência (COE) da Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus (Sesau), o médico cardiologista André Cezário, em entrevista ao Jornal do Meio Dia, da Gabriela FM, avalia que Ilhéus saiu na frente de muitos municípios com a criação da unidade específica para Covid-19 24 horas do SUS, com o governo baiano, para acompanhamento de pacientes com suspeita de infecção.

“Muitos municípios adaptaram as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) existentes, enquanto a Prefeitura de Ilhéus construiu uma unidade nova, por meio de um trabalho bem árduo e com muito esforço, para a estruturação do Centro de Atendimento Covid-19, o primeiro do interior da Bahia. Essa unidade vem para prestar assistência à população num nível de atenção de moderado para intenso. O objetivo, diminuir a chance da contaminação”, disse.

Diferentemente de Ilhéus, Itabuna não criou uma unidade específica para atender as vítimas da Covid-19. Ao contrário, adequou a estrutura da UPA do Monte Cristo para fazer a triagem de casos suspeitos da doença.

Cezário, que, como coordenador do COE, é subordinado do prefeito Mário Alexandre, ressaltou a importância de Ilhéus ter essa unidade de referência para os quadros respiratórios de coronavírus. “Os pacientes que têm quadro respiratório, nós orientamos que procurem o Centro Covid-19, e não as outras unidades de saúde, justamente para diminuir o risco de contaminação. Essa é a orientação dada em todas as unidades do município”, disse.

Leia Mais

ANSELMO CLEMENT ASSUME PRESIDÊNCIA DA CDL DE ILHÉUS

Anselmo Clement, da Quality, assumiu presidência da CDL
Tempo de leitura: < 1 minuto

O empresário Anselmo Clement, da Quality Medi Hospitalar, assumiu a presidência da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus (CDL). Anselmo substituirá Valderico Júnior, que deverá disputar a Prefeitura de Ilhéus.

“Anselmo tem todas as condições de mediar esse diálogo com a prefeitura, sem a sombra de diferenças partidárias”, afirmou Valderico, que é dirigente do DEM de Ilhéus e acredita que isto impedia o diálogo da entidade com o prefeito Mário Alexandre (Marão).

ILHÉUS: PROFESSORES APONTAM CONTRADIÇÃO DE MARÃO, QUE DEMITIU 268 SERVIDORES

Dirigentes da APPI apontam contradição de Marão, que demitiu 268 servidores
Tempo de leitura: 2 minutos

Numa nota pública dura, a Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI) diz que o prefeito Mário Alexandre, Marão, ao falar de seu empenho para assegurar o emprego de rodoviários demitidos pela ViaMetro, comete contradição e esquece o que fez com 268 servidores públicos em 2019.

A direção da APPI reforça ser entidade defensora do emprego. “Mas de TODOS os empregos”, acrescenta. Os dirigentes da Associação dos Professores também lembra que assinou nota de repúdio às demissões de trabalhadores da ViaMetro, do Grupo Brasileiro. “O que defendemos é que os nossos representantes políticos não usem o critério de dois pesos e duas medidas, priorizando a defesa dos interesses pessoais, em detrimento ao coletivo”, ressaltam.

E acrescentam:

– O prefeito que luta pela segurança e proteção de trabalhadores de empresas privadas, não teve o mínimo receio, nem tampouco nenhum tipo de solidariedade, com servidores que hoje vivem da ajuda sincera do povo de Ilhéus, recebendo cestas básicas mensais que garantem o prato na mesa de sua família.

Marão é criticado por demitir 268 servidores em 2019|| Foto Pimenta

Abaixo, a íntegra da nota.

Ao tornar público seu empenho para garantir o emprego dos 30 trabalhadores do sistema de transporte, recém-demitidos pelas empresas concessionárias do serviço, o prefeito de Ilhéus comete uma lamentável contradição. O discurso de hoje é um contrassenso ao gesto de ontem.

Quem hoje defende o emprego como uma importante conquista do trabalhador e como instituição mantenedora da sobrevivência da família, é o mesmo que, em janeiro de 2019, decretou um afastamento em massa na Prefeitura de Ilhéus, deixando 268 pais e mães de família, todos com mais de 30 anos de serviço público, sem chão, abandonados e sem direito a absolutamente nada, após dedicarem parte da vida ao serviço público.

Importante salientar: Somos defensores do emprego. Mas de TODOS os empregos. A APPI/APLB, inclusive, assinou a nota de repúdio da CTB contra as demissões dos trabalhadores da empresa Viametro, concessionária do serviço público de transporte coletivo municipal que promoveu a demissão de 100 trabahadores (as) no dia 24 de março. O que defendemos é que os nossos representantes políticos não usem o critério de dois pesos e duas medidas, priorizando a defesa dos interesses pessoais, em detrimento ao coletivo.

Lamentável que o prefeito Mário Alexandre, neste momento tão delicado da vida de todos os ilheenses, utilize-se do discurso eleitoreiro e esqueça que lá atrás não se comportou como um gestor preocupado com os seus próprios servidores.

A solidariedade de hoje não sensibilizou a atitude de ontem. O prefeito que luta pela segurança e proteção de trabalhadores de empresas privadas, não teve o mínimo receio, nem tampouco nenhum tipo de solidariedade, com servidores que hoje vivem da ajuda sincera do povo de Ilhéus, recebendo cestas básicas mensais que garantem o prato na mesa de sua família.

É como disse o advogado e jurista baiano Rui Barbosa: “Eu não troco a justiça pela soberba. Eu não deixo o direito pela força. Eu não esqueço a fraternidade pela tolerância. Eu não substituo a fé pela superstição, a realidade pelo ídolo”.

MARÃO, O PROSELITISTA

Tempo de leitura: 4 minutos

Alguns desses invejosos tentam jogar a população contra quem trabalha pelo povo e para o povo, tentando ludibriá-la alardeando que as obras só têm dinheiro de fora e que Rui Costa é o prefeito de Ilhéus. “Puro xaveco, pois quem foi eleito foi euzinho aqui”, reclamou ao seu terceirizado.

 

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com

De proselitismo em proselitismo o cidadão ilheense vai sendo engambelado pelas elucubrações mal-ajambradas ditas e repetidas pelo alcaide, sobre fatos que mereceriam ser levados a sério. Mas esse não é o forte de Marão, que prometeu durante a campanha política cuidar dos ilheenses, o que não deixou de ser apenas mais um apelo fabricado pelos marqueteiros de plantão.

Não é de agora que os ilheenses vêm fazendo um apelo patético ao alcaide, cobrando sua promessa de campanha: “Marão, cuida de mim!”. Em que pese a necessidade dos cuidados não apenas na saúde, Marão, o médico, não se sensibiliza. E não é pra menos, sua ocupação é monumental, tem de participar de reuniões em cima de reuniões, para prometer resolver todos os problemas de Ilhéus. Mas que eles serão amplamente solucionados no segundo mandato, como sem falta, como anuncia.

Porém, os ilheenses não pensem que Marão não está atento às questões mais prementes da cidade, e, agora mesmo, com a ajuda da competente equipe de assessores, colocou em prática um projeto que vai dar o que falar pelo Brasil afora. Embora tenha se sentido exausto pelo grande número de reuniões nas casas dos colaboradores mais leais, valeu o esforço e já está em prática um projeto social da maior grandeza: o “Me Ajuda, Rui”.

Num desses dias estafantes, reunidos na casa de um habilidoso secretário, Marão não suportou o cansaço e resolveu tirar uma rápida pestana. Enquanto o suave repouso restabelecia as energias, os secretários trabalhavam incessantemente para mostrar serviço quando Marão acordasse. Nesse interregno, os fiéis servis resolveram fazer um joguinho para ver quem seria o mais inteligente, e entre um sou eu, não é você, resolveram disputar na mão grande.

Foi uma glória quando o chefe acordou – refeito, por sinal – pronto para a labuta, e não se recusou a dar uma de médico – olha o juramento de Hipócrates – e engessou a mão do colaborador que se deu mal na contenda. Como é estafante essa vida de prefeito. Mas nada que não possa ser resolvido com prontidão pelos fiéis colaboradores, comemorando o sucesso do duplo empreendimento com uma boa taça de vinho, importado, como merecia a brilhante ocasião.

E quem disse que dessa reunião foram para casa descansar? Nada disso, rumaram para uma outra, preparatória para a próxima que terá com o governador Rui Costa, em Salvador, bastante estafante, com o sobe e desce de avião e o tráfego complicado da capital. Ufa! No recôndito do gabinete que comanda a Bahia – e Ilhéus, é claro – decidirão o futuro dos ilheenses, tema sério que não logrou solução nesses 486 anos de fundação e 138 de elevação à categoria de cidade.

Finalmente, agora vai! Marão pedirá ao governador Rui Costa permissão para ser candidato à reeleição, uma decisão por mais difícil e complicada, não fosse esses petistas teimosos anunciar candidato próprio. E a parceria de Marão com o governador não vale nada? Pura ingratidão com um alcaide que não faz outra coisa a não ser o futuro de minha querida Ilhéus…

Se não bastasse esses adversários – verdadeiros inimigos de Ilhéus –, ainda existe essa malfadada imprensa que não enxerga as relevantes obras construídas com muito esforço para o povo. Alguns desses invejosos tentam jogar a população contra quem trabalha pelo povo e para o povo, tentando ludibriá-la alardeando que as obras só têm dinheiro de fora e que Rui Costa é o prefeito de Ilhéus. “Puro xaveco, pois quem foi eleito foi euzinho aqui”, reclamou ao seu terceirizado.

Mas essa imprensa não perde por esperar! A da Prefeitura ele já tomou satisfações e mandou embora dois secretários e não custa demitir o terceiro, já na marca do pênalti e com outro em vista. E Marão está certo, pois cansou de ler nos jornais e blogs os muitos erros e troca-troca de releases. Era um tal de desconsidere o outro e vale esse que já estava incomodando todo o mundo.

Mas esse povo da imprensa não sabe que em meu governo tem autoridade? Não importa quem disse, mas os textos têm de ser passados a limpo por quem de direito, gente letrada e de minha confiança, com assento no meu gabinete, experts em política. Eles que se aquietem, do contrário decretará pão e água para essa cambada, como uma medida pedagógica até que aprendam quem realmente manda na cidade.

E por falar em quem manda, Marão já tomou uma decisão inédita! Depois de muitas horas de reunião, finalmente vai dar prosseguimento à pista marginal à BA-001, na zonal sul, para que, finalmente, consiga chegar ao conjunto habitacional do Ceplus. Após um brainstorming (tempestade de ideias) com os briosos secretários e assessores, elaboraram dois projetos para dar continuidade à marginal direita.

Os dois grandiosos projetos já estão com a equipe técnica para analisar qual o mais viável, se a construção de um viaduto ou de um túnel para que o tráfego possa fluir com toda a tranquilidade por baixo ou por cima do restaurante Psiu!. São atitudes como essa que demonstram competência, o denodo e determinação da administração pública ilheense.

E na próxima campanha continuará a conclamar o eleitor ilheense a se manifestar nas praças públicas: “Marão, continua cuidando de mim…”. Agora, vai!

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado.

ILHÉUS: AOS 73 ANOS, MORRE PAI ATANAGILDO

Pai Atanagildo, ao lado de Alcides: deixa legado em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma das principais figuras das religiões de matrizes africanas no sul da Bahia, Pai Atanagildo Ribeiro de Souza faleceu nesta segunda-feira (24) em Salvador, aos 73 anos.

Professor de Matemática e funcionário público aposentado, Pai Atanagildo havia sido homenageado, há três anos, no carnaval de Ilhéus no desfile do Mini Congo, criado por ele há 41 anos.

Amigos e autoridades usaram as redes sociais para expressar o lamento e profundo pesar pela morte de Atanagildo. Ao falar de gratidão e agradecer pela amizade, o ex-secretário de Turismo de Ilhéus Alcides Kruschewsky escreveu que fica a saudade pelo vivido e pelo que Atanagildo representou em sua vida.

O prefeito Mário Alexandre lamentou a perda. “Pai Atanagildo era funcionário público aposentado, professor e pessoa muito querida”. O prefeito se expressou manifestando condolências e solidarizando aos familiares e amigos.

VELÓRIO

O corpo de Pai Atanagildo Ribeiro deverá ser velado na própria residência, no Outeiro, nesta terça-feira de Carnaval. Não há informações sobre horário de sepultamento. Pai Atanagildo deixa legado na educação, cultura e história.

GOVERNOS ASSINAM ORDEM DE SERVIÇO PARA TRANSFORMAR O REGIONAL EM MATERNIDADE

Tempo de leitura: 2 minutos

Perspectiva da unidade materno-infantil de Ilhéus que funcionará no antigo Regional

Governos estadual e municipal assinam na próxima sexta (6), em Ilhéus, ordem de serviço para início das obras de transformação do Hospital Geral Luiz Viana Filho em unidade materno infantil de alta complexidade.

A ordem será assinada pelo prefeito Mário Alexandre e pelo secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, em horário ainda não divulgado. A ordem de serviço será assinada com quase dois anos de atraso. A transformação do Regional em maternidade foi prometida para 2018, o que não ocorreu.

O investimento anunciado para a obra de reforma e ampliação da estrutura do antigo Regional, transformando-o em maternidade, é de R$ 34 milhões. A verba, conforme o governo estadual, contempla também a aquisição de equipamentos para a unidade de saúde na Conquista. A maternidade terá 90 leitos, UTIs neonatal e pediátrica e centro cirúrgico e obstétrico, segundo o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas.

CRISE NO ATENDIMENTO MATERNO-INFANTIL

Ilhéus e Itabuna, principais municípios do sul da Bahia, vêm enfrentando séria crise no atendimento pediátrico, ginecológico e obstétrico, com registro de mortes de recém-nascidos e crianças. Na semana passada, foram registradas mortes por falta de estrutura de atendimento ou omissão de socorro na Maternidade Ester Gomes e Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, e na Maternidade Santa Helena, em Ilhéus.

Familiares do pequeno Levi protestaram em Itabuna neste sábado || Imagem TV Santa Cruz

Ontem (30), familiares de uma das vítimas, Levi Messias Nonato Alves, de 9 meses, fizeram protesto no Centro de Itabuna. No início da semana passada, a criança faleceu após problemas no primeiro atendimento, em Pau Brasil. A via-crúcis continuou na Maternidade Ester Gomes, de onde foi encaminhado para o Hospital Manoel Novaes, falecendo após espera de mais de meia hora no hospital mantido pela Santa Casa de Misericórdia.

AIRTON DE CARVALHO ASSUME A SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: 2 minutos

Airton de Carvalho é o novo secretário de Comunicação de Ilhéus

Airton de Carvalho foi nomeado novo secretário de Comunicação Social de Ilhéus, nesta sexta (1º), pelo prefeito Mário Alexandre (Marão). Airton substituirá o publicitário Hélio Ricardo, responsável pela campanha que levou Marão ao governo. A nomeação de Airton está publicada na edição online do Diário Oficial de hoje. O prefeito agradeceu a contribuição dada por Hélio Ricardo no período em que esteve à frente da Pasta.

O novo secretário atuou, na área de comunicação, nas TVs Santa Cruz, da Rede Bahia, e Sul Bahia (SBT) e Ômega Mídia, empresa paulista contratada da Rede Nordeste de Rádio e também trabalhou em comunicação digital e desenvolvimento de sistemas.

Hélio Ricardo comandou a Comunicação por mais de um ano

A solução encontrada por Marão para a Pasta é caseira. Airton de Carvalho já fazia parte do Governo Municipal desde maio de 2017, quando integrou a Secretaria Municipal de Saúde como diretor da Divisão de Finanças. Em setembro de 2017, assumiu o Setor de Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal da Cultura (Secult), onde trabalhou ao lado de Hélio Ricardo, que ficou à frente da Comunicação desde agosto do ano passado. O novo secretário integra ainda a Comissão da Câmara de Patrimônio do Conselho de Cultura.

AQUELE ABRAÇO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rui e Nazal se encontram após ausência sentida em junho || Foto Aline Meira

Na visita a Ilhéus em junho, o governador Rui Costa sentiu falta do vice-prefeito José Nazal durante solenidade de aniversário do município.

– Cadê Nazal? Tá aí? – perguntou.

Disse que queria dar um abraço no vice-prefeito junto com Mário Alexandre, o prefeito. E riu. Como se sabe, Marão e Nazal estão rompidos politicamente.

Hoje, Rui retornou a Ilhéus para a abertura do Festival Internacional do Chocolate e Cacau, no Centro de Convenções. E lá estava o vice-prefeito:

– Vim dar o abraço que o senhor cobrou – disse Nazal.

Rui Costa reagiu com largo sorriso e se pôs a perguntar sobre como estava o vice-prefeito. Antes que a conversa evoluísse mais um tiquinho, Marão colou.

– Olhe Nazal aí…

 

QUE O SOL SEMPRE BRILHE NO TURISMO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: 4 minutos

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com

 

 

A Atil sempre foi forte, embora a individualidade tenha sido frequentemente seu calcanhar de Aquiles. A Atil de hoje não pode mais depender do poder público para participar dos grandes eventos turísticos, economizando migalhas como se não fosse investimento.

 

Fiquei bastante surpreso com a recepção dos segmentos do trade turístico de Ilhéus em relação à posse da nova diretoria da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), entidade com 30 anos de praia. Há bem pouco tempo ninguém ouvia falar nada sobre a Atil, nada de bem ou mal, simplesmente era ignorada, inclusive pelos seus quadros, em dia com as obrigações sociais ou não.

Numa município do porte de Ilhéus, que reúne todas as condições para bombar no turismo nacional, pouco se sobressai, atraindo apenas uma parcela ínfima dos que viajam em busca de descanso, lazer, conhecimento. Muitos do que aportam no aeroporto Jorge Amado embarcam em vans e se dirigem a outros destinos bem próximos, como Itacaré, Maraú (Barra Grande) ou Una (Comandatuba).

Esses mesmos turistas utilizam alguns equipamentos de Ilhéus, a exemplo do porto ou aeroporto, mas voltam para casa sem conhecer os atrativos de Ilhéus, incluindo as belezas naturais, seu casario colonial e da civilização do cacau, suas variadas praias, e a zona rural. Perdem eles [os turistas] por não conhecerem os atrativos, e mais, ainda, o segmento turístico de Ilhéus, essa grande oportunidade de negócio.

Se acaso fossem convidados para virem a Ilhéus, poderiam conhecer pessoalmente, ao vivo, o que leram e imaginaram nas histórias contadas por Jorge Amado, quem sabe beber um chope e comer um quibe no Vesúvio, experimentar a boa cachaça do Rio de Engenho, uma boa dose de Cauchaça, destilada do mais puro mel de cacau, conhecer as fábricas de chocolate artesanal e experimentar o verdadeiro e puro chocolate…

Se por acaso é aficionado por ecologia, pode e deve visitar a Mata Atlântica preservada por obra e graça das roças de cacau, conhecer o pé e o fruto do cacaueiro e todo o processo de transformação em chocolate e demais subprodutos. Tomar banho em cachoeiras, conhecer as famosas ilhas flutuantes, comer uma moqueca e depois se espreguiçar contemplando a deslumbrante natureza…

É pouco, tem mais: a cidade de Ilhéus foi localizada num dos pontos mais belos da costa baiana banhada pelo oceano Atlântico e rios, estes navegáveis em pequenas embarcações, próprias para se aventurar mata a dentro, visitar os manguezais. Pode, ainda, se maravilhar com o casario da época da colonização do Brasil e a linda arquitetura importada pelos coronéis do cacau, entre elas o majestoso convento da Piedade.

Quem sabe a nova direção da Atil poderá contemplar nativos e turistas estimulando o poder público com as melhorias no belvedere da Conquista, de onde se vislumbra, de uma só vez, a baia do Pontal, a praia da Soares Lopes e grande parte da cidade… Garanto que a Ilhéus dos tempos atuais é bem melhor para se visitar do que a Ilhéus das novelas, excelente para sonharmos com nossa história.

Presente à posse, o prefeito Mário Alexandre promete parceria em projetos e ações, aliás iniciadas antes mesmo da eleição e posse, com a finalidade de consolidar a Estrada do Chocolate, que liga Ilhéus a Uruçuca. No roteiro, indústrias moageiras de cacau, fazendas com fábrica de chocolate gourmet, o acervo histórico e arquitetônico construídos pelos “coronéis do cacau”, o Rio do Braço, Banco do Pedro, onde está localizada a Biofábrica do Cacau.

Que novas parcerias sejam firmadas com o interesse precípuo do desenvolvimento turístico de Ilhéus, apoiado nas experiências do passado, para que não se repitam os erros calcados no individualismo e pompas dos cargos. Mais do que nunca, compartilhar as ideias com a sociedade e construir projetos de interesse econômico e social, aglutinando forças positivas.

A Atil sempre foi forte, embora a individualidade tenha sido frequentemente seu calcanhar de Aquiles. A Atil de hoje não pode mais depender do poder público para participar dos grandes eventos turísticos, economizando migalhas como se não fosse investimento. É preciso se conscientizar do seu tamanho e seu poder, ser uma instituição determinada a promover seu próprio negócio, uma atividade sublime, a de tratar bem as pessoas.

O turismo é bem mais que uma atividade econômica. Acredito que seja um estado de espírito pelo qual ainda se tem a felicidade de ser remunerado. Se ficamos felizes por receber um parente ou um grande amigo em nossa casa, desfrutamos de sua agradável companhia, dos momentos de lazer e dos bate-papos e ainda ficamos com saudade quando eles nos deixam para voltarem às suas casas.

Se nessa condição ficamos agradecidos, imaginem se ainda tivermos as vantagens econômicas dessa relação? Uniremos o útil ao agradável: Hospedamos pessoas até então desconhecidas, recebemos um determinado pagamento pelo serviço prestado, e ainda ganhamos amigos. Serão essas pessoas que manterão nossos negócios por anos a fio, seja voltando para nos visitar ou nos indicando a amigos.

Não precisamos procurar chifre em cabeça de cavalo para verificar como qualquer negócio funciona, inclusive o turismo. Como temos que nos reinventar com frequência para enfrentar a concorrência e a dificuldade do mercado, temos que continuar tratando bem os nossos clientes e buscar os melhores técnicos da área para nos orientar no algo mais que poderemos oferecer.

Essa regra vale para Ilhéus, Rio de Janeiro, Porto Seguro, Paris, Canavieiras, Havaí ou o mais recôndito lugarejo escondido no meio das matas, na caatinga, numa praia sem acesso ou numa rua qualquer da cidade. Ilhéus somente será o point quando o negócio de cada um contribuir para tanto. Se cada um criar um diferencial no padrão de atendimento dos seus clientes, todos serão bem-sucedidos.

O que acontece com o turismo de Ilhéus é um filme já visto frequentemente com a cultura do cacau, que fracassou com a introdução da vassoura de bruxa num momento em que as plantas se ressentiam de uma seca impiedosa e da falta de atenção dos cacauicultores. Com sangue novo, tal e qual a fênix ressurgiu das cinzas e hoje deixou de ser uma simples commodities para se apresentar como um produto de excelência, com indicação geográfica.

À Atil cabe aproveitar as boas ideias, mesmo que velhas, incorporando às novas, desde que boas.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado.

VIVA ILHÉUS ATRAIU 20 MIL PESSOAS POR NOITE, AFIRMA ORGANIZAÇÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

Viva Ilhéus 2019 reuniu cerca de 20 mil pessoas por noite, segundo organização

O Viva Ilhéus 2019 reuniu público de, ao menos, 20 mil pessoas por noite, segundo a organização da festa popular na Avenida Soares Lopes. Os números foram divulgados, há pouco, pela Prefeitura de Ilhéus. A estimativa de público, conforme a Secretaria de Comunicação, foi feita pela Polícia Militar.

A edição de 2019 do Viva Ilhéus começou na véspera do aniversário da cidade, na última quinta (27), com várias atrações, dentre elas Bell Marques e a sensação do sertanejo sofrência, Lauana Prado, que conta com mais de 200 milhões de visualizações na web com o clip Cobaia.

Vocalista do Parangolé com o prefeito Marão, no Viva Ilhéus || Foto Divulgação

Nas três noites de festa, subiram ao palco mais de 20 atrações. Entre locais e de expressão nacional, agitaram a multidão ao som de forró, axé e pagode, atrações como Parangolé, Raneychas, Boteco das Amigas, Anna Catarina e Trio da Huanna, que, de cima do trio, não deixou a multidão parada no segundo dia da festa em comemoração aos 485 de fundação de Ilhéus.

ILHÉUS: OBRAS DA VILA GASTRONÔMICA DE BANCO DA VITÓRIA COMEÇAM EM JULHO

Tempo de leitura: 2 minutos

Obras da Vila Gastronômica devem começar em julho || Imagem IlhéusGov

Nesta sexta-feira (28), o governador Rui Costa assina ordem de serviço para obras de implantação da Vila Gastronômica Banco da Vitória, em Ilhéus. O ato fará parte das comemorações do Dia da Cidade. A solenidade está prevista para as 10h30min, de acordo com o cerimonial do governo baiano.

O projeto de requalificação total do trecho foi apresentado na tarde de ontem (25), ao prefeito Mário Alexandre, durante encontro em seu gabinete. A publicação do resultado da licitação no Diário Oficial do Estado da Bahia saiu em abril último e, finalmente, o equipamento sairá do papel.

A tomada de preço, no valor de R$733 mil, foi vencida pela empresa FCE Engenharia Eireli, que iniciará a execução dos serviços logo após a assinatura da ordem de serviço pelo Governo do Estado e Prefeitura. Na avaliação do prefeito, a implantação da Vila Gastronômica impulsionará o comércio local, gerando empregos e renda para a comunidade. “Um projeto esquecido pelos governos passados, mas que agora, se tornará realidade”.

IMPLANTAÇÃO

O projeto da Vila Gastronômica Banco da Vitória prevê a urbanização da área adjacente à rodovia Ilhéus-Itabuna, com calçamento dos acostamentos, estacionamentos, arborização, paisagismo, iluminação especial com pórticos, sinalização e comunicação visual. A obra deverá ser executada em um prazo de oito meses, de acordo com o município.

O projeto tem como base uma emenda parlamentar da deputada federal Lídice da Mata do período em que ela foi senadora. Por se tratar de uma área de rodovia, a obra será executada pela Superintendência de Infraestrutura e Transportes (SIT), vinculada à Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra).

ILHÉUS: REINAUGURADA UNIDADE DE SAÚDE NO MALHADO

Tempo de leitura: 2 minutos

Zé Neguinho, Marão e Fábio Vilas-Boas inauguram unidade || Foto Clodoaldo Ribeiro

As comemorações dos 485 anos de fundação e 138 anos de elevação de Ilhéus à categoria de cidade foram iniciadas com a reinauguração da Unidade Básica de Saúde Sarah Kubitschek, no Malhado, neste final de semana. A unidade oferecerá à população consultas com médicos clínico, ginecologista e pediatra, além de outros serviços prestados em postos de saúde.

As obras incluíram a construção de uma área que interliga os dois prédios, onde funcionará uma recepção. A unidade atenderá moradores do Malhado, Parque Infantil e de dezesseis bairros da zona norte de Ilhéus. A inauguração contou com a presença do secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que destacou investimentos do Governo do Estado, como o Hospital Regional da Costa do Cacau, que atende cerca de 100 municípios, para procedimentos de urgência e emergência.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, apontou para o novo padrão de unidade de saúde, determinado pelo Ministério da Saúde e adotado no município. “Unidade como essa aqui, ninguém nunca viu em Ilhéus”, enfatizou Mário Alexandre, referindo-se à ampla estrutura do Sarah Kubitschek, que foi totalmente reconstruído e ampliado e ganhou salas climatizadas e salas de atendimento adequadas aos novos padrões exigidos pelo Ministério da Saúde.

Vilas-Boas também citou a Policlínica Regional de Itabuna, com obras em fase de conclusão, que vai atender 31 municípios do sul da Bahia. A unidade de saúde oferecerá uma série de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia.

MARÃO É MANTIDO NO COMANDO DO PSD DE ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Convenção do PSD de Ilhéus reconduziu Marão ao comando do partido

O prefeito Mário Alexandre foi reconduzido à presidência do diretório municipal do PSD de Ilhéus, no último final de semana, durante convenção no auditório do Hotel Barravento. O comando do diretório para o novo mandato também será composto pelo vice-presidente, Ednaldo Araújo, e a presidente do PSD Mulher, a primeira dama Sôane Galvão.

Do evento, participaram os vereadores Jerbson Morais, Paulo Carqueija e Pastor Matos, além da ex-deputada Ângela Sousa. O ato contou também com as presenças dos presidentes dos diretórios do PSD de Itabuna, Alcântara Pellegrini, e de Ibicaraí, Tales Leal, além do ex-jogador de futebol da seleção brasileira, Túlio Maravilha, que planeja trazer para Ilhéus o projeto “Maravilha Social”, que oferece aulas de futebol, gratuitamente, para crianças da rede municipal de ensino.

Back To Top