skip to Main Content
7 de maio de 2021 | 04:32 am

GRADUAÇÕES DA UESC ABREM 1.323 VAGAS POR MEIO DO SISU

Veja a lista de cursos e acesse o edital
Tempo de leitura: < 1 minuto

Os cursos de graduação da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, oferecem 1.323 vagas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições começaram nesta terça-feira (6) e vão até sexta (9). O resultado sairá na próxima terça-feira (13).

A Uesc, em nota pública sobre o processo seletivo, chamou a atenção dos candidatos para as regras estabelecidas no Edital nº 038/2021 e no Termo de Adesão ao Sisu, a exemplo das etapas de solicitação, homologação e confirmação da matrícula.

De acordo com o edital, compete exclusivamente ao candidato se certificar de que cumpre os requisitos para concorrer às vagas destinadas às políticas de ações afirmativas, sob pena de perder o direito à vaga, caso não sejam comprovados.

AS GRADUAÇÕES DA UESC 

São mais de 30 cursos de graduação na Uesc, com licenciatura e bacharelado em Administração, Agronomia, Biomedicina, Comunicação Social, Ciências Sociais, Contábeis, Computação, Ciências Biológicas, Direito, Economia, Educação Física, Enfermagem, Engenharia civil, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Filosofia, Física, Geografia, História, Línguas Estrangeiras Aplicadas (LEA), Letras, Matemática, Medicina, Medicina Veterinária, Pedagogia e Química.

PETS E ANO NOVO, COMO LIDAR COM FOGOS DE ARTIFÍCIO

Tempo de leitura: 2 minutos

A água deve ficar sempre disponível, mas a alimentação deve ser retirada horas antes da queima de fogos, para que não haja complicações como torção gástrica e vômitos.

Hannah Thame || hannahthame@hotmail.com

É importante que os animais estejam identificados, se possível com coleiras com o nome e telefone do proprietário, para que, no caso de fuga, ele seja identificado e devolvido aos proprietários;

Se o proprietário for sair e precisar deixar o animal sozinho, é muito importante que o animal fique dentro da casa, em um compartimento com o cheiro do dono, um lugar onde ele possa se esconder, com as janelas e portas fechadas, luz ligada e, se possível, deixar alguns brinquedos e objetos que os animais gostem. É importante retirar objetos que possam ser derrubados no ambiente em que ele ficará, principalmente os objetos cortantes e de vidro;

Caso o dono fique em casa, ele pode também ficar próximo do animal e tentar chamar a atenção pra algo que seja bom ao animal, como um petisco ou brinquedo que goste, é importante que não se demonstre medo para o animal. O proprietário também pode fazer o que foi dito no caso de o animal ficar sozinho em casa;

A água deve ficar sempre disponível, mas a alimentação deve ser retirada horas antes da queima de fogos, para que não haja complicações como torção gástrica e vômitos;

Não deixar o animal preso em coleiras, pois dependendo da reação do animal, ele pode se machucar ou até mesmo se enforcar.

A técnica da amarração em tecido, muito difundida atualmente, pode funcionar, pois faz com que o animal se sinta abraçado. Mas é necessário executar a amarração com cautela, sempre com um pano macio e maleável, que o animal consiga se movimentar sem problemas.

É importante não deixar nenhuma ponta do pano pendurada para que não tenha a possibilidade de alguém ou o próprio animal pisar ou se prender em algo. Há vários tutoriais e cartazes na Internet que explicam como a amarração é feita, por onde deve passar e tudo mais. Lembrando que a técnica pode ajudar a amenizar o medo do animal, mas não vai fazer desaparecer esse medo.

Hannah Thame é médica veterinária e mestre em Ciência Animal com ênfase em Sanidade Animal pela Uesc e diretora do Centro de Especialidades Veterinárias em Vitória da Conquista.

ESTUDA FRIDAY FOI PRORROGADA: FACULDADE UNIME LANÇA DIVERSOS CURSOS GRATUITOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

As inscrições seguem até o dia 04 de dezembro, pela internet

> CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS COM ATÉ 50% DE DESCONTO

A Faculdade Unime Itabuna prorrogou sua Black Friday por meio do “Estuda Friday”. A iniciativa lança (para aprovados no vestibular) diversos cursos gratuitos de Autocoaching, Comunicação Assertiva e Negociação, Gestão de Metas e Indicadores de Performace, Liderança e Desenvolvimento de Equipes, Marketing Pessoal, Qualidade de Venda e Saúde Emocional mediante aprovação no vestibular.

Na campanha há também descontos nos cursos de graduação (presencial e EAD). São mais de 50 cursos como Odontologia, Direito, Medicina Veterinária, Arquitetura, Enfermagem, Engenharia, Psicologia, Fisioterapia, Nutrição, Biomedicina, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Cibersegurança, Segurança de Dados, Investigação e Perícia Criminal, dentre outros.

Além disso, há ofertas para a pós-graduação, com bolsas de até 50% de desconto para cursos nas áreas de Gestão, Saúde, Engenharia e Educação.

Para realizar a inscrição no curso gratuito e receber a proposta de descontos, é preciso preencher o formulário até o próximo sábado, dia 5 de dezembro. Clique para inscrição em https://forms.gle/weAfvasx3HpLgKR49

Para mais informações, envie mensagem para (73) 99975-6230 (Narjara).

CEV COMPLETA UM ANO E DIRIGENTES FALAM EM AMPLIAR SERVIÇOS

Os médicos Hannah e Alex comemoram um ano de CEV em Conquista
Tempo de leitura: < 1 minuto

Uma comemoração que reuniu veterinários, clientes e pets marcou o primeiro aniversário do Centro de Especialidades Veterinárias (CEV), em Vitória da Conquista. Eles foram recepcionados pelos diretores, os médicos veterinários Alex Gonçalves e Hannah Thame, que fizeram questão de agradecer pela receptividade do empreendimento em Conquista e região.

“Foi um ano de aprendizado e também de consolidação da CEV e a nossa meta é continuar focando na qualidade e na ampliação do atendimento, sempre fazendo com que os pets e seus proprietários sintam-se num ambiente de profissionalismo, mas também de amor”, disse doutor Alex.

A doutora Hannah destacou que a confiança dos clientes que trazem os animais à clínica, “com um tratamento de excelência e muito carinho, reforça a certeza de que estamos no caminho certo”. E afirma: “A expectativa é agregar novos serviços ao CEV, valorizando sempre o bem-estar dos animais. Somos muito gratos a Vitória da Conquista, que nos recebeu de braços abertos”, disse.

ATENDIMENTO E ESTRUTURA

Os clientes fizeram questão de destacar o atendimento do CEV. “Todos os animais que eu trouxe à clínica foram muito bem tratados. O ambiente é muito agradável, tanto para os pets como para seus proprietários”, disse Flávia Ribeiro Novaes. “O Dr. Alex e a Dra. Hannah são excelentes profissionais e a estrutura é muito boa. O CEV é nota dez”, afirma Tânia Falcão.

Entre os atendimentos oferecidos pelo Centro de Especialidades Veterinárias estão tratamento de felinos, fisioterapia e reabilitação animal, acupuntura, dermatologia, ultrassonografia e oftalmologia, além de atendimento clínico geral, consultas, vacinas e exames laboratoriais. O Centro de Especialidades Veterinárias fica localizado na Avenida Expedicionários, 668, bairro Recreio, próximo à Pracinha do Gil.

CEV PROMOVE CAT DAY EM VITÓRIA DA CONQUISTA NESTE SÁBADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Médicos veterinários Hannah Thame e Alex Gonçalves, da CEV, promovem Cat Day

O Centro de Especialidades Veterinárias (CEV), em Vitória da Conquista, promove neste sábado (14), o Cat Day. O evento, que acontece à partir das 9h30min, terá uma Feira de Adoção exclusiva para gatos, café da manhã para recepcionar os visitantes, sorteio de brindes e distribuição de ração, em parceria com a empresa Premier Pet, que apresentará sua linha de medicamentos e rações específicas para os felinos

De acordo com os diretores da CEV, médicos veterinários Alex Gonçalves e Hannah Thame, o objetivo é incentivar a adoção de gatos que não possuem um lar, além de criar um ambiente agradável de troca de experiências para os apaixonados por esses felinos encantadores e cheios de personalidade. A proposta é realizar o Cat Day periodicamente, sempre com novidades na área de alimentação e saúde dos animais.

O Centro de Especialidades Veterinárias fica localizado na Avenida Expedicionários, 668, bairro Recreio, próximo à Pracinha do Gil.

CENTRO DE ESPECIALIDADES VETERINÁRIAS SERÁ INAUGURADO EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Clínica será inaugurada neste sábado (9), em Vitória da Conquista

Será inaugurado neste sábado (9),  em Vitória da Conquista o Centro de Especialidades Veterinárias. Dirigido pelos médicos veterinários Alex Gonçalves e Hannah Thame, o CEV oferecerá serviços como atendimento especializado em felinos,  fisioterapia e reabilitação animal, acupuntura e dermatologia.

O CEV também oferecerá serviços de ultrassonografia e oftalmologia, além de atendimento clínico geral, consultas, vacinas e exames laboratoriais. O Centro de Especialidades Veterinárias fica localizado na Avenida Expedicionários, 668, bairro Recreio, próximo à Pracinha do Gil.

VAI VIAJAR E DEIXAR SEU ANIMAL SOZINHO? VEJA DICAS SOBRE CUIDADOS COM OS PETs NO FIM DE ANO

Tempo de leitura: 2 minutos

hannah thameHannah Thame

Os objetos que decoram as árvores de Natal normalmente chamam muita atenção e podem parecer brinquedinhos divertidos para o seu pet. Por isso, cães e gatos podem acabar engolindo bolas, laços e até mesmo partes de galhos da árvore.

Com a chegada do final de ano, a maioria das pessoas se programa para viajar e passar um período fora de casa. No entanto, muitas esquecem os cuidados que devem ter com seus bichinhos de estimação, para que estes fiquem em segurança durante a sua ausência. Dentre os problemas que podem acontecer, os mais frequentes são acidentes envolvendo enfeites natalinos, choque por causa das lâmpadas de iluminação, intoxicação alimentar e, até mesmo, fugas devido ao medo dos fogos de artifício.

Os objetos que decoram as árvores de Natal normalmente chamam muita atenção e podem parecer brinquedinhos divertidos para o seu pet. Por isso, cães e gatos podem acabar engolindo bolas, laços e até mesmo partes de galhos da árvore. As lâmpadas pisca-pisca também costumam ser um grande problema, pois podem oferecer risco de choque elétrico e queimaduras na língua e no focinho. Por isso, é melhor mantê-los longe do alcance dos animais e ficar sempre atento ao comportamento deles.

A intoxicação alimentar é um dos principais problemas que levam os animais à emergência nos períodos festivos do final do ano. Alimentos muito gordurosos, por exemplo, podem levar a vômitos e diarreia. Já os chocolates podem causar graves intoxicações, já que os cães possuem grande deficiência em metabolizar os seus componentes, o que também pode ser causado pela ingestão de algumas frutas secas e castanhas. Os ossos e pedaços maiores de carnes também devem ser evitados, pois podem levar a obstrução intestinal.

animaisartigoNo caso dos fogos de artifícios, o barulho assusta os animais porque eles possuem a audição mais aguçada que a nossa. Assim, eles podem apresentar alguns distúrbios de comportamento, geralmente ligados ao medo. Nesses casos, os pets podem ficar mais agitados e os riscos de fuga aumentam.

Para amenizar a situação, o recomendado é que os donos fiquem bem próximos aos seus animais para tranquilizá-los e, caso necessário, colocar um pouco de algodão em seus ouvidos para amenizar os barulhos das explosões, além de que, podem utilizar calmantes prescritos pelo Médico Veterinário.

Se você vai viajar e não pode levar seu animal junto, tente não deixá-lo sozinho. Para isso, existem os serviços de hospedagem, como os hotéis para cães, que garante que seu animalzinho passe esse período longe de você em segurança. Pesquise e encontre o melhor para seu pet. Ele merece!

Hannah Thame é médica veterinária e mestre em Ciência Animal pela Uesc.

FISIOTERAPIA ANIMAL

Tempo de leitura: 2 minutos

hannah thameHannah Thame

 

A fisioterapia para cães é indicada quando o veterinário constata que o cão possui algum problema ortopédico – que pode ser causado por um acidente ou até mesmo obesidade e velhice – ou neurológico, que é o caso de algumas doenças genéticas ou adquiridas

Com um número cada vez maior de animais de estimação fazendo parte das famílias, as novidades do mundo animal estão sempre avançando. Você já pensou, por exemplo, em fisioterapia para o seu cachorrinho? Pois é, ela existe e traz inúmeros benefícios.

Ganhando cada vez mais espaço no mundo dos pets, a fisioterapia veterinária têm se estabelecido no segmento como uma das mais eficazes formas de ajudar cães e gatos com problemas neurológicos e ortopédicos, além de que, atua como uma ótima ferramenta no combate à obesidade animal e na melhora do condicionamento físico. Também exerce um grande poder de auxílio na fase pós-operatória, favorecendo o processo de recuperação dos animais que passaram por intervenções cirúrgicas.

Ao longo dos últimos anos, essa modalidade de tratamento vem caindo no gosto dos profissionais, sendo que, cada vez mais veterinários encontram nesse tipo de terapia a solução para os mais diversos problemas enfrentados pelos seus pacientes. A fisioterapia para cães é indicada quando o veterinário constata que o cão possui algum problema ortopédico – que pode ser causado por um acidente ou até mesmo obesidade e velhice – ou neurológico, que é o caso de algumas doenças genéticas ou adquiridas.

Pacientes com problemas ortopédicos, como artrites e artroses, rupturas de ligamento, displasia coxofemoral, luxação de patela e cirurgias ortopédicas podem ser beneficiados com a fisioterapia, que ajuda a diminuir o inchaço e dores nesses locais, diminuindo também quadros inflamatórios. Em casos neurológicos, a fisioterapia muitas vezes é essencial para que o animal possa voltar a andar, como nos casos de fraturas, traumas em coluna ou hérnias de disco que comprometem a locomoção, ajudando-o a se recuperar rapidamente e prevenindo sequelas.

A fisioterapia em animais é feita utilizado técnicas semelhantes às dos humanos, com equipamentos adaptados para o tamanho e as necessidades do pet. Algumas modalidades utilizadas são eletroterapia, cinesioterapia, laserterapia, magnetoterapia, ultrassom e hidroterapia. É importante ressaltar que apenas médicos veterinários podem realizar avaliação do animal e determinar quais técnicas devem ser utilizadas. Sendo assim, é muito importante procurar profissionais especializados, além de saber que fisioterapeutas humanos não têm autorização para atuar com animais.

Hannah Thame é médica veterinária e mestre em Ciência Animal com ênfase em Sanidade Animal pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

MEC AUTORIZA CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA NA FTC ITABUNA

Tempo de leitura: 2 minutos
FTC terá curso de Medicina Veterinária no segundo semestre (Foto Divulgação).

FTC terá curso de Medicina Veterinária no segundo semestre (Foto Divulgação).

O Ministério da Educação (MEC) autorizou o curso de Medicina Veterinária no campus de Itabuna da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), conforme portaria Nº 201, publicada no Diário Oficial da União. A instituição poderá oferecer 100 vagas por semestre. O curso está registrado no MEC sob o número 48 201501167.

De acordo com o diretor da FTC Itabuna, Januário Mourão e Lima, o vestibular para a primeira turma será realizado em 17 de julho, com oferta de 100 vagas. “Com base em pesquisas, identificamos que existe um mercado em potencial para os profissionais veterinários e que era preciso oportunizar aos estudantes da região mais esta opção de graduação no sistema privado de ensino”.

Atualmente, no eixo Ilhéus-Itabuna, apenas a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) oferece curso de Medicina Veterinária. Segundo Januário, os investimentos para assegurar a qualidade acadêmica do novo curso já estão programados, a exemplo da oferta de laboratórios de análises de ponta. A instituição ainda não divulgou o valor da mensalidade do curso.

O médico veterinário pode atuar em até 80 diferentes áreas, conforme o Conselho Federal de Medicina Veterinária. Dentre as opções, estão clínica de animais, auditoria e inspeção em matadouro, frigoríficos e laticínios, responsável técnico em tecnologia de carnes e leite, além de responsável técnico em defesa sanitária animal, consultor em impactos ao meio ambiente e responsável técnico em vigilância sanitária animal e vigilância ambiental.

Back To Top