skip to Main Content
28 de maio de 2020 | 08:44 pm

CRESCE EM 98% NÚMERO DE DENÚNCIAS AO MPT-BA APÓS A COVID-19

Luís Carneiro, do MPT, fala sobre trabalho da instituição na pandemia
Tempo de leitura: 2 minutos

O número de denúncias recebidas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia cresceu 98% desde que foram iniciadas as medidas de restrição à circulação de pessoas para prevenir a aceleração da pandemia no estado. Os dados integram levantamento realizado pelo órgão responsável pela proteção da legislação nas relações trabalhistas, que aponta ainda aumento significativo em quase todos os indicadores de produtividade.

Além das denúncias, cresceu exponencialmente o número de inquéritos instaurados (165%), subindo de 63 para 167, e de recomendações enviadas, que saltou de três para 1.848. Os percentuais se referem à comparação dos 30 dias após o início da pandemia com a média dos dois primeiros meses do ano.

“Em momentos como o que estamos vivendo, a atuação de instituições que regulam as relações torna-se ainda mais importante. O MPT tem registrado volumes recordes de demandas apresentadas pela sociedade e está respondendo também com ampliação de sua atuação”, avaliou o procurador-chefe do órgão no estado, Luís Carneiro. Ele destaca o Plano Estratégico traçado assim que a crise se instalou no país, que privilegia as recomendações e orientações a trabalhadores e empregadores, mas não deixa de lado a possibilidade de atuação judicial em caso de descumprimento do que diz a lei.

O número de denúncias recebidas por meio do portal do MPT na Bahia (prt5.mpt.mp.br) chegou a 564 no período de 15 de março a 14 de abril, superando em 98% a média registrada nos períodos de 30 dias de 15 de janeiro a 14 de fevereiro e no período de 15 de fevereiro a 14 de março deste ano. Além de reflexos da pandemia, as denúncias também apresentam situações como trabalho escravo, descumprimento de cotas e outras irregularidades trabalhistas não relacionadas aos efeitos do covid-19.

Leia Mais

SINEBAHIA SUSPENDE ATENDIMENTO AO PÚBLICO EM TODO O ESTADO

SineBahia suspende atendimento ao público em todo o estado
Tempo de leitura: < 1 minuto

Por causa do avanço do coronavírus, o atendimento ao público nas unidades do SineBahia em todo o estado foi suspenso por 30 dias, a partir desta quarta (18). A suspensão foi comunicada pela Secretaria Estadual do Trabalho.

Conforme comunicado, as unidades vão funcionar internamente e, à medida que as vagas forem ofertadas, o trabalhador, já cadastrado no banco de dados da Rede SineBahia, será convocado, por contato telefônico, para realizar o processo seletivo.

“A Setre acredita que a prevenção é a melhor estratégia para evitar a proliferação do vírus e reforça a necessidade de cuidados que todos devem ter para reduzir o contágio, como lavar as mãos e evitar aglomerações. Novos comunicados sobre ações e medidas relacionadas à pandemia serão divulgados oportunamente”, informa nota da Secretaria.

EMPRESAS OFERTAM 47 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA E JEQUIÉ NESTA SEGUNDA (16)

Itabuna e Jequié: empresas ofertam quase 50 vagas nesta segunda
Tempo de leitura: 2 minutos

Empresas instaladas em Itabuna e em Jequié estão com oferta de 47 vagas de emprego, com intermediação do SineBahia, nesta segunda-feira (16). O maior número de vagas é ofertado pela unidade itabunense do SineBahia. Em Jequié, que possui duas unidades do serviço estadual de emprego, são 16 vagas.

Quem ainda não possui cadastro no SineBahia, deve comparecer a uma das unidades nestes municípios munido de carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de residência e de escolaridade.

Se o interessado for pessoa com deficiência (PCD), é necessário, além dos demais documentos, a apresentação de laudo médico. Clique em Leia Mais, abaixo, e confira todas as vagas anunciadas pelo SineBahia para esta segunda em Itabuna e em Jequié.

Leia Mais

ILHÉUS: PREFEITURA E ONG ABREM 900 VAGAS EM CURSOS PROFISSIONALIZANTES; VEJA COMO SE INSCREVER

Cursos profissionalizantes serão oferecidos a famílias atendidas pelo CRAS em Ilhéus
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) abriu 900 vagas para os cursos profissionalizantes nas áreas de montagem e manutenção de microcomputadores, operador de caixa, solda de eletroeletrônica e Excel avançado. As inscrições podem ser realizadas nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) Norte, Sul, Olivença e Oeste. Os cursos são gratuitos e contam com a parceria da ONG Amparo Melhor.

O secretário de Desenvolvimento Social, Rubenilton Silva, diz que os cursos buscam preparar a comunidade para o mercado de trabalho. “Há dois anos iniciamos o trabalho de profissionalização nas comunidades com o objetivo de garantir a geração de emprego e renda. Foram mais de 600 pessoas capacitadas. Agora disponibilizamos novecentas vagas nos cursos”, informa o secretário.

Os cursos são direcionados para famílias atendidas nas unidades dos CRAS no município. Os interessados em participar dos cursos devem levar documentos pessoais (RG e CPF), o Número de Identificação Social (NIS) e ter idade mínima de 15 anos. As aulas dos cursos serão ministradas todas as segundas e quartas-feiras, das 9h às 10h, das 14h às 15h e das 18h30min às 20h30min, na Avenida ACM, 1179, no Malhado, próximo ao Banco do Brasil.

Confira os endereços dos CRAS em Ilhéus:
Cras Olivença – Rua Lúcio Soub, 51, Olivença. (Telefone 3269-1144)
Cras Sul – Rod. Pontal-Buerarema, Km 1, Nossa S. da Vitória. (3632-5714)
Cras Oeste – Rua Duque de Caxias, 154. (3689-1677)
Cras Norte – Avenida Raimundo Sá Barreto, 539. (3634-1566)

FEIRA DE SANTANA, ITABUNA E JEQUIÉ OFERTAM 77 VAGAS DE EMPREGO PELO SINEBAHIA HOJE (10)

SineBahia suspende atendimento ao público em todo o estado
Tempo de leitura: 3 minutos

As unidades do SineBahia nos municípios de Itabuna, Jequié e Feira de Santana ofertam 77 vagas de emprego nesta terça-feira (10). São 38 oportunidades em Itabuna, 37 em Feira de Santana e 2 em Jequié.

Os interessados devem se dirigir ao SineBahia destes municípios, munidos de carteiras de Trabalho e de Identidade (RG), CPF e comprovantes de residência e de escolaridade. Caso seja pessoa com deficiência (PCD), necessário apresentação de laudo médico. Clique em Leia Mais, abaixo, e confira quais são as vagas hoje.

Leia Mais

APÓS 7 ANOS EM QUEDA, DIFERENÇA SALARIAL ENTRE HOMENS E MULHERES AUMENTA

Mulheres enfrentam aumento na desigualdade salarial || Foto Tânia Rego/Agência Brasil
Tempo de leitura: 4 minutos

Da Agência Brasil

Natália*, 40 anos e Felipe*, 42 anos, são professores, têm formação semelhante e exercem funções semelhantes, mas ao longo de 20 anos de carreira, Natália sempre ganhou menos que o marido. O caso mais marcante foi há dois anos, quando ela fez uma entrevista de emprego para uma escola particular, em São Carlos (SP), e recebeu a proposta salarial de R$ 800 por mês para lecionar seis aulas de 40 minutos cada, por manhã. “Na semana seguinte, a escola conversou com o meu marido e ofereceu R$ 1,7 mil pelo mesmo trabalho”, diz Natália.

O caso de Natália e Felipe não é isolado. Historicamente, no Brasil, homens ganham mais que mulheres. Após sete anos de quedas consecutivas, em 2019, houve um aumento da diferença dos salários de mulheres e homens de 9,2% em relação a 2018.

Em 2011, homens com ensino superior ganhavam, em média, R$ 3.058, enquanto as mulheres com o mesmo nível de formação ganhavam, em média, R$ 1.865, o que representa uma diferença de salário de 63,98%.

Em 2012, essa diferença começou a cair, passando para 61,78%. Em 2018, chegou a ser 44,7%, com homens ganhando, em média, R$ 3.752 e, mulheres, R$ 2.593. Em 2019, a diferença aumentou e passou a ser de 47,24%, com homens ganhando em média R$ 3.946 e, mulheres, R$ 2.680.

Os dados foram compilados para a Agência Brasil pela Quero Bolsa, plataforma de bolsas e vagas para o ensino superior, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

“Muitas vezes não é só o currículo que conta, a capacidade, o profissionalismo, mas o simples fato de ser mulher. Se é mulher, você não é contratada porque vai dar problema, como já ouvi muitas vezes”, diz Natália. Ela conta que certa vez, uma escola de Jaú (SP) pediu que ela se comprometesse a não engravidar para não comprometer o ano letivo enquanto lecionasse na instituição. Ela recusou a vaga.

PREVISÃO CONSTITUCIONAL

A jornalista Clara*, 52 anos, passou por situação semelhante. Enquanto trabalhou na redação de um jornal em São Paulo, ganhou menos que um colega na mesma posição. “Recebi explicações superficiais sobre a diferença de salário. Mesmo mostrando que fazia a mesma coisa, com o mesmo volume de trabalho, a explicação foi de que cada salário era calculado de um jeito”, diz.

Clara, que tem 30 anos de profissão, ressalta que a equiparação salarial está prevista na Lei 1.723/1952, que assegura que sendo idêntica a função, “a todo trabalho de igual valor prestado ao mesmo empregador, na mesma localidade, corresponderá igual salário, sem distinção de sexo, nacionalidade ou idade”.

“Algumas empresas cumprem, outras acham que como a mulher engravida, tem licença maternidade, o custo dela como funcionária é maior. Logo, ela tem que ganhar menos, ou seja, pagar pela licença maternidade. Mas paga muito, muito mais. Não tem fiscalização e, com a crise, infelizmente esse cenário piorou”, diz a jornalista.

Leia Mais

SINEBAHIA: CONFIRA 26 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA E EM ILHÉUS NESTA SEXTA (6)

Confira 26 vagas de emprego em Itabuna e em Ilhéus nesta sexta-feira (6)
Tempo de leitura: 2 minutos

Quem está à procura de emprego no sul do estado neste início de março, tem ao menos 26 oportunidades nas unidades do SineBahia. São 21 vagas de emprego em Itabuna e 5 em Ilhéus nesta sexta-feira (6).

Os interessados devem procurar o SineBahia, apresentando carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de residência e de endereço. Clique em Leia Mais, abaixo, e confira todas as oportunidades para esta sexta.

Leia Mais

SINEBAHIA OFERTA 34 VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA, ILHÉUS E JEQUIÉ NESTA QUINTA (5)

Tempo de leitura: 2 minutos

O SineBahia está com oferta de 34 vagas de emprego nos municípios de Itabuna, Ilhéus e Jequié nesta quinta-feira (5). São 21 oportunidades em Itabuna e 7 em Ilhéus, na região sul, e 6 em Jequié, no sudoeste do estado.

Necessário ter cadastro no SineBahia para concorrer às vagas. No cadastramento, é necessário apresentar carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de residência e de endereço. Clique em Leia Mais, abaixo, e confira todas as vagas disponíveis para esta quinta.

Leia Mais

CONFIRA 32 VAGAS DE EMPREGO NO SINEBAHIA EM ILHÉUS, ITABUNA E JEQUIÉ NESTA TERÇA (3)

SineBahia tem dezenas de vagas em Ilhéus, além de Itabuna e Jequié nesta terça (3)
Tempo de leitura: 3 minutos

Mais de 30 vagas de emprego estão sendo ofertadas nesta terça-feira (3) em três municípios do sul e do sudoeste do Estado em unidades do SineBahia. São 17 vagas em Itabuna, 14 em Ilhéus e uma em Jequié.

Quem ainda não possui cadastro no SineBahia, deverá se apresentar em uma das unidades com carteiras de Trabalho e de Identidade, CPF e comprovantes de endereço e de residência. Clique em Leia Mais, abaixo, e confira todas as vagas para estas localidades nesta terça.

Leia Mais

SINEBAHIA: CONFIRA VAGAS DE EMPREGO EM ITABUNA E EM JEQUIÉ NESTA SEGUNDA (2)

Confira mais de 20 vagas de emprego para esta segunda (2) em Itabuna e Jequié
Tempo de leitura: 2 minutos

Março começa com oferta de 24 vagas de emprego nas unidades do SineBahia nos municípios de Itabuna e de Jequié. Das vagas, 18 são em Itabuna e 6 em Jequié.

Os interessados devem procurar as unidades do SineBahia munidos com carteiras de Identidade e de Trabalho, CPF e comprovantes de escolaridade e de residência. Caso seja pessoa com deficiência (PCD), necessário apresentação de laudo médico. Clique em Leia Mais, abaixo, e confira todas as vagas.

Leia Mais
Back To Top